LuzdeGaia  
 
  RELACIONAMENTOS DOLOROSOS
Mensagem de Vital Frosi
23 de novembro de 2018
 
LUZ DE GAIA
  Amados!

A lição mais difícil que ainda carece de lapidação, com certeza está atrelada aos relacionamentos.

Desde que o ser humano passou a viver em comunidades, criou-se também todos os tipos de atritos, quer seja entre membros de suas clãs familiares, quer seja com o restante do grupo comunitário.

Levando em conta que só brigamos com aqueles que nos relacionamos, com a aproximação das pessoas que passaram a viver cada vez mais nas áreas urbanas, as chances de haver desavenças também cresceram na mesma proporção.

Os relacionamentos passionais sempre têm uma raiz nas existências passadas. A fim de resgatar as pendências pretéritas, é normal que o Espírito ao reencarnar, faça antes um projeto, ou seja, uma missão de alma, com o intuito de conviver pacífica e harmoniosamente com os seus maiores desafetos de vidas passadas.

Quanto mais dura foi a encrenca lá, mais próxima a pessoa vai ficar nesta atual encarnação. Normalmente, em comum acordo estabelecido ainda no Plano Astral, todos concordam em vir como familiares ou cônjuges agora.

Antes separados pelo ódio, agora unidos pelo amor. Só que nem sempre funciona, mesmo com o véu do esquecimento. Devemos lembrar que as impressões vividas nas vidas passadas, fazem parte da bagagem de alma. Elas não morrem com a morte do corpo físico. Continuam acompanhando o perispírito que é o corpo fluídico da Espírito, e é este corpo que molda novamente as formas físicas em futuras encarnações.

Impregnadas como lembranças celulares cósmicas, essas emoções mal resolvidas no passado, eventualmente vêm à tona em determinadas circunstâncias na vida atual. Certos fatos, acontecimentos ou atitudes, nos remetem inconscientemente ao passado remoto e cria uma linha de tempo que traz novamente aquelas vibrações negativas para serem compreendidas e transmutadas.

Conscientemente, na maioria das vezes, pode-se dizer que não havia razão para tanta confusão. Mas não são os fatos que causam tais atritos, são as vibrações que tais fatos trazem do passado.

Nesta existência atual, todos terão oportunidades de fazer os seus acertos de acordo com as pendências. O passado está vindo para o presente, a fim de que possamos liberá-lo. Cada um vai encontrar as pessoas e as situações para tal. E não adianta querer ficar longe de certas pessoas que fazem parte dos nossos relacionamentos, pois enquanto não curarmos as feridas, sempre encontraremos alguém que as façam sangrar.

Ninguém foge de si mesmo. Sempre imaginamos que o problema é o outro, quando na verdade, o problema está em nós. O outro apenas concordou em vir nesta vida para ajudar a nos curar. Muitas vezes, esse outro, veio em sacrifício só para ajudar. Ele já curou as suas feridas, por isso, faz o papel de coadjuvante, para que possamos nos libertar dos laços apertados que ainda machuca nossos pulsos.

Num relacionamento tumultuado, é fácil saber quem está na condição de réu e na missão de expurgar o passado. É só olhar para aquele que sofre mais, ou que não aceita a situação....aquele que quer fugir da relação mas não consegue.
Já o outro, que veio em missão, pode até sofrer, mas sofre conformadamente. Parece não se importar tanto com a situação.

Para resolver mais rapidamente e encurtar o tempo de desconforto e dor, só tem um caminho: compreender, aceitar e deixar ir o passado.

Parece fácil, mas não é. Sem esforço, dedicação e perseverança, dificilmente se consegue superar. Muitos preferem fugir e se afastam do relacionamento. Ledo engano! Logo irá encontrar outra pessoa que fará o papel da anterior.

Numa situação dessas, é preciso fazer o ajuste com aquela ou aquelas pessoas que já estão nos relacionamentos. Compreender que ninguém é vítima, pois a vítima de hoje, foi o algoz de ontem. Compreender que a vida nos oferece sempre as oportunidades de resgate. E que bom que é assim! Os erros servem para nos ensinar e podem ser remediados através dos tempos. E assim vamos nos construindo de acordo com os materiais usados na dita obra.

Os relacionamentos servem como a mais importante ferramenta de lapidação da nossa alma. Quando ela reluz como um diamante, nada mais poderá importuná-la. Estará pronta e tudo o que surgir , será sempre motivo de harmonia e paz.

Quando um relacionamento estiver ajustado e suas pendências quitadas, o Espírito conquista a sua liberdade real. Nenhum laço o prenderá a quem quer que seja, Tanto se sentirá feliz continuando junto à pessoa ou às pessoas que antes conflitava, como será feliz seguindo a sua vida sozinho ou junto à outras pessoas que por ventura venham a se juntar à ele. Não terá mais aquela necessidade insaciável de ter alguém ou estar com alguém. Para ele tanto faz. Em qualquer situação estará em paz com todos e consigo, pois o mais importante relacionamento é sempre consigo mesmo.

Eu sou Vital Frosi e minha missão é o esclarecimento.

Bom dia!
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:

Vital Frosi
https://www.facebook.com/vital.frosi
 
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
II Topo da Pagina II - II Voltar Menu Vital Frosi II - II Voltar Home II