COMO USARMOS A ENERGIA DO ECLIPSE E
NOS PREPARARMOS PARA O PRÓXIMO CICLO
Mensagem de Jennifer Hoffman
28 de Fevereiro de 2017
 
luz de gaia
 
  Estamos agora do outro lado da temporada do eclipse de Fevereiro e que jornada extraordinária tem sido! Este mês trouxe muita energia do passado para interagirmos e decidirmos sobre o que queríamos, para liberarmos ou repetirmos, para avançarmos para um novo futuro ou recuarmos no passado. E o forte foco espiritual agora torna isto tudo mais potente, poderoso e importante. Este eclipse nos traz de volta a 26 de Fevereiro de 1998 e Setembro de 2016, onde tivemos um eclipse oposto ao grau do eclipse de 26 de Fevereiro de 2017.

O que fazemos, o que escolhemos, quais são os próximos passos? E há outro eclipse começando em Agosto de 2017, que afeta Plutão no fim da geração de Leão (1955 a 1961), e o que fizermos agora afetará como experienciaremos o próximo eclipse de Agosto. Eclipses são portais para um novo potencial que nos forçam a olhar na lupa e vermos o que estamos fazendo, reconhecermos o que estamos sendo e nos dão o potencial para fazermos novas escolhas. Como lidar melhor com os eclipses? Este é o tema deste artigo especial sobre os eclipses.

Eclipses são portais entre o passado e o futuro que nos mostram simultaneamente onde estivemos e a possibilidade de um novo potencial. Este portal para o futuro é breve, mas atraente, e quando o eclipse passar, teremos de decidir se iremos repetir o passado e o que sabemos, ou liberá-lo para o novo e desconhecido. O vislumbre do passado está cercado de mistério, especialmente com Netuno em Peixes agora, mas é uma oportunidade para explorarmos novos potenciais, mas nem sempre é um fluxo agradável de informações. E as energias do eclipse geralmente duram 6 meses ou mais, embora os efeitos de longo prazo nem sempre sejam tão fortes quanto o eclipse atual. Podemos aproveitar ao máximo a energia do eclipse se formos flexíveis e equilibrarmos as nossas expectativas com a nossa intenção.

Tivemos alguns eclipses poderosos em Fevereiro, especialmente aquele em 26 de Fevereiro, que estava no mesmo grau, 8 graus de Peixes, daquele de 26 de Fevereiro de 1998, e em um grau que foi, historicamente, um catalisador para a mudança global, embora nem sempre de forma benéfica. O que torna especial o eclipse desta semana é que pela primeira vez desde 1847, Netuno está em Peixes, e é unido por Mercúrio, o planeta que governa nossos ciclos Kármicos, e que lança uma luz completamente diferente sobre este eclipse. Este eclipse caracteriza um equilíbrio dos planetas em Áries, o primeiro signo do zodíaco, e Peixes, o último signo do zodíaco, um chamado para os términos e inícios. Com a sua conjunção com o nosso nodo sul Kármico, com o Karma, com os ciclos Kármicos, grupos de alma, as promessas de alma e a nossa jornada kármica são chamadas para revisão. Desde 2004, estive escrevendo que esta é a vida em que viemos concluir o Karma e é por isto que as nossas vidas têm sido tão desafiadoras. Este eclipse e o seu ponto final no fim deste ciclo de 19 anos, abre o portal para que possamos completar esta missão.

Além disto, Marte está ativando a quadratura Urano/Plutão de 2012 a 2015, a atual conjunção Urano/Eris e em oposição à Júpiter, em Libra. Com Marte em Áries e Netuno em Peixes, temos e alfa e o ômega no lugar; o humano e o divino estão prontos para a ação congruente, inspirada. Mas não a ação de fluxo livre que pensamos que a nossa divindade nos traz, esta ação é mais agitada, sem muito fluxo livre e pode parecer como uma luz estroboscópica.

Você se lembra das luzes estroboscópicas? Elas faziam um movimento agitado e imprevisível, onde você via alguém em um lugar, e, então, quando você olhava novamente ela estava em outro lugar. É assim que pode parecer o período de eclipses. Começos e paradas repentinas, reviravoltas, eventos inesperados e términos que podem fazê-lo se sentir como se tivesse se desligado do seu mundo, com inícios que parecem ou muito distantes ou muito próximos para conforto. O desconforto é uma maneira de descrever períodos e ciclos de eclipses. Mas eles nos tornam cientes de tudo e trazem tudo à luz, mas, em primeiro lugar, mostram-nos a escuridão.

Em um Eclipse solar, a Lua cobre o Sol. Em um eclipse lunar, o Sol cobre a Luz e, em ambos, temos as duas luzes no céu, o Sol e a Lua, ofuscando-se. Os Eclipses também se movem em ciclos de 19 anos, e o Eclipse de 26 de Fevereiro de 2017 foi o final de um ciclo de despertar espiritual de 12 anos, que começou em 2003, com Júpiter em Virgem, e terminou em Setembro de 2016, quando Júpiter se moveu para Libra.

Muito aconteceu neste período de 19 anos e estamos no fim deste ciclo, para que possamos começar um novo. Concluímos o paradigma do Curador Martirizado, com o fim do ciclo de eclipse de Virgem/Peixes, para entrarmos no paradigma do Mestre Empoderado e da Consciência Crística, iniciado pelo ciclo de Eclipse de Leão/Aquário.

Os Eclipses podem ser muito difíceis, especialmente se eles tocam um planeta natal ou aspecta fortemente o mapa natal. Mas, em geral, eles são despertadores cósmicos e acontecem quando precisamos considerar novas direções e novos potenciais, afetando-nos individual e coletivamente. Porque eles afetam as “luzes”, eles afetam a todos de alguma maneira, geralmente desligando a luz em uma parte de nossa vida, enquanto acende a luz em outro lugar.

Aqui estão algumas maneiras de sobreviver às energias do eclipse e tirar o maior proveito da escuridão iluminada, de novos potenciais e mudanças de energia.

1 – Tente evitar julgar qualquer situação no curto prazo. Como um Mercúrio retrógrado, os eclipses são um convite para reconsiderar, liberar, refazer, rever e descansar. Se algo não estiver funcionando, não o force. Por outro lado, se novas oportunidades surgirem de repente, explore-as, sem arriscar tudo. As energias do eclipse duram 6 meses ou mais, assim muitos movimentos de recuo e avanço podem acontecer durante este período.

2 – O autojulgamento não é útil, assim, o que surgir do passado, deixe-o ir. Saiba que se algo do passado surgir, isto está ligado a algo novo no futuro e envolverá uma escolha de mudar ou não, o que você não pode ver ainda.

3 – Evite expectativas de que o eclipse será bom ou ruim (que são também julgamentos). Um evento ruim ou difícil pode acontecer, o que lhe mostra o que você pode liberar ou transformar, para que possa se permitir ter algo bem mais alegre e gratificante.

4 – Se você permanecer em sua intenção para a energia que você quer em sua vida, como a paz, a alegria, o amor e a prosperidade, o eclipse abrirá o caminho para que estas energias entrem, geralmente apontando todos os bloqueios que estão no caminho da nova energia.

5 – Este é um momento para ter uma longa visão e ser o observador, pois os eclipses agem como um espelho de nossa energia emocional. Usamos as nossas emoções para filtrarem a energia e estes filtros ficam obstruídos com o nosso trauma do passado, o que os eclipses podem nos ajudar a limpar. Em primeiro lugar, eles nos mostram o que o espelho está refletindo e depois nos pedem para considerar as alternativas. Embora um grande resultado seja possível durante um ciclo de eclipse de 6 meses, a energia não é suave, assim, o resultado é possível depois que liberamos as nossas limitações e isto é geralmente o que surge primeiro. Evitar julgamentos ao longo do caminho e permanecer na intenção do que você quer para a sua vida, irá ajudá-lo a fazer o melhor uso da natureza dos eclipses, o que abre e fecha portais de oportunidades e força algumas rotinas emocionais e energéticas em nós, tudo com um propósito de entrarmos nos maiores aspectos de nosso ser.

A energia do eclipse permanece em vigor por 6 meses ou mais, assim estaremos sentindo os Eclipses de Fevereiro de 2017 até Agosto, quando ocorrerá a próxima série de eclipses. O Eclipse de 21 de Agosto é de particular interesse para todos os nascidos em Plutão nas últimas gerações de Leão/Virgem, de 1955 a 1963, pois está exatamente em conjunção com o seu Plutão natal, assim espere alguns eventos interessantes para esta geração. Estes poderiam incluir uma transformação de vida, como o início de um negócio, uma mudança, divórcio, rompimento de laços com a família ou amigos, ou eventos de vida semelhantes. Qualquer coisa que você tenha adiado no caminho de transformação de vida poderia ser impulsionada, então. E o ciclo de eclipses de Fevereiro abrirá o caminho para estes eventos, assim preste atenção ao que irá acontecer durante estes próximos meses.

O universo nos abençoa com novos potenciais para a alegria, o amor, a paz e a prosperidade, o que nos tira de nossa zona de conforto, onde nem sempre estamos confortáveis, mas que estamos cercados pelo que conhecemos e o que é familiar, no novo território. Contanto que estejamos abertos para a mudança, que permaneçamos fluidos com a forma com que os nossos resultados são cumpridos e estejamos firmes em nossas intenções, poderemos gerir o movimento de energia que é catalisado pelos eclipses e usá-lo para o nosso benefício, para criarmos uma vida mais alegre e gratificante que nós apreciamos.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
  Direitos Autorais:
Site original: www.enlighteninglife.com      

Direitos Autorais © 2015 de Jennifer Hoffman. Todos os direitos reservados.

Você pode citar, copiar, traduzir e criar um link para este artigo em sua totalidade, em sites gratuitos. Qualquer uso parcial desta informação é estritamente proibido. Qualquer uso desta informação sem o devido crédito e atribuição da autora também é proibido.


Tradução de Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br    
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Uriel - JenniferII - IIVoltar HomeII