PREPARADO PARA A MUDANÇA?
PRIMEIRO VOCÊ TEM QUE NEGOCIAR COM O SEU MEDO
Mensagem de Jennifer Hoffman
30 de Outubro de 2018
 
luz de gaia
 
  Se você está sentindo a necessidade de mudar algumas coisas em sua vida agora, dê-lhe o tempo e a atenção que isto precisa. Um desejo de mudança é um sinal de que novos potenciais são agora possíveis, pois o nosso campo de energia se expandiu. Se os ignorarmos, limitaremos nossa capacidade de passar pelas mudanças com facilidade e graça.

Nesta semana terminamos Outubro e entramos em Novembro, um mês que traz muitas mudanças, conclusões de ciclo e início de novos ciclos. Portanto, é muito importante prestar atenção às mudanças que estão nos chamando agora, porque elas podem ser a resposta para a pergunta: "O que vem a seguir?" E quanto mais as ignoramos, mais limitamos nosso acesso aos grandes aspectos de nosso campo de potenciais. Essa é a mensagem desta semana.

Se você está sentindo a necessidade de fazer algumas mudanças em sua vida, é uma resposta perfeitamente normal ao clima energético agora. Apenas certifique-se de dar a essas mudanças o tempo e a atenção que elas merecem, porque elas não são sinais de uma crise de meia-idade ou de uma idéia tola ou tentação, são sua alma lhe dizendo que você ficou sem energia na sua realidade atual ( o que você provavelmente já sabia). À medida que nossos campos de energia se expandem, podemos nos conectar com novos potenciais que combinam com as novas energias que estamos recebendo. Mas não importa o quão atraentes as mudanças possam ser, temos que negociar com o nosso medo primeiro, antes de permitir que elas aconteçam.

O medo é uma resposta normal à mudança. É normal porque a mudança atrapalha e desintegra nossa realidade. Os velhos paradigmas se dissolvem quando a mudança ocorre e nossa zona de conforto é interrompida. Não importa o quanto seja desconfortável a nossa "zona de conforto", ela é conhecida, familiar e segura. O medo quer nos manter seguros; nossa alma quer que expandamos nossa energia e integremos novos potenciais para a alegria.

O caos é um efeito colateral da desintegração das realidades, onde as energias de nossa vida são interrompidas e então temos que reuni-las novamente de maneiras novas e diferentes. Mas isso não é apenas o nosso caos, é o caos colateral que outras pessoas em nossa vida irão experimentar quando fizermos mudanças que as afetem. Se essas mudanças significam que não estamos física, emocional, energética ou espiritualmente disponíveis para elas, elas resistirão às nossas mudanças, porque elas também são afetadas por elas.

A verdadeira escolha para nós se resume a isso - nós nos beneficiamos ao permanecermos onde estamos, ou ao permitirmos que a mudança aconteça? O chamado de nossa alma continuará a nos atrair para uma nova consciência, expansão de energia e satisfação. Nossos medos resistirão e tentarão que negociemos com eles. É a nossa decisão, mas quanto mais esperamos e tentamos evitar as mudanças, mais restrito fica o nosso conjunto de opções até que restem poucas opções.

Espero que você navegue através das mudanças em sua vida com graça e facilidade, para poder introduzir mudanças com harmonia, alinhamento e alegria congruentes.

A permissão da mudança em nossas vidas acontece depois que negociamos com nossos medos. Nossa alma quer que avancemos enquanto nosso medo quer que fiquemos exatamente onde estamos. É por isso que nos sentimos presos e paralisados, não importa o quanto queiramos a mudança. Primeiro nós temos que abordar nossos medos e criar o espaço energético em nosso campo de energia para que a mudança aconteça, embora saibamos que haverá medo, mas que também poderá haver fluxo, alegria e harmonia congruente.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
  Direitos Autorais:
Site original: www.enlighteninglife.com      

Direitos Autorais © 2015 de Jennifer Hoffman. Todos os direitos reservados.

Você pode citar, copiar, traduzir e criar um link para este artigo em sua totalidade, em sites gratuitos. Qualquer uso parcial desta informação é estritamente proibido. Qualquer uso desta informação sem o devido crédito e atribuição da autora também é proibido.



Tradução de Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br    
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Uriel - JenniferII - IIVoltar HomeII