VIAGEM À NAVE MÃE 12 -
O QUE É O CORREDOR ARCTURIANO - MYTRE/NAVE MÃE
Mensagem Diária do Arcanjo Gabriel através de Shelley Young - de 21 à 23 de novembro/12
Em 04 de novembro de 2012
 
Viagem à Nave Mãe - Parte 12
A Superalma da Nave Mãe

Ascensão Arcturiana - Parte 3
O que é o Corredor Arcturiano?


MYTRE CONTINUA:

Saudações novamente.

Eu continuarei lhes contando sobre a realidade holográfica que me foi revelada.

Eu pedi à Superalma da Nave Mãe para me assistir na recordação de como eu "saíra do tempo", e eu pensei que chegaria aos Arquivos de minha Alma.

Porém, o que eu vi foram os Arquivos de Alma dos Arcturianos antes da Ascensão.

Perguntei-me por que isso ocorreu.

A história holográfica continua.


Os Sem Forma, o Núcleo Planetário e os Abridores de Portal sabiam que o tempo da conclusão do Ciclo Planetário estava próximo.

E mais, os vegetais e animais não precisavam entender o que estava acontecendo, pois eles viviam em unidade com o planeta e aceitavam qualquer evento planetário que ocorresse.

Somente os Perdidos foram deixados desavisados de que a transmutação de TODAS as moléculas da forma era iminente.

Consequentemente até o Perdidos podiam SENTIR que uma grande mudança estava começando.

Visto que o Deus separado deles lhes disse que houve um começo, deveria haver um fim.

Assim, o único cenário possível em que eles podiam acreditar era que o FIM estava próximo.

Além disso, já que os Perdidos eram incapazes de aceitar um evento desconhecido, eles somente podiam acreditar que o fim do mundo estava perto.

Por outro lado, os Abridores de Portal estavam em constante contato com os Sem Forma.

Portanto, eles perceberam que, já que os Sem Forma podiam criar um planeta, eles poderiam assisti-los na transmutação segura da realidade deles para retornar à Unidade da luz multidimensional e do amor incondicional.

Como os Abridores de Portal expandiram sua consciência o suficiente para direta e pessoalmente experimentar os Sem Forma, eles acreditavam que a ascensão para uma frequência superior era REAL.

Portanto, eles podiam sentir a transmutação da energia dentro do Núcleo Planetário e também dentro de seu próprio Núcleo Pessoal.

Assim que eles integraram totalmente esta energia expansiva em seu Ser, eles começaram a irradiar sua própria energia multidimensional além de seu Núcleo e para o mundo ao seu redor.

Em outras palavras, os Abridores de Portal tornaram-se os próprios Portais que uma vez eles tiveram de encontrar e pedir assistência para abrir.

Enquanto isso, os Sem Forma estavam atarefadamente criando seu Corredor Arcturiano.

Este Corredor era mais parecido com um enorme canal de nascimento, pelo qual os Planetas, Sistemas Solares, Galáxias e Universos poderiam ser protegidos e cuidados durante sua intensa transformação para frequências superiores de expressão.

Porém, somente os despertos espiritualmente sabiam que eles estavam dentro de um enorme Portal Cósmico.

Eles sabiam disto porque foram eles que tiveram confiança suficiente nos Sem Forma para totalmente se entregar a um estado de consciência que era completamente único em relação a todas as suas experiências passadas, presentes e futuras de realidade.

A entrega deles abrangia passado, presente e futuro porque, assim que eles entraram no Corredor, eles paulatinamente perderam todo o conceito de tempo.

Assim, a memória não mais estaria limitada ao passado, mas poderia também incluir o futuro.

Assim sendo, dentro do Corredor NÃO havia a ilusão de dentro versus fora.

Portanto, eles não podiam mais distinguir entre quais eventos eram internos e externos.

Eles somente podiam experimentar diretamente seu Estado de Ser dentro do constante estado do AQUI e AGORA.

No início, esta expressão direta de Ser Vida era única, portanto, desafiadora.

Entretanto, conforme eles se acostumaram a esta maneira de "ser", eles logo se esqueceram de qualquer outra expressão de realidade.

Enquanto neste estado de SER, eles podiam conscientemente experimentar sua forma transmutando sem a necessidade da "morte".

Na verdade, eles começaram a experimentar, e simultaneamente esquecer, suas inúmeras vidas tri/tetradimensionais em forma.

Eles retiveram tudo que haviam aprendido, mas assim que começaram a retornar ao seu verdadeiro Eu, eles estavam em tremenda alegria porque as lembranças de seus desafios passados se transmutaram em vitórias do presente.

Quando eles entraram pela primeira vez no Corredor Arcturiano, eles tiveram que liberar todas as pessoas, locais, situações e coisas que não escolheram entrar no Corredor.

Algumas dessas liberações foram bem difíceis, como alguns relacionamentos pessoais realizados não poderiam ser continuados no Corredor.

Os Abridores de Portal estavam tristes por deixar para trás alguns de seus amigos que se perderam na ilusão que eles acreditavam que era real.

Porém, os Abridores de Portal sabiam que NÃO existia tempo.

Consequentemente, seus amigos e familiares finalmente se uniriam a eles.

Sem questionar, os Abridores de Portal totalmente despertos entraram no Corredor com absoluta entrega e total liberação de TUDO que não poderia, ou não iria, juntar-se a eles.

Eles entraram no Corredor sabendo que eles tinham que confiar no sentir dentro de seu coração e descartar qualquer coisa que confundia sua mente.

Mas como eles entraram no Corredor?

Ele era visível e discreto, tal como uma ponte física?

NÃO, este era o desafio primário de entrar no Corredor.

Ele não era uma Ponte, e ele não era físico.

Na verdade, ele não estava na frente ou ao redor deles.

O Corredor estava dentro deles.

Mas como eles poderiam entrar em algo que estava dentro deles?

Os Abridores de Portal tiveram de se colapsar em seu EU.

Em outras palavras: eles tiveram que negar todos os apegos àquilo que parecia estar ao redor deles e se unir totalmente àquilo que eles encontraram dentro de seu Coração Superior.

Para a surpresa deles, quando eles entraram em seu Coração Superior, eles descobriram que tudo que eles amaram incondicionalmente em suas inúmeras encarnações estava esperando para se reunir a eles.

Os Sem Forma haviam lhes dito que o amor incondicional era a força de união do Universo.

Entretanto, como eles iam saber que o amor incondicional iria reunir tudo que eles amaram numa frequência superior de realidade que eles poderiam entrar por entregarem-se ao seu próprio Coração Superior?

Os Abridores de Portal não sabiam que eles tinham colecionado dentro de seu próprio Coração Superior todas as realidades que eles já tinham experimentado em todas as suas excursões em forma.

Todas as pessoas, locais, situações ou coisas que eles tinham amado incondicionalmente estavam aguardando por eles dentro do AGORA desta Grande Reunião.

Os Abridores de Portal colecionaram TODAS essas realidades passadas, presentes e futuras e as combinaram no AGORA de sua ascensão.

Desta maneira, toda experiência de amor incondicional que eles tiveram e gostaram estava reunida no Corredor.

Visto que os Abridores de Portal amavam tanto e incondicionalmente seu planeta, eles reuniram tudo que eles amavam em seu planeta no Corredor também.

Infelizmente, esta reunião de experiências planetárias no Corredor provocaria caos aos Perdidos que ainda estavam limitados ao planeta.

Os Perdidos ainda se agarravam ao medo, vitimização e/ou poder sobre os outros.

Portanto, seu quociente de amor e luz estava muito pequeno.

Consequentemente ele não podiam nem encontrar seu Coração Superior e muito menos se colapsar nele.

Além disso, a entrega era sentida como derrota para eles.

Eles não entregariam suas crenças tão antigas.

Nem entregariam aquilo que eles tinham trabalhado tão arduamente para conseguir.

Infelizmente para os Perdidos, os Arcturianos que eram os mantenedores da forma planetária estavam felizes por se unir com os Abridores de Portal e os Sem Forma no Corredor.

Assim, partes da matriz do planeta estavam desaparecendo da percepção dos Perdidos.

Aqueles que haviam acreditado num fim desastroso estavam desenvolvendo essa linha de história, enquanto outros continuavam com seus comportamentos egoístas ou fracos.

Por outro lado, alguns dos Perdidos estavam encontrando grande coragem e assistindo outros enquanto procuravam um lugar seguro.

E como eles ficaram surpresos quando descobriram que esse "lugar seguro" era realmente dentro do Corredor.

Infelizmente outros Perdidos estavam se agarrando ao seu poder sobre os outros e/ou sua autopiedade e falta de controle de suas próprias vidas.

Esses se enfureceram ou chamaram desesperadamente por seu Deus separado, porque eles não conseguiram encontrar seu próprio Coração Arcturiano.

Foi neste quadro que a história holográfica começou.

***

Para a minha surpresa, neste ponto da história uma enorme gama de emoções me tomaram, e eu raivosamente desliguei o holograma.

POR QUÊ?

Por que me foi mostrado isso?

Foi-me mostrada esta história para me recordar que ao invés de egoisticamente aprimorar minhas próprias habilidades, eu deveria estar em casa nas Plêiades, no meu próprio planeta?

Saí correndo da holosuíte em confusão e tristeza.

E o meu próprio povo?

O que eles estavam enfrentando agora?

Eu jurara ser um Protetor do meu povo, e eu estava longe em meu próprio desenvolvimento egoísta quando eu deveria estar em casa protegendo e ajudando meu povo.

Eu estava praticamente numa carreira quando trombei com o Arcturiano.

O simples toque com seu corpo e mente acalmou minhas emoções e centrou meu pensamento.

O Arcturiano olhou fundo nos meus olhos e nós nos encontramos Alma a Alma.

Eu senti as respostas a muitas perguntas não feitas fluindo para a minha consciência.

Minha respiração desacelerou, meu coração acalmou e minha mente silenciou.

"Temos um convidado que queremos que você cumprimente e o leve a um tour pela Nave Mãe.", o Arcturiano me informou telepaticamente.

Eu comecei a falar, mas ele telepaticamente interrompeu para dizer:
"Fale somente com o seu coração".

Então eu tive que me centrar totalmente o bastante para fazer perguntas telepaticamente sobre para onde eu deveria ir e por quem eu procuraria.

Senti o sorriso do Arcturiano dentro do meu coração enquanto ouvi:
"Siga-me".

Eu segui o Arcturiano para a principal Área de Entrada e vi um Ser adorável de sexo e origem planetária desconhecida.

O Arcturiano respondeu à minha pergunta não proferida por dizer telepaticamente:
"Ele/Ela é um híbrido de Humano e Arcturiano cujo nome é Kepier".
 
----.....---==II==----.....----

Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/

Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Página|   -  |Voltar Menu Suzanne Lie|   -  |Voltar Home|