TRANSMUTANDO O NÚCLEO DE GAIA
Por Suzanne Lie PhD
Em 28 de fevereiro de 2014
 

     
Queridos Arcturianos:

Eu tenho muitas perguntas, mas sei que as respostas estão dentro de mim e eu me perdi outra vez na terceira dimensão.
Eu tinha aquela reunião pela qual esperei tão ansiosamente e fiquei atarefada.
Fiquei atarefada de novo e a perdi, e eu me pergunto quantas coisas eu deixo passar porque estou tão ocupada - tão ocupada no mundo 3D fazendo essa coisa certa, essa coisa boa, essa coisa importante.

Meu foco está no exterior - no mundo exterior que estou tentando ver além dele.
Agora eu lhes peço que falem através de mim e vou tirar um momento do tempo que desperdicei estando ocupada e dedicá-lo à interiorização para encontrar a mim e a vocês, queridos Arcturianos - o mais alto componente do eu que está usando este vaso terreno e tendo dificuldade para não ficar perdida dentro do vaso terreno.


Arcturianos:

Nossa querida Suzille, nós falamos com você em sua própria voz, portanto, você sabe que estamos dentro de você e que estamos falando através de você - pois estamos usando esse corpo em que frequentemente você se perde.
Nós estamos usando essa mente, esse cérebro, essas cordas vocais, esses pulmões, esse coração.
Você percebe como nós somos um?

Você percebe como quando você nos permite chegar a você - nós sendo as expressões mais altas de você - pois você e nós são termos tridimensionais?
Pois na quinta dimensão e acima existe nós.
Nós somos Um.
Todos nós somos Um.
Então, sua amiga com quem você desejava se reunir para partilhar esta meditação está lá também.
Você a vê?
Sim, ali está ela, bem ali e veja que ela está tendo dificuldade para ver você da mesma forma que você está tendo dificuldade para se lembrar de nós - o nós de suas/nossas expressões arcturianas.

Lá está ela, agora ela nos vê.
Agora nós somos nós novamente.
Nós somos um novamente.
Sim, realmente não é superior encontrarmo-nos desta forma?
Claro, vocês se encontrariam mesmo se estivessem em canais separados do Skype, mas agora esse suporte já era, não era? - esse suporte tridimensiona no qual você move sua energia por um dispositivo mecânico a fim de comungar com alguém num lugar muito distante em sua Terra.

Mas vocês não precisam desses dispositivos mecânicos.
E nós, nós, nós principalmente nos encontramos dentro do núcleo de nossa amada Gaia, onde não há qualquer distância.
Só existe o aqui, só existe o agora.
No núcleo de Gaia tal como no nosso núcleo em você, não existe tempo.
Não existe espaço.
Pois ele é o seu Núcleo quântico.
É o você que você sempre foi e é o você que agora está usando seu vaso terreno.

Sinta esse você aninhado dentro do seu vaso terreno.
Sinta esse você que está cercado por uma ilusão - cercado pela ilusão da separação.
Pois, enquanto usando seu vaso terreno, você está dentro do holograma tridimensional da Terra e a matriz desse holograma tridimensional declara que você está separada, que existe tempo e existe espaço, e que leva tempo para cruzar o espaço para chegar a esse ser separado.

Claro, você pode usar um dispositivo mecânico em que tempo e espaço é instantaneamente apagado.
Então, você entende a ilusão que ele é?
Tempo e espaço não é real.
É uma ilusão.
Somente existe o Agora.
Somente existe o Aqui.

Sinta-se agora, aqui, no Núcleo de Gaia.
E nesse Núcleo de Gaia, você nos vê?
Nós não estamos usando uma forma.
Nós somos um campo de energia flutuante.
Nós assumimos esse campo de energia flutuante para que você possa nos perceber enquanto em seu estado meditativo de somente suas percepções tetradimensionais.

Você pode acreditar que realmente nos vê?
Você pode acreditar que você realmente está dentro do núcleo?
Ou você vai se perder outra vez no vaso que você está usando, que está sentado numa cadeira, inclinado numa escrivaninha e falando num dispositivo mecânico?
Você pode acreditar que o corpo sentado numa cadeira é uma ilusão - que a cadeira é uma ilusão, que a escrivaninha é uma ilusão, que o dispositivo mecânico é uma ilusão?
Você pode acreditar que você está aqui "agora" e que nós somos "um"?

Sinta o campo de energia de estar Aqui - Agora dentro deste Núcleo do seu ser, dentro do Núcleo de sua espinha e seu cérebro, dentro do Núcleo de sua kundalini e sua mente multidimensional, dentro do Núcleo do Planeta, dentro do Núcleo do Núcleo de Cristal dele.
Sinta como você está dentro do Núcleo de Cristal do Núcleo de Gaia.
Sinta ao seu redor o imenso campo de energia multidimensional que é o seu eu planetário.

Pois, você se tornou um membro do eu planetário de Gaia quando você saiu de nosso campo de energia e entrou no seu vaso terreno.
Agora você se moveu para além da ilusão do seu vaso terreno, além da ilusão do eu físico tridimensional de Gaia e entrou na verdade de seu núcleo central, do núcleo central de Gaia misturando-se em unidade conjuntamente.

Sinta a comunidade, sinta o campo de energia enquanto ele começa a expandir e cresce mais e mais e mais rápido - tão rápido que seu corpo não pode começar a contê-lo, então você precisa liberá-lo.
Você precisa escolher.
Você está escolhendo as limitações da sua vida tridimensional ou está escolhendo deixar ir e sentir o campo de energia que a está envolvendo, combinando você com Gaia?

Sim, a kundalini agora fala.
Ela despertou pela sua liberação e você a sente agora enquanto ela sobe e desce por sua espinha e você sente como essa kundalini fica subindo e descendo por sua espinha enquanto você está dentro do Núcleo central de Gaia.
Ah, sim, espere - pois agora você sente a kundalini do Núcleo Central de Gaia enquanto ela sobe e desce por todo o Cristal Central dela.
É muito difícil conter isto, então, portanto, você precisa disparar este campo de energia para o Norte - o Angular Norte - para o Norte que representa o espírito, as frequências superiores dos portais para as expressões multidimensionais de Gaia e da amada Nova Terra dela que está na entrada desses portais para recebê-la com Amor Incondicional.

Agora, você puxa o Amor Incondicional da Nova Gaia que você encontrou através do Norte de volta para o Núcleo Central e - ah, sim, você pode sentir como a energia se amplificou imensamente.
Agora você se vira e envia esse campo de energia para o Sul.
E no Sul você sente como Gaia é um ser vivo por milhões e bilhões de anos.

Permita que o estado de ser dela de tudo que ela tem sido, de todas as formas dela mesma como uma ideia.
Sinta como essa ideia do Um foi preenchida com o Amor Incondicional que criou o início de uma forma.
E a forma transmutou, alterou e mudou por muitas eras, por muitos desastres, por muitas reconstruções, por muitas épocas e então ela teve o maior desastre - a Queda de Atlântida em que ela caiu profundamente no tempo, profundamente na terceira dimensão, profundamente na ilusão - ilusões de tempo, ilusões de separação que criaram polaridades e o bom e o mal começaram a batalhar.
E o certo e o errado começaram a lutar e o amor e o medo se perderam nas batalhas, se perderam nas lutas.

E sim, aqueles que encarnaram durante esse longo tempo nesse reino tridimensional aprenderam muito rapidamente a dominar seus campos de energia ou eles ficaram perdidos e tiveram que voltar outra vez, e outra vez e outra vez até que por último e finalmente eles aprenderam a dominar seus campos de energia para que eles não participassem das polaridades.
Eles encontraram esse lugar intermediário.
Dentro do Núcleo, eles viram que o bom era apenas uma das polaridades que também era chamada de mau.
Mas bom e mau eram somente as extremidades, os componentes mais lentos desse campo de energia.
Dentro do núcleo, dentro do centro do campo de energia somente existe Amor Incondicional.
Somente existe sabedoria infinita.
Somente existe poder interior.

E com esse amor incondicional você tem o poder infinito de sua sabedoria infinita para falar dentro desse poder, dentro desse amor, dentro dessa sabedoria - para observar na matriz qualquer ilusão de medo, de separação, de ficar perdido.
E enquanto você observa a matriz, você diz: Eu Amo Você Incondicionalmente. Eu uso minha grande sabedoria multidimensional para aceitar você incondicionalmente. E com o grande poder dentro desse EU SOU, eu perdoo toda pessoa, local, situação e objeto que eu já criei para que eu pudesse aprender sobre as polaridades. E então eu culpei aquilo que eu criei, e então essa pessoa, local, situação ou objeto que eu culpei - Eu Perdoo Você Incondicionalmente.

E agora você puxa de volta essa energia da grande história de Gaia para o núcleo central.
E agora você vai para o Oeste onde o Sol está se pondo.
O Sol está se pondo na realidade que ficou ligada ao tempo, separação e ilusão.
E então você entra nesse sol poente e traz para si cada lição que você já aprendeu - toda lembrança que você tem armazenada em sua maravilhosa mente multidimensional, toda situação que você transmutou e todo ser humanoide, cetáceo, animal, peixe, inseto, humano e traz todos para seu coração.
E diz: Eu quero levar vocês conosco. Nós sendo todos nós. Nós todos agora queremos entrar em um novo ciclo juntos.

Então agora você traz tudo o que já foi para o agora do Um do Núcleo Central.
E ao Leste você vê o sol nascente da Nova Terra.
E conforme esse Sol sobe mais e mais, ele dá ignição a esse núcleo oriental com a luz violeta da transmutação.
Essa transmutação segue a trajetória dessa base angular para o Núcleo Central de Cristal.
Agora você vive no Agora.
Nesse Agora você não espera - pois esperar é um conceito tridimensional.

Dentro do Agora você ouve.
Você ouve ao seu eu que está além das ilusões de sua expressão tridimensional.
Você ouve a todas inúmeras e maravilhosas expressões de você mesma e você as traz para o seu Núcleo que está dentro do núcleo de Gaia.
E você pega essas mensagens lindas do mundo real da Nova Terra multidimensional e você as compartilha de uma maneira que você escolheu antes de entrar nesta missão.

Abençoada seja a nossa equipe à distância.
Nós nos encontraremos aqui novamente para mais transmissões.
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Suzanne Lie II - IIVoltar HomeII