CONVERSAS COM UMA TRABALHADORA DA LUZ - PARTE 2
Projeções do Vórtice
Por Suzanne Lie PhD
Em 04 de fevereiro de 2014
 
     
Sue:
Nós duas percebemos que NÓS somos o projetor holográfico que está projetando nossa realidade de dentro de nós para a matriz multidimensional da Terra.
Esta matriz multidimensional tem uma versão 3D, 4D e 5D de realidade no planeta Terra.
Nós somente podemos viver uma realidade que podemos perceber E nossas percepções estão calibradas ao nosso estado de consciência.

Portanto, nós somente podemos experimentar uma realidade 3D se nós a percebemos.
Nós somente podemos experimentar uma realidade 4D se pudermos percebê-la, e nós somente podemos experimentar uma realidade 5D se pudermos percebê-la.

Trabalhadora da Luz:
Sim.
Eu entendo isso.
Eu também sei que nós somente podemos perceber todas as três realidades se ressoarmos à nossa consciência multidimensional.

Sue:
Exatamente.
Portanto, nós vamos respirar profunda, longa e lentamente algumas vezes para visualizarmos um vórtice enorme cheio de amor incondicional.
Estamos bem no meio desse vórtice.
Você vê esse vórtice enorme em torno de nós?

Trabalhadora da Luz:
Sim.

Sue:
Agora você consegue ver o nosso eu humano dizendo:
"Nossa, há tanto para fazer. Estou sobrecarregada, é coisa demais."?
Você vê isso?

Trabalhadora da Luz:
Sim, okay.

Sue:
Agora vamos nos virar e dar um grande abraço incondicional em nosso eu humano (que provavelmente não sabe que ele ou ela está neste vórtice) enquanto dizemos:
"Eu Amo Você Incondicionalmente. Você sabe que é difícil esquecer que você é humano, não é? É um sentimento viciante. Portanto, vou pedir para você lembrar que AQUELE que está lhe dando este abraço é uma frequência superior de seu EU Multidimensional."

Trabalhadora da Luz:
Isso foi gostoso.

Sue:
Agora vamos voltar a ser um projetor holográfico.
Nosso vaso terreno basicamente é um projetor holográfico.
Este projetor holográfico toma nossos pensamentos para criar formas-pensamento, que nós preencheremos com a força de vida da emoção.

Agora nós criamos uma realidade possível, que permitiremos fluir a partir de nosso projetor holográfico para a nossa matriz 3D.
Assim que essa realidade possível está posicionada em nossa matriz 3D, nós temos uma oportunidade de escolher essa versão de nossa realidade 3D.
Entretanto, esta matriz 3D é de uma frequência muito baixa.

Portanto, nós precisamos nos lembrar de que nós realmente estamos dentro de um vórtice enorme com amor incondicional constantemente fluindo por ele.
Porque nós, o nosso EU Multidimensional, estamos infinitamente dentro deste vórtice, nós podemos sentir esse amor incondicional ao nosso redor.
Então, porque sentimos o amor ao nosso redor, nós podemos facilmente criar uma realidade de amor incondicional.

Trabalhadora da Luz:
Sim, eu gosto dessa escolha.

Sue:
Para perceber as muitas versões de realidade que nosso EU Multidimensional tem projetado do interior do vórtice para a matriz multidimensional da Terra, a nossa consciência deve ressoar a uma frequência dessa dimensão.
Nossa consciência somente pode se ligar a realidades que ressoam à mesma frequência/dimensão ou inferior.

Portanto, se nossa consciência é pentadimensional, nós podemos nos ligar a uma realidade penta, tetra ou tridimensional.
De fato, nós podemos nos ligar às três frequências de realidades, pois as dimensões superiores podem perceber/experimentar as mais baixas.
Porém, nosso eu tridimensional somente pode perceber as frequências mais altas se expandirmos a nossa consciência para as dimensões mais altas.

Por exemplo, nossos olhos físicos somente podem ver um ser pentadimensional se nossa consciência estiver expandida para a quinta dimensão.
Se nós somente tivermos um estado tridimensional de consciência, nós não seremos capazes de perceber a versão de realidade que é cheia de amor incondicional.

Assim, mesmo que nosso EU Multidimensional projetou essa versão mais alta de realidade na matriz multidimensional da Terra, nós não podemos experimentá-la até nos lembrarmos de que nós realmente estamos em um vórtice enorme de amor incondicional.
Este vórtice também é chamado de "Corredor Arcturiano".

Trabalhadora da Luz:
O Corredor Arcturiano é um vórtice enorme?

Sue:
Sim, mas nós somente tomamos conhecimento desse vórtice/corredor se nossa consciência está calibrada à quinta dimensão e acima.
Quando nós reconhecemos que estávamos nesse corredor, nós na verdade enviamos uma projeção holográfica multidimensional.
Então, a versão tridimensional se ligou à frequência tridimensional da matriz 3D da Terra, a versão tetradimensional se ligou à matriz 4D da Terra e a versão pentadimensional ligou-se à matriz 5D da Terra.

Trabalhadora da Luz:
Sim, eu posso ver essas partes da projeção holográfica ressoarem a diferentes vibrações.
As projeções mais densas, de frequência mais baixa têm partículas maiores, enquanto que as partículas menores podem passar direto pelas partículas maiores porque elas têm menos densidade e são menores.
Nossos olhos físicos não podem ver as partículas menores da quarta e quinta dimensão.
Eles não podem ver porque elas são muito pequenas e não têm densidade suficiente para serem vistas com a nossa visão 3D.

Sue:
Certo, por favor, diga isso novamente porque foi realmente profundo.
Você pode falar mais sobre a densidade e o tamanho das partículas da forma potencial?

Trabalhadora da Luz:
Eu vejo as partículas mais densas da forma potencial, que são como grandes bolas, com bolas menores de luz que fluem através das partículas maiores.

Sue:
Qual é de frequência mais alta e qual é de frequência mais baixa?

Trabalhadora da Luz:
A frequência mais baixa tem as partículas grandes e mais pesadas.
Então, entre e dentro das partículas maiores e mais densas de frequência mais baixa estão todas as partículas menores e menos densas de frequência mais alta.
As partículas grandes não têm conhecimento das pequenas.

Sue:
Sim, e as partículas menores são partículas quânticas, pois elas estão livres do tempo e espaço.
Portanto, elas estão instantaneamente em todos os lugares e podem perceber tudo.
As partículas que estão entre as partículas tridimensionais e as quânticas (pentadimensionais) são as partículas astrais da quarta dimensão.
Essas partículas mantêm o tempo, mas o tempo tetradimensional é muito mais rápido e mutável do que o tempo tridimensional.

Trabalhadora da Luz:
Certo.
Nós podemos ver as partículas tetradimensionais quando estamos sonhando e meditando.

Sue:
Sim, nosso corpo físico realmente tem essas partículas menores dentro e entre as partículas maiores e mais densas.
Essas partículas quânticas estão em nosso DNA 97% e também nos fótons de todo átomo, pois os fótons viajam mais rápido do que o tempo.
Então, nós somos parcialmente quânticos mesmo quando usando nosso vaso terreno.
Nós simplesmente não sabemos ou não acreditamos nisso.

Porque nós nos esquecemos de nossa natureza quântica inata, nós pensamos que não podemos perceber as partículas pentadimensionais menores que se ligaram à matriz 5D ou as partículas tetradimensionais que se ligaram à matriz 4D.

Enquanto nossa consciência principal é tridimensional, nós não sabemos que podemos perceber as dimensões mais altas de realidade.
Felizmente, assim que recuperarmos nossas percepções multidimensionais, nós seremos capazes de perceber e experimentar a matriz 3D, a matriz 4D e a matriz 5D.
Quando isso ocorre, nós podemos escolher qual a frequência de realidade que nós desejamos como nossa principal percepção/dimensão de realidade.

A realidade que percebemos é a realidade que vivemos.
Em outras palavras, agora nós temos que meditar para elevar nossa consciência e perceber os mundos superiores.
Entretanto, já que muito de nosso vaso terreno já é quântico (pentadimensional), nós podemos decidir tornar nossa principal realidade a quinta dimensão.
Então, nós podemos meditar para abaixar nossa consciência se nós quisermos experimentar a quarta ou a terceira dimensão.

Trabalhadora da Luz:
Por que quereríamos abaixar nossa consciência?
Sim, eu sei que seria para assistir outros, mas assim que retornamos às frequências mais baixas de realidade, não podemos ficar presas nelas?

Sue:
Sim, é muito fácil ficar presa na terceira dimensão porque quando nossa consciência abaixa, nós normalmente nos esquecemos de nosso eu dimensionalmente superior.
Felizmente, nosso "eu quântico" está constantemente enviando mensagens para nós através dos portais de nosso DNA 97% e nossos Fótons, e também através de nossa glândula pineal e meditações.
Além disso, nosso eu tetradimensional nos envia sonhos e meditações sobre o nosso verdadeiro eu.

Trabalhadora da Luz:
Mas nós temos que nos lembrar de ouvir a nossa voz interior e nossos sonhos para captar essas mensagens.

Sue:
Sim, nós temos.
Quando ouvimos o interior de nosso eu, nós podemos nos lembrar de que ao invés das frequências superiores estarem muito longe ou acima, elas realmente estão dentro, porque elas estão dentro do nosso DNA, dentro de nossas células e dentro de nossa consciência multidimensional.

Trabalhadora da Luz:
Certo, e dentro de nossa kundalini que está dentro de nossa medula espinhal.

Sue:
Sim, SÓ o que temos de fazer é garantir que nossa consciência ressoe à frequência que cria a percepção da realidade que nós queremos viver.

Então, quando estamos despertas para a nossa vida terrena, e estamos dirigindo no trânsito para chegar ao trabalho, estamos atrasadas e temos que chegar a esse compromisso e aquele compromisso e "Ah, minha nossa, eu me esqueci de fazer aquilo?", nós precisamos nos lembrar de calibrar nossa consciência à versão pentadimensional de realidade.
Então nós começaremos a nos lembrar de como desligar da matriz 3D e ligar à matriz 5D.

Trabalhadora da Luz:
Certo.
Em nossa realidade pentadimensional, que ressoa à matriz 5D, nós estaremos teleportando para o trabalho ou relaxando em algum hiper transporte público que nos leva para lá instantaneamente.
E também palavras como "trabalho", "atraso", "trânsito" e "esquecer" não estarão mais em nossos pensamentos.

Sue:
Adoro esse pensamento.
E também, se ficamos esgotadas, fatigadas, nervosas e/ou angustiadas, nós sabemos que nossa consciência baixou.
Então nós precisamos fechar a porta, talvez dar um passeio, tomar água e/ou relaxar para que possamos nos lembrar de que nós entramos na consciência tridimensional.
Portanto, nós somente podemos perceber e interagir com a versão de realidade que está ligada à matriz 3D da Terra.
Assim que expandirmos nossa consciência para a quarta dimensão, nós perceberemos e experimentaremos a realidade da matriz 4D da Terra.

Trabalhadora da Luz:
Sim, e quando nós expandimos nossa consciência para a quinta dimensão, nós podemos perceber e viver a realidade da matriz 5D da Terra.
E então estaremos experimentando a Nova Terra!

Sue:
Parece bom para mim.
Então nós vamos para "Casa" na Nova Terra para relaxar e desfrutar a vida que NÓS, nosso EU Multidimensional, projetamos do Corredor Arcturiano para a matiz holográfica 5D de Gaia.
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Suzanne Lie II - IIVoltar HomeII