PERGUNTAS E RESPOSTAS COM O EU SUPERIOR
FELIZ PÁSCOA E FELIZ ASCENSÃO
Por Suzanne Lie PhD
Em 04 de abril de 2015
SUE: Queridos Arcturianos, muitos de nós estamos muito cansados e queremos saber o que está acontecendo.
Como é o normal, estou perguntando a vocês – meu EU Superior.

ARCTURIANOS: Amada, o que está ocorrendo com você, a NOSSA em Terra, é que você está ascendendo.
Você está ascendendo lenta, mas seguramente, para seu vaso terreno poder aceitar gradualmente cada alteração e integrar essas mudanças no sistema inteiro de sua forma tri e tetradimensional.

Muitos de vocês, os nossos em Terra, têm trabalhado constantemente e estão além da fadiga.
Nós lhes pedimos que AGORA vocês liberem essa fadiga.
Entretanto vocês precisam SENTI-la antes de poderem liberá-la.
Entendam que vocês precisam experimentar conscientemente cada elemento de sua encarnação presente que precisa ser liberado para que vocês possam liberá-lo conscientemente.

Aqueles de vocês que “trabalharam duro e por muito tempo” pelo processo de ascensão provavelmente são os professores, curadores e líderes que escolheram ajudar e curar Gaia e TODOS os Seus habitantes.
Vocês, queridos, AGORA estão conscientemente cientes de todos os componentes de sua experiência para que possam compartilhá-los com outros.

Vocês têm duas escolhas.
Vocês podem se “preocupar” com sua grande fatiga ou vocês podem amá-la incondicionalmente e transmutá-la.
Vocês se esqueceram de que são os criadores de sua realidade?
Sim, nós pensamos que muitos de vocês esqueceram.
Por favor, lembrem-se, há uma escolha.

Vocês podem ser o criador consciente de sua realidade OU vocês podem ser a vítima de inúmeras alterações e mudanças que agora estão preenchendo e preencherão cada vez mais a sua realidade.
Quando foi a última vez que vocês enviaram para si amor incondicional e/ou transmutaram sua forma em transformação com o Fogo Violeta?

SUE: Queridos Arcturianos, eu somente posso falar por mim, mas eu admito que já faz um tempo.
Provavelmente foi quando eu estava dizendo aos outros para eles se enviarem amor incondicional e luz violeta.
Mas eu fiquei perdida em meu serviço e permiti a fadiga, ela e sua melhor amiga preocupação, entrar em minha consciência.
Agora eu entendo que há uma mártir dentro de mim que eu preciso amar para libertar.
Eu trabalho duro demais, descanso de menos, e então me pergunto por que estou exausta além das palavras.

ARCTURIANOS: Sim, estamos felizes por você perceber isso.
Nós percebemos que muitos de vocês estão se negligenciando por um bom propósito, mas temos treinado você todos esses anos para que possa dar décadas de serviço à sua missão.
Se você adoecer ou ficar exausta acima da capacidade de continuar, você se desgastará.

Enquanto usando um vaso terreno, se você se desgastar provavelmente você ficará doente ou lesionada.
Este é o modo de seu corpo dizer: “eu atingi meu limite e preciso de tempo para me recuperar”.
Você ouve seu corpo lhe dizendo isso agora?

SUE: Sim, eu ouço meu corpo gritando isso agora.
E, apesar do que eu disse aos outros, o que vocês/nós dissemos aos outros, eu tornei-me tão obcecada com o meu serviço que não tenho ouvido meu corpo o suficiente.
Portanto, agora mesmo eu vou dizer:

Querida Suzille/Sue,
eu a amo incondicionalmente!

Eu a perdoo incondicionalmente por cair no papel de mártir de trabalhar até a exaustão.

Eu aceito – finalmente – que o vaso terreno que estou usando não pode mais “trabalhar” da maneira que eu o fiz trabalhar por décadas.

AGORA eu chamejo, chamejo, chamejo o Fogo Violeta em todas as células e átomos do meu vaso terreno físico.

Eu escolho perceber a Chama Violeta enquanto ela entra em todas as células e átomos do meu vaso terreno.

Ao fazer isso, eu percebo que há outro “EU” dentro do meu vaso.
Na verdade não é “outro” eu.
É um eu “superior”.
Esse EU é VOCÊS, os Arcturianos e também TODAS as expressões do meu EU Multidimensional que vieram nesse vaso para me assistir a assistir Gaia.
Como pude deixar isso passar?

ARCTURIANOS: É simples, Suzille, você não olhou.
Você estava focalizada fora de você porque você era viciada no mundo estar fora de você.
Portanto, você usou seu vaso terreno externo para lidar com os desafios de sua realidade externa.
Agora você vê sua realidade interna?

SUE: Sim, eu posso senti-la e vagamente vê-la.
Creio que se eu escrever sobre ela, eu a verei melhor.
Parece que aquilo que não consigo perceber com meus olhos, meu corpo pode perceber e me dizer através da minha anotação.

ARCTURIANOS: Escreva o que seu corpo percebe agora.

SUE: Meu corpo percebe, sente, sabe e reconhece que há uma pequena multidão dentro de mim.
Meu ego quer me lembrar de que todos têm esta multidão interior.

ARCTURIANOS: Nem todos têm essa “multidão” de suas expressões superiores aguardando no interior, mas há mais e mais pessoas que estão percebendo isso todos os dias.
Por favor, continue.

SUE: O modo como meu corpo/eu percebo a “multidão” dentro é como que há muitas figuras com formas vagamente humanoides dentro de mim.
Algumas delas são cheias de luz.
Ah, eu vejo Tarmain que é uma baleia estando lá também, assim como meu ser pássaro Lemuriano.

Alguns membros da multidão parecem estar no processo de transmutação em seus corpos de luz e alguns, ah, esses eu posso sentir.
Todos esses seres viraram para me olhar e estão me enviando o amor incrivelmente calmo e incondicional.

Eu os sinto me parabenizando.
Eles estão felizes por mim e entendem que tudo que estou experimentando como grande fadiga na verdade é o meu medo remanescente.
Agora eu os vejo como todos os mestres interiores que amorosamente têm me orientado por toda a vida.

Esses guias têm um entendimento profundo de mim e estão reconhecendo exatamente como tenho me sentido.
Estou percebendo como estou muito cansada, mas não consigo ou não vou parar até... Eu não sei.
Penso que o “não consigo parar” realmente pode ser meu mártir interior.

Sim, eles estão sorrindo.
Eles estão me lembrando de que esse “tempo” é uma ilusão, tal como o é “trabalho”.
O trabalho é justamente a resistência dentro de mim.
Essa resistência parece vir das figuras que são mais escuras, como o meu eu sombrio.
Esses sombrios ainda não reconheceram totalmente que NÃO existe tempo.
Eles ainda não se lembraram disso porque NÃO existe tempo, NÃO existe urgência, NÃO existe pressa e NÃO existe trabalho.
Os iluminados dentro de mim estão tentando dizer aos sombrios que nós na verdade não estamos FAZENDO o processo de ascensão.
Na verdade nós SOMOS o processo de ascensão.

Queridos Arcturianos, como eu posso SER o SOU do meu processo?

ARCTURIANOS: Suzille, quando você é o SOU de seu processo, NÃO há resistência nem na sua vida interior nem na exterior.
Na quinta dimensão e acima NÃO há palavra para TRABALHO.
Trabalho é um termo tridimensional definido como “resistência sobre o tempo”.

Os “sombrios” em seu interior estão tentando ascender através da fórmula 3D de “trabalhar duro”.
Os já ascendidos dentro de você, os seres de corpo de luz, estão lembrando você de que no AGORA NÃO há trabalho porque NÃO há resistência e NÃO há tempo.

Nós lhe pedimos que observe os sombrios enquanto eles entregam o conceito de resistência ao fluxo do AGORA.
Você vê como eles instantaneamente se tornam mais iluminados?

SUE Sim, vejo que alguns deles instantaneamente se tornam corpos de luz, mas outros estão levando mais tempo e outros até estão lutando para começar o processo de deixar ir.
Eu vejo que estes últimos acreditam que o trabalho duro deles é o que os torna uma “boa pessoa”.

ARCTURIANOS: Por favor, envie amor incondicional e Fogo Violeta para esses que estão lutando.
Diga-lhes que quando eles liberarem esses antigos conceitos 3D, eles não precisarão mais trabalhar.

SUE: Sim, eu estou dizendo, mas alguns estão muito viciados em trabalhar duro.
São eles que acreditam que trabalhar duro torna-os uma boa pessoa.
O que faço com eles?

ARCTURIANOS: Continue a amá-los incondicionalmente.
Portanto, você os ama apesar de eles estarem presos nos conceitos de tempo e trabalho.
Ame-os apesar de eles estarem resistindo ao seu processo de ascensão por se agarrem aos comportamentos antigos.

Apesar de eles ainda estarem viciados na doutrinação tridimensional que trabalhar duro torna-os uma boa pessoa, ame-os incondicionalmente.
Perdoe-os e os aceite incondicionalmente.
Você acha que pode fazer isso?

SUE: Não sei. Vou tentar...
Sim, eu vejo que alguns desses sombrios são capazes de aceitar meu amor, mas outros não são.

ARCTURIANOS: Estamos felizes por você ter identificado os “líderes” de sua própria escuridão interior.
Por favor, focalize-se em amar aqueles que são os líderes de sua própria resistência interior.
Você vê como esses na verdade são componentes do seu eu interior a quem você sempre julgou?
Você crê que pode liberar esse julgamento?

SUE: SIM, eu liberarei.
Agora eu entendo profundamente que eu me fiz trabalhar excessivamente porque me foi ensinado acreditar que uma “boa pessoa” trabalha realmente “duro”.
Mas me preocupo se eu irei esquecer e voltar aos meus hábitos antigos.

ARCTURIANOS: Será quando você vai nos chamar novamente.
Claro, você está ciente de que você primeiro precisa perdoar-se antes de poder perdoar verdadeira e profundamente os outros.

SUE: Sim, eu sei disso.
Eu também sei que vocês, meu EU Superior, sempre responderão à minha chamada.
Mas, eu posso ter que chamá-los muitas vezes.

ARCTURIANOS: Sim, nós sempre responderemos.
Lembre-se: nós infinitamente lhe enviamos amor incondicional e Fogo Violeta.
Portanto, se você não conseguir enviar isso para o seu eu, então nos sintonize e sinta o que estamos lhe enviando.

Que vocês possam ter um dia relaxante livre de trabalho e cheio de ascensão.
-.....---==II==----.....-
  Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Página| |Voltar Menu Suzanne Lie| |Voltar Home|