DE VOLTA DA LEMÚRIA - PARTE 3
NOSSA NOVA VIDA
Por Suzanne Lie PhD
Em 05 de junho de 2014
 
  SANDY FALA:

Após minha reunião com o Arcturiano, Jason me levou até a mesa e preparou café para que eu me aterrasse mais.

Quando me sentei à mesa esperando pelo café, comecei a examinar a pilha de correspondências que eu colocara na mesa.

Após passar por várias contas que não poderíamos pagar e várias correspondências inúteis, cheguei a uma carta de um advogado para Jason.

Obviamente a carta o seguiu por várias mudanças de endereço e finalmente chegou ao seu atual endereço.

Parecia que um dos envelopes continha um cheque, então chamei Jason para abri-lo.

Ele veio com o nosso café e sentou-se para abrir a carta que parecia oficial.

Ah! – disse ele.

É o advogado do meu tio rico.

Você nunca me falou desse tio rico, eu o ironizei enquanto ele abria a carta.

Sim, para mim ele não era um homem muito bom, mas ele ficou ofendido com todos que ele conheceu.

Entretanto, ele era muito rico, então havia muitos “seguidores” que o cercavam.

Então os olhos de Jason se arregalaram e ele respirou profundamente ao dizer:

Ele me deixou dinheiro.

Legal, eu disse.

Agora talvez possamos pagar algumas destas contas.

Não, disse ele.

Ele me deixou MUITO dinheiro.

Ele me deixou dinheiro suficiente para comprarmos esta cabana, largamos nossos míseros trabalhos e, dependendo de como administrarmos, não trabalharmos por anos.

Eu tinha certeza de que ele estava me gozando então eu ri e disse:

Então que sejamos ricos depositários.

Não, exclamou Jason enquanto me passava a carta.

Não estou brincando.

Quando li a carta, quase desmaiei.

Só o que pude dizer foi:

Uau! O que você vai fazer com todo esse dinheiro?

Jason pegou minha mão e olhou direto nos meus olhos:

Primeiro vou me casar com você.

E então faremos uma lua de mel de um ano para visitar os elementos e os elementais.

Só o que eu realmente ouvi foi a parte do “casar comigo”.

Casar comigo! – Eu disse com tamanha alegria e amor que ele se levantou, deu a volta na pequena mesa, me fez levantar e olhou em meus olhos enquanto dizia:

Minha querida Sandy, você me daria a honra de ser minha esposa?

Não consigo expressar a alegria e o amor que senti naquele momento.

Só o que eu podia fazer era levantar e abaixar a cabeça enquanto dizia:

Sim, ah, sim, sim, sim, sim.

Nós nos abraçamos tão apertado que nos tornamos uma pessoa.

Jason então me pegou no colo e me levou para o quarto para comemorarmos o início de nossa nova vida.

Mais tarde, Jason levantou, ligou para o advogado e acertou tudo para receber seu dinheiro.

Teríamos que viajar para a cidade para ele poder assinar alguns documentos e transferir o dinheiro para a sua conta... que na verdade logo seria NOSSA conta.

Então, a semana seguinte seria cheia de atividade.

Primeiro fomos ao advogado para nos certificamos se essa “coisa” era real.

Nós dois sabíamos que o dinheiro na verdade era um pressente de nossa “equipe superior de apoio” para que pudéssemos concluir nossa missão.

Não era que de alguma forma eles fizeram o tio do Jason morrer, mas sim que invisivelmente nos mudaram para uma realidade paralela em que este dinheiro entrou em nossa vida.

De fato, o dinheiro estava tentando entrar em nossa vida por mais de seis meses, pois esta era a data original da carta.

Nós mudamos tanto nesses seis meses que foi bom não recebermos esse dinheiro antes.

Quem sabe se seríamos capazes de lidar adequadamente com ele antes?

Agora nossas cabeças estavam claras, então consultamos nossa orientação superior sobre como melhor administrar o nosso novo dinheiro.

Primeiro iríamos ao advogado e então encontraríamos uma boa empresa para administrá-lo.

Corretamente administrada, essa quantia poderia cuidar de nós por muitos anos.

E isto é, mesmo se precisássemos dele depois de retornar ao núcleo de Gaia.

Todo esse negócio de reajustar nossas vidas levou cerca de dois meses.

Nessa época também planejamos nosso casamento simples, que seria em nossa cabana com nossos vizinhos amigos.

Sim, nós compramos nossa cabana, o que sempre foi nosso sonho.

Dissemos a todos que teríamos uma lua de mel de um ano, o que, de fato, era verdade.

Um de nossos melhores amigos moraria na cabana e cuidaria dela para nós.

Ele adorava jardinagem, então ele manteria nossa horta.

Tudo estava se encaixando.

Jason e eu sabíamos que tudo isso ocorrera por causa de nossos amigos em, literalmente, “posições superiores”.

Nós intensificamos nossa meditação, pois sabíamos que as tentações de nossa nova vida poderia nos tentar a nos esquecermos de nossa missão.

Nossa equipe dimensionalmente superior estava conosco todos os dias em nossas meditações.

Mytre e Mytria se comunicavam conosco regularmente. Tal como Mytrian e o Arcturiano.

Ficou claro para mim naquele dia em que o Arcturiano entrou em minha cozinha que era o início de minha/nossa nova vida.

O novo início seguinte em nossa vida foi o nosso casamento, que agora vou compartilhar.

Nossos amigos nos fizeram passar a noite anterior ao casamento num quarto do hotel daqui de perto.

Nenhum deles tinha muito dinheiro para presentes, então eles decidiram trabalhar em conjunto para decorar a cabana para o nosso casamento.

Um deles tinha uma amiga que poderia nos casar legalmente e combinou para ela vir à nossa cabana.

Nós decidimos estar completamente preparados para a nossa “lua de mel” de um ano antes do casamento, então tudo estava planejado no final de nosso período de dois meses de criação de nossa nova vida.

Finalmente, tudo estava preparado e nós ficamos no hotel enquanto nossos amigos decoravam nossa cabana.

Todos eles eram muito criativos, então nós sabíamos que eles fariam um trabalho maravilhoso.

Agora nós podíamos gastar com o hotel extravagante que havia descendo a montanha, mas nós amávamos a vida que criamos aqui e não queríamos mudá-la.

Nós iniciáramos vários empreendimentos para fundações ecológicas pelos animais, florestas, atmosfera, oceanos, etc..

Nós não sabíamos o que ocorreria no núcleo de Gaia, exceto que Jason e eu sempre estaríamos juntos.

Nós também fizemos um testamento deixando o dinheiro para nossos amigos.

Nenhum de nós tinha parente algum, então dividimos o dinheiro igualmente entre nossos amigos.

Jason até colocou o dinheiro em NOSSO nome antes de nos casarmos.

Ele me disse: Nós somos UMA pessoa. Tudo estará em NOSSO nome.

Eu estava tão feliz que tinha de ficar me beliscando para ver se tudo não se passava de um sonho.

Toda a vida física é um sonho, lembrou-nos o Arcturiano em uma de nossas meditações.

Jason e eu lembramos um ao outro dessa mensagem enquanto nos aconchegávamos na cama em nosso quarto pré-conjugal no motel.

Tivemos nosso jantar pré-conjugal na taberna local, caminhamos de volta ao nosso quarto e caímos na cama rindo devido ao excesso de cerveja.

Podemos consumar nosso casamento antes de nos casarmos? – Jason perguntou com um brilho nos olhos.

Eu lhe respondi com um longo beijo.

Acordamos muito cedo na manhã seguinte.

Demos um passeio pela trilha que passava pelo motel, tomamos café na mesma taberna e voltamos ao nosso quarto para nos preparar para o casamento.

Nós sabíamos que a noiva e o noivo deviam ficar separados antes do casamento, mas não queríamos jamais estar separados.

Os trajes do casamento estavam conosco, então na hora indicada, fomos de carro para a nossa cabana, prontos para nos tornarmos marido e mulher.

Eu estava tão feliz que parecia que poderia explodir.

Felizmente eu pude ver que Jason estava igualmente animado.

Quando fizemos a última curva para chegar à cabana, nós vimos nossos amigos em fila na nossa porta da frente.

Todos estavam usando sua “roupa de domingo” e estampavam sorrisos brilhantes em seus rostos.

Eles formaram duas filas e fomos orientados a caminhar entre elas.

Quando chegamos à porta da frente, nosso Padrinho a abriu e a Dama de Honra nos guiou pela casa incrivelmente decorada até a porta dos fundos.

Eles planejaram o casamento exatamente no mesmo ponto onde fomos levados para a Nave Espacial pela primeira vez.

Quando nós vimos isso, Jason e eu explodimos em lágrimas.

Como podíamos deixar esses amigos fantásticos?

E se nós nunca mais os víssemos?

Vivam no AGORA! – nós dois ouvimos o Arcturiano dentro de nossa consciência.

Visto que este foi o AGORA mais maravilhoso que podíamos imaginar, nós dois sorrimos enquanto éramos guiados até a mulher adorável que iria nos casar.

Nós confiáramos totalmente em nossos amigos e eles criaram o casamento mais perfeito possível.

A cerimônia foi linda, a comida estava deliciosa, as conversas eram cheias de alegria e risos e os abraços eram abundantes.

Finalmente chegou a hora de escaparmos para o nosso quarto e vestirmos as roupas para a viagem.

Já tínhamos carregado a van que compráramos para a nossa viagem, pois íamos deixar o carro para o nosso amigo que iria morar na cabana.

Agora tínhamos dinheiro para fazer um casamento caro e caprichado, mas este foi o casamento mais perfeito que poderíamos imaginar e ele foi de GRAÇA.

Tudo fez parte do presente de nossos amigos.

Todos cozinharam, decoraram a cabana e compartilharam seu presente mais importante de amor e risos.

Quando saímos do nosso quarto com as roupas de viagem, abraçamos todos eles.

Nosso riso transformou-se em lágrimas.

Todos, até a mulher que nos casara e tornara-se amiga nossa de imediato, estavam chorando.

Assim que Jason saiu da visão deles, ele encostou o carro para que pudéssemos nos abraçar e chorar de felicidade e um pouquinho de tristeza.

Então, descemos a montanha em direção do desconhecido.

Nós não sabíamos se veríamos novamente nossos queridos amigos, mas nós sabíamos que os levaríamos, e também este dia, em nossos corações para sempre.

Ao descermos a montanha, nós sabíamos que nossa antiga vida havia acabado e que estávamos começando uma nova vida.
 
Nota da Sue:

Eu nem percebi a entrada deste texto.
Eu amo a experiência de escrever essas estórias, pois eu as leio pela primeira vez enquanto estou escrevendo.
Às vezes tenho ideias de para onde a estória está fluindo, mas nem sempre ela flui nessa direção quando escrevo.
Este processo é muito parecido com nossa vida diária quando vivemos no AGORA e nos entregamos ao Caminho que encontramos à nossa frente.
Todos nós estamos numa grande aventura que se nos revela quando prestamos atenção à nossa vida interior e ouvimos ao nosso EU.
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Suzanne Lie II - IIVoltar HomeII