Perspectivas Pleiadianas
ENQUANTO ISSO NA TERRA EM ASCENSÃO - PARTE 2
NÓS SOMOS UM
Por Suzanne Lie PhD
Em 1º de janeiro de 2014
 
     
SANDY CONTINUA:

Enquanto Jason e eu estávamos sentados à mesa tomando nosso lanche reforçado, conversamos sobre o meu sonho e nossos sentimentos confusos sobre Mytrian.

Estou tão feliz por ter esse sonho e a experiência íntima de estar com o Arcturiano, eu disse enquanto sorvia meu café.

Devo admitir que realmente eu senti falta de Mytre e Mytria.

Você teve algum outro de seus sonhos sobre Mytrian?

Sim, respondeu Jason.

Na verdade, alguns dias atrás eu tive um sonho em que Mytrian estava com o Arcturiano.

Porém, ainda estou com dificuldade para entender como uma pessoa ou um ser, já que não tenho certeza se Mytrian é um humano, pode ter todos aqueles componentes diferentes do EU.

Quero dizer, supostamente você e eu fazemos parte do EU Multidimensional de Mytrian, que inclui Mytria, Mytre e o Arcturiano.

Como pode ser isso?

Como um ser pode conter essas muitas frequências diferentes de consciência em uma forma?

Eu me perguntei isso, eu respondi.

E também, eu senti a grande confiança e segurança de Mytre e Mytria, mas Mytrian parece quase tão confuso quanto eu estou.

Entretanto, desde a minha combinação com o Arcturiano desta manhã, estou começando a entender o conceito de um ser multidimensional composto.

Mas eu não consigo traduzir essa compreensão para palavras.

Na verdade, agora há mais e mais conceitos, experiências, emoções e pensamentos que eu ponho em palavras.

Meus sonhos com Mytrian, ou talvez eles sejam experiências com Mytrian, parecem estar focalizados na tentativa de Mytrian fundir-se totalmente com suas expressões multidimensionais de EU.

Na verdade, uns dias atrás eu sonhei que Mytrian ligara-se com Mytre e Mytria enquanto na Nave Mãe.

Então, duas noites atrás, sonhei que Mytrian fundira-se com seu EU Arcturiano.

Por que não me disse isso? - perguntei com os sentimentos feridos.

Normalmente Jason e eu conversávamos sobre tudo.

Mas ultimamente nós parecíamos ter nos afastado.

Sim, disse Jason enquanto pegava minha mão.

Ele novamente estava lendo minha mente.

Também senti como se não estávamos tão próximos.

Você acha que nós nos tornamos dependentes demais de Mytre e Mytria para a nossa felicidade?

Eles expressaram essa preocupação, eu respondi.

Eu acho que eles estavam certos.

Agora que eles não estão tão ativos em nossas vidas, você e eu caímos no trabalho servil de nossa vida diária.

Sinto tanto não estar conectada o suficiente com você para perceber que você estava tendo sonhos tão informativos.

E então eu tive um sonho e você ouviu cada palavra.

Por que você não compartilhou seus sonhos comigo?

Jason levou um tempo para responder minha pergunta.

Eu poderia dizer que ele estava tentando encontrar o modo mais gentil possível de me responder.

Mordi o lábio para me impedir de falar, mas também por causa do medo pelo que ele diria.

Finalmente não pude mais esperar.

Como aquela manhã maravilhosa pôde se deteriorar tão rapidamente com uma pequena conversa?

Imediatamente senti a energia arcturiana no meu interior dizer outra vez:

A luz maior revela todos os segredos.

Deveria ter ficado aliviada, mas ao contrário fiquei com mais medo.

E se Jason não me ama mais e está tentando achar um jeito de terminar?

Talvez agora eu tenha que ficar sozinha.

NÃO, NÃO, gritei dentro de meu coração.

Os meus maiores medos definitivamente estavam se revelando para mim.

Eu estava para chorar quando Jason pegou minha mão e disse:

Não fique tão preocupada.

Eu amo você e não vou deixá-la.

É que às vezes eu sinto como se deixei o meu EU.

Decidi me recompor e me esquecer dos meus medos e confortar o homem que tão maravilhosamente tem me apoiado.

Segurei sua mão, olhei em seu rosto.

Estou contente por você sentir que pode falar comigo agora.

Estou pronta para ouvir e ficarei quieta enquanto você fala.

Quando vi a expressão de alívio no rosto de Jason, percebi o quanto eu dominava nossas conversas.

Como pude não perceber como ele se sentia?

Como pude ser tão egoísta?

Eu queria dizer isso a ele, mas decidi guardar minhas palavras por enquanto e permanecer quieta, uma tarefa nada pequena para mim.

Felizmente, por fim Jason falou.

Obrigado por me dar tempo para reunir meus pensamentos.

Parece que ultimamente minha mente tem viajado muito mais depressa que meu corpo que eu dificilmente consigo me acompanhar, muito menos acompanhar você.

Eu precisei passar algum tempo só comigo, ao invés de compartilhar tudo com você.

Acho que foi por isso que não compartilhei meus sonhos.

E também, eu sabia que você estava tendo problema para aceitar Mytrian como um componente do seu EU, igual a mim.

Mas eu senti uma grande empatia pela situação de Mytrian.

Talvez porque eu estava me esforçando para manter um relacionamento profundo com o meu EU e com você ao mesmo tempo, eu pude entender melhor a confusão de Mytrian.

Apesar de ele ser um ser multidimensional com total ciência das muitas dimensões de seu EU, não lhe foi dada nenhuma instrução de como lidar com um campo de energia tão confuso.

Visto que eu mal posso navegar por um relacionamento de amor profundo com você e com o meu próprio EU, fui confortado por seguir a evolução de Mytrian.

Creio que é por isso que sonhei com ele com tanta frequência.

Mas agora a minha verdade feriu você, posso ver isso em seu rosto.

O que está em meu rosto é MEU problema, respondi, não sem um grau de raiva.

Eu também tive problemas para viver no físico enquanto também me comunicava com os seres galácticos.

Aí esses seres foram embora e eu me senti totalmente abandonada.

Tive alguns sonhos com Mytrian, mas coloquei minha raiva pelo abandono de Mytria e Mytre em Mytrian.

Agora percebo que coloquei em você também.

É por isso que você não se sentia seguro para compartilhar comigo com mais profundidade.

Jason ficou em silêncio por tempo demais, mas eu consegui me conter.

Na verdade, eu realmente apelei ao Arcturiano para me recordar da maravilhosa experiência que acabara de ter.

Sim, tudo que sobe, desce.

E também, eu não queria colidir com meus sentimentos humanamente feridos.

Eu dificultara para Jason ser ele mesmo comigo.

Suas inseguranças exigiram a atenção dele quando você deveria ter dado a ele a liberdade amorosa, eu ouvi meu Coração Superior dizer.

Sim, é claro que o meu Coração Superior estava certo.

Eu amava Jason a partir de meus sentimentos feridos, ao invés de meu Coração Superior, o que realmente feria os sentimentos de Jason.

Decidi enviar a Jason o mesmo amor incondicional que meu Coração Superior me enviara enquanto dentro da "árvore da vida", como agora eu denominava minha experiência.

Com os olhos abertos e segurando a mão dele, eu liberei meu medo para a luz verde e rosa do meu Coração Superior e o substituí por amor incondicional.

Eu não sabia muito sobre o amor incondicional, mas já que eu acabara de senti-lo a partir do Arcturiano, eu pude me lembrar de como ERA.

Pedindo e pedindo pela assistência arcturiana, eu enviei ondas de amor incondicional para Jason.

Quando enviei esse amor e ele obviamente aceitou, nós silenciosamente saímos do tempo.

Parecia como se sentáramos à mesa por uma vida inteira apenas de mãos dadas e olhando um nos olhos do outro.

Quando comecei a ficar fatigada com o envio de amor incondicional, eu percebi que não poderia enviar sem antes senti-lo dentro de mim.

Perguntei-me se era igual para todas as emoções e imediatamente meu Coração Superior disse: SIM.

Enquanto eu enviava meu presente atemporal para Jason e para mim mesma, eu pude sentir minha consciência de volta à Nova Terra que acabara de visitar.

Pude ver a montanha distante, o vale adorável e o Templo.

Enquanto eu estava conectada com Jason através de minha mão e coração, eu o levei comigo e nós subimos as escadas douradas e passamos pela porta de ouro.

Desta vez o Templo pareceu escuro, como se ele estivesse esperando que nós criássemos nossa experiência juntos.

Foi quando Jason rompeu o contato e começou a soluçar.

Arrastei minha cadeira para o lado dele e pus meus braços ao seu redor.

Visto que ainda estávamos além do tempo, eu não faço ideia de quanto tempo ele chorou e de quanto tempo eu o confortei silenciosamente.

Finalmente ele fitou meus olhos novamente e disse:

Este foi o presente mais maravilhoso que eu já ganhei.

Agora eu percebo que tinha tanto medo de perder você que me focalizei em me perder.

Ah, as teias da decepção que nós tecemos.

Sim, eu disse, mas nós voltamos para a verdade.

A verdade é, Jason disse calmamente, eu jamais poderia deixar você, pois nós somos UM.
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Suzanne Lie II - IIVoltar HomeII