MAIS MENSAGEM DE ANTARES
LIMPANDO A ESCURIDÃO
Por Suzanne Lie PhD
Em 9 de julho de 2014
 
 
17 de julho de 1995

Eu volto para passar a mensagem seguinte que recebi dos Antarianos.
Há algumas partes desta mensagem sobre a possibilidade de destruição em nosso mundo.
Provavelmente esta é a razão que eu guardei essas mensagens e as esqueci.
Visto que nós NÃO criamos essas realidades do AGORA, e elas parecem menos prováveis a cada dia que passa, sinto que posso liberar esse componente da mensagem Antariana.
Sinto que é importante que todos nós “nos demos tapinhas nas costas”.
Sobrevivemos vitoriosamente até aqui com a não permissão de ocorrer a realidade possível destruição.
Parabéns, humanidade!
E obrigada, Galácticos!


Querido Comandante Malteese, ouvi seu chamado.
Há mensagem para mim?


CM
Sim, você recebeu a primeira parte de minha comunicação.
Hoje desejamos lhe falar sobre a atmosfera de seu planeta Terra.
Temos trabalhado muito arduamente para limpar os eflúvios de toda a escuridão que têm cercado seu mundo e corrigir certos equilíbrios que estavam desaprumados.

Temos trabalhado com os trabalhadores da luz que estão fazendo as transmutações necessárias para desviar quaisquer realidades possíveis negativas que poderiam surgir desse mau trato de seu mundo lar.
Com esta ação nós temos esperança de que a destruição não será necessária.

Na época da translação final para a quinta dimensão, alguns humanos perceberão que uma grande destruição ocorrerá.
Este medo permitirá que aqueles que não conseguem ouvir o sussurro recebam o grito como a última tentativa de despertá-los.

Não será necessário para aqueles que ouviram experimentar qualquer destruição, pois eles sintonizaram sua consciência à frequência cósmica.
Então, eles estarão preparados para o momento de translação para a quinta dimensão.
Entretanto, voluntariar-se a estar em uma realidade de transição pode ter um preço para a sua forma tridimensional.


Eu tenho certeza que fomos além dessa realidade possível de destruição.
Entretanto, em 1995 as coisas pareciam muito sombrias.
O que os galácticos podiam mais ver era a possibilidade do 11 de setembro, que aconteceu e também a possibilidade da Terceira Guerra Mundial que seria o resultado deste evento.
Eu estou MUITO feliz em dizer que nós conseguimos sintonizar nossa consciência a uma realidade que se expande para a quinta dimensão mais e mais a cada dia.


Hoje, nós Antarianos desejamos instruí-los em como vocês podem se proteger do medo e da negatividade que, caso contrário, podem afetar seu corpo físico.
Muitos de vocês têm experimentado dificuldade com seu quarto chakra – coração, quinto – garganta e sexto – testa.

Esta dificuldade ocorre porque vocês abriram esses importantes chakras superiores, mas não aterraram esta abertura com a profundeza suficiente em seu corpo físico.
Sempre que há aumento de Luz, também há aumento de escuridão.
Vocês têm experimentado isso, não têm?

Agora permita-nos explicar por que você tem dificuldade com seu corpo.
Através de seu trabalho interior e comunicações conscientes com as dimensões superiores, você abriu e expandiu imensamente o alcance receptivo do seu Terceiro Olho.
Seu Terceiro Olho se compara com sua estação telegráfica ou seu telefone, pois ele é um meio pelo qual você pode “ligar para casa”.

Quando você expande o alcance de frequência que você pode conscientemente receber, o espectro se expande parecido com o feixe de luz de uma lanterna.
Então, o alcance expande para as dimensões superiores e também para as dimensões inferiores.
Assim, é muito importante que você reconheça quaisquer espaços escuros dentro de si, pois outros que não têm as melhores intenções com toda certeza os notarão.

Quando você está ciente de sua própria escuridão interior, você pode conscientemente conectá-la ao espectro de sua atenção, o que inclui sua luz maior.
Deste modo sua escuridão viverá em unidade com suas expressões superiores e não estará vulnerável a quaisquer seres que vivem na frequência da separação.

Quando você separa seu conhecimento consciente de sua escuridão para experimentar sua luz, você ainda está vivenciando a separação.
Entenda que você permitiu uma parte de si estar inconsciente e então, separada de outra parte de si.

Quando você está vibrando à separação de qualquer forma, você é suscetível a outros que vibram à separação.
Então, se você percebe seu medo e sua escuridão como separados de você, você não pode proteger essa sua parte vulnerável daqueles que podem desejar expandir ou invocar sua escuridão interior.

Por outro lado, se você unifica sua própria escuridão com sua própria luz, seu próprio ciclo de consciência protege você.
Quando uma parte de você está além de sua consciência, você cria um medo inconsciente se essa parte é escuridão e uma esperança inconsciente se essa parte é luz.

A esperança é uma vibração muito mais alta do que o medo, mas se ela não estiver ligada ao seu conhecimento consciente, ela não é uma sensação funcional.
A parte de sua Luz que está além de sua consciência, ainda se associará com seres de uma vibração mais alta.
Da mesma maneira, a parte de sua Escuridão que está além de sua consciência se associará com seres de uma vibração escura.

Em níveis internos, esses seres de Luz e do Escuro estão em batalha.
O Escuro tenta atacar você, e o da Luz tenta defender você.
É benéfico que você tenha a proteção das suas partes que você ainda não reivindicou, pois a batalha desconhecida prejudica sua forma física.

Seu inconsciente se comunica com você através do seu sistema endocrinológico, o que normalmente não é percebido por seu conhecimento consciente.
Felizmente, seu corpo de sonho tetradimensional está mais ciente daquilo que é inconsciente para seu mundo físico.
Então, seus sonhos podem ser muito instrutivos.

Nós vemos que você fez uma conexão consciente com seu Anjo que vibra a uma frequência muito alta.
Entretanto, para incorporar seu Anjo no seu círculo de conhecimento, você também precisa fazer uma conexão consciente com os demônios que existem no extremo oposto de sua banda de energia.

Antes de fazermos essa jornada à sua escuridão, deixe-nos explicar um pouco mais sobre seu espectro de consciência.
Você se lembra de que em nossa primeira comunicação, nós a instruímos a respeito do espectro de tempo e espaço?
( leia aqui )

Esta analogia também se aplica à largura da banda de sua consciência.
Os mestres ascendidos e cidadãos de outros mundos, como nós mesmos, todos têm um componente escuro.
A escuridão não é “ruim”, como ela normalmente é julgada.
A escuridão meramente é um ponto de ancoragem da luz.
E também, a escuridão é relativa.

Para um ser cuja vibração ressonante (ou centro de funcionamento consciente) está na sexta dimensão, a oitava dimensão pode ser considerada sua Luz e a quarta dimensão pode ser considerada sua Escuridão.
Para um ser cuja vibração principal está na terceira dimensão, sua Luz estará na quarta dimensão e sua Escuridão estará na segunda dimensão.

Como se funciona na segunda dimensão?
Antes precisamos diferenciar entre seres bidimensionais em unidade, tal como colmeia ou um cardume, e a frequência mais baixa de um humano físico.
Enquanto em unidade, as criaturas bidimensionais atuam como um ser.
Por outro lado, a “frequência mais baixa” bidimensional da consciência humana está separa de outros seres bidimensionais e também de sua própria consciência superior.

Assim, esta influência bidimensional, que normalmente é inconsciente para o ser, é egoísta porque o conhecimento do mundo ao redor dela é muito limitado.
Este egoísmo é o centro para aquilo que é considerado “ruim” ou “mal” em sua sociedade.
Este egoísmo extremo permite a pessoa tomar ou fazer qualquer coisa a outra forma de vida sempre que ela desejar.

De seu eu “luz”, ela vibra à quarta dimensão e está ciente de que há vida além de sua própria vida.
Na verdade, assim que os físicos conseguem se conectar à sua luz superior tetradimensional, eles se conscientizam de que qualquer coisa feita a qualquer outra forma de vida também é feita a eles.

Agora você entende como os humanos tridimensionais têm sua própria redenção dentro de sua própria luz superior?

E agora, Querida, vamos levá-la a uma viagem em sua escuridão.

Lembre-se de que VOCÊ é a Luz da expressão de luz dentro de VOCÊ.
Essas partes de sua “luz” são a chave para a sua unidade com toda vida.
Agora, tenha seu Complemento Divino dentro de seu coração.
Manter seu Complemento Divino dentro do seu coração ancora sua ressonância principal na quinta dimensão.

Sua expressão pentadimensional lhe dá acesso consciente ao seu Eu Venusiano hexadimensional e ao seu Eu Arcturiano octa/decadimensional que baixou sua ressonância para a sétima dimensão para se conectar com você.

Agora sinta Vênus pentadimensional ao seu redor.
Veja o céu amarelo, as árvores violeta e a flora e fauna enquanto flutuam perto de você e a envolvem com amor incondicional.


Um dos primeiros conhecimentos conscientes que tive foi a lembrança de minha vida em Vênus pentadimensional.
Os Antarianos estão me lembrando desta frequência do meu eu.
Claro, eu sempre senti esse meu EU, mas eu separava muito a Luz do meu eu físico e me esqueci de que ela realmente era EU num planeta de frequência mais alta.
A quantos de nós foi ensinado que era presunção ou ruim aceitar conscientemente que alguma coisa muito maravilhosa está dentro de NÓS?



Sinta como esta expressão superior de VOCÊ pode ajudá-la nos seus desafios diários.
Sinta agora como seu espectro de energia se expande com essa assistência.
Agora, sentindo sua Luz junto a você, desça em vibração para o seu ponto de ancoragem da escuridão.

Este ponto de ancoragem é a vibração mais baixa de seu loop de consciência.
Este ponto de ancoragem é a posição de aterramento de sua comunicação com toda vida.
Enquanto você desce para a caverna de sua psique, leve consigo uma ametista em sua mão direita e um cristal claro na sua mão esquerda.

Os cristais são a glória suprema do mundo bidimensional.
Esses cristais protegem e ajudam você permanecer na consciência durante sua jornada.
Seu pior inimigo é o inimigo interior de quem você não está ciente.

Com os cristais em suas mãos, comece sua jornada agora.
Permita seu Complemento Divino, seu Eu Venusiano e seu Eu Arcturiano se unirem a você.
A soma total de luz que emana dessas partes do seu eu expande sua visão para as áreas de sua escuridão a que você nunca teve acesso antes.

Veja na sua frente o calabouço de sua própria escuridão.
Como uma proteção para si, você aprisionou cada uma dessas partes de sua escuridão na esperança que a lembrança delas não a atacaria para enchê-la de culpa e vergonha.
Mas, não há necessidade de julgamento.

É melhor entender por que seu ponto de ancoragem é a segunda dimensão.
Esta segunda dimensão é uma de egoísmo total e completo.
Você se voluntariou para entrar no experimento de polaridade e separação.
Portanto, durante sua transferência da Unidade com o UM, foi necessário você entender o quanto você podia se afastar da unidade.

Quanto separada você poderia estar e ainda manter um senso do seu verdadeiro EU?
Esta separação total autorizou você ser completamente egoísta porque você não estava conectada a nada além de si mesma, ou era responsável por nada além de si mesma.
Você não era capaz de estar atenta aos direitos dos outros ou você automaticamente elevaria sua vibração pelo simples ato de pensar ou sentir um sentimento de unidade.

Veja o calabouço perto de você agora.
A única luz é essa que irradia de seus eu superiores.
Se você não estiver constantemente ciente da escuridão perto de você, ela absorverá sua luz.

AGORA, você está livre para se lembrar de sua Luz.
Lembre-se de toda a sua Sabedoria, o seu Poder e o seu Amor.
Essas qualidades divinas são a fonte de sua irradiação pessoal de Luz.

Quando você entra no corredor de seu calabouço, você vê fileiras de celas em ambos os lados.
O odor de decadência é nauseabundo para você.
A visão do horror a faz querer proteger seus olhos.
Os sons de agonia ameaçam diminuir sua Luz.
Mas você mantém a recordação do seu Eu total.

Você segura firme os cristais em suas mãos.
Esses cristais refletem a luz do seu eu interior nas partes mais escuras do calabouço.
Lembre-se:
Você é Sabedoria.
Você é Poder.
Você é Amor.


Muitos desses “prisioneiros” eram minhas próprias vidas passadas/alternativas.
Eu deixo para cada leitor encontrar seus próprios “prisioneiros” de suas encarnações anteriores.



Agora vá para a primeira cela.
Dentro desta cela está o Feiticeiro que criou um monstro simplesmente porque ele podia.
Ele queria testar seu poder de criação.
Visto que ele estava separado de toda vida, nunca passou pela cabeça dele que este monstro poderia fazer dos outros suas presas.
No fim o monstro fez de presa seu criador e causou a morte do criador.
O monstro e seu criador estão presos num combate mortal desde então.

Agora brilhe a luz dos cristais nessa cela.
As barras são ilusão.
Passe por elas.
O monstro e o feiticeiro se viram e por um breve momento param sua batalha.
“Quem é você?” eles perguntam juntos.
“Eu sou a soma total de tudo que eu fui.”
”Eu vim aqui agora para reivindicá-los como uma parte de mim.”
“Por que iríamos querer nos juntar a você?” eles desdenham.
“Nós não temos escolha.” – você responde.
“Eu sou vocês e vocês são eu. Eu agora chego a vocês e os envolvo com minha Luz. Eu nem os julgo ou os temo. Quando eu era uma criança eu falava como uma criança e agia como uma criança. Agora eu sou do UM e aceito todas as crianças da minha Alma.”

A Luz do seu Eu enche a cela.
O monstro e o Feiticeiro são transmutados e transformados em criador e criação puros.

Você então passa por cada cela para realizar o mesmo ato consagrado.
Há uma Sacerdotisa Indiana das Trevas e uma Sacerdotisa da Ordem de Set.
Há uma bruxa má da Inglaterra antiga que usava crianças pequenas.
Há guerreiros terríveis que se importavam somente com o sangue dos outros e a glória eles.
Há mulheres manipuladoras que atraíam os homens para sua teia como uma viúva negra, e homens cruéis e brutais que transformavam suas mulheres em escravas para serem usadas para servi-los e lhes dar prazer.

Todos esses e mais AGORA estão absorvidos em sua Luz.
O calabouço agora está vazio.
Agora você tem que transformá-lo também.
A poeira da escuridão acumulada enche seus pulmões e fica difícil respirar.

“Agora eu preciso limpar este calabouço com a minha Luz. Eu devo assumir essas prisões como minhas”, você grita de sua própria luz interior.
“Agora eu entro em cada cela e me perdoo. Eu estava aprendendo a ser um criador, mas havia muita separação e limitação.”

“Agora estou além do tempo e espaço da separação.”
“Agora eu posso liberar o conceito de limitação.”
“Agora estou ciente dessas prisões empoeiradas em meu coração e mente.”
“Eu passo por cada uma delas retirando as barras e eliminando a densidade do medo, ganância e egoísmo.”

“Eu devolvo essas áreas AGORA para a Mãe. Ela pode reaproveitar essa dimensão. Ela as retornará à glória antiga delas.”

“Eu sinto a Mãe perto de mim. Mãe Amada, Lady Gaia, eu reverentemente devolvo essas catacumbas e cavernas para você. Pode enchê-las com cristais.”

Quando você se vira para ir embora, você sente a alegria dela.

“Obrigada, minha Querida! Com cada um dos meus humanos limpando seu próprio eu bidimensional, eu posso concluir minha própria cura. Então nós poderemos nos elevar juntos para o mundo da unidade e amor divino.”

Você retornará de novo e de novo a estas cavernas.
Elas são as cavernas mais profundas do seu Eu.
O AMOR limpará essas cavernas.
A SABEDORIA lhe dirá quando é hora para você voltar de novo, e
O PODER será o resultado de seu trabalho.

Aqui é o Comandante Malteese em serviço a você novamente.
Fim de transmissão.


Muitos de nós sentimos como se estivéssemos no “fundo do poço”, o que estamos!
Nós estamos clarificando TODAS as nossas experiências tridimensionais durante todas as nossas encarnações físicas para que possamos flutuar para o Lar, para o nosso verdadeiro EU.
Entretanto, a humanidade tem deixado um grande eflúvio em Gaia e no corpo de Gaia.

Felizmente, quando limpamos nosso próprio corpo terreno, nós limpamos o corpo terreno de Gaia.
Nós sempre fomos o ser UNO de pessoa/planeta.
Creio que é isso que os Antarianos estavam me dizendo durante uma época de grande escuridão na Terra da qual poucos humanos estavam cientes.
AGORA estamos cientes e totalmente despertos.
Conforme limpamos nossos “calabouços de escuridão”, nós estamos LIVRES para sermos os nossos verdadeiros Guerreiros de Luz.



-.....---==II==----.....-
-.....---==II==----.....-
  Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Página| |Voltar Menu Suzanne Lie| |Voltar Home|