JORNADA EM ONDA GAMA
Dra. Suzanne Lie e Nuri
Em 23 de janeiro de 2015
Postado em 31 de janeiro de 2015
 
 
VÍDEO E TRANSCRIÇÃO DA JORNADA

(Observação: Esta é a transcrição da jornada a que se referem os Arcturianos na Mensagem: Corpo de Luz em Onda Gama )
 
Suzanne Lie: Estou percebendo os Arcturianos, que estão mais alto do que eu, como um tipo de nuvem de Luz, nuvem de Luz, nuvem de Luz reluzente.
O Arcturiano acaba de se esticar e tocar meu coração.
Parecido com um relâmpago, se me entende.
A Nova Terra me é mostrada, mas é muito difícil de traduzir isso.

Você quer fazer algumas perguntas e me ajudar a traduzir?
Eu apenas sei que está sendo mostrado, mas não é perceptível para as minhas percepções tridimensionais.

Nuri: Como é a Nova Terra ou a Nova Terra é percebida pelos nossos sentidos superiores?

Suzanne Lie: É como se agora para mim é um sentir de um saber semelhante ao sentir de um saber quando eu estou em comunicação com seres dimensionalmente superiores.
Eu tenho uma visão clara de mim na nave porque eu escrevi isso.
Quando escrevi eu passei a experiência pela minha mente 3D.
E, portanto, minha mente 3D está mais capacitada para criar imagens.

Nuri: Você seria capaz de descrever sua aparência física na Nova Terra?

Suzanne Lie: É um Corpo de Luz.
Ele parece humanoide.
Ele não tem os detalhes da forma física.
Pois esses detalhes têm a ver com a estrutura dessa frequência 3D.
Nesta frequência 5D tudo está fluindo.
Agora estou somente calibrada ao meu Corpo de Luz, então, talvez, se eu estivesse mais calibrada ao meu corpo físico eu poderia ver mais do resto.

Meu Corpo de Luz é andrógino.
Eu, e/ou meu complemento e eu posso escolher ter a ilusão de separação, mas a conexão é sempre contínua.
Parece muito ser com meu marido que é meu complemento.
Ele realmente está meditando agora, então isso é interessante.
Terei que perguntar a ele como se parece a meditação dele.

Então agora eu vou voltar à imagem que eu já tinha visto de mim.
É quase como que eu estou numa borda e ainda estou nesse lugar escuro – é quase como – a escuridão antes da Luz.
Então este lugar, este limiar, é muito escuro.
É parecido com ser meia-noite.
Mas nós podemos perceber um ao outro porque podemos ver os Corpos de Luz.
Estou pensando que esta é uma das razões por que está tão escuro, para que possamos ter esta justaposição.
Porque está escuro podemos ver melhor os Corpos de Luz.
Este lugar é o que chamamos de Terra limiar, Gaia limiar – como escolhemos chamá-lo.

É quase como quando alguém está saindo de uma piscina profunda e você estica o braço e o ajuda a puxar para fora da água.
Então todos precisam chegar lá por conta própria, mas quando chegam a esta borda – seja o que for isso – ah, sempre que nós chegamos a uma conclusão, antes dessa conclusão, nós temos que passar por essa última escuridão, por assim dizer, apenas para garantir que nós pegamos absolutamente tudo.

É como quando você sai de uma casa que era alugada, e eu fiz isso duas vezes, e eu deixei um monte de coisa para eles cuidarem.
Mas se estamos vendendo a casa, nós temos que pegar todas as coisas – tudo.
Então nós temos que passar por esta noite mais escura imediatamente antes do alvorecer para entrarmos em nosso eu 3D/4D e ver se resta alguém que precisa ser assistido, quaisquer componentes de nosso Contrato de Nascimento que ainda não foram cumpridos.

Estou ouvindo que, se nós nos transmutamos antes de alguns componentes do contrato estarem cumpridos, nós podemos cumpri-los de uma frequência mais alta.
Pois a coisa mais importante é, para aqueles de nós que têm tido uma experiência física contínua e entendem e sabem e vivem dificuldades da realidade tridimensional, que nós de alguma forma somos capazes de passar por esse processo de Ascensão.
Tal como todos os Mestres Ascendidos deixaram para trás seus diários, seus livros, suas palavras e suas meditações como um roteiro para os outros seguirem.

Estou sentindo que meus livros são uma dessas coisas porque eles trazem tudo – a síntese de minha missão.
Estou sentindo mais a nave agora.
Quando eu atravesso, eu estou para entrar em contato com a Nova Terra, mas então eu preciso dar uma parada na nave.
É isso que estou ouvindo.
Eu preciso voltar para a nave por um tempo.
Eu preciso ir para a Nave Mãe por um tempo.
Visto que não há tempo nela, ou na Nova Terra, isso não importa.
Mas é uma saudade terrível o que estou sentindo, sinto tanta saudade e não é pela Nova Terra porque eu não experimentei isso ainda.
Estou com saudade da nave.

Dentro do meu eu Pleiadiano e Arcturiano, meu eu Antariano e até meu eu Draconiano evoluído e meu eu Cetáceo Siriano – todos nós já deixamos de estar vinculados a um planeta.
Assim que completamos o processo de ascensão, então nós mudamos para a nossa expressão móvel – a Nave Mãe que contém toda a nossa essência.

A Nova Terra e a Nave Mãe Gaia são o mesmo ser.
A Nova Terra – a Terra pentadimensional não está na matriz, não na matriz 3D.
Ela não está nos mapas celestes da terceira dimensão.
Ela não está na matriz, pois ela está neste outro mundo.
Ah, meu Deus – este outro mundo – uau! Nossa – aleluia! É muito bom, muito bom.
Eu já tive esta experiência de meditação algumas vezes e normalmente preciso de alguém para me dar uma inicialização, então obrigada Nuri pelo campo de aterramento para que eu possa explicar melhor esses outros mundos.
Todos eles estão no Agora.
Não há tempo, não há distância e não há separação.

Está tudo na nossa consciência.
E a nave é a nossa consciência e nós, todos os membros da nave, trabalhamos juntos para criar o conjunto, a forma-pensamento da Nave Mãe.
Agora eu entendo do que se tratavam os últimos artigos sobre formas-pensamento e consciência.

De certa forma este provavelmente seria algum tipo de consciência Gama – o que eu estou experimentando agora.
Com certeza está acima da Teta, mas é muito tranquila e eu acho que você teria uma pergunta sobre a consciência Gama ser mais silenciosa e menor.
É muito tranquila. Tudo está aqui agora.

Nuri: É o vazio?

Suzanne: Não, é vivo. O vazio é vivo.

Nuri: Sim, é o que eu quero dizer.

Suzanne: Sim, sim, ele é vivo. Mas eu ainda estou nesse lugar escuro porque eu ainda tenho um vaso terreno e ainda não acabei de usá-lo.

Nuri: Eu gostaria de fazer uma pergunta sobre o limiar.
O que vem à mente é que nós também conversamos sobre isso antes – sobre esse momento específico – “Interestellar”, o filme, em que o personagem principal deixa ir e mergulha no buraco negro. Isso se compara a essa cena?

Suzanne: Sim e então ele pôde entrar no AGORA de sua filha. Ele pôde assumir um invólucro tridimensional.
Desta posição nós podemos assumir invólucro se escolhermos.
E eu retornarei ao meu invólucro e sinto o invólucro imóvel. Estou muito em conexão com meu invólucro porque eu preciso mantê-lo nutrido.

Eu não poderia ficar tanto tempo sem oxigênio.
Quando eu deixar meu corpo será diferente, mas eu não devo deixar meu invólucro agora.
Eu não quero deixar meu invólucro agora.
Eu gosto de minha vida.

O interessante é que quando nós chegamos ao ponto de Ascensão, nós temos muitas habilidades criativas e somos capazes de criar uma vida realmente linda e maravilhosa.
As pessoas estão pensando: “Ah eu quero sair daqui”.
Não, esperem um segundo, não é assim que vocês saem daí porque vocês não graduaram.

Agora eu posso ver daqui – ah eu posso sentir a Kundalini de novo – obrigada, é um lembrete para eu não retroceder.
Você sabe que eu penso da Teta – a Kundalini Teta é onde se afasta.
Sabe do que estou falando?
O Gama é onde você está dentro da Kundalini.
Faz sentido para você?
Porque a Kundalini é o nosso Corpo de Luz e nós já estamos no nosso Corpo de Luz.

Nuri: Sim.

Suzanne: Teta é uma jornada. A consciência Teta é uma jornada. Chamam-na de frequência do Xamã. Delta é a frequência da morte e as pessoas que morreram e voltaram, elas podem se lembrar de sua morte. É a frequência de “desconexão” para sair da Matriz 3D.

Nuri: Então estaria correto dizer que Teta é quando você senta na cadeira do observador e Gama seria como mergulhar na Kundalini e tornar-se ela.

Suzanne: Sim, eu diria isso. E Delta é onde você libera seu invólucro se você estiver pronto para liberá-lo.

Nuri: Sim, certo – seu corpo.

Suzanne: Sim, você libera sua ligação ao seu corpo físico. Eu sinto essa linha. E eu entendo o que eles dizem sobre o cordão de prata, que na verdade é o cordão do Corpo de Luz.
É realmente um cordão de Luz e eu o sinto.
Sinto que ele está conectando abaixo através das frequências e entra no núcleo da querida Gaia.
Eu não sei se seria capaz de ficar se eu não tivesse amor por Gaia.
Quero dizer, não sou jovem, já tive uma longa vida, mas eu sei que não terminei.

Nuri: Eu queria perguntar mais uma coisa. Você está experimentando o limiar, mas também é capaz de testemunhar a real transmutação do limiar para ser o corpo de luz?

Suzanne: Vou lhe dizer o que realmente estou experimentando, pois eu não tenho certeza de como responder isso, certo?
O que estou vivenciando é que eu sinto este trajeto.
E eu sinto esse trajeto apenas dentro, como eles sempre dizem.
Eu o sinto dentro.
Eu sinto toda a minha Kundalini, pois ela tem uma ressonância, ela não está forçando para cima e para baixo, como normalmente experimento.
Desta vez a Kundalini está imóvel e calma.
É a conexão dela.
Eu já me senti nesse lugar escuro antes.
Mas para mim, não sei se é para todos, mas para mim meu primeiro desejo e minha primeira conexão é a Nave Mãe, eu só preciso ir para casa, para essa casa antes.

E sim, é isso que farei: ire para casa nela e então minha próxima casa seria estar no núcleo de Gaia com os Lemurianos.
Sim, isso seria como “coletar os fragmentos” do meu EU.
Estou ouvindo que os primeiros estarão “fazendo a edição” por assim dizer.

Então, nós chegamos a este estado de consciência e precisamos subir de volta à Nave Mãe.
Então nós podemos entrar na câmara de regeneração mais uma vez e comungar com toda a nossa realidade lá na Nave Mãe.
Sim, então nós poderíamos sentir essa Consciência de Unidade que é constante e persistente na Nave.
Nós também poderíamos viver no infinito além do tempo.

Então, é quando nós podemos vivenciar esse sentimento muito, muito profundamente.
Porque estamos na nossa forma de Corpo de Luz, nós podemos entrar no núcleo da amada Gaia para estar com Sanat Kumara.
Ele voltou para assistir a ascensão de Gaia e assistir o atual Logos Planetário, o Mestre Ascendido Kuthumi.

O amado e doce, doce Kuthumi está lá como o Logos e eles estão trabalhando com Gaia – os Lemurianos e os Atlantes que eram da ordem superior que ascenderam.
Todos eles estão compartilhando sua informação com Gaia para assisti-la a partir de seu núcleo.
Porque Gaia ascende a partir de seu núcleo de cristal, tal como nós ascendemos a partir de nosso Núcleo, nossa Kundalini.

Nossa Kundalini está numa linha reta porque nós somos humanoides verticais.
A Kundalini de Gaia é um círculo no seu núcleo de cristal porque ela é um ser esférico.
Ela com certeza é um ser vivo que é muito mais evoluído do que nós.
Gaia foi completamente além de todas as necessidades da evolução humanoide e até além da necessidade de evoluções nas Naves Mães, etc..
Agora ela está mudando da evolução de ser um planeta.
Conforme ela ascender, ela mudará para um estado mais galáctico.

Esta é uma informação interessante.
Agora vou lhe dizer a pergunta que tenho e lhe peço que a faça para mim, certo?
A pergunta que tenho é: certo, então se Gaia, o Ser Gaia, está ascendendo de sua forma planetária para sua próxima oitava acima que é sua forma galáctica, então o que é a Nova Terra?

Então vou me centrar e você me perguntará isso, certo?
Creio que tenho parte da resposta, mas ajuda quando alguém de fora pergunta.
Creio que este é o período mais longo que sustentei esta frequência de consciência.
Obrigada por me aterrar, Nuri, não creio que poderia fazer isto sem alguém estar me aterrando.

Nuri: Visto que Gaia está ascendendo de sua forma planetária para uma forma galáctica, então o que é a Nova Terra?

Suzanne: É como uma Estação Espacial.
Tal como a humanidade está indo além dos limites da Terra e criando estações espaciais, o que temos feito por um longo tempo.
A Nova Terra é como uma estação espacial.
Uma estação espacial é um lugar intermediário que você pode ir, como naves espaciais que somente podem ir tão longe como uma estação espacial e voltar para a Terra e voltar para a estação espacial, etc..
Então a Nova Terra é um local para as pessoas que podem expandir sua consciência para a Terra 5D e voltar para a 3/4D, então para a Terra 5D e voltar, Terra 5D e de volta à Terra 3D.

Tal como, ah isto é interessante, tal como Estações Espaciais são obsoletos dos mundos Pleiadianos, mundos Andromedanos, mundos Sirianos porque para eles não é mais necessário um lugar “intermediário”, que a Nova Terra – a Estação Espacial Terra eventualmente se reunirá à expressão ascendida da Terra na Galáxia.
Ah, andei lendo em muitos lugares que a Nova Terra estaria numa galáxia diferente, e não consigo imaginar como isso seria.

A Nova Terra estará na forma galáctica de Gaia.
Então a Nova Terra está na forma galáctica de Gaia.
O satélite Nova Terra estará dentro deste sistema solar, desta Galáxia Via Láctea.
Isso faz sentido?

Nuri: Parece que Nova Terra é uma metáfora, mas você conseguiria um pouco mais?

Suzanne: O satélite Nova Terra ressoa à Via Láctea e ele ressoa à posição dentro de sua atual posição no sistema solar da Terra física.
Agora, é da mesma forma para Vênus.
Se você olha para o sistema solar e tira uma foto com sua mente do sistema solar, você o verá como sempre o viu.

Então você observa este sistema solar com sua percepção pentadimensional e você verá que há um planeta Vênus pentadimensional.
Haverá uma Terra pentadimensional.
Marte está trabalhando nisso também.
Há um Júpiter totalmente pentadimensional.
Os planetas externos – sim, Netuno está trabalhando nisso.
Plutão realmente não é parte de todo este sistema, mas o Sol está pronto para transmutar também.
-.....---==II==----.....-
  Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Página| |Voltar Menu Suzanne Lie| |Voltar Home|