OLHAR PARA TRÁS PARA MOVER PARA FRENTE – ANO 2006
A JORNADA DE UM FÓTON
Por Suzanne Lie PhD
Em 24 de dezembro de 2014
 

2006
A JORNADA DE UM FÓTON
Integrando o Espírito na Matéria



Você é um fóton, um quantum da Luz Multidimensional.
Você tem viajado pelo Universo, sendo sua parada anterior as Plêiades.
Você veio para assistir os Terráqueos no despertar deles e procurar um humano que autorizará sua entrada através do Chakra da Coroa dele.
Sim, ali parece ser um humano que está preparado para abrir o Terceiro Olho.
Talvez você possa ser útil.

Você entra pelo Portal do Chakra da Coroa e aguarda na janela acima do Templo Interior do Triângulo Sagrado.
Você quer entrar nesse Ser para poder compartilhar seu presente de Luz.
Entretanto, as regras da Terra declaram que este é um Planeta de Livre Arbítrio e que você não pode entrar num humano sem um convite.
Portanto, você espera.
Você respeita os humanos por terem sobrevivido na terceira dimensão e estão para Despertar.
Eles foram desligados de seu EU Multidimensional por éons, mas, de alguma forma, eles não esqueceram.

Eles tentam se esquecer, mas tão doloroso quanto é se lembrar do Lar, é mais doloroso se esquecer dele.
Então eles aguardam no “Limiar”, tal como você está esperando.
Você deseja entrar nesta consciência que está brotando, mas a pessoa ainda não convidou você.
Mas espere, alguém está entrando no Templo Interior e ficando acima do vórtice em que você tem pacientemente aguardado entrar.
Quando esse HUMANO eleva sua consciência para a sua Luz, o vórtice puxa você para dentro e você está em uma forma 3D.

Para você parece que você entrou numa enorme caverna escura.
Resumidamente, você entrou numa enorme caverna com o formato de um triângulo invertido.
A caverna inteira está cheia de líquido, mas ele é o “néctar da vida” deste mundo e você calmamente entra nele.
Sua grande Luz ilumina a caverna que antes era escura.
No teto da caverna você vê inúmeras luzes que estão piscando a uma frequência muito mais baixa do que a sua.

Você restringe sua Luz para não prejudicar essa pessoa.
No que parece ser a frente da caverna, um vórtice circular parece estar pendendo do teto.
O vórtice parece ser um dispensador de químicas poderosas e hormônios.
Atrás de você outro vórtice com a forma de cone pende do teto.
Este, também, parece ser uma fábrica de hormônio.
Mas, enquanto o outro vórtice parece fornecer, este parece receber.
É este segundo vórtice no fundo da caverna que é a sua destinação, pois ele parece ser o receptor da Luz dimensionalmente superior.
Ao se aproximar dele, você percebe que ele também era o seu ponto de entrada.

Entretanto, primeiro você sente um ímpeto para entrar na outra glândula na ponta invertida da caverna, que como agora você sabe, é o centro de controle principal desse vaso.
Conforme você se aproxima do vórtice, você descobre que esta pessoa pode aceitar uns poucos ampères da sua Luz neste momento.
Portanto, após uma passada veloz por esse vórtice, você volta à sua destinação anterior na parte de trás da caverna.

Você descobre que sua rápida visita, ao que agora você sabe que é a Glândula Pituitária, foi suficiente para lhe dar toda a informação que você necessita sobre essa pessoa.
Agora você sabe exatamente quanta luz essa pessoa pode aceitar sem sobrecarregar o suporte de vida do vaso.
Então, você lentamente integra seu EU fóton no que agora você sabe que é a Glândula Pineal.

Quando você integra na Glândula Pineal, você fica um pouco surpreso por descobrir que você recua no fluído da caverna como um fóton mudado.
Você flutua pela caverna e, então, por um pequeno túnel circular para entrar em outra caverna ainda menor.
Você não se demora aqui, pois você está integrado novamente no sistema do vaso terreno.

Nesta hora você ESTÁ no fluxo sanguíneo, pois você entra em todas as células e átomos desse vaso biológico.
É uma sensação ímpar para você experimentar a gravidade e densidade.
Mas você sabe que, mesmo que essa pessoa possa não perceber o que está acontecendo, você iniciou uma mudança extrema na consciência dela.
Essa expansão de consciência, por sua vez, instigará uma grande transformação do vaso terreno.

Você lamenta que sua vibração mais alta esteja provocando desconforto, pois agora a pessoa parece estar bem desconfortável no corpo, mente e emoções dela.
Entretanto, você sabe que esses sintomas são temporários e que a pessoa em breve se adaptará à vibração acelerada do vaso terreno dela.

Agora que você viajou pelo vaso inteiro através do fluxo sanguíneo, você decide que irá “assentar acampamento” dentro do, que logo será aberto, Terceiro Olho, onde você pode gradual e seguramente aumentar a taxa de frequência desse vórtice.
Você se acalma e relaxa.
Sim, este será um grande espetáculo.
Você vai assistir a um planeta inteiro elevar sua vibração para a quinta dimensão.

Você se sente bem por poder ter fornecido uma pequena assistência.
Talvez mais de seus amigos fótons também irão entrar nessa pessoa.
Que festa você fará enquanto observa a Terra através deste Terceiro Olho se abrindo!
Você se pergunta se essa pessoa virá a saber que você está AQUI.

***

Eu fiz uma meditação em que fui instruída a adicionar a este processo a parte abaixo.
Espero que vocês, meus leitores maravilhosos, se unam a mim nesta atividade postando suas respostas.
Então, enquanto nós “Olhamos Para Trás Para Movermos Para Frente”, nós podemos fazer em conjunto.
Vou começar por postar minhas respostas.

AS CINCO PERGUNTAS:
Como quem você se via em 2006? (como nós percebemos o nosso eu é QUEM nós somos)
O que você estava fazendo? (e como esse “fazer” impactou sua percepção do eu)
Onde você morava: (onde moramos nos influencia imensamente)
Quando você esteve mais consciente do EU naquele ano?
Por que você esteve mais consciente do EU naquele AGORA?

Se vocês desejarem postar suas respostas ajudará muito a nossa Consciência de Unidade.


-.....---==II==----.....-
  Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Página| |Voltar Menu Suzanne Lie| |Voltar Home|