O DIÁRIO – PARTE 7
UM PRESENTE INESPERADO
Por Suzanne Lie PhD
Em 23 de agosto de 2015
 
 
luz de gaia
~ LISA & BRUCE ~

Quando Lisa terminou a mensagem sobre receber dinheiro de sua mãe, ela não sabia se estava triste ou zangada. Talvez fosse uma combinação dos dois, igual à sua vida inteira. Felizmente, antes de ter qualquer emoção, ela arrancou as duas páginas do diário, dobrou bem e pôs no bolso de seu roupão.

Isso significava que sua mãe estava certa e ela não deveria confiar em Bruce? Ou, talvez significasse que ela teve sabedoria suficiente para me dizer para esconder a nota e descobrir por mim mesma. Com a nota seguramente posta no bolso, ela largou o diário e se levantou para ir à cozinha pegar chá. Ela estava tão entregue ao seu pensamento que quase trombou com Bruce.

“Ei”, ele disse enquanto punha seu braço ao redor dela. “Por que se levantou?”

“Ah, eu tive um sonho estranho que nem posso lembrar e não pude voltar a dormir”, ela mentiu. “Pensei em ler um pouco o Diário, mas decidi que antes precisava de um chá.”

“Esqueça o chá, volte para a cama comigo”, Bruce disse amorosamente.

“Está bem”, ela disse relutantemente. Ela acabara de começar a confiar em Bruce, mas agora essa carta da mãe fez Lisa duvidar dele novamente. Sua mãe não era uma mãe carinhosa e acolhedora, como até ela admitiu, mas quase sempre ela estava certa em suas previsões.

Ela ficou surpresa por ter caído de novo no sono e levantar várias horas depois. Bruce não estava mais na cama. Ela instintivamente pegou seu roupão e descobriu que a nota de sua mãe ainda estava no lugar, mas estava dobrada de modo diferente? Ela acabara de levantar da cama e estava colocando o roupão quando Bruce entrou.

“Oi, querida, tive que telefonar para garantir que as crianças saíssem para a escola em ordem. Eu tipo que assumi o papel de pai principal.”

Por que essa sentença enviou um calafrio costas abaixo de Lisa? Agora ela duvidava dele novamente. Ficou muito melhor quando a dúvida tinha desaparecido. Mas visto que ela voltara, Lisa escondeu a nota enquanto Bruce estava no chuveiro e foi para o outro banheiro tomar banho.

“Vamos tomar café naquele restaurante legal. Então podemos voltar e ler mais do Diário. Amanhã podemos ir para casa, pois minha mãe precisa ir embora e eu preciso voltar ao trabalho.”

Lisa balançou a cabeça como concordando, mas ela sabia que não voltaria com ele. Ela se sentia culpada por ficar longe de seus filhos por muitos dias, mas ela tinha que entender toda essa coisa sozinha. Ela encontraria uma razão para ficar mais tempo.

Eles deram uma caminhada agradável e tiveram uma boa refeição. Quando voltaram, Bruce foi direto para o sofá e sentou-se. Lisa sentou ao seu lado, mas não parecia igual à noite anterior. Ela estava pensando profundamente sobre a nota de sua mãe e praticamente esqueceu que Bruce estava sentando ao seu lado.

“Como mamãe podia conciliar sua vida na Nave e ainda estar ligada a esta vida?” Lisa perguntou-se em voz alta.

“O que você quer dizer com sua vida na Nave?” perguntou Bruce.

“Bem, a história de Jaqual era toda sobre naves, certo?” gaguejou Lisa enquanto pegava o Diário da mesa e o passava a Bruce. “Você lê ou leio eu?” disse ela tentando parecer calma.

Silenciosamente Bruce pegou o livro e começou a ler. A próxima mensagem era de um grupo de que nunca tinham ouvido falar.

~ DIÁRIO DE BEVERLY ~
18 de novembro de 1998

Saudações de A.C.E.A.

Nós somos: “Toda Consciência da Ascensão da Terra”.

Nós somos a consciência de grupo da Terra pentadimensional. Nós nos chamamos ACEA porque a combinação dessas quatro letras tem a mais alta ressonância. Nós representamos o aterramento da Consciência de Unidade pentadimensional na matriz da Terra tri e tetradimensional. Sempre estamos em busca de outro membro consciente.

Nós dizemos “consciente” porque TODOS no planeta tem um eu pentadimensional e TODO ser pentadimensional da Terra é um membro do ACEA. ACEA não é um clube a que se deve associar. ACEA é uma ressonância, traduzida em uma palavra, que representa a consciência combinada da Terra pentadimensional. Na quinta dimensão não pode ser de outro modo.

Toda consciência está unida em comunicação consciente o tempo todo, tal como agora vocês se associam com seus celulares e outros dispositivos de comunicação. Tal como vocês são indivíduos, nós também somos indivíduos. Entretanto, nós não precisamos de celulares ou quaisquer outros dispositivos mecânicos para comungar e comunicar uns com os outros.

Deixe-nos levá-la a uma jornada para a Terra pentadimensional. Sim, nós sentimos sua confusão porque alguns textos falam sobre a “formação da Terra pentadimensional”. Mas, claro, você sabe que são as dimensões mais baixas que são formadas a partir das mais altas; não o contrário. Portanto, a quinta dimensão existe antes da existência da terceira e da quarta dimensão. Nós estamos cientes de que você precisa dar continuidade ao seu dia. Nós retornaremos quando estiver pronta para se comunicar mais conosco.

Até lá,

Saudações de ACEA

BRUCE CONTINUOU A LEITURA SEM UMA PAUSA SEQUER.

02 de dezembro de 1998

Saudações de ACEA.

Sim, nós existimos. Nós somos reais. Nós lhe dizemos isso porque você não voltou a este Diário desde a nossa última comunicação. Estamos felizes por ver que você voltou para se comunicar mais conosco. Permita-nos falar mais sobre nós.

Nós somos representantes da Fraternidade e Irmandade da Luz com quem você tem se conectado por muitas de suas décadas. Nós nos comunicamos com você e com muitos outros de dimensões mais altas através dos planos internos de realidade. Nós somos diferentes dos “alienígenas” no que tange a que todos nós temos corpos terrenos.

Entretanto, nós também somos “alienígenas” porque todos nós somos capazes de contatar pelo menos algumas das nossas personas “de fora do mundo” que simultaneamente vivem nas dimensões superiores de outros planetas e naves. Estamos contentes por você ter encontrado tempo para se unir a nós novamente.

Agora nós a levaremos a um tour pela Terra pentadimensional. Como já lhe dissemos antes, a Terra pentadimensional sempre existiu. A criação viaja das dimensões mais altas para as mais baixas. Portanto, se há uma Terra tridimensional, então tem que haver uma Terra pentadimensional.

Nossa tarefa é conectar conscientemente os dois mundos. Há uma quarta dimensão entre a terceira e a quinta dimensão que alguns chamam de Plano Astral. Nós, entretanto, juntamos o Plano Astral com o Plano Físico. Quando falamos de conexão consciente com os dois mundos, realmente são três mundos: físico (terceira dimensão), astral (quarta dimensão) e a quinta dimensão.

Nós chamamos a Terra pentadimensional de Gaia, porque Gaia é o Nome da Alma da Terra. A Alma da Terra é pentadimensional tal como as Almas de todos os Seus habitantes. Portanto, sempre que nos referirmos a Gaia, estamos nos referindo à Terra pentadimensional. Cremos que cuidamos de todas as introduções exceto de recordá-la que nós somos uma Consciência de Grupo. É por isso que nós nos referimos como “nós”.

Você automaticamente é uma parte desse “nós” porque você é capaz de se comunicar conscientemente conosco. Não há iniciação ou ritual necessário para entrar no nosso grupo. Tudo que você precisa fazer é estar conscientemente ciente de nossa presença e interagir conosco do modo que você preferir.

Se sua força criativa flui mais naturalmente escrevendo, então esse é o seu meio de expressão. Outros podem se comunicar conosco e aterrar a força de nossa energia pentadimensional através de dança, música, arte, etc.. Está preparada agora para a nossa jornada à quinta dimensão?

Na verdade, nós não vamos viajar para a quinta dimensão. Ao contrário, nós vamos trazer a quinta dimensão para você. Começaremos com a sua sala. Ao olhar sua sala pentadimensional, veja que é a mesma, mas com uma diferença sutil. Sim, é uma cachoeira no canto, e aquelas são flores reais crescendo ao redor dela.

Todos nós na quinta dimensão criamos o espaço de convivência exatamente como desejamos. Normalmente nós enchemos nosso espaço de convivência com água corrente, plantas, pássaros e vida animal. Nós escolhemos ter música realçando suavemente a melodia da cachoeira. Não precisamos de um banheiro porque não precisamos eliminar ou tomar banho nesta dimensão.

Ao fazer a curva para a próxima sala, você verá um lago adorável, claro com água morna ou fria, dependendo de suas necessidades. Observe como a cachoeira flui para o lago cristalino. Também há muitas samambaias adoráveis que crescem naturalmente ao longo da cachoeira e do lago.

Logo acima do lago há uma superfície refletiva. Olhe para ela agora e veja seu corpo pentadimensional. Não é adorável? Essa forma é um “corpo de luz”, que normalmente é branco e/ou dourado cintilante. Você vê e sente as emanações de luz fluindo desse corpo? Seu corpo pentadimensional é do mesmo formato que seu vaso terreno, exceto que mais alto. Você também é um pouco mais magra, mas é difícil de dizer já que sua aura é uma continuação do seu corpo e expande ou contrai de acordo com a sua atividade.

Quando você está percorrendo o caminho interior para os mundos superiores sua aura está menor porque você está no “influxo” e puxa a luz para você. Quando você está no “exfluxo” e irradia a luz para fora de você para curar ou criar, que é a mesma coisa neste mundo, sua aura fica tão grande que é difícil de localizar seu corpo dentro do brilho de sua aura.

Nós paramos por enquanto. Primeiro, concentre no aterramento de uma pequena área da quinta dimensão em seu corpo e sua vida. É melhor escolher a área em que você medita, pois esta terá a frequência de ressonância mais alta. Toda vez que você entrar na sua sala de meditação, pratique ver seu mundo pentadimensional. Quando se tornar natural para essa sala parecer pentadimensional, você pode começar a transmutar mais áreas da sua vida.

Nós aguardamos nossa próxima comunicação com a Alegria da União.
ACEA

~ LISA & BRUCE ~
“UAU”, disse Lisa. “Eu queria poder ter esses tipos de experiências”.

“Eu também”, disse Bruce.

Entretanto, embora eles estivessem compartilhando uma linda experiência, apenas um murmúrio de dúvida entre eles era suficiente para diminuir a sensação de intimidade de Lisa. Claro, ela não queria falar sobre isso, pois isso era mais íntimo do que ela poderia ser enquanto mantendo a dúvida.

~ DIÁRIO DE BEVERLY ~
29 de dezembro de 1998



Saudações de ACEA.

Querida Beverly, nós vemos que você integrou nossas últimas mensagens e está pronta para mais. Então, nós retornamos no seu AGORA para instruir como usar a força poderosa de sua imaginação para perceber a expressão pentadimensional de sua realidade. Saiba que esta dimensão de realidade existe INFINITAMENTE no seu mundo, mas os seus pensamentos e emoções 3D a ensinaram a NÃO acreditar em sua imaginação pentadimensional.

A primeira regra para perceber sua realidade pentadimensional é:
“O QUE VOCÊ ACREDITA EM SUA MENTE – VOCÊ VIVE EM SUA VIDA.”

A segunda regra é:
“O AMOR É A FORÇA DA CRIAÇÃO.”

A terceira regra é:
“PERCEPÇÃO É CRIAÇÃO.”

Agora, vamos ver de novo seu mundo pentadimensional.
Primeiro feche seus olhos e veja seu mundo pentadimensional com sua mente...
Acredite nesse mundo...
Ame esse mundo...

Abra seus olhos e olhe novamente sua sala tridimensional com seus olhos 3D. Simultaneamente olhe seu mundo pentadimensional com sua mente pentadimensional. Acredite na visão de sua mente multidimensional. Ame essa visão com seu coração superior.

Vê de novo a cachoeira? Pode ouvi-la fluir para o adorável lago cercado por flores? A cachoeira é feita de águas de luz que irradiam cores e tons pentadimensionais quando caem nas pedras de cristal. Esse lago responde aos seus pensamentos e pode ser morno ou frio, calmo ou agitado, dependendo do que você deseja.

A vista fora da sua janela, que está diretamente perto de você, é de lindas sequoias ou do oceano, novamente dependendo do seu desejo. Sua escrivaninha e computador é o seu centro de comunicação onde você pode contatar qualquer nave, sistema estelar ou outros terráqueos.

Se você entrar em um estado meditativo, você também pode conectar telepaticamente. Gradualmente o mundo pentadimensional não será mais um reino para imaginar, ele será o lugar onde você/nós vive. Sua transição é gradual para que você possa lentamente liberar seus pensamentos de limitação e seus sentimentos de medo.

No início, nosso mundo pentadimensional entrará e sairá piscando de seu conhecimento. Enquanto você for capaz de permanecer calma e distante dos dramas tri e tetradimensionais ao seu redor, você experimentará um momento de alegria calma. Nesse momento, a quinta dimensão pode aparecer.

Pelo tempo que você puder manter seu estado mais alto de consciência, a lente para seu olho interior permitirá você clicar para quinta dimensão. Você continuará o que estiver fazendo exceto que fará de uma maneira dimensionalmente superior. Por exemplo, se você está comendo e clicar para a quinta dimensão, você se encontrará numa local pentadimensional correlato.

Esse local pentadimensional sutilmente mudará sua experiência. Visto que não há necessidade de comer na quinta dimensão, você então estará nutrindo-se de um modo pentadimensional. Por exemplo, se você estiver comendo com amigos ou familiares, ao invés de colocar o alimento em suas bocas, vocês serão capazes de sentir a experiência nutriente de compartilhar Luz com os seus entes queridos.

Se você estiver sozinha, você pode então estar meditando e/ou movendo sua forma de um modo criativo e alegre. Ou você pode simplesmente estar respirando no espírito que está na Luz do mundo pentadimensional. Nós escrevemos “luz” com maiúscula aqui porque a Luz pentadimensional é muito diferente da luz tridimensional.

A Luz na quinta dimensão é viva com consciência e pode mudar formas com o seu desejou ou com a função dela. Por exemplo, as águas de luz na quinta dimensão parecem ser fluidas, que verdadeiramente é luz líquida. A Luz Líquida pode assumir qualquer forma para parecer como água, solo, céu, flores, animais, humanos, etc.. Essas águas de luz trazem para o seu sistema uma forma de nutrição, e você pode nadar “submersa” por quanto tempo desejar.

Quando os seres chegam à quinta dimensão, eles normalmente precisam “comer” até poderem acreditar que a nutrição é gratuita e automática e que eles não precisam ter qualquer intenção em relação a comer. A necessidade de participar de outra forma de vida, seja ela animal ou vegetal, é uma das mudanças mais difíceis para os recém-chegados.

O “medo da sobrevivência” é um programa básico que é estabelecido para todas as formas de vida tridimensionais. Se você não tivesse o medo da sobrevivência, na verdade o medo de que você não sobreviverá, você não tomaria as precauções necessárias para continuar sua existência física. Esse “programa de sobrevivência” é muito difícil de anular mesmo quando seu corpo não é mais tridimensional.

Agora nos permita lhe dizer como entrar no nosso mundo. Alegria e paz é o estado de consciência que é necessário para acessar nossa realidade. Parecido com ter que escolher um número para receber uma estação de rádio, você precisa escolher um estado de consciência para acessar nossa realidade pentadimensional.

Para expandir sua consciência o suficiente para entrar em nosso mundo, você precisa se distanciar dos medos e dramas de sua vida física. Claro, você não pode negar o que está acontecendo ao seu redor porque é real. O que você então precisa fazer é ver a dimensão mais alta dessas realidades de frequência mais baixa.

Tal como você foi instruída para ver sua sala dimensionalmente superior, você começará a ver as dimensões mais altas de todos os aspectos de sua vida pessoal e do mundo ao seu redor. Por exemplo: vejamos a política. Permita-se ver os aspectos dimensionalmente superiores do conflito, sejam eles bombardeios, fome ou distúrbios políticos. Você vê a paz, a unidade e o amor que está sendo enviado para a escuridão tridimensional?

Sempre que houver grande número de mortes, haverá muitos seres atravessando para a quarta ou a quinta dimensão. As crenças de muitas pessoas estão tão entrincheiradas na terceira dimensão que elas “acreditam” que precisam passar por uma morte física para aceitar uma nova realidade. Portanto, para elas, é verdadeiro.

Algumas pessoas são capazes de acreditar que elas podem experimentar as dimensões superiores sem morrer, mas elas acreditam que elas primeiro precisam passar por uma morte simbólica. Portanto, isso é verdadeiro para elas. Na terceira dimensão vocês têm uma crença de que a morte é deixar a vida, mas para nós da quinta dimensão morte é retornar à vida.

Porque a consciência das massas está mudando rapidamente, haverá desassossego político. Quando cada pessoa mudar sua consciência pessoal, ela desejará mudar a consciência de grupo também. O correlato pentadimensional de política é uma consciência de grupo harmoniosa e unida. Assim que verdadeiramente há uma consciência de grupo unida, um governo externo não é mais necessário.

Quando uma pessoa aceitar o Amor Incondicional e mudar para a quinta dimensão, ela terá completo domínio sobre seus próprios desejos egoístas e inferiores. Nenhum sistema externo de regras é necessário quando todos os membros da sociedade podem se governar. Além disso, a realidade é criada instantaneamente por seus próprios pensamentos e emoções. Se você não deseja compartilhar as experiências daqueles que estão ao seu redor, você simplesmente muda sua mente por calibrar sua consciência a uma frequência mais alta.

Outro componente da manifestação pentadimensional é que “O Amor Cria”. Ame-se, ame sua atividade (seja pagar uma conta ou meditar), ame o que você deseja e você manifestará isso em sua realidade. Lembre-se: tudo que você percebe na terceira dimensão é um produto da ilusão que tem sido criada pelo holograma de grupo em que você vive.

Quando você mudar seu holograma pessoal, você se conectará com outros que também desejam viver nesse holograma. Você então servirá como um modelo para outros que estão desejando mudar o holograma deles.

Isso encerra nossa transmissão de hoje. Por favor, lembre-se de nos portar em seu conhecimento e sinta nosso amor. Se você puder manter a quinta dimensão viva em sua mente, então você a manifestará em sua vida.

Lembre-se: O QUE ESTÁ EM SUA MENTE – ESTÁ EM SUA VIDA.

ACEA
-.....---==II==----.....-
  Direitos Autorais:
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: Blog SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Página| |Voltar Menu Suzanne Lie| |Voltar Home|