CONVERSAS COM MEUS EU - PARTE 4
Por Suzanne Lie PhD
Em 01 de agosto de 2012
 
( Continuação das partes 1 - 2 e 3 )

EU ENCONTREI A LEMÚRIA

Uma História não muito Resumida da Lemúria

Estou convocando meu EU para me assistir na lembrança da incrível jornada meditativa que acabo de ter. Após estar concluída, rolei para a posição fetal e entrei no sono ou em meditação, de que não me lembro. Estou finalmente pronta para documentar minha experiência. Foi uma experiência tão "real" pelos padrões do meu Portal Pineal e também pela experiência do meu Portal do Coração Superior.

SUZILLE: Querido Mytre, pode me ajudar a entender mais a minha experiência?

MYTRE: Com muita alegria eu a assistirei, querida expressão aterrada de nosso EU Multidimensional. Você foi preparada para fazer esta jornada por ouvir: "A Trilha das Lágrimas" uma e outra e outra vez em sua mente. Porém, sua mensagem tratava da primeira Trilha das Lágrimas. A segunda Trilha das Lágrimas foi quando os Atlantes - os membros brancos/europeus dos Irmãos de Biel de Atlântida novamente conquistaram os Lemurianos em sua forma dos dias atuais de Nativos Americanos.

Na primeira Trilha de Lágrimas, os lemurianos sabiam que os Irmãos Atlantes de Biel iriam derrotá-los e eles precisavam encontrar refúgio. Muitos deles procuraram o que agora é o Oeste Norte-Americano, começando nas Ilhas Santa Bárbara da costa marítima média da Califórnia, que na época era um pico alto, Mt. Shasta no norte da Califórnia e o Mt. Rainier no Estado de Washington.

Alguns lemurianos viviam nos picos das ilhas fora de Santa Bárbara. Estas ilhas eram montanhosas na época, e tornaram-se ilhas baixas após o afundamento da Lemúria. Os lemurianos viveram ali até os anos 1800, quando os temidos Irmãos de Biel, conhecidos atualmente como os Illuminati, os descobriram e os arrancaram de seus lares nas ilhas. Ao final de um ano, todos eles estavam mortos. Sem seu amado solo e sem sua liberdade de Espírito, não havia razão para viver.

Outros grupos decidiram que ir para o subsolo era muito mais seguro. Eles estavam certos, pois não somente sobreviveram, mas ascenderam para uma sociedade superior tetra/pentadimensional. Os lemurianos conheciam esses picos de montanhas onde as áreas de solo serviam como uma Glândula Pineal para a Mãe.
Os lemurianos também sabiam que essas Glândulas Pineais Planetárias estavam conectadas e alimentavam o Coração Superior planetário no Coração da Mãe Terra. Portanto, se os lemurianos podiam viver sob os picos de montanhas vulcânicas, eles podiam viver dentro do Coração Superior da Mãe.

A Glândula Pineal em seu corpo físico serve como um firewall para proteger o Coração Superior de qualquer forma de escuridão ou medo. Ela também serve como um Portal através do qual a luz superior e o amor incondicional podem baixar para o corpo físico. As Glândulas Pineais planetárias servem a Mãe da mesma maneira em que sua Glândula Pineal pessoal serve você. Porém, já que Gaia está usando a forma de um planeta, ela necessita de mais de um Coração Superior e mais do que uma Glândula Pineal.

Algumas das Glândulas Pineais dela foram bloqueadas pela escuridão dos humanos que vivem em Sua superfície, mas algumas ainda estão abertas. Os lemurianos tinham duas razões para escolher agora um lar sob o pico de uma montanha. Primeira, eles sabiam que podiam encontrar segurança no Coração Superior da Mãe. Segunda, eles sabiam que, se ocupassem o Coração Superior da Mãe, eles podiam servir para manter clara a Glândula Pineal acima deles.

A Glândula Pineal serve o Coração Superior por enviar a ele luz multidimensional e amor incondicional. Em troca, o Coração Superior protege a Glândula Pineal por enviar a ela as mensagens na Linguagem da Luz incorporadas na luz multidimensional e no amor incondicional incorporados na frequência mais alta desta luz.
O Coração Superior da Mãe também envia sua mensagem de amor incondicional e luz superior para o solo ao redor da montanha. Os Nativos Americanos sempre cultuaram os picos das montanhas porque podem sentir o imenso amor emanando desses picos. Eles também podem sentir a Mãe sob eles em todos os solos e águas ao redor dos picos.

Felizmente, até os que emigraram para a América sentiram esse amor, criaram Parques Nacionais e protegeram as áreas ao redor das Glândulas Pineais da Mãe. E também, muitos humanos vêm para estes parques porque podem sentir o amor. Normalmente eles sentem inconscientemente o amor e acreditam que somente se sentem bem porque se exercitaram ou porque estão de férias.

Visto que a Lemúria era no Oceano Pacífico, os lemurianos fizeram seus lares subterrâneos sob os picos das montanhas altas, as Glândulas Pineais, da América do Sul e do Norte, Austrália, Nova Zelândia e de quaisquer partes que sobreviveram de seu mundo, como o Havaí e a Polinésia. Na verdade, quaisquer povos "nativos" que acreditam que seus Ancestrais "surgiram de sob a terra" são descendentes dos lemurianos, que foram viver sob a terra durante a destruição de seu lar.

Desde que os lemurianos se refugiaram sob os picos, nas áreas ao redor do Oceano Pacífico, eles criaram túneis subterrâneos imensos. Por viajar através de seus túneis, eles eram capazes de entrar na terra em muitas áreas diferentes.

Eles podem viajar nesses túneis quase que na velocidade da Luz. Aqueles que vieram antes para a terra se adaptaram às condições da área através da pigmentação de sua pele, tipo de cabelo, estatura, etc.. E também os lemurianos ascendidos, pentadimensionais, podem teletransportar suas formas para qualquer área que eles desejam visitar.

Da mesma forma como os antigos lemurianos foram conquistados e dominados pelos antigos atlantes, os atuais descendentes dos lemurianos são conquistados e dominados pelos atuais atlantes, principalmente os descendentes dos Filhos de Biel, conhecidos agora como Illuminati.

"No Começo", quando a Terra estava pronta para o atual ciclo de encarnações, dois seres básicos manteriam as polaridades do masculino e do feminino para encorajar o extremo maior da dualidade para este ciclo. Os representantes da Mãe, os lemurianos, vieram primeiro. Então, os representantes do Pai, os atlantes, vieram em segundo lugar.

Os lemurianos serviriam como polaridades para a polaridade feminina e os atlantes serviriam como a polaridade masculina. Os lemurianos eram muito focados no coração, pois eles seriam as Mães da nova raça de pessoas. Eles fizeram o voto, como todos os Nativos Americanos fazem, de serem os Guardiões da Terra. Seu serviço seria manter Gaia estável e saudável.

A Lemúria era uma imensa massa de terra no que é agora chamado de Oceano Pacífico e Atlântida era uma enorme massa de terra no que agora é conhecido como Oceano Atlântico. Os lemurianos, baseados no feminino, focavam-se em viver como UM com o planeta e representavam o Coração Superior do Chakra do Coração.

Por outro lado, os atlantes, a polaridade baseada no masculino, focavam-se em trazer a luz superior de novas ideias e crescimento mental, muito parecido com a Glândula Pineal do Chakra da Coroa. Assim, as polaridades feminina e masculina viveram em paz e amor por muitos milênios. Infelizmente, o plano original foi corrompido pela chegada de Seres de outro mundo.

Esses Seres eram os Retardatários que não conseguiram ascender com seu Mundo Lar porque não puderam aprender a viver em amor. Esses Retardatários eram bem parecidos com os Conquistadores que vieram para a América do Sul quanto a ser imensamente mais avançados tecnologicamente em relação aos Povos Nativos. Eles vieram para a Atlântida ao invés da Lemúria porque a primeira era mais baseada no mental, como eles.

No início os atlantes estavam contentes por terem esta nova informação que era tão abertamente compartilhada com eles, então eles caíram em muitas ciladas que eram armadas pelos Retardatários. Os Retardatários eram um grupo de malfeitores de diferentes planetas e sistemas estelares que foram banidos porque não conseguiram ascender com seus vários Mundos Lares. É por isso que há tanta confusão sobre quem realmente começou a queda da Terra para Sua densidade tridimensional mais baixa.

Não entraremos na queda de Atlântida, somente diremos que esses Retardatários tornaram-se os Filhos de Biel, os Capas Negras de Atlântida. Eles se escondem no manto da escuridão desde então. Primeiro eles foram os responsáveis pela queda da Lemúria, então pela queda de Atlântida e pelos inúmeros feitos infames de seu grupo agora conhecido como os Illuminati. Em outras palavras, eles foram os representantes do "Lado Escuro" desde que vieram para a Terra.

Na verdade, esses Retardatários tentaram impedir a ascensão em seu próprio Mundo Lar, por isso eles não ascenderam. Porém, é importante lembrar que todos os mundos polarizados têm "os bons garotos" e os "maus garotos" para manter essa realidade ativa na terceira dimensão. Infelizmente, esses grupos não eram apenas físicos, porque eles escolheram manter uma forma no Plano Astral Inferior.

Felizmente, a Federação Galáctica veio para assistir finalmente na expulsão desses Retardatários, em suas muitas formas, desta Galáxia inteira. Na verdade, há muitos membros da nossa Federação Galáctica que escolheram usar uma forma tridimensional neste "tempo" para ajudar Gaia, pois ela já os ajudou. Muitas, se não a maioria, das pessoas que são atraídas para esta informação têm suas Expressões Superiores do EU na Federação Galáctica.

A Federação veio para assistir seus descendentes e expressões aterradas, mas eles estão aqui principalmente para ajudar Gaia. Gaia ofereceu a eles a Sua Terra como um local de aprendizagem, crescimento e até ascensão. Além disso, os lemurianos sairão do subterrâneo quando os Galácticos aterrissarem e o Celestial encher os céus. Todos os homens terrenos, passados, presentes e futuros irão se reunir como UM para acolher o grande evento da Ascensão Planetária.

SUZILLE: Obrigada, Mytre. Começarei onde minha visita à Lemúria começou, que foi com minha meditação. Tentarei lembrar para relatar a informação importante que eu recebi. Na verdade, vou pedir a Arquelle, minha arcturiana pentadimensional a quem acabo de conhecer, para me ajudar.
Querida Arquelle, pode me ajudar na recordação da meditação desta manhã?

ARQUELLE: Sim, ficarei feliz em ajudá-la, pois eu estava em você durante sua experiência. NÓS começaremos a jornada por levando todos que leem isto através da mesma meditação que precedeu sua "visita em consciência":

Uma Visita à Lemúria Subterrânea

- Por favor, comecem por modular sua respiração para que sua expiração tenha o dobro de duração de sua inspiração...

- Para ativarem seu Terceiro Olho, inspirem e expirem através de suas narinas...

- Agora imaginem que vocês estão inspirando através do seu Coração Superior e expirando através do seu Terceiro Olho para criar seu "ponto de intenção"...

- Através deste ponto de intenção, visualizem uma montanha vulcânica alta, como Mt. Shasta na Califórnia, Mt. Rainier no Estado de Washington, ou uma em sua própria área...

- Alinhem o pico da montanha com sua Glândula Pineal na sua Coroa, enquanto sentem seu Coração Superior em seu Coração diretamente abaixo dele...

- Coloquem seu ponto de intenção dentro do pico da montanha...

- Agora, lentamente permitam que seu ponto de intenção desça de sua Coroa, passe pela sua Fronte, através de sua Garganta e para seu Coração Superior...

(Seu "ponto de intenção" é o mecanismo de direção para suas jornadas interdimensionais. Coloquem sua intenção no seu Terceiro Olho para navegar e em seu Coração Superior para aterrissar.)

Vejam-se numa área pouco iluminada, parecida com o interior da Grande Pirâmide. Ao olharem ao seu redor em busca de uma fonte de luz, vocês veem na sua frente uma longa escada que parece levar para a Luz.

Vocês seguem esta escada e descobrem que ela é muito íngreme. Mesmo assim, vocês se entregam ao seu processo e descobrem que vocês podem flutuar rente à escada. Agora não requer qualquer esforço subi-la.
Por outro lado, se vocês desviam sua atenção da escada, ela começa a desaparecer. Portanto, vocês ficam focalizados nesta escada interior e se entregam à experiência de flutuar escada acima. Quando vocês estão quase no topo da escada, vocês descobrem que estão flutuando para lugar algum do nada.

Dentro do nada não há nem forma nem estrutura. Somente há pura consciência. Inspirando longa, lenta e profundamente, vocês se PERMITEM liberar a ilusão da forma...

Ao fazer isso, vocês começam a experimentar o seu EU, livre de forma e flutuando através do "nada" como pura consciência...

Sua intenção agora se move para o Portal do seu Coração Superior, pois vocês sentem que ele está se abrindo...

Vocês colocam suas mãos em seu Coração Superior e mantêm seu ponto de intenção na abertura do Portal para seu Coração Superior...

Agora, percebam que vocês estão em um túnel escuro viajando extremamente rápido. Vocês não podem ver no que estão viajando, mas vocês veem as paredes de um túnel circular passando rapidamente por vocês. Vocês não têm uma sensação de movimento porque vocês estão viajando como pura consciência.

De repente vocês parecem estar despertando de um sono em um beliche. Na sua frente estão uma mesa de madeira e um homem que está preparando uma refeição. A mesa os confunde, pois ela parece ser longa, e então curta, e então tão longa que vocês não podem ver o final dela.

O homem se volta para vocês e diz olá.

Então, ele olha em seus olhos e diz: "Ah, você é um visitante. Meu filho convidou outro lá de cima para visitar através da percepção dele".

Enquanto estão ali, o homem vem até vocês e lhes dá um maravilhoso abraço de urso.
Vocês podem sentir o amor incondicional e a total aceitação fluindo do coração dele para o seu.

"Bem-vindo, bem-vindo", diz ele. "Chegou na hora certa para a nossa refeição matinal. Logo eles estarão entrando. Gostaria de usar sua própria forma agora?"

Em reposta à sua expressão confusa ele explica: "Quero dizer, você gostaria de nos mostrar a forma que está usando na Terra? Adoraríamos conhecer você".

Enquanto vocês tentam se lembrar de como seu corpo se parece, a sala se enche de pessoas felizes, calmas, pacíficas procurando lugar para se sentarem à mesa. Conforme elas entram, vocês percebem que podem escolher perceber o tanto da mesa que vocês desejarem. Se quiserem estar com uns poucos amigos, vocês ficam somente com eles, mas se quiserem ver o grupo inteiro, vocês veem uma mesa enorme que se estende mais do que vocês podem ver claramente.

O mistério da mesa os distrai o suficiente para que possam inconscientemente imaginar que estejam usando sua forma terrena.

"Ah, você está usando sua forma agora." Diz o homem que os recepcionou.
"Meu nome é Rafter, e meu filho, através de quem você nos encontrou, se chama Jaquer."

Jaquer, que parece ser um adolescente, dá um passo à frente. Ele sorri calorosamente e pega seu braço (ao invés de sua mão) com as duas mãos. Suas mãos são quentes e amorosas, e ele lhes parece bastante familiar.

"Ah, sim", Jaquer diz, "Você me reconhece, pois sou seu Recepcionista. Sei que pareço jovem, mas nós podemos escolher nossa idade aqui e eu gosto do corpo que estou usando. Como um Recepcionista, eu ofereço um sinal para chamar os visitantes ao nosso mundo e assisti-los na passagem pelo nosso Portal. Muito obrigado por aceitar meu convite."

Rafter se adianta para dizer: "Meu filho é muito talentoso. Ele parece jovem porque tomou uma forma em nosso Mundo Lar de Arcturus para se tornar um Recepcionista para que aqueles em ascensão possam nos visitar aqui na Lemúria. Venha, participe de nossa refeição conosco."

Vocês se sentam à mesa e conhecem muitos dos lemurianos. Todos são carinhosos, cheios de alegria e têm um entusiasmo pela vida que foi perdido pela maioria dos "de cima". Eles são todos diferentes, mas ainda são todos UM ao mesmo tempo. Além disso, todos eles parecem estar falando com vocês ao mesmo tempo, mas de alguma forma vocês podem entender todos.

"Você pode nos entender porque você está usando uma forma pentadimensional", diz uma adorável jovem.

"Meu nome é Shaylee. Em resposta à sua pergunta não feita, eu tenho somente 102 dos seus anos terrenos. Você entende, nós não envelhecemos aqui, a menos que escolhamos envelhecer. Nunca estamos doentes e nunca morremos. Nós ascendemos nossa frequência de forma além da polaridade. Portanto, não há o que cria o medo que provoca seu envelhecimento, doença e no fim, sua morte. Quando estivermos na superfície, assistiremos vocês na recordação de como ativar sua forma pentadimensional, tal como nós ativamos", diz Shaylee, enquanto ela começa a desaparecer de sua visão.

Shaylee permanece com grande intenção e toda a conversa para.
Todos voltam sua atenção para Shaylee que diz:

"Querida Família de Vida, nosso visitante está se cansando e logo irá nos deixar. Podemos todos nós enviar nosso amor incondicional para acompanhar e dirigir este em ascensão de volta à Terra 3D?"

Todos na sala ficam em pé e se viram para vocês.
Com mentes claras e corações abertos eles lhes enviam amor incondicional...

Vocês mal podem suportar a força dele e sabem que levará um tempo para acolher e integrar este presente de amor incondicional de seus novos amigos.

Conforme a sala começa a se desvanecer, vocês conseguem dizer para todos: "Obrigado, eu voltarei!"

A sala ondula e começa a desaparecer, mas vocês ouvem a mensagem coletiva de "Nós o veremos muito em breve 'lá em cima'. Por favor, conte aos seus amigos."

"Como posso encontrá-los outra vez?"
Vocês falam, praticamente para o seu EU.

"Você nos encontrará no Silêncio."

Responde Shaylee enquanto desaparece de sua visão, mas nunca de sua mente.


OUVIR AO SILÊNCIO

Ouvir ao Silêncio - enquanto ele flutua por todo ar
Ouvir ao Silêncio - você por todo lugar pode a ele escutar

O Silêncio permanecerá no interior - o momento em que você a ele pode escutar
O momento está aqui, é seu para pegar - não há necessidade de se assustar

O Silêncio é uma força - é o núcleo do amor e da vida
É uma parte do seu interior profundo - e vem lá de baixo até em cima

Se você ouvir ao Silêncio - que existe um modo, você descobrirá
De retirar o estresse de sua mente - e fluir você deixará

Sem o estresse, o que resta é VOCÊ - AQUELE que dentro de você tem a morada
Este que estava lá toda vez que você sorria - e o abraçava quando você chorava

Se você ouvir ao Silêncio - você descobrirá que ele está dentro de você
O Silêncio é aquela vozinha calma - que lhe diz o que PODE fazer você

Eu lhe direi como ouvir - assim você entenderá a razão
Toda vida deve ter um fluxo - e cada momento tem sua estação

NESTA estação você sente saudade - do EU que você teme ter perdido
Quando você assumiu o Caminho do NÃO você - e agora você o preço tem sentido

Aceite o fluxo do AQUI e AGORA - dentro do seu coração e mente
Para descobrir que você é feliz - com o Mistério que você compreende

Agora pegue o Mistério, que você perdeu - no momento que do desejo sentiu o ardor
E envie-o profundamente ao seu coração - para encontrar a sua chama interior

Esta chama liberta o que está concluído - para o novo espaço abrir
Para liberar o estresse em sua mente - e então seu real EU poder surgir

Com seu verdadeiro EU no leme - e de cada dia o Capitão
Saberá o Modo de levar a vida - e ter tempo de diversão

Pois, ao brincar no Silêncio - seu coração pode abrir amplamente
Para SER a glória e a verdade - e o UM que você é interiormente

(Nota aos Leitores - Todas essas experiências, da Parte 1 à 4, ocorreram nesses três dias em que ficamos no Farie Cottage nas matas. Porém, experiências multidimensionais vêm em muitas camadas. A primeira camada foi quando eu rapidamente anotei o que eu tinha experimentado. Então me levou mais de uma semana para voltar e preencher as outras camadas que entraram na minha consciência enquanto eu integrava essas experiências em minha vida diária. Eu lhes digo isto para que vocês possam se lembrar de que ao se voltarem para suas experiências interdimensionais, vocês encontrarão algumas verdadeiras joias de sabedoria ocultas na sua primeira percepção.)
----.....---==II==----.....----
 
Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com.br/ 
Tradução: SINTESE: http://blogsintese.blogspot.com/
http://stelalecocq.blogspot.com/

 
Gostou ! Indique para seus Amigos!
|Topo da Página| |Voltar Menu Suzanne Lie| |Voltar Home|