luz de gaia   
 
     
CLARIAUDIÊNCIA, CLARIVIDÊNCIA E CLARISSENCIÊNCIA
TELECINESIA E ILUMINAÇÃO
Os Arcturianos e Suzanne Lie
4 de Setembro de 2018
luz de gaia
CLARIAUDIÊNCIA

CLARIAUDIÊNCIA é a capacidade de ouvir sons e comunicações da quarta dimensão e além dela. Com a prática, todos podemos nos comunicar com realidades que ressoam com freqüências além da terceira dimensão. Clariaudiência difere de telepatia em que clariaudiência geralmente se refere à comunicação com seres de dimensões superiores que não podem ser vistos com nossos sentidos físicos, enquanto que a telepatia geralmente se refere à comunicação não falada com seres da mesma dimensão. A canalização é uma forma de clariaudiência. Existem dois tipos de canalização: inconsciente e consciente.

Com a canalização inconsciente, conhecida como "médium em transe", o receptor, conhecido como "canal", desocupa sua forma tridimensional e permite que o mensageiro use seu corpo como um elo para a terceira dimensão. Com esse tipo de canalização, o canal não pode ouvir a mensagem, mesmo que as cordas vocais estejam sendo usadas. Alguém precisa gravar ou anotar a mensagem que foi falada pelo canal. Edgar Casey é um exemplo de médium em transe.

Por outro lado, durante a canalização consciente, estamos plenamente conscientes do nosso corpo físico e despertos para a nossa vida diária. No entanto, estamos em um estado expandido de consciência. Pelo fato de estarmos usando nossa consciência multidimensional, a consciência tridimensional assim como a quarta dimensão e além, é difícil nos lembrarmos de nossa mensagem se não a manifestarmos rapidamente em nossa vida física.

Esta manifestação será de acordo com nossos talentos. No entanto, as mensagens verbais são geralmente transcritas como material escrito, poema ou música. As formas de arte tais como desenho, pintura, dança, arquitetura, atletismo, etc., são percebidas com mais frequência por meio de nossa clarividência.

Podemos ativar nossa clariaudiência ouvindo a voz mansa e delicada do interior. Quando escutamos nosso EU, calibramos nossa consciência com essa ressonância. É vital lembrar que existem muitas dimensões acima da terceira, incluindo o Plano Astral Inferior da quarta dimensão, que é o reino do medo e da escuridão.

Além disso, só porque uma pessoa está “morta” e falando da quarta dimensão, não significa que ela saiba mais do que quando estava “viva” na terceira dimensão. Portanto, é vital que APENAS nos interessemos por mensagens que nos chegam dentro da frequência de amor incondicional do portador.

Além disso, as mensagens da quarta dimensão têm uma sequência de tempo diferente do plano físico, e as da quinta dimensão e além vêm a nós em um lampejo de luz do AGORA do UM. Então, precisamos traduzir essas mensagens em nossa linguagem tridimensional para incorporá-las à nossa vida diária e compartilhá-las com os outros.

Nosso cérebro, que traduz essas mensagens, é como um computador. Ele contém apenas as informações que nós baixamos para ele. Portanto, será difícil traduzir uma mensagem de luz se os conceitos forem totalmente exclusivos do nosso pensamento tridimensional. Quando o canalizador / medium desocupa sua forma física para permitir que o ser superior use sua voz, o canalizador não precisa traduzir a mensagem. Nesse caso, o canalizador não precisa entendê-lo.

No entanto, não importa o quão benéfico seja o ser que estamos canalizando, é perigoso deixar nossos corpos. Muitos canais que fizeram isso descobriram que isso é verdade. Quando desocupamos nossa forma, enfraquecemos muito nosso sistema imunológico, assim como assumimos energias que não são de nosso fluxo de vida.

Muitas vezes, podemos assumir os padrões de energia e até a escuridão latente do ser que estamos canalizando. O ser do outro lado pode ser capaz de lidar com sua escuridão, mas pode ser extremamente prejudicial para o canalizador na terceira dimensão..

À medida que estamos despertando, baixando e integrando nosso EU Multidimensional, cada vez mais nossa canalização vem de um aspecto de dimensão superior do nosso EU. É importante lembrar que temos uma ressonância de nosso EU com muitos planetas, galáxias e dimensões. Com nossas percepções expandidas ativadas, podemos aprender a nos comunicar com elas enquanto ainda mantemos um corpo terrestre físico.

CLARIVIDÊNCIA

A clarividência é a capacidade de ver objetos que ressoam com a quarta dimensão e além dela. À medida que expandimos nossa consciência, nossas percepções se expandem além dos limites do espectro físico da luz. Assim, podemos "ver" objetos e seres na quarta dimensão e além dela.

Enquanto a clariaudiência é nossa audição multidimensional, a clarividência é nossa visão multidimensional. Percebemos diferentes dimensões de maneira diferente, pois elas ressoam com diversas freqüências de luz. Uma das experiências de clarividência mais comuns é a percepção de fantasmas. Dentro do nosso pensamento tridimensional e sistemas de crença, consideramos os fantasma como mortos. No entanto, a morte é uma ilusão, pois significa apenas que a pessoa retornou à frequência de ressonância para uma frequência mais alta. A exceção a isso é quando alguém se move para uma frequência menos elevada, o Plano Astral Inferior, muitas vezes rotulado como Inferno.

O inferno não é um lugar; é uma ressonância da frequência mais baixa do Plano Astral da quarta dimensão. A quarta dimensão é a aura do planeta Terra, assim como a aura de cada pessoa. Percebemos freqüências diferentes, colocando nossa atenção na ressonância correlacionada em nossa aura. Assim como temos manchas escuras e claras em nossa aura, Gaia também. Há muitos lugares de poder na Terra onde as pessoas expandiram sua frequência, ancoraram essa expansão no planeta e atravessaram, retornaram ao Lar, em êxtase e amor incondicional.

Por outro lado, existem outros lugares na Terra onde grande injustiça, crueldade, medo e raiva assustaram a face de Gaia e deixaram uma mancha em sua aura. Uma vez que ativamos nossas habilidades de clarividência, podemos facilmente perceber a diferença entre esses dois lugares. Ao despertarmos nossa clarividência, bem como nossa clariaudiência, podemos fazer um túnel de luz através de nosso próprio Plano Astral Inferior e ancorar o túnel no corpo de Gaia. Se não formos capazes de abrir caminho através da escuridão da nossa própria aura, nossas percepções expandidas serão um farol para a escuridão coletiva que a humanidade deixou na aura do nosso planeta.

A iniciativa de abrir o nosso “túnel de Luz” nos ensina a diferenciar entre vozes e aparições que ressoam tanto com a luz quanto com a escuridão. Houve de fato muitas ações de medo, ódio e escuridão que deixaram sua marca no Plano Astral Inferior. Também sofremos muitas experiências de medo, raiva ou tristeza em nossa vida que deixaram a escuridão em nossa aura. Primeiro, devemos curar a nós mesmos, o que está curando nossa aura, ou as trevas em nossa aura arruinarão nossa capacidade de diferenciar entre mensagens do Plano Astral Inferior e dos planos superiores. Nossa aura é o filtro para nossas percepções. Se o nosso filtro é escurecido pelo medo, também as nossas percepções expandidas.

O medo é o nosso sistema psíquico de ruptura. Se tivermos uma experiência de medo, então o medo nos tirará as nossas percepções expandidas e voltará à nossa realidade mundana. Felizmente, uma vez que nos tornamos Mestres sobre o nosso medo ao confrontá-lo, curá-lo e liberá-lo com nossa luz, temos o domínio sobre qualquer medo com experiência no Plano Astral Inferior. Uma das maneiras pelas quais podemos nos confrontar e ganhar domínio sobre entidades negativas é esticar a mão e permanecer com firmeza e amor: “Em nome do UM, desapareça!” É uma lei cósmica que as frequências mais baixas não podem permanecer quando ordenadas a partir por um ser de maior frequência.

Podemos também enviar a essas aparições feridas e de dimensões inferiores o amor incondicional. Neste caso, eles ou mostrarão gratidão por nossa preocupação, então conduzirão a nossa onda de amor incondicional para uma ressonância mais alta, ou eles correrão de nós, subjugados por seu próprio medo. A verdadeira iniciação é que devemos enfrentar nosso próprio medo para ter a coragem de permanecer em nosso estado alterado e confrontar a aparição que só pode ser percebida através do nosso próprio medo. Uma vez que nos tornamos Mestres sobre o nosso próprio medo, podemos sentir a escuridão, colocar nossa luz maior ao nosso redor e continuarmos através da escuridão, criando um túnel de luz ao fazê-lo.

Uma entidade de frequência mais baixa não pode mais prejudicar um ser de frequência menor do que um monstro no fundo do oceano pode prejudicar um marinheiro na superfície. Este "monstro" astral não pode elevar sua ressonância para a freqüência mais alta até que o medo que o ligou a essa ressonância tenha sido curado e liberado. Espiritualistas são um grupo de pessoas cujo propósito espiritual é ajudar aqueles que estão presos no Plano Astral Inferior da quarta dimensão.

Quando nossa consciência flui através de nosso túnel de luz para a Terra das Fadas e o Plano Emocional da quarta dimensão, as cores são muito brilhantes e os seres belos, embora suas formas possam mudar facilmente. No Plano Mental, as cores são mais suaves e as formas ainda mais oscilantes. Nos Planos Causal e Espiritual, todos os seres brilham. Eles raramente parecem ter pés, e suas mãos e face são tão cheios de luz que você mal consegue enxergá-los. Muitas vezes, tudo o que podemos ver no rosto deles são os olhos e as mãos são tochas de luz.

No vazio entre a quarta e a quinta dimensão, experimentamos o nada completo. Parecemos estar sozinhos, embora sintamos a vida ao nosso redor. É nossa iniciação liberar nosso apego às formas da terceira e quarta dimensão e nos percebermos como uma especificação de luz antes que possamos liberar nosso ego o suficiente para entrarmos na quinta dimensão. Uma vez nessa ressonância, a nossa “visão” é mais como um “pensamento/visão” (ver através do nosso Terceiro Olho) ou um “sentimento-visão” (ver através do nosso Coração Superior}. Em outras palavras, devemos confiar no nosso EU incondicionalmente para SABER que, se pensamos ou sentimos, nossa percepção é real. Com a prática podemos aprender a perceber de um modo pensamento / sentimento.

Uma vez dominada nossa percepção de quinta dimensão, podemos começar a “ver” e “ouvir” os seres que existem apenas como uma consciência de grupo. Nós experimentamos o chamado desses seres em nosso próprio corpo físico, geralmente em nosso Terceiro Olho ou Coração Superior. Precisamos expandir nossa consciência para a quinta dimensão para podermos ter uma comunicação com esses seres. Nossos planos internos estão cheios de seres maravilhosos, aguardando ansiosamente nossa habilidade de lembrar como percebê-los. Eles têm informações iluminadas para compartilhar e orientações sábias para dar.

CLARISSENCIÊNCIA

Clarissenciência é o termo usado para todos os sentidos psíquicos juntos. Quando temos a clarissenciência, podemos acessar os nossos sentidos expandidos para cheirar, ver e tocar a aura de outra pessoa, ouvir os pensamentos de outra pessoa, sentir suas emoções e / ou nos comunicarmos com seres de dimensões superiores.

A clarissenciência é experimentada como um sentimento, geralmente acompanhado por uma sensação física. Podemos sentir o cheiro de algo que “não está lá”, ter um vislumbre rápido de algo do canto do olho, saber algo de que não tínhamos conhecimento um momento antes, piscar por um segundo a outra realidade e / ou nos sentirmos confusos. e desorientados. Muitas vezes, experienciamos as nossas realidades alternativas através de nossa clarissenciência.

Existem diferentes tipos de “realidades alternativas”. Uma é geralmente conhecida como nossas “vidas passadas”. No entanto, o tempo e o espaço são uma ilusão particular para a terceira dimensão. Assim, uma vez que elevamos nossa consciência até mesmo na quarta dimensão, freqüentemente começamos a nos sentir em uma vida que não é consistente com a vida tridimensional que estamos acostumados a experienciar.

Uma vez que podemos olhar abaixo na freqüência através da nossa consciência da quarta dimensão para a terceira dimensão, somos capazes de perceber qualquer período de tempo que desejamos. Nossas muitas encarnações na Terra tridimensional podem ser testemunhadas a partir dessa percepção como estando alinhadas em uma roda de tempo. Do nosso ponto de vista da quarta dimensão, esta roda não está limitada pelo tempo. Assim, podemos visitar qualquer vida com as restrições do tempo. Em outras palavras, podemos visitar uma vida em 223 aC, depois visitarmos uma vida em 2034 dC e depois visitarmos uma em 1895 aC. No entanto, uma vez que entramos em qualquer desses tempos, estamos limitados ao movimento cronológico do tempo tridimensional.

A clarissenciência pode ser experimentada como um conhecimento que entra em nossa consciência. Se pudermos confiar nesse conhecimento, ele poderá nos guiar através dos muitos obstáculos da vida. Essa orientação interior também nos direciona para um melhor conhecimento de nós mesmos. Quanto mais nos conhecemos, mais podemos discriminar entre as sensações internas que captamos e as sensações internas que surgem de nossas percepções expandidas. Tal como acontece com todos os relacionamentos, amor incondicional e confiança é o que desenvolve a intimidade. Ser íntimo com o nosso eu é um conceito estranho para muitos, mas uma vez que nos lembramos e abraçamos nossa verdadeira Alma Multidimensional, essa intimidade se expande exponencialmente.

TELECINESIA

A Telecinesia é uma habilidade de quarta e quinta dimensões, que nos permite mover objetos pelo espaço sem o funcionamento de nosso corpo físico. Em nosso eu de quarta e quinta dimensões, nossa mente, emoções e intenções são mais poderosas do que nossos músculos. Portanto, podemos deslocar objetos combinando nossos pensamentos e emoções com nossa intenção consciente.

A telecinesia é muitas vezes referida como “mente sobre a matéria”. Em outras palavras, com o uso consciente de nossas habilidades telecinéticas, podemos mover e / ou influenciar a matéria com o poder de nossa mente. No entanto, as emoções também desempenham um papel importante na telecinesia. A telecinesia consciente é uma das percepções menos comuns das percepções expandidas. Por outro lado, muitas vezes influenciamos a matéria com nossa mente / emoções de maneira inconsciente. Por exemplo, aqueles que têm mais propensão para a telecinesia, às vezes, acendem ou apagam as luzes da rua simplesmente caminhando debaixo delas.

Essas pessoas podem ser atraídas para as artes marciais ou esportes como tênis, beisebol, golfe, onde o poder de sua intenção pode ser usado conscientemente para direcionar o curso da bola ou a força de seu golpe de artes marciais. Artistas que trabalham com entalhes ou esculturas também podem ter um talento não reconhecido para a telecinesia, pois eles manipulam a matéria com as mãos, mas a intenção de suas mentes / emoções inconscientes também pode ser um forte componente de sua obra de arte.

Outro tipo de telecinesia inconsciente é um poltergeist. Um poltergeist não é um "fantasma", mas o movimento da matéria através da intenção inconsciente de uma pessoa viva. Muitas vezes essa pessoa é um adolescente que não percebe a força de suas emoções extremas. De fato, medo, raiva e tristeza podem ser forças muito poderosas. Infelizmente, quando essas emoções são inconscientemente usadas para manipular a matéria, geralmente é aterrorizante para a pessoa que criou esse movimento involuntariamente. Carl Jung, o famoso psicólogo e discípulo de Freud, falou de suas experiências telecinéticas de adolescente em sua autobiografia, Lembranças, Sonhos and Reflexões. Quando adolescente, ele leu todos os livros do século XIII sobre alquimia que conseguiu encontrar. Por isso, ele despertou um grande poder, mas ainda não havia adquirido nenhum domínio sobre suas emoções.

A emoção forte é um elemento importante na telecinesia porque a emoção é “energia em movimento”. Uma vez que tenhamos adquirido domínio sobre nossas emoções, podemos usar emoções baseadas no amor para consciente e amorosamente elevarmos a frequência da matéria até a quarta dimensão onde ela está menos sobrecarregada pelo tempo e pelo espaço. Podemos, então, movê-la sem a limitação do peso ou massa da terceira dimensão. Se pudermos nos conectar conscientemente com a nossa consciência quântica, podemos usar a manifestação instantânea do nosso pensamento quântico para teletransportar a matéria para qualquer lugar do Universo, instantaneamente!

Nosso “DNA lixo” provou funcionar como minúsculos buracos de minhoca onde as mensagens, e eventualmente a matéria, podem ser teletransportadas instantaneamente para qualquer lugar. Em um experimento, amostras do DNA lixo foram colocadas em frascos e levadas para outro cômodo. Fotos de emoções de medo foram mostradas para o sujeito, e o DNA na outra sala instantaneamente desmoronou e de certo modo se desfez. Imagens de emoções amorosas foram então mostradas e, instantaneamente, o DNA se animou e retornou ao estado mais vibrante. O treinador, o Exército dos EUA, moveu os frascos a centenas de quilômetros de distância e o DNA ainda respondeu instantaneamente. É provável que o “teletransporte” usado na “Jornada nas Estrelas” seja um exemplo dessa forma de telecinesia. O assunto é levado ao nível quântico, onde é possível ir além do tempo e do espaço, depois reestruturado no local pretendido.

ILUMINAÇÃO

A iluminação surge quando entregamos o nosso ego à nossa Alma / Eu da quinta dimensão para nos tornarmos UM com o AGORA das dimensões superiores. Apenas um momento na 3D dessa união pode nos colocar em um caminho que leva a maior parte da nossa vida para percorrer.

A iluminação é o que ocorre quando nós baixamos e integramos o nosso EU Multidimensional em nosso corpo físico terrestre. Uma vez que tenhamos integrado totalmente o nosso EU, a nossa consciência expande-se da Consciência Pessoal para a nossa Consciência Coletiva, e da nossa Consciência Planetária para a nossa Consciência Galáctica e para a Consciência Cósmica. A cada expansão de nossa consciência, nosso senso do EU aumenta. Nosso "senso do EU" é definido como: aquilo com o qual sentimos uma completa sensação de UNIDADE.

Enquanto na Consciência Pessoal, nós consideramos o nosso EU como um ser humano tridimensional que é plenamente consciente do funcionamento de nossa vida mundana. Estamos também conscientes de nossa Criança Interior e do Ego. Assim, somos capazes de usar nossas percepções expandidas, receber comunicações através de nosso corpo, da Criança Interior e, através da oração, com Deus e / ou Santos e Anjos.

Na Consciência Coletiva, nós nos sentimos unidos a toda a humanidade e pensamos em nosso EU como um membro da família de toda a humanidade. Por causa disso, podemos usar nossas percepções expandidas para nos sintonizarmos com a quarta dimensão e nos comunicarmos com a massa, a Consciência Coletiva dos seres humanos na Terra.

Com a Consciência Planetária, sentimos a completa unidade com o nosso planeta, que expande nossa consciência para envolver a quarta dimensão. Com o despertar da nossa consciência multidimensional, podemos perceber o nosso EU como um componente de Gaia, a consciência da Terra. Neste caso, usamos nossas percepções expandidas para nos comunicarmos diretamente com a Mãe Terra, assim como com TODOS os habitantes dela. Podemos também nos conectar com os Elementais da quarta dimensão de terra / gnomos, ar / sílfides, água / ondinas e fogo / salamandras.

Com a consciência da quarta dimensão, podemos também nos comunicar com as muitas realidades e seres que ressoam com a quarta dimensão. A princípio, podemos apenas acreditar que esses maravilhosos Seres e Guias Espirituais existam. Então, ao longo do tempo, percebemos que muitos desses seres são expressões da quarta dimensão de nosso próprio EU Multidimensional.

Com a Consciência Galáctica, sentimos a completa unidade com os muitos planetas, sistemas solares e galáxias que ressoam com a quarta e quinta dimensões. Essa unidade nos permite integrar plenamente o nosso EU Multidimensional e expandir nossa consciência para a quinta dimensão e ancorar essa frequência da Luz no corpo de Gaia. Até agora, os “ETs” são percebidos como outras expressões da nossa Alma / Eu e membros da nossa Família Estelar.

Nós nos movemos além das limitações da dualidade, tempo, espaço e separação. Percebemos o nosso corpo físico como o veículo terrestre que usamos e mantemos para nos “conduzir” através das experiências de sermos membros da Equipe de Ascensão Planetária. Percebemos todos os aspectos da nossa realidade física como uma bênção ou uma iniciação para lembrar de liberar todo o medo e viver no amor incondicional para sempre. A partir desse estado de consciência, somos Mestres de Energia e observamos atentamente nossos pensamentos e emoções, para que não ameacem diminuir a nossa consciência. Nós não somos mais vítimas de qualquer pessoa, lugar, situação ou coisa e assumimos total responsabilidade por toda manifestação em nossa vida.

Com a Consciência Cósmica, podemos nos mover para a sexta dimensão e além, bem como para as realidades quânticas e o pensamento quântico. Estamos nos preparando para liberar todo o apego à forma e nos vermos como um ser de consciência pura. A viagem interdimensional é normal, pois nos defrontamos com a nossa Superalma na sétima dimensão para ajudar nossa Família da Alma a trazer TODAS as nossas expressões do Lar para a ressonância da Consciência Multidimensional.

Não precisamos mais procurar, pois vivemos na Inteligência Divina, na Sabedoria Espiritual e na Criatividade Infinita. Compartilhamos nosso Ser Iluminado com outras expressões de nosso EU e com todos os que buscam nosso conselho. Se nós ainda mantivermos um corpo terrestre ancorado (geralmente para participar da ascensão planetária), nós mantemos uma conexão constante com o nosso EU Multidimensional, assim como com o coração de Gaia. Vemos um de nossos serviços como sendo transformadores para ancorar a luz de freqüência mais alta e a realidade quântica no corpo da Terra. Com este serviço, elevamos a frequência de ressonância do planeta para facilitar a ascensão planetária.

Somos livres do ego, por isso não buscamos fama ou reconhecimento e frequentemente o vemos como uma distração para o nosso verdadeiro trabalho. Nós vivemos no planeta Terra como uma pessoa “regular” que ainda tem que pagar contas, ir trabalhar e alimentar nosso corpo. Sabemos que é uma tarefa enorme manter uma forma tridimensional com as frequências expandidas de nossa consciência, mas vivemos com as muitas dores e sofrimentos da realidade física, sabendo que “isso também passará”.

Nós SABEMOS que somos muito privilegiados em ser um membro deste Momento Cósmico e constantemente nos esforçamos para manter a conexão com a nossa Superalma, através de todas as nossas muitas realidades dimensionais e em nosso corpo físico. A maioria de nós tem sofrido muito em nosso sacrifício para esquecer o nosso EU, a fim de servir na criação e retorno à Terra da quinta dimensão. Sabemos que, uma vez que a Terra da quinta dimensão ressoa além do tempo e do espaço, “retornar a” e “criar” pode acontecer simultaneamente.

Nós procuramos outros da nossa espécie que mantêm seu EU dentro de seu corpo de barro como um serviço planetário e galáctico. Ainda ficamos com fome, com cansaço, com raiva, confusos, pobres ou doentes. É o sacrifício derradeiro que fizemos para ancorar nosso grande EU em Gaia e ajudar na ascensão para a quinta dimensão como um planeta.

Felizmente, mais e mais pessoas estão despertando para o nosso EU ILUMINADO

e estamos percebendo que a principal coisa que temos que fazer:

É SER o nosso EU Multidimensional!

Perceba nossa REALIDADE Multidimensional!

E ajude os outros a despertar e despertar a sua REALIDADE MULTIDIMENSIONAL!

PERGUNTAS PARA OS LEITORES:

COMO VOCÊ ESTÁ DESPERTANDO PARA A SUA REALIDADE MULTIDIMENSIONAL?

Como você está ajudando os outros a se abrirem para a Realidade Multidimensional?

O que quer que você faça, não importa o quanto possa parecer insignificante,

Muito o ajudará a ajudar os outros!

BÊNÇÃOS A TODOS

Suzanne Lie e os Arcturianos

Suzanne Lie.
-.....---==I.||.I==----.....-
  Direitos Autorais:
Suzanne Lie PhD
Fonte:  http://suzanneliephd.blogspot.com

Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Página| |Voltar Menu Suzanne Lie| |Voltar Home|