POR QUE ESTAMOS AQUI?
Mensagem de Owen Waters
19 de Janeiro de 2014
 
 
  O maior mistério na filosofia espiritual sempre foi: “POR QUE Deus criou o universo?”

Esta foi a eterna questão, a questão fundamental que ninguém foi capaz de responder por milhares de anos. Agora, vocês estão prestes a descobrir a resposta.

Uma vez que saibam a resposta, apenas imaginem como será despertar a cada manhã e saber que vocês têm a chave para a verdadeira razão da própria vida. Não apenas a chave para o seu próprio propósito, mas a chave mestra para a própria razão da existência do universo!

Tendo adquirido esta profunda compreensão, imaginem o sentido de propósito e do destino que será seu a cada dia. Vocês estão prestes a descobrir a resposta para o que foi o mistério mais antigo na Terra: A razão pela qual o universo foi criado.

Vejam como a questão foi apresentada ao longo dos milênios e por que ela sempre levou a um dilema sem solução. Primeiro, pensem no que existia antes que o universo tivesse sido criado. Lembrem-se, antes do início, a Consciência Original, que chamamos de Deus, era puro estado de ser. Não havia forma, apenas uma consciência que era silenciosa, imóvel, uma perfeição atemporal.

E, no entanto, possuído pela perfeição, Deus decidiu entrar em ação e criar um universo cheio de vida inteligente, que passa o seu tempo em uma jornada de volta a sua fonte divina. A razão da jornada é evoluir através da experiência, a fim de, eventualmente, alcance a perfeição.

ESPEREM UM MINUTO!

Por que, como os especialistas sempre perguntaram, Deus criaria uma jornada da imperfeição, de volta a um estado de perfeição que sempre existiu? Qual seria o motivo?

Vocês estão prestes a descobrir a razão, assim como eu o fiz naquela manhã fatídica, em Dezembro de 2007, quando a resposta praticamente caiu no meu colo.

Após várias décadas de dedicação à investigação da metafísica espiritual, eu devo ter conquistado amigos em espaços elevados, porque uma presença espiritual, profundamente graciosa, entrou em minha sala e ficou o tempo suficiente para se certificar de que eu anotara corretamente a resposta para este mistério.

Aqui está.

“A curiosidade foi a primeira semente da criação.”

A Primeira Causa foi a curiosidade!

Foi a Curiosidade que levou Deus a colocar as questões:

“O que aconteceria se Eu criasse um universo cheio de um número infinito de partes e fizesse com que a minha consciência estivesse presente naquelas partes?”

“E se Eu fosse capaz de me ver a partir destas partes, enquanto elas me proporcionassem um número infinito de perspectivas?”

“Como seria a experiência?”

A Curiosidade, portanto, é um atributo divino.
Como tal, ela deveria ser valorizada, estimulada e ampliada.

As aventuras começam com a curiosidade.
O crescimento pessoal começa com a curiosidade.

O crescimento espiritual é a joia da coroa do crescimento pessoal, porque está estreitamente relacionado com o propósito fundamental da nossa vida.

A curiosidade leva a uma busca do conhecimento, a uma compreensão dos princípios espirituais que operam nos bastidores e que afetam diretamente as vidas de todos. Sigam o seu sentido divino da curiosidade e descubram os princípios espirituais da existência.

Reservem um tempo no início de cada dia para a meditação e a reflexão interior.

Façam disto, uma coisa para criar uma vida mais plena que se torne cheia de propósito:
Façam do seu crescimento espiritual a sua prioridade número um!
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Owen Waters é o autor de Love, Light Laughter:
The New Spirituality, disponível em livro impresso ou como e-book em: http://www.infinitebeing.com/ebooks/love.htm 
 
Fonte:http://www.spiritualdynamics.net/
Tradução: Regina Drumond  – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Ser Infinito - Owen WatersII - IIVoltar HomeII