A AVENTURA DO SER HUMANO
Mensagem de Owen Waters
8 de Fevereiro de 2015
 
 
  Há milhares de anos, a humanidade tomou uma decisão: uma decisão de viver com uma sensação de separação interior.

Naquele tempo, os espíritos ficaram cansados de encarnarem como espíritos no mundo físico, plenamente conscientes. Eles queriam mais desafios na vida. Eles queriam transformar a vida em um mistério; em uma experiência humana, verdadeira e solitária, e não apenas em uma extensão do espírito na matéria.

Tenham em mente que, no estado natural da vida espiritual, como espíritos livres nos reinos mentais, há bem poucas limitações. As pessoas podem manifestar qualquer coisa que elas desejarem, deslocarem-se instantaneamente no espaço, mudarem para uma posição diferente no tempo, tudo na velocidade do pensamento. Nos reinos mentais, as pessoas podem visitar os amigos ou acompanhá-los, explorando o universo, tudo através do poder do pensamento. É por isto que eles são chamados de reinos mentais.

Para sermos mais específico, os reinos mentais existem na consciência da quinta dimensão e são o domínio de sua alma, ou do seu ser interior. Entre o reino físico da terceira dimensão e o da quinta dimensão do seu ser interior, encontra-se o reino astral ou espiritual da quarta dimensão, povoado por pessoas no início dos principais estágios da vida após a morte. Nos estágios finais da vida após a morte, as pessoas entram na quinta dimensão, para que considerem as suas opções para uma maior experiência.

A encarnação física é sempre voluntária. Nada obriga a sua alma a encarnar em outra vida física. É sempre uma decisão ao nível pessoal e do grupo das almas, se retornam à vida física na Terra.

Há milhares de anos, a experiência física era uma extensão plenamente consciente do espírito na matéria. As pessoas sabiam quem elas eram como espíritos, conectadas aos seus eus interiores e ao universo como um todo.

“E se”, elas disseram, “nós entrássemos na existência física e não soubéssemos quem éramos? Poderíamos dedicar todas as nossas vidas à busca de respostas para o mistério. Imaginem que desafio seria!

A Humanidade, então, tomou uma decisão conjunta de se imergir ainda mais em uma realidade mais focada e mais densa. Seu foco era dirigido para os sentidos físicos, além de um desligamento dos níveis supraconscientes e subconscientes do pensamento. Ao manterem um foco firme no mundo “exterior” dos sentidos, os seres humanos poderiam até acreditar que eles estavam fixos em um local no espaço e trancados em um continuum do tempo.

Imaginem: a vida física se tornaria tão intensa, tão real, tão convincente! Agora, a maioria das pessoas adora passeios emocionantes, como aqueles em parques de diversões. E se o passeio parecer assustador, bem melhor! As Mansões Assombradas da Disney, em seus parques temáticos na Califórnia, Flórida, Paris e Tóquio, são todos muito aterrorizadores. Tão aterrorizadores que, quando os passeios terminam, as pessoas dizem:

“Isto foi ótimo! Que tal um passeio novamente?”

A vida pode ser assustadora, também. Uma vida passada sem uma conexão constante e consciente com a sua verdadeira natureza interior é sempre um desafio.

Hoje, o passeio no parque de diversões da separação interior está chegando ao fim. A Mudança para a Nova Realidade está acontecendo hoje. Estamos nos tornando mais e mais conscientes de nossa realidade interior. Aqueles que compreendem a idéia da Nova Realidade desenvolverão ativamente esta conexão interior, e não apenas esperarão que ela os surpreenda, uma vez que ela se revela lentamente.

E, lembrem-se: Este passeio através do intenso mundo físico foi sempre uma escolha. Podemos não nos lembrarmos, tão longe, quando a escolha foi feita, mas, a um nível de alma, nós estivemos saltando e saindo do parque temático da vida física, na Terra, desde então.

Encarnamos para a experiência da vida física, e para ajudarmos a transformar esta realidade para o seu estado derradeiro: aquele que hoje, está se aproximando cada vez mais.

Estes são os dias da transformação, o momento da Mudança. O passeio assustador está chegando ao fim. Como uma cultura, estamos prestes a nos encontrarmos e nos re-conectarmos interiormente.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Owen Waters é o autor de Love, Light Laughter:
The New Spirituality, disponível em livro impresso ou como e-book em: http://www.infinitebeing.com/ebooks/love.htm 
 
Fonte: http://www.infinitebeing.com/  
Tradução: Regina Drumond  – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
|Topo da Pagina| - |Menu Ser Infinito - Owen Waters| - |Voltar Home|