V ENCONTRO SEMENTES DAS ESTRELAS
Mensagem de Pai João de Aruanda canalizado por Gabriel Raio Lunar
09 de setembro de 2017
 
luz de gaia
 
  O encontro do Sementes das Estrelas de 2017 esteve muito bem acompanhado, especialmente no nível etérico, por Seres de Luz, que estiveram o tempo todo inspirando os participantes, em especial nosso querido Gabriel, o amado mensageiro desse agrupamento. Houve alguns momentos em que eles incorporaram no Gabriel para deixar suas belas e edificantes mensagens. É o caso do Pai João de Aruanda, um amado Ser de Luz, uma visita muito importante que costumeiramente visita o grupo Sementes das Estrelas, quando este está reunido. Como Pai João esteve presente nos encontros de 2014, 2015 e 2016, respectivamente, era ansiosamente aguardado também em 2017. Os corações dos participantes pressentiram que ele viria. Pai João, realmente, não poderia faltar. Esse nosso querido mentor e orientador espiritual veio, como sempre, para trazer sua mensagem de boas vindas aos presentes, veio orientar, agradecer e abençoar. Muita Luz é o que nos deixou. Segue o vídeo editado por Davi Aguiar e a transcrição da mensagem feita por Leony Nogueira.

OUVIR COM FONES DE OUVIDO:
https://www.youtube.com/watch?v=cjr7vaMGA5Q

 
-.....---==II==----.....-
 
Salve, meus fio! Salve sua força!

... Esse véio veio mais uma vez, tá certo? Agradecer a todo ocês por terem vindo, se deslocado até aqui, foi permitido que nóis, tudo nóis que tá aqui, que alguns vê e outros num vê, uns que veio e se assusta (risos), outros que vê e fala: é só um nego veio, num faz diferença!

Que toda essa magia, meus fio, que todo esse sentimento de Unidade que ocês manifesta nesses encontro, que não fique só aqui, meus fio, ocês criem vergonha na cara e levem pra fora. Às vezes, aqui é tudo lindo: abraça, beija, “eu te amo”, e se chega ali na esquina alguém tranca ocês no trânsito, “mas que filho da...”, - não é assim?

Então, que ocês possa ancorar realmente essa força, por toda a vida de ocês, no dia a dia de ocês. Alguns se perguntam, alguns ficam bravo, alguns se questionam: mas por que não ouço nada, não vejo nada, e nada, e nada, e nada! Comece por aí, comece como esse meu menino sempre fala: comportamento! Como é que ocê tá no trânsito? Como é que ocê tá no trabalho? Como é que ocê lida com seus amigo? Com o seu marido, com a sua marida, namorado, namorada, como? Quantas vezes, durante o dia, ocê se permite se desarmonizar? Perder esse sentimento que a maioria de ocês aqui, que tá nesse encontro, apesar que tem 1, 2, 3 que tá aqui: “o que eu to fazendo aqui?” (Risos). (...)

Eu só não vou dizer quem é,... mas que começa com a letra M, (risos), se a carapuça servir!... (Risos)! Um deles começa com a letra M!... Que vergonha, meu fio... (Risos)! Salve! (...) num quero nem saber.

Então, é isso meus fios! Levem isso com ocês! Levem essa energia gostosa com ocês, não pra essa semana, não pro mês, mas pra sempre, meus fios! “Ai, foi tão bom!” - É tão bom, sempre! Esse sentimento de ocês aqui, agora, é pra permanecer sempre, e nóis, às vezes, não entende como ocês se deixam cair tão facilmente, considerando o que ocês já têm de bagagem nessas costas. Têm alguns fio aqui, das equipe do fio, que esse véio, e uma certa véia tem que tá lascando o cipó (risos) pra ver se apruma, pra ver se cria vergonha.

Porque, a partir do momento que ocê tens uma bagagem, que ocê tens um conhecimento, uma força, uma origem, aqueles que receberam origem agora, se prepara que a vida vai... vai ficar como sempre!... (Risos).

Né ?! E aqueles: “vou saber minha origem, amanhã minha conta vai tá cheia.” (Risos!) - Não vai mudar nada. Sinto lhe informar. Salve! Salve!

Que ocês possa ficar nessa paz, com essa alegria manifestada aqui, tá certo?! Leve com ocês toda essa energia, e que ela permaneça sempre.

( Nota do transcritor: nesse trecho, ele começa a brincar mais e cumprimentar os que estavam mais próximos dele, dificultando a audição das palavras).

Fiquem na paz, que esse véio já vai embora. É pra ouvir o “aaaaaaah!!!” (Risos!). Aí o véio fica parecendo um pavão... (Risos!).

Salve!

Vou deixar esse aparelho querido, mas eu tô por aqui. Se alguém deixar uma cadeirinha por aí, eu sento. (Risos.) Tá certo ?!

Ficar na Paz de Cristo. E... Ó, criem vergonha nessa cara! Já passou da hora de criar vegonha na cara, e aceitem que ocês são seres divinos, poderosos, autosuficientes! Tá certo?! Senão vou pedir pra uma certa véia começar a distribuir beliscão...

Salve!

Fiquem na paz, meus fio!

Canal: Gabriel RL
Transcrição: Leony Nogueira
-.....---==IoOoI==----.....-
 
  luz de gaiaDireitos Autorais:


Gabriel Raio Lunar



Fonte: http://www.sementesdasestrelas.com.br/


 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.