VOCÊS ESTÃO FICANDO MENOS DEPENDENTES DA VALIDADE DA ILUSÃO
Jesus através de John Smallman
Em 31 de março de 2013
 
 
  Um é o número de criações de Deus, mas Um de nenhuma forma é limitador - ele é infinito.

Este é um conceito muito complexo para vocês compreenderem e muito menos encontrarem sentido nele; de fato, ele é mais um paradoxo enquanto vocês continuam restringidos pelos seus corpos físicos, então nem tentem - é bastante desnecessário.

Apenas aceitem que é assim.

Entreguem-se e saibam que vocês não estão sendo enganados.

Vocês entendem e aceitam que o que cada um de vocês pensa, diz ou faz afeta muito além da sua vizinhança imediata, porque sua ciência moderna da física provou isto para a satisfação das inteligências mais brilhantes entre vocês.

E, se é assim, como com toda certeza é, então isso leva que todos são Um, e esse Um é o número de criações de Deus - Um abrangendo multidões infinitas se vocês preferirem, mas é Um.

A criação Única - Deus e tudo que existe - está constantemente compartilhando consigo mesma o Amor que é a força de vida, a inteligência, a senciência e a consciência que possibilita a ciência de si e dos outros, e permite e encoraja a interação entusiasmada entre e dentro desse Um.

O Um é um estado de alegria e de felicidade infinita, duradoura e extática, e ele é o seu Lar onde o carinho infinito da aceitação divina sempre os envolve.

A ilusão é uma distração que precisa ser descartada, dissolvida e isso irá acontecer quando vocês retirarem dela sua atenção coletiva.

Ela é um ambiente imaginário em que o medo e a ansiedade são suas companhias constantes.

Mesmo se vocês os negam ou enterram abaixo do seu nível de consciência consciente, eles ficam ali se agravando até vocês focarem e liberarem-nos, ou até eles explodirem venenosamente, exigindo sua atenção chocada.

Muitos estão passando por esta experiência no presente, pois seus medos irrompem em sua consciência, perturbando sua paz.

Reconheçam-nos, observem-nos e liberem-nos.

Não há necessidade de se engajarem com eles por tentar descobrir suas raízes, ou tomar medidas que um medo injustificado pode considerar oportunas - apenas deixem ir.

Retirar sua atenção coletiva da ilusão fará com que ela desapareça como um antigo véu se deteriorando até virar pó, e ao desparecer, ela revelará para vocês a maravilha da Realidade em que vocês sempre estiveram.

Presentemente, isto parece um sonho, uma impressão escassamente percebida de alguma lembrança distante e fraca, tão remota e inatingível que vocês permanecem quase que totalmente inconscientes dela.

Entretanto, a Ilusão não passa de um véu atrás do qual vocês escolheram se esconder, e porque vocês se esqueceram dessa escolha, ele se tornou incrivelmente real para vocês, assustadoramente real.

Sua tarefa, a tarefa da humanidade, é despertar.

Para fazer isto, vocês têm de liberar suas preocupações e ansiedades, que não têm fundamento, e abraçar o Um destemidamente, pois Ele já os abraça.

O medo é um conceito que nada mais é do que uma parte da ilusão, porque na Verdade, na Realidade, não existe medo e nada que poderia provocar medo.

A ilusão estimula o medo, e a mente racional egóica procura descobrir o que ela teme, e o estado aparente de separação que a ilusão lhes apresenta proporciona a evidência - os outros que podem atacar vocês!

Entretanto, a ilusão faz um ótimo trabalho convencendo-os de que o ataque é real, doloroso, e constantemente os ameaça, e do qual é necessário se defender constante e vigorosamente.

E como vocês podem ver, a ilusão é o problema e a solução!

O problema, porque os tem convencido de que ela é real, e a solução, porque sua aparente realidade se dissolverá quando vocês retirarem sua atenção dela.

Quando vocês leem um romance bem construído, ou assistem a uma boa peça ou filme, vocês prestam atenção, vocês se engajam com ele, vocês se envolvem e são levados para outro reino - o reino que o autor criou.

Vocês sentem fortes emoções conforme a história se desenvolve, atraindo-os para se identificar com um dos personagens - o herói ou o vilão - e vocês tentam supor o que acontecerá, o que virá.

Vocês ficam alheios ao mundo ao seu redor enquanto se dedicam totalmente à fascinação da história se desenrolando.

E aí ela chega à conclusão e lentamente vocês retornam à consciência de suas cercanias, apesar da energia da história permanecer com vocês por um tempo, antes de desaparecer.

A ilusão é uma cavalgada interminável de histórias coletivas com que todos vocês se engajam, e a escapada, a saída, é retirar sua atenção dela.

Às vezes, quando estão lendo ou sonhando acordados, um ruído alto os empurrará de repente, talvez violentamente, para o momento presente, e o reino em que vocês haviam entrado se dissolve instantaneamente.

Quando a atenção coletiva da humanidade for retirada do reino em que agora vocês parecem habitar, haverá um despertar repentino e ele será emocionante!

Para estimular a chegada deste momento incrível e inevitável, assegurem-se de dispensar tempo diariamente em seu espaço de paz interior, com a intenção de se engajar com o campo de Amor Divino de Deus, a Realidade, que os envolve e protege o tempo todo.

Ele sempre está aí, esperando vocês perderem o interesse no agora mais do que previsível e o desgastado fazer acreditar que a ilusão agora se mostrou ser, e a que vocês se viciaram.

Contudo, vocês estão ficando menos dependentes, menos convencidos da validade da ilusão, e vocês têm assistência energética massiva da Realidade, daqueles dos reinos espirituais, para ajudá-los a liberar o foco de sua atenção dela.

É a sua intenção - sempre foi a sua intenção - de despertar do sonho de separação de seu Pai, e Ele lhes tem aprovisionado com o meio de fazê-lo: seu próprio compartilhamento da chama eterna do Amor d'Ele ardendo constantemente dentro de vocês e eternamente conectada indissoluvelmente a Ele.

Seu despertar é inevitável, forçoso e divinamente garantido.

Vocês apenas têm que permitir que ele aconteça, por aceitar o Amor de Deus e liberar tudo que dentro de vocês não está em alinhamento com Ele.

Seu amoroso irmão, Jesus.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Fonte: http://johnsmallman2.wordpress.com/ 


Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/ 
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Jesus -  Saul - John II - IIVoltar HomeII