SEU PAI AMOROSO JAMAIS TERIA CRIADO LUGAR TÃO MISERÁVEL
Uma Mensagem de SAUL
Canalizado por John Smallman
04/07/2010
 
A humanidade têm feito uma jornada tão penosa na ilusão a qual é imaginada, construída e continuamente mantida.

Sem a continuidade, o apoio e a intenção da humanidade, ela teria se dissolvido há éons - sonhos e pesadelos não duram.

Mas vocês estavam tão extasiados pela ilusão - que parece que vocês criaram como uma realidade para competir com a realidade divina de seu Pai - e pelo poder e controle que ela parecia lhes oferecer, que vocês ficaram viciados nela.

A ilusão é exatamente isso - ilusória.

Mas ela parecia lhes dar a independência e a capacidade de criar e destruir almas, planetas, sistemas solares, até universos, no instante que lhes ocorresse o pensamento.

A realidade em que vocês tinham tanto poder era irresistível, e então vocês excluíram sua consciência do Pai amoroso e da sua eterna existência com Ele - a única Realidade - e imergiram ou se esconderam em sua ilusão, e então se dividiram em uma miríade de pedaços separados, individuais.

Seu Pai deu-lhes de boa vontade o poder e a capacidade de controle quando Ele os criou Um com Ele.

Ele sabia que vocês usariam essas habilidades para construir e controlar uma realidade ilusória, porque em Sua infinita Sabedoria Ele entendeu que o único modo de vocês aceitarem a divina e maravilhosa Realidade que Ele criou para vocês era dando a permissão, como Ele deu, de brincarem com o fogo e se queimarem.

Ele também proporcionou tudo o que poderia ser necessário para reconhecerem a ilusão pelo que ela era - um lugar de caos, confusão, dor e sofrimento - e capacitá-los para no final retirarem seu apoio a ela e assim despertarem na glória da eterna existência na extática União com Ele - Realidade - quando a ilusão se dissolvesse no nada do qual a criaram.

Na ilusão - onde o tempo linear parece ser uma cadeia irreversível que liga todos os eventos que produzem uma miríade de consequências chocantes para todos que escolheram viver nela - nada existe.

É um não-local, uma não-realidade, mas a sua capacidade de imaginá-la existindo é tão poderosa que, até a era presente, praticamente ninguém entre vocês conseguiu perceber isso.

Agora vocês estão despertando, questionando e percebendo que seu infinitamente amoroso Pai jamais teria criado lugar tão miserável, enviado-os para ele, e então os deixado aparentemente abandonados e desamparados para encontrarem seu caminho para o Lar.

O único Desejo d'Ele para vocês é a eterna felicidade, mas Ele sabia que com os dons que Ele havia lhes dado - poder e capacidades criativas iguais aos d'Ele - vocês poderiam não alcançar a felicidade e a aceitação de Seu infinito Amor até que vocês tentassem se separar d'Ele numa realidade de sua própria criação, e descobrissem as enormes limitações que ela lhes impõe.
Inicialmente isto pareceu ser uma ideia maravilhosa.

Com os dons que Ele lhes deu, pareceu que vocês definitivamente não precisavam d'Ele e que poderiam viver em admiração e êxtase sem Ele.

O que vocês não perceberam foi que Ele É Tudo O Que É - sem Ele não existe nada, nem mesmo espaço vazio.

Então vocês mergulharam mais e mais profundamente na sua ilusão, e ao fazer isto ela se tornou cada vez menor, e cada vez mais restritiva e desagradável para vocês.

Quanto mais vocês a sondavam, maior era a dor, o sofrimento e a irrealidade de tudo.

Este último aspecto - a irrealidade dela - vocês não queriam admitir e então vocês passaram éons tentando aperfeiçoá-lo e torná-lo tão atraente ou até mais atraente do que o Céu, a Realidade e a Unidade com seu Pai.

Finalmente vocês estão começando a entender que isso é impossível.

Como poderia um sonho efêmero e extravagante esperar ser igual, deixando de lado o ser melhor, à maravilha e à alegria da eterna existência na divina Presença de Deus?

A verdade disto está começando a lhes ficar evidente, e vocês agora estão cercados por anjos, guias e mestres que entram na ilusão com boa vontade e amor para lhes mostrar a saída e guiá-los para Casa - para se deliciarem outra vez em sua herança divina, sua eterna consciência da Unidade e inseparabilidade de seu infinitamente amoroso Pai.

Com muito amor,
Saul.


Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/ 


Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Saul John| - |Voltar Home|