AGRADEÇAM PELAS ILUSÕES - ELAS NÃO DURAM!
Mensagem de Saul por John Smallman
em 15 de junho de 2011
 
Há um crescente sentimento de entusiasmo conforme o momento do despertar da humanidade na total consciência está cada vez mais próximo.

Vocês realmente passaram éons na ilusão, em esperança, em oração e no aguardo do momento em que a ilusão - o pesadelo cheio de miséria e sofrimento - se dissipe de suas memórias ao despertarem na gloriosa Luz da Realidade.

Vocês viviam cheios de dúvida, ansiedade, ceticismo e medo enquanto se preocupavam e se perguntavam se realmente existia um deus, um céu, um lar ao qual vocês pertenciam e podiam viver em eterna alegria, ou se existia um inferno muito pior que a ilusão, ou se não existia nada.

E por causa desses medos, vocês intensificavam seus esforços para tornar a ilusão real, para se convencerem de que tudo que vocês experimentavam através dos seus sentidos físicos era só o que existia, e descartavam quaisquer ideias da possibilidade de haver outros reinos de existência.

Isso era confortante porque era familiar e parecia tão real.

E também aterrorizador!

Isso porque o tempo disponível para vocês experimentarem e talvez encontrarem alguma felicidade e satisfação em um ambiente quase invariavelmente insatisfatório era tão curto antes de seu corpo começar a se desintegrar e sua vida terminar.

Limitação, sofrimento e decadência os envolviam, e parecia que vocês eram vítimas impotentes num local vasto e hostil, do qual a única possibilidade de se libertar ou escapar era no aparente nada da morte.

Uma perspectiva bastante miserável.

Porém, vocês sabem que são seres poderosos e imortais, filhos de Deus, aguardando para despertar quando o pesadelo desaparecer no nada e vocês entrarem num estado de alegria, paz e contentamento perpétuos.

O futuro, o eterno presente é luminoso.

Na verdade, ele é incrivelmente brilhante!

Sua satisfação não poderá ser comparada a nada que vocês possam ter experimentado ou imaginado enquanto imersos, como vocês estão, nas profundezas de sua insana e dolorosa realidade ilusória.

Agradeçam pelas ilusões, elas não duram!

Apesar de vocês parecerem estar imersos em uma ilusão por uma eternidade, é somente um instante - um momento mínimo e insignificante desde que começou até o término.

Uma das razões de ter parecido durar tanto tempo é porque a separação de Deus (se fosse possível) foi terrivelmente dolorosa quando ocorreu e, no processo, vocês se destruíram.

Na ilusão, quando vocês estão em dor, vocês sentem o tempo se desacelerando - e assim, intensifica a dor - e por isso a aparente desaceleração, devido à separação de Deus, parece interminável - dura éons - porque a dor parece tão intensa.

Vocês não têm a capacidade de suportar dor tão intensa, então a ilusão que vocês criaram suprime uma enorme porcentagem da dor, deixando vocês somente com a sensação de um longo período de tempo interminável.

E isto está chegando ao fim.

Como eu lhes disse as ilusões não podem e não duram porque elas não existem.

A Realidade existe e é nela que vocês têm sua existência eterna - em maravilha perpétua na Presença de Deus.

Vocês estão para despertar nesse estado absolutamente magnífico e intensamente brilhante, deixando para trás todas as lembranças dolorosas e infelizes, que irão desaparecer com a ilusão.

Não existirá nada para perturbar sua felicidade ou instabilizar sua sensação de completa segurança porque nesse estado só existe a perfeição divina.

Com muito amor, Saul.

-.-.-.-.o0I.I0o-.-.-.-
Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução:
SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
 
Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Saul John| - |Voltar Home|