O DESPERTAR DA HUMANIDADE É A
MUDANÇA QUE DESEJAM VER NO MUNDO
Mensagem de Jesus Através de John Smallman
01 de outubro de 2017
 
luz de gaia
 
  Na medida em que o momento para o Grande Despertar da Humanidade se aproxima, cada vez mais, a energia do Tsunami do Amor continua a se intensificar para ajudá-los em seus preparativos para este evento tão maravilhoso.

Sei que muitos de vocês têm dúvidas, porque parece que estão esperando este evento divinamente prometido há muito tempo, enquanto o caos e conflitos em todo o mundo parecem estar aumentando e se intensificando.

Para cada um de vocês, atualmente encarnados como humanos, são muitos problemas para resolver, antes que o despertar possa acontecer. É uma questão de reconhecerem tudo do que estão cientes de terem pensado, dito ou feito, que não esteja alinhado com a Vontade de Deus, seja, julgamento, amargura, ressentimento, ódio, etc. e o abandono de qualquer direito que sintam que tenham para cobranças de seus erros cometidos.

Só o Amor existe!
Sabem disso.

Portanto, tudo que não estiver alinhado com Ele tem que ser liberado e, para ser liberado, tem que ser reconhecido, possuído e perdoado, ao mesmo tempo em que percebam que ainda não existe nenhum entre vocês que tenha liberado tudo e perdoado a todos, inclusive a si mesmos. Têm vivido num ambiente ilusório e, como é ilusório, nada experimentado é real, exceto o AMOR!

Suas experiências com o Amor têm sido temporárias e limitadas por suas necessidades de estarem certos e as outras pessoas erradas em seus julgamentos. O julgamento é uma importante questão comportamental para quase todos e uma das formas mais eficazes, usadas para bloquear o Amor.

O Amor é abrangente, totalmente incondicional e está sempre sendo oferecido a vocês que o bloqueiam ou recusam, agarrados às suas necessidades de julgar e estarem certos.

"Sim", muitos de vocês dirão, "mas existe tanta criminalidade e tanta crueldade intencional no mundo que não pode ser ignorada e perdoada, porque isso incorreria na sua tolerância!".

Não, não seria. O amor não enxerga erros, não o vê porque nunca realmente aconteceu!

Como seres humanos que se identificam tão fortemente com suas formas físicas, isso parece insano. Todavia, lembrem-se de que construíram a ilusão - algo totalmente irreal e inexistente - para experimentarem a separação de Deus, da Fonte, de quem é impossível separar e, usaram seus poderes concedidos por Deus para fazê-lo.

Queriam se convencer de que a separação era possível e que não tinham necessidade de Deus e, então, usaram seus poderes para fazer algo que lhes parecia intensamente real!

E vocês têm que admitir que, na medida em que vivem suas vidas humanas, trabalhando para fornecer os elementos essenciais para si mesmos - alimento, roupas, abrigo - que a luta para sobreviver parece intensamente real, muito mais real do que o domínio não físico, onde têm suas contínuas e eternas existências.

A única maneira de seguirem em frente é, através, da interiorização, pelo menos, uma vez por dia, para convidar e permitir que o Amor que reside dentro de cada um de vocês possa abraçá-los e, amorosamente, retornarem esse abraço.

Um abraço é um relacionamento, um encontro como UM. É essencial que se envolvam com o Amor dessa forma, abraçando-se. Não pode ser dado em vocês ou por vocês, deve ser dado numa atitude de envolvimento recíproco. O Amor é a natureza de todos, então, envolvam-se plenamente com Ele e não apenas quando se sentirem perdidos ou feridos.

Quando se envolvem dessa maneira, se tornam cada vez mais conscientes de suas santidades, suas verdadeiras naturezas espirituais, UM com Deus e, com crescente essa consciência, seus temores e a necessidade concomitante de estarem certos e provarem que os outros estão errados – de se escolherem como vítimas - torna-se mais cada vez mais fraca até se encontrarem vivendo em paz e sem medos ou preocupações escurecendo seus dias.

Seus dias são como vocês os fazem e, dessa forma, dependem de onde escolhem concentrar suas atenções. Muitas vezes, parece que estão experimentando um humor particular ou emoção por acaso, que surgem e com os quais tem que conviver, até que passem. Todavia, fazem uma escolha, quando permitem que os pensamentos surjam para, em seguida, se envolver ou se absterem desse envolvimento com eles.

E quando se envolvem, eles colorem seus dias e sentimentos e, quando não, outros pensamentos surgem e então, novamente, fazem a escolha de se envolverem ou se absterem.

É sempre uma escolha, mas para muitos de vocês, a escolha de se envolver foi feita tantas vezes, que fizeram sem qualquer percepção aparente de que estivessem fazendo isso. E se, frequentemente, estão ansiosos, isso significa que optaram por se concentrar em pensamentos que causam essa ansiedade.

Obviamente, são questões de natureza desagradáveis ou preocupantes, que precisam ser abordadas ou tratadas que surgirão em suas consciências. Entretanto, não precisam se concentrar nelas por longos períodos, mas apenas o tempo suficiente para decidirem que este é ou não o momento de lidarem com eles.

Passar o tempo em estado de ansiedade, quando não conseguem resolver o problema, apenas drena suas energias e evita que aproveitem este momento AGORA em sua plenitude.

A vida é eterna, literalmente, um presente dado por Deus para desfrutarem a todo o momento. Mas, a ilusão que construíram, continua a lhes apresentar problemas e mais problemas irreais, ​​que impedem sua apreciação.

Todos já viram crianças muito pequenas, envolvidas em suas vidas com intensa alegria, da maneira que se pretende que sejam experimentadas. No entanto, na medida em que elas crescem e precisam se adequar aos padrões estabelecidos por outros, essa intensa e espontânea alegria acontece com muito menos frequência.

Isto foi o que eu tentei transmitir a vocês, há muitos, muitos anos atrás, quando disse: "A menos que se tornem crianças pequenas, não entrarão no Reino dos Céus". O Reino dos Céus está aqui e agora e, a única razão de não experimentá-lo é porque concentram suas atenções no mundo ilusório da dor e do sofrimento.

Se todos preferissem se concentrar no Amor e na alegria, em vez do caos e conflito que parece ser omnipresente, a paz e a alegria preencheriam seus dias.

Sim, há muita dor e sofrimento, pelos quais as pessoas de todo o mundo estão passando, mas a maneira de dissolvê-los é que essas pessoas sejam elas mesmas, sendo Amor e alegria e não através de um acalorado debate que encoraja e aconselha a novos conflitos para resolverem os antigos. O conflito, como é evidente para qualquer um, nunca pode, com sucesso, dar fim ao conflito.

São todos filhos amados de Deus e o Amor é a natureza de todos, então, concentre-se em suas verdadeiras naturezas e, como disse Gandhi: "Sejam a mudança que desejam ver no mundo".

O despertar da humanidade é a mudança que desejam ver no mundo, porque é o despertar na plena consciência de suas verdadeiras e divinas naturezas, o estado de Unicidade com Deus e um com o outro.

Não pode permanecer eternamente adormecidos! Na verdade, apenas dormiram durante momentos muito breves, mas, porque a ilusão que escolheram construir lhes parece tão real, parece que estão dormindo por uma eternidade.

Diariamente, vão para dentro e aproveitem o brilho caloroso que o Amor estabeleceu dentro de vocês, onde reside eternamente, chamando-os para despertar. É assim que despertarão e que é a única maneira de despertar, porque a Realidade está dentro de vocês, não num lugar indefinido que possam ter procurado fora de si e que nunca existiu.

Seu irmão amoroso,

Jesus
 
 
-.....---==II==----.....-
 
  Direitos Autorais:

John Smallman
Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
http://www.sementesdasestrelas.com.br/
 
 
Gostou! Indique na Sua Rede  de Amigos.
 
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Jesus -  Saul - John II - IIVoltar HomeII