A DISSOLUÇÃO DA ILUSÃO ESTÁ NA MÃO
Uma Mensagem de SAUL
Canalizada por John Smallman - 29/08/2010
 
A humanidade está ficando impaciente.
Muito é prometido, mas parece que pouco é cumprido.
Mas este não é o caso.

Deus lhes oferece a abundância infinita do Amor d'Ele em todos os momentos de sua existência, mas vocês não reagem.

A ilusão é como uma prisão, mas uma prisão sem portas, paredes, celas ou cercas. Vocês podem sair dela quando vocês quiserem, visto que nada os impede de assim o fazer, exceto o seu próprio medo.

As restrições nas quais vocês se emaranharam são tão irreais como a ilusão, mas a ideia de liberdade irrestrita os atemoriza, pois vocês estão muito imersos na crença de que os limites e fronteiras os mantêm seguros.

Mas o que é que vocês tanto temem e tanto precisam de proteção?
Nada!

Um bebê no útero fica fortemente restringido, mas tudo o que ele precisa para sua existência lhe é fornecido todos os momentos. Ele pode sentir a luz e a escuridão, e além do batimento do coração de sua mãe, ele pode ouvir ruídos externos. Ele é realmente um com sua mãe, então as emoções e sensações de sua mãe são sentidas por ele quase que instantaneamente.

Por consequência, mesmo no útero, ele experimenta dor e medo e conforme o instante do nascimento se aproxima, e sua habilidade de sentir aumenta, essas experiências se intensificam.
O útero, que era basicamente seguro e confortável, torna-se cada vez mais apertado e restritivo, e ele precisa sair; mas sem saber o que isso acarreta, ele fica receoso.

A sensação esmagadora do parto e a chegada ao ar frio não é agradável, entretanto o conforto e a segurança são parcialmente recuperados quando ele está no colo de sua mãe, onde, mais uma vez, ele está aquecido, ouvindo o batimento cardíaco conhecido e é alimentado. Mas leva tempo para ele se ajustar à liberdade de poder se esticar e se espreguiçar o quanto quiser.

Os humanos atualmente estão como o bebê que está para nascer.

O ambiente que os cerca é muito pequeno e ainda assim eles têm medo de deixá-lo porque não sabem o que lhes aguarda lá fora.

A diferença é que fora da ilusão há Amor infinito, paz e alegria, diferente do ambiente no qual o bebê entra no momento do nascimento.

Mas devido à familiaridade com a ilusão, apesar de suas imperfeições lamentáveis, e por causa da falta de lembrança do estado de alegria além dela, há uma grande relutância para sair.

Todavia, a dissolução da ilusão está na mão.

Ela já serviu seu propósito e vocês despertarão na Realidade, onde vocês pertencem e onde vocês sempre existiram.

Seu retorno ao estado desperto é ansiosamente esperado e será comemorado magnificamente.

Muitos de vocês que atualmente estão vivendo como humanos estavam totalmente cientes da dificuldade da tarefa que assumiram quando escolheram mais uma vez vir e oferecer ajuda e orientação para aqueles que parecem perdidos e completamente desorientados dentro da ilusão.

Sua façanha de proporcionar luz, amor e orientação em abundância a eles é sem precedentes durante os éons da aparente existência da ilusão, e vocês são extremamente honrados e respeitados.

O Amor de seu Pai por vocês é ilimitado.

O que vocês estão fazendo só poderia ser feito por vocês, e vocês o estão fazendo com imensa habilidade e compaixão.

A alegria de todas essas almas a quem vocês estão ajudando a despertar irá envolvê-los e se adicionará à sua própria alegria quando todos vocês despertarem juntos na maravilhosa compreensão de sua essencialidade no Todo divino, na Divindade, da qual vocês jamais poderiam estar separados.

Tudo é realmente Um com Deus em todos os momentos, e não se pode resistir por muito mais tempo ao êxtase eterno desse estado de existência.

Com muito amor,
Saul.


Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/ 


Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Saul John| - |Voltar Home|