MENSAGEM DOS ANJOS
Canalizada por Ann Albers
28 de Abril de 2012
 

Meus queridos, nós os amamos muito.

Há uma sinfonia sendo tocada no universo que é extraordinária. Toda a natureza trabalha em cooperação. Vocês também estão destinados a viver desta forma, guiados a cada momento, movidos pela própria força do amor que os cria e lhes dá vida.

Na semana passada discutimos os relacionamentos. Nesta semana continuamos com o nosso tema, pois, na verdade, cada relacionamento em seu planeta Terra, se vocês o permitirem, está orquestrado no amor. Vocês são guiados naturalmente para aqueles que os ajudarão a aprender a amarem mais a si mesmos. Se já estão seguros sobre o que querem, se são amáveis para si mesmos e amam os outros, gravitarão suavemente para aqueles que elevam o seu espírito e gentilmente retirarão as suas energias daqueles que não o fazem. Vocês se apaixonam por si mesmos em primeiro lugar, o verdadeiro ser, o ser criado por Deus, amoroso e bondoso, e a partir deste sentimento de plenitude, vocês terão clareza sobre os seus parceiros de “dança” aqui na Terra. Verão o que chamam de “bandeiras vermelhas” naqueles relacionamentos que talvez não lhes sirvam tão gentilmente, e darão a sua própria sabedoria mais credibilidade do que o que os outros possam lhes dizer. Vocês se comunicarão com bondade, sabendo que são inocentes e merecedores do mesmo.

Quando se “apaixonarem”, lembrem-se de que vocês já “são” amor. São criados a partir deste amor. Amar o outro é um estado natural de ser! Amar a si mesmo é também um estado natural de ser, mas que a raça humana os treinou a não aceitar. Observem um bebê. Eles são apaixonados pelos dedos das suas mãos e dos seus pés! Eles se maravilham com o som da voz deles e se divertem com ela, vendo como ela pode se tornar mágica. Eles se divertem em se olhar no espelho pela primeira vez e verem a maravilha da sua forma física. Os bebês não têm autocrítica, não têm julgamento e nem falsas pretensões. Eles sabem que merecem amor. Eles gritam sem nenhum pedido de desculpas quando querem algo e esperam que as suas necessidades sejam satisfeitas. Acolhem aqueles que sentem ser amorosos e afetuosos e se afastam daqueles com quem não ressoam. Vocês vieram desta forma ao mundo. Vieram inocentes ao mundo, cheios de um sentimento de admiração e reverência pela magia presente em toda a criação. Vieram ao mundo inocentes e puros, sabendo exatamente o que parecia ou não adequado em qualquer momento.

Esta inocência ainda reside dentro de vocês. Esta pureza ainda se encontra dentro de vocês. Este conhecimento sobre o que parece bom em qualquer momento, ainda reside dentro de vocês. Vocês têm que deixar de se duvidar e confiar em tudo o que sentem, e então irão novamente experienciar a magia e a maravilha no mundo, bem como em seus relacionamentos. Um bebê poderia se apaixonar por alguém que os abraça, mas no minuto em que a pessoa deixar de prestar atenção, o bebê a rechaça, grita por outra pessoa, ou se arrasta para longe para brincar. Vocês podem também se envolver em uma dança com a vida.

Quando realmente reconhecerem o amor dado por Deus em seu interior, vocês não poderão deixar de amar e de apreciar o seu ser. Não precisarão se justificar ou defender os seus desejos: poderão simplesmente se comunicar com o amor. Quando verdadeiramente se amarem, existirão em um estado de ser no qual a orientação será ago que estará simplesmente presente em seu interior como uma sabedoria. Não é algo pelo qual tenham que lutar, mas sim algo que surge sem qualquer outro pensamento.

O amor, querido, nunca magoa. O amor nunca é errado. Nunca é uma tolice. Amar e reconhecer o outro é verdadeiramente viver em um estado natural de graça dada por Deus. Amar e reconhecer os seus próprios sentimentos, sejam quais eles forem, é também viver em um estado natural de graça dada por Deus.

Somente quando deixam de se amar e esperam que o outro preencha esta carência, vocês sofrem. Quando se amam, ainda que o outro não o faça, vocês sabem que têm escolhas. Podem solicitar mudanças com amor e bondade. Podem mudar a si mesmos, ou podem retirar a sua energia. Podem interagir com a realidade do outro ser e permanecerem apaixonados, ou podem cair na ilusão e na negação e permanecerem na dor. A escolha é sua, queridos. O amor é sempre melhor, é sempre certo. E o Amor os guiará sempre claramente a cada momento na grande dança e orquestração da vida.

Deus os abençoe! Nós os amamos muito.

Os Anjos

O verdadeiro Amor e a verdadeira Felicidade significa reconhecer a todos exatamente como eles são, incluindo a si mesmos.
----.....---==II==----.....----
 
Fonte: http://www.visionsofheaven.com/AAngels/newsletter_2012_0428.html

Traduzido por: Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br
----.....---==II==----.....----
© 2011 Ann Albers - www.VisionsOfHeaven.com 

Tradução: Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Mensagens dos Anjos Ann| - |Voltar Home|