ESTAR NO MUNDO, MAS NÃO SER DELE
Mensagem dos Anjos com Ann Albers
23 de Fevereiro de 2013
 
 
  Meus queridos, nós os amamos muito.

Na semana passada, falamos sobre como vocês podem ajudar os outros se resistirem aos puxões e arrancos energéticos de se unirem a eles em seus espaços difíceis. Pois, embora “a miséria adore companhia”, vocês podem ajudar os outros bem mais, se os convidarem para o seu espaço amoroso, do que se unirem a eles em seus espaços mais difíceis.

Isto nem sempre é fácil, pois muitos de vocês são empáticos. Vocês são almas profundamente sensíveis e carinhosas que têm a capacidade de sentir os sentimentos de outras pessoas. Vocês sentem a tristeza de um amigo, a perturbação de um estranho, o medo de uma pessoa tentando explicar as suas idéias para vocês.

Algumas vezes, vocês sentem como se estivessem se afogando em um mar de emoções que não são suas. Queridos, vocês podem cuidar do mundo, auxiliar o mundo e ainda permanecer no mundo, mas não sendo deste mundo. Vocês podem sentir a dor dos outros, então tão rapidamente, sair dela e para a verdade mais profunda do amor de Deus.

Falando de maneira prática, suponham que alguém com quem se importem, esteja passando por momentos extremamente difíceis. Vocês a amam e se preocupam com ela. Vocês fariam qualquer coisa para ajudar, mas talvez tenham pedido e não podem. Talvez, ela não esteja preparada para receber. Talvez, ela não queira a sua sabedoria.

Seja qual possa ser o caso, há sempre momentos em que vocês devem testemunhar a dor do outro, mas não podem resolver para ele. Confie que ele irá aprender o que precisa nesta situação e não cabe a vocês fazê-lo sair mais rapidamente da dor, para que vocês possam se sentir confortáveis. Pois, na verdade, queridos, se vocês fossem tirar a dor do outro, antes que ele esteja preparado para liberá-la, vocês o estariam impedindo de suas lições, que ele teria muito provavelmente de experienciar em outra circunstância difícil.

Assim, quando sentirem o outro com a dor, reconheçam primeiro o que sentem.

Para algumas almas, vocês poderão verbalizar isto: “Eu sinto que você está com grande dor e eu estou aqui para você, caso precise de ajuda.”

Para outras almas que não lhes permitam uma aproximação, vocês podem enviar telepaticamente a mensagem: “Sinto a sua dor e o amo. Estou orando por você. Deus o ama e está aí por você.”

Então, peçam à Deus e aos anjos para ajudá-los a liberar o sentimento, pois não faz nenhum bem a vocês se unirem na dor e no sofrimento do outro.

Peçam para ver esta alma através dos olhos de Deus, com amor, graça e compaixão pelos desafios e lições muito difíceis que eles estão passando atualmente.

Permaneçam no amor, queridos, não na dor, pois em um espaço de amor vocês podem ser a luz do mundo. Vocês podem ser os faróis da esperança. Podem ser aqueles a estender uma mão e elevar aqueles que estejam sofrendo.

Isto, na verdade, queridos, é o que significa “Estar no mundo, mas não ser dele.”

Vocês podem testemunhar a dor e o sofrimento e ainda saber o quão profunda e ternamente Deus ama a todos. E, se estiverem dispostos, vocês poderão ser as mãos, os olhos, a boca, o coração de Deus aqui na Terra para o outro.

Não há bálsamo curativo maior do que um amor que diz:
“Sim, eu o vejo. Eu o amo. Quero que também sinta este amor.”

Deus os abençoe, queridos, e aos seus corações intensamente carinhosos.

Nós os amamos tanto, tanto!

Os Anjos
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
© 2013 Ann Albers - www.VisionsOfHeaven.com   
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br 
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Mensagens dos Anjos Ann II - IIVoltar HomeII