VENDO A ESCURIDÃO DO PASSADO PARA DESCOBRIR A LUZ
Mensagem dos Anjos canalizada por Ann Albers
1º de Junho de 2019
 
luz de gaia
 
  Quando você olha para o seu mundo, querido, o que você vê? Você vê a magnificência, a glória e a maravilha da criação, ou vê a dor e os problemas? Você vê uma consciência em evolução presente em todas as coisas ou um grupo diferente de seres tentando sobreviver? Você vê a esperança, ou você vê o desespero?

Agora, interiorize-se. Você se concentra mais facilmente na magnificência, na glória e na maravilha que você é, ou você se debruça sobre a dor e os problemas? Você vê uma consciência em evolução em todos os seus pensamentos e sentimentos, ou aceita apenas alguns enquanto critica ou condena outros pensamentos e sentimentos? Você se sente esperançoso e feliz com sua vida ou está desesperado?

Sugerimos esse exercício simples, porque o que você vê e sente dentro de você é o que você verá em seu mundo exterior. Se você ama e aceita a si mesmo, irá amar e aceitar a consciência em evolução em seu mundo exterior. Se você permitir que todos os pensamentos e sentimentos dentro de si mesmo existam, então você permitirá aos outros o mesmo, e simplesmente se afastará do que não ressoa. Se você julgar alguns aspectos de si mesmos dignos de amor e outros não, então você se verá julgando o mesmo nos outros.

Quando você se encontrar criticando alguém ou algo no mundo exterior, tente outro exercício simples.

Primeiro declare sua queixa com o outro: "Eu não aguento quando eles ..."

Em seguida, diga a si mesmo: "Se eu for ... (a mesma queixa), não sou digno de amor". Para isso é realmente o que você está dizendo a si mesmo

Por exemplo, "Não suporto quando a pessoa é tão odiosa!" traduz-se em "Se eu for odioso eu não serei digno de amor". "Eu não suporto as pessoas que mentem" é outra maneira de dizer: "Se eu mentir, não serei digno de amor".

Na verdade, meus queridos, vocês são todos, sempre e para sempre, dignos de amor. O que você despreza no outro é o que você consideraria inaceitável em si mesmo. Isto não é uma censura dos céus, mas sim uma instrução. Suas perturbações com os outros o ajudam a descobrir suas ilusões de separação, pois, de fato, vocês são todos Um, vivendo, permanecendo e criados a cada respiração no Amor.

Você não é apenas digno de amor. Você é Amor.

É a sua jornada buscar aquilo que o separa da experiência do amor. Aqueles que o incomodam simplesmente mostram as áreas em que você se julgaria.

Da próxima vez que alguém o perturbar, tente mudar o paradigma do julgamento para a verdade ... "Eles são odiosos. Eles estão desconectados da experiência do amor. Quando estou com ódio, estou desconectado da experiência do amor." "Eles mentem. Eles estão desconectados da experiência do amor e da verdade. Quando eu minto, (até para mim mesmo) estou desconectado da experiência do amor e da verdade."

E assim, querido, a maneira com que você olha para o mundo o está realmente ajudando a ver a maneira como você olha para si mesmo.

Todos os seres são uma expressão do Amor Divino. Eles se lembram ou não. Você se lembra ou não. Em um único momento de auto-aceitação e auto-compaixão você se lembra do amor. Em um único momento de discernimento versus julgamento em relação ao outro, você se lembra do amor. Em qualquer movimento para amar a si mesmo ou ao outro, você se reconecta com a verdade mais profunda e essencial do seu ser.

O mundo está em um estado muito divisório agora e ainda estamos animados porque vemos muitos de vocês se movendo em direção a um amor maior, tolerância, paz e bondade. Seja essa luz, primeiro para você, querido. Aceite-se. Ame-se. Especialmente quando você não se sentir digno de amor, ame-se mais ainda, e então, somente então, você poderá honestamente fazer o mesmo pelos outros.

Deus o abençoe! Nós o amamos muito.

-- Os Anjos
 
 
-.....---==I|_____=||||=_____|I==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
© 2013 Ann Albers - www.visionsofheaven.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br 
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Mensagens dos Anjos Ann II - IIVoltar HomeII