COMO VOCÊ COMPREENDE O MEDO?
Mensagem de P'taah através de Jani King
Janeiro de 2011
 
 
Freqüentemente somos questionados: “Então, como você compreende o medo?” Bem, nós podemos dizer: “Entrando nele”.

Isto é verdade, mas não ajuda quando vocês estão no auge da emoção, hum? Para todos vocês que são muito esclarecidos, nós lhes pedimos que pensem na última vez que ficaram absolutamente furiosos. Vocês se lembram como foi? Toda a lógica, todos os pensamentos de iluminação, saem direto pela janela e o que vocês estão realmente experienciando é esta onda de emoção, porque estavam com medo de serem impotentes.

Tudo bem, então como vocês realmente o fazem? Qual é o pequeno truque que vocês podem utilizar? E para aqueles de vocês que ouviram tudo isto antes, não fiquem aborrecidos. Ouçam novamente!

Imaginem este pequeno cenário. Quando vocês nasceram, estavam no conhecimento de sua maior verdade, que é que vocês são, a cada Agora, uma Expressão Perfeita e Eterna da Criação.

Vocês nasceram no conhecimento absoluto de que o amor é apenas outro nome para Deus/Deusa, Tudo O Que É. Este amor é o alicerce da existência e é a luz da criação. Sem esta luz da criação, não existe nada, até mesmo a encarnação que é na verdade a incorporação de Gaia, a Mãe Terra. Esta luz da criação não é diferente. Não há nada na existência que não deva a sua existência à Fonte.

Vocês sabiam disto. Vocês sabiam disto mesmo depois deste trauma do nascimento. Sabiam disto até naqueles primeiros dias, onde a maior energia de vocês não estava realmente presente, mas indo e vindo. E então ela ancorou. E enquanto ela ancorou na encarnação e vocês estavam se tornando mais presentes em seu ser como um bebê, então experienciaram pela primeira vez o amor retido. O Amor retido!

Agora, seja qual for que esta situação possa ter sido, quando vocês olham para isto com os seus olhos de adulto, é irrelevante na verdade. Entretanto, para o pequeno, esta primeira experiência é um trauma. É como um choque. Então esta retenção do amor continua e assim o pequeno, o pequeno você, acredita que esta retenção é porque vocês não são dignos do amor ou de amarem. Então vem o terror do abandono. Vocês começam a olhar para o exterior e percebem o que está acontecendo em seu pequeno mundo externo, e vêem que são absolutamente impotentes e compreendem que o amor se iguala à dor.

Até os seus quatro anos, estas idéias criam uma emoção. E estas idéias, até à idade de seis anos, são solidificadas. Então a sua vida se resume em repetir mais e mais estas situações que refletem a vocês este conhecimento, esta crença e este medo, de que vocês não são dignos. Que vocês são impotentes, que o amor é igual à dor e que vocês vivem em um mundo hostil.

Tudo bem, então vocês crescem em sua encarnação. Vocês crescem em seu intelecto. Vocês se tornam seres adultos e lá, aprisionado dentro de vocês, está este bebê que dirige a sua vida. Agora, o nome deste bebê é Medo.

Quantos de vocês consideram o medo como um obstáculo imenso que devem superar para se tornarem iluminados? Bem, vocês sabem que não é uma grande montanha. Não é algo que devam pular por cima com um único salto. É somente um bebê que exige muita atenção.

Assim, a pequena ferramenta é esta. Da próxima vez que vocês entrarem neste espaço do medo, amados, nós lhes dizemos, ainda que não estejam acostumados a prestar atenção aos seus sentimentos, prestem atenção ao seu estômago, ao seu pescoço, as suas costas, ao seu corpo se contraindo. Vocês sabem o que é isto, hum? Este é o seu corpo lhes dizendo: “Por favor, pare e queira lidar com este Agora.”

E vocês sabem o que acontece quando não o fazem, vocês não o fazem, não o fazem. Assim, vocês ficam sentindo este medo, o seu sinal para parar. Se estiverem com outras pessoas, então sigam para o banheiro ou para algum lugar onde possam estar sozinhos e sem serem perturbados, ainda que por uns minutos – isto não exige todo o seu dia – então respirem.

Vocês já perceberam que quando entram neste espaço do medo, deixam de respirar? E como é interiormente, é exteriormente. Quando vocês deixam de respirar, estão se desconectam do Amado, da sua Fonte, seu Ser Maior.

Respirem, e enquanto respiram, vocês sentem o seu corpo se abrindo, sentem que podem ser receptivos, que podem permitir que a energia comece a se movimentar. Então, simplesmente fechem os seus olhos e visualizem este você bebê, com a idade de quatro anos. Vejam este pequeno no olho da sua mente, de pé diante de vocês: inconsolável, aterrorizado e solitário. Agora, o que vocês fariam quando perceberem este bebê? Certamente vocês chegariam até ele e envolveriam este pequeno em seu peito e diriam a ele:

“Amado do meu coração, não tenha mais medo. Eu estou com você e o amo absolutamente. Nunca mais eu o abandonarei ou o trairei. Estamos juntos para sempre, você e eu, neste lugar seguro e maravilhoso e juntos estamos em casa.”

Vocês se sentarão com este bebê e embalarão este pequeno ser até que sintam o calor se espalhar de sua barriga ao seu coração, até que o seu corpo relaxe. Lá estão vocês, centrados em sua soberania, preparados para fazer a sua próxima escolha ultrajante em sua vida, sem medo e sem reação, mas a partir de um desejo alegre e soberano de criar mais e mais magnificência.

Agora, nós lhes diremos algo mais sobre esta pequena ferramenta. É um grande truque, de fato, porque enquanto o estão fazendo, enquanto estão neste espaço de acolhimento, vocês estão sendo o Deus/Deusa alquimista e transformando esta energia do medo. Vocês estão mudando a freqüência que estão experienciando e estão nesta freqüência do amor. Vejam, não importa o que façam em sua vida, meus amados, somente importa como estão sendo enquanto o estão fazendo. Esta é a sua jornada neste tempo para experienciar a transformação.

O que é a transformação? A transformação é simplesmente estar no amor. Saber: “Eu e o Amado somos Um.” Qual é o Amado? O Amado é a Fonte, Deus/Deusa, Tudo O Que É. O amado é o seu Ser Maior. O amado é Gaia, sua Mãe Terra. O amado é esta faceta do seu bebê que esteve há muito escondido. O amado é cada ser em seu plano. O amado é cada criatura, cada flor, cada folha de grama, as montanhas, os rios e os seus oceanos.

Tudo, tudo isto é o amado e vocês não estão separados. Como poderiam estar? Porque cada um de vocês é a Expressão Perfeita e Eterna da Fonte. Sua verdade é o amor e esta transformação é simplesmente para que vocês estejam abertos a este amor que vocês são.

Deus/Deusa nunca os abandonou. Seus professores e mestres nunca estiveram separados de vocês. Nem mesmo por um instante o seu Ser maior, a energia de sua alma, se separou de vocês. Vocês se desconectaram do conhecimento pelo medo, isto é tudo. E o medo é apenas esta faceta do bebê que foi esquecida, que ninguém ensinou como amar.

Bem, agora é o momento e vocês escolheram, senão não estariam aqui. E nós dizemos isto a vocês, meus amados. São vocês, cada um de vocês, cada um do seu povo reunido em todo o seu planeta, comparados a minúsculas luzes da criação, criando uma teia que se torna uma espiral.

Unam-se a esta energia absolutamente que os está apoiando a cada momento do Agora para criar a mudança pela qual todos anseiam e que tão fervorosamente desejam.

Nós lhes dizemos novamente: vocês não podem errar na vida. Vocês não podem nunca fazer a escolha errada ou tomar a decisão errada. Cada escolha, cada idéia, cada pensamento, cada sentimento, está simplesmente aí como uma experiência.

Bem, saibam, vocês criaram caos suficiente. Vocês estão entediados com todo este medo, todo este velho padrão. E, na verdade, neste maravilhoso tempo, vocês se criaram neste tempo e espaço para ter esta jornada chamada de transformação.

Vocês sabem que nada disto realmente se trata de transformação. Nada disto tem a ver com se tornar iluminado. E nada disto tem a ver com o seu 2012. Vocês já existem neste espaço onde sabem absolutamente quem vocês são. Trata-se simplesmente da jornada. A jornada que não tem fim.

Alguns de vocês pensam: “Oh, quando eu for um ser maravilhoso da quarta ou da quinta dimensão, estará tudo feito!” Não, nunca estará tudo completo porque vocês são a Expressão Perfeita e Eterna da Criação, semelhante à Fonte e vocês estão se expandindo mais, mais e mais. Vocês são a perfeição se desdobrando até o infinito.

Este não é um bom jogo? Como todos vocês são inteligentes, mas nunca realmente saberão de tudo isto. Como seria aborrecido se o soubessem! Vocês desejam a emoção e a aventura das ilimitadas e maravilhosas possibilidades e probabilidades.

A única diferença é que vocês terão mais possibilidades para experienciar, pelo pensamento, qualquer coisa que desejem, instantaneamente, sem tempo.

O que ocorrerá é simplesmente que vocês, no seu amor absoluto e sabendo do seu poder, podem transformar a sua realidade no instante, pelo pensamento. Vocês podem fazê-lo agora, realmente, mas não sabem que podem. É por isto que vocês têm o lapso do tempo.

Vocês são poderosos, realmente. Sigam em frente e participem dos seus maravilhosos jogos. Eu os amo.

Namastê.

P’taah
 
-------.........----==II==-----............--------

Traduzido por: Regina Drumond reginamadrumond@yahoo.com.br 

Direitos Autorais
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
 www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com

 

Gostou! Indique o site para seus amigos

|Topo da Página|    -    |Voltar Menu P'taah|    -    |Voltar Home|