http://www.luzdegaia.net/

   
 
  Mensagem de P'taah
Agosto 2007
P'taah através de Jani King
 
Questionador : P’taah, hoje nós gostaríamos de falar sobre as coisas que geralmente se relacionam com a saúde.

P’taah: Está certo. Vamos observar a idéia global da saúde e então nos deixem observar a idéia total da saúde-doença. Na grande cena, você sabe, não há realmente nenhuma diferença. Elas são os dois lados da mesma moeda. Elas são as duas percepções do ser.

O que é uma boa saúde radiante é, de certa forma, um reflexo de um estado do ser – não físico – que é também de radiante bem estar. O que é a doença, por outro lado, é também o reflexo externo de uma enfermidade interna.

O que cria a doença? Bem, certamente, como vocês já sabem muito bem, a doença é criada de um medo da carência – medo da carência de ser digno, medo da carência do poder, medo da carência do amor, medo da carência da segurança e da proteção, muito disto trazido pelo stress, você sabe, stress que é a projeção externa da carência. Assim, realmente transformar a doença em alívio, é transformá-la primeiro no não físico e, conseqüentemente então, ela é transformada no físico.

Bem, esta é a grande cena. Naturalmente, ela nem sempre parece deste modo em que há pessoas que são as “vítimas” – nós dizemos isto entre aspas, realmente. As pessoas que têm a doença assim chamada incurável, pessoas que nasceram com a doença e as pessoas que tem uma doença como um resultado do que vocês chamam de acidente, todas estas pessoas parecem ser vítimas.

Naturalmente e realmente não há tal coisa. Assim, onde vocês puderem concentrar a sua mente na idéia de que a doença física é um resultado da doença mental e emocional, então realmente, vocês estarão para transformar parcialmente a realidade física.

Observem também o julgamento diante do corpo quando o corpo reflete esta doença. Vocês sabem, ela é bem grave. Assim, todas estas coisas devem ser levadas em conta quando vocês estão considerando a doença, particularmente ou geralmente. .

Questionador: Se nós estivermos ligados à consciência global – por exemplo, se eu ficar doente e me for dito que um determinado medicamento ajudará, ainda que eu possa não ter o sistema de crença ou o conhecimento de que isto ajudará, o fato de que um número suficiente de pessoas o investigaram e elas acreditaram nele, isto o faz funcionar ou é somente se eu acreditar nele?

P´taah: Oh, não, não necessariamente que você acredite nele, amado. Mesmo que o médico acredite e conheça – conheça mais do que a crença – conheça devido a sua experiência que ele funciona, ele funcionará! Você entende? Entretanto, há sempre aqueles que são os mistérios da medicina, aqueles que não respondem como esperado, porque eles têm uma agenda diferente.

Questionador: Sim. Eu acho que isto se refere a minha pergunta comum que é quanto da minha realidade que está baseada no meu sistema de crenças e quanto está realmente ligado ao sistema de crenças dos demais.

P´taah: Isto está totalmente ligado à consciência global. Entretanto, como dissemos anteriormente, você, como um indivíduo, tem o poder de superar o que é a consciência comum.

Questionador: Então isto me dá todo o poder!

P’taah: Realmente! Você tem TODO o poder, realmente. Entenda amado, isto é ainda novamente a dicotomia. Apesar de estar totalmente ligado à consciência coletiva, cada um de vocês tem o enorme e inacreditável poder de sobrepujar isto, de transformar a sua própria vida, a sua própria realidade.

Questionador: Você mencionou o stress e eu gostaria de reforçar um pouco. Eu acho que você disse que é a projeção externa da carência.

P’taah: Realmente. Bem, o stress, de certo modo, é o resultado de uma projeção futura com um resultado negativo. Bem, a possibilidade de um resultado negativo. Isto nada tem a ver com o momento do Agora, hum? Quando você está no Agora, quando você está realmente no Agora, você está envolvido no Agora e não há futuro. Não há realmente nenhum passado também, quando você está focalizado no Agora. Você entende?

Questionador: Eu entendo, entretanto enquanto eu sei disto intelectualmente, eu tenho, entretanto, que conseguir que o meu corpo libere o stress que eu suportei por mais anos do que eu gostaria de pensar. O meu corpo não responde necessariamente e eu não sei o que fazer para me libertar do stress. (Ri) Eu sei. Eu não posso me libertar dele.

P’taah: Está certo. Assim o que você está dizendo é como transformar o acúmulo de emoção do stress do corpo?

Questionador: Sim.

P’taah: Bem, amado, primeiro é uma questão de foco e atenção. Uma vez que você compreendeu realmente esta idéia de que o poder é o Agora e no Agora você cria o seu futuro, e que você está sendo o que diríamos bem sucedido no Agora – bem sucedido no Agora significa somente que você está focalizado no Agora porque no momento do Agora não há nada muito terrível. Você compreende?

Questionador: Hum, hum.

P’taah: Quando você compreendeu isto intelectualmente e emocionalmente e por isto eu quero dizer que no Agora você não leva o stress. Então há muitas modalidades de cura para transformar o stress no corpo. Naturalmente, você sabe amado, isto depende de quanto tempo, foco e atenção você deseja lhe dar.

Questionador: É verdade. (Suspira). Eu preciso lhe dar mais.

P’taah: Está certo. Assim como você pode fazer isto?

Questionador: Bem, eu estou fazendo um pouco agora ao fazer Yoga e isto é útil, mas quando eu estou tranqüilo, eu posso sentir os músculos que não relaxaram em minha memória. Assim, como você consegue que eles relaxem?

P’taah: Você sabe, amado, qual é o maior relaxante do músculo?

Questionador: Hum. Não.

P’taah: A Alegria!

Questionador: (Ri). O Riso! A Alegria!

P’taah: A Alegria e o Riso, hum? Assim, o que você está requerendo na vida é mais rolar no chão com o riso.

Questionador: (Ri). Oh, esta é a minha coisa favorita em todo o mundo!

P’taah: Então por que você não está fazendo isto?

Questionador: (Ri). Eu não sei. Eu fiquei muito enérgico e furioso com o mundo! E isto se apresenta. Eu prometo fazer mais.

P’taah: Amado, você não tem que me prometer. Prometa a você.

Questionador: Eu estou me prometendo.

P’taah: Está certo. Assim, amados, é o suficiente para este Agora. Nós lhes agradecemos por esta oportunidade e é com o maior amor que nos despedimos.

“Namaste”
P'taah
 
 
-------.........----==II==-----............--------

Traduzido por: Regina Drumond reginamadrumond@yahoo.com.br 

Direitos Autorais
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
 www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com

 

Gostou! Indique o site para seus amigos

|Topo da Página|    -    |Voltar Menu P'taah|    -    |Voltar Home|