MENSAGEM DE P’TAAH PARA ABRIL DE 2010
P’taah através de Jani King
 
 
 

Questionador: P’taah, você falou antes como a respiração é o ponto de conexão com a Mente da Criação.

P’taah: Um ponto de conexão.

Questionador: Um dos pontos de ligação. Que o uso da respiração é uma ferramenta muito útil.

P´taah: Ela é muito poderosa. Ela é muito, muito poderosa porque tudo na realidade física é simplesmente uma metáfora para a realidade maior, e a respiração é vida para vocês. Mas a vida real é Deus/Deusa, a Fonte, sem a qual vocês não podem viver. Vocês não podem ter forma. Não podem ter o seu universo, o seu planeta. Assim, a respiração é a sua maravilhosa ligação com a Fonte.

Questionador: E eu pensaria, indo um pouco além, que a respiração é também um meio muito eficaz de passar pelo medo.

P’taah: É, porque o que ocorre com o medo é que vocês prendem a sua respiração. Ou vocês seguram a sua respiração ou inspiram muito superficialmente, o que os corta de sua própria conexão.

E, percebam que a vida é Deus/Deusa, que é amor, que é a polaridade do medo. De certo modo, é a mais forte. Quando respirarem no medo, estejam no reconhecimento do medo, e envolvam o medo no amor, na respiração, então vocês estarão transformando a freqüência do medo. Como dizemos, ele é envolvido na sua Divindade e transformado em amor.

Questionador: Eu gosto desta idéia de envolvê-lo na respiração. É como se o aceitássemos com amor.

P’taah: É o acolhimento. O primeiro passo para a aceitação é o reconhecimento, não é? Na maior parte do tempo quando sentem o medo, o que vocês fazem instintivamente é tentar se livrar do sentimento, afastá-lo. Naturalmente, isto não funciona. Então, vocês inspirariam no medo, enquanto diriam: “Grato por esta oportunidade de conhecer mais o amor”, inspirem-no e envolvam a respiração na aceitação do medo, assim a Divindade da respiração eleva o medo e o transforma.

Questionador: Esta é uma ferramenta maravilhosa!

P’taah: Bem, esta foi sempre a ferramenta, amado.

Questionador: Eu sei, mas sempre me representei como o bebê e abraçando o bebê, o que é sempre muito eficaz, mas isto é maravilhoso, também.

P’taah: Certamente, mas na verdade é como você abraça o bebê, não é? Respire. Este é o primeiro passo, respirar, permitir.

Questionador: Sim, é surpreendente que você nos dê os princípios, momento após momento, e então subitamente é como se vocês o ouvissem pela primeira vez. Nós queremos dizer: “P’taah, você nunca nos falou isto antes? E provavelmente você disse isto 500 vezes.

P´taah: Oh, bem, é maravilhoso que você tenha os seus momentos de “Ah –há!”. E você sabe que não há tempo. Isto não importa.

Questionador: Eu tenho uma pergunta que está totalmente fora do assunto e eu estou hesitando se eu deveria fazê-la ou não.

P’taah: Faça-a.

Questionador: É verdade que nós, ou o ego, criamos o universo físico ou ele foi criado pelo nosso criador, o criador daquilo que é o todo, aquilo que é a Consciência Crística, a consciência de Buda, o Filho de Deus, seja como queira chamá-lo?

P’taah: Nós não o chamamos de qualquer uma destas coisas. Chamamo-lo simplesmente de Sopro da Criação. O que vocês compreendem como o seu universo físico, seu planeta e tudo que se encontra nele, sobre ele e ao redor dele. E ele não está mais separado do que uma célula do seu corpo está separada de outra. Não está separado do resto da criação física em qualquer dimensão.

Questionador: Eu estou um pouco confuso agora. Então você está dizendo que é o Sopro da Criação que criou o universo físico?

P’taah: Tudo, físico e não físico.

Questionador: Eis o meu dilema. Eu estou lendo “Um Curso em Milagres” e parece que este ensinamento está dizendo que os corpos e este mundo em que estamos vivendo aqui, foram criados pelo ego.

P’taah: O que é o ego? Ele define o que é o ego?

Questionador: Ele diz que é esta parte que não está realmente separada de Tudo O Que É, mas acho que está separada.

P’taah: Saiba, amado, que aquilo que se considera separado de Tudo O Que É, é apenas outra palavra para o medo e não é poderoso.

Questionador: Então o medo não criou estes corpos e este mundo?

P’taah: Oh, o medo não criou estes corpos, amado. Você acha que o medo poderia criar tal milagre?

Questionador: Eu não sei. Eu estou muito confuso porque este livro tem muito...

P’taah: Amado, isto faz sentido para você?

Questionador: O medo poderia criar corpos?

P’taah: Poderia criar o milagre chamado vida? Seus corpos não são diferentes. Os corpos dos humanos não são diferentes dos corpos das criaturas, não é diferente daquilo que é a flora. O corpo contém dentro dele cada elemento do seu planeta.

Questionador: Certo.

P’taah: Faz sentido que isto poderia ser criado simplesmente pelo medo?

Questionador: Bem, pelo ego que tem o poder de... Eu imagino que fomos criados a Sua imagem original. Nós fomos criados...

P’taah: Amado, tudo é criado à imagem da Fonte.

Questionador: Correto.

P’taah: Afaste-se desta idéia de que Deus é um grande homem em algum lugar, porque isto é muito limitante. E não apenas isto, é totalmente ilógico. Se as coisas não fazem sentido então lhe é conveniente simplesmente abandoná-las.

Questionador: É isto o que eu costumo fazer, mas há tanta coisa neste corpo de ensinamentos que faz sentido que eu coloco esta parte de lado, porque isto nunca me foi lógico. Eu nunca lhe perguntei sobre isto e pensei que me ajudaria se eu o perguntasse.

P’taah: Está certo, assim vamos considerar como é o corpo humano realmente. De certo modo, ele não é tão diferente do corpo do golfinho ou da baleia, ou do corpo de qualquer criatura em seu planeta. Nem sequer é diferente da flora em seu planeta, na medida em que confia em seu ambiente físico para se manter. Mas a chispa que cria todas as formas de vida em qualquer realidade, em qualquer dimensão, é sempre o Sopro da Criação, da Fonte, não é?

Questionador: Sim.

P’taah: Nós diríamos que esta idéia de que o ego criou o corpo humano é um pensamento de grande limitação e de presunção, também, de certo modo.

Questionador: Bem, talvez eu tenha interpretado mal o que eu li, também, mas sim, não faz sentido que seja deste modo. Está bem, eu refletirei sobre isto.

P’taah: Veja, amado, você como existe em seu mundo físico não está ainda separado da Fonte.

Questionador: Exato.

P’taah: E há muito nos ensinamentos religiosos que sugere que você está separado porque tem um corpo humano. E, de fato, muito da religião até promove a idéia de ignorar o corpo humano ou até tratá-lo muito grosseiramente, porque é a fonte do pecado e além da Fonte, de certo modo, enquanto o oposto é verdadeiro. Não há nenhuma célula, nenhum átomo ou molécula que não exista por causa da Fonte. Esta Fonte é a fonte da vida. Fonte da Vida. Muito bem expresso, fonte da vida.

E assim o milagre deste corpo humano e como ele funciona, como ele se mantém, a integridade inacreditável deste milagre, é uma imagem sublime, de certo modo, da Fonte. Não apenas o corpo humano, naturalmente, qualquer corpo físico, e o mesmo com a sua flora. Quando você vê como eles existem e a maravilhosa diversidade, então realmente é onde você cai de joelhos e diz: “Obrigado!”, com absoluta alegria e reverência por esta vibração, por esta criatividade. Não separados, mas uma expressão da Fonte.

Questionador: Está bem, então isto me leva a outra pergunta que eu coloquei em espera. Se nós somos uma expressão de Deus e temos este ego, não é o ego então uma parte de Deus, também?

P’taah: Amado, é a pequena porção – o ego é a pequena porção – que esqueceu a verdade. O ego é este bebê que você tem evitado, do qual se afastou e do qual tem que correr. É esta pequena criatura interior muito poderosa, que acredita estar separada.

Questionador: Mas Deus conhece este ego?

P’taah: Certamente. Chame o ego de “medo”, amado, é muito mais fácil.

Questionador: Certo, está bem, eu farei isto, assim...

P’taah: E eu lhe darei uma perspectiva melhor se você o chamar de medo.

Questionador: Sim. Então a Fonte da Vida está consciente de que temos este medo.

P’taah: Oh, mas sim.

Questionador: Eu acho que sim, pois, caso contrário, mensageiros e anjos como você não estariam vindo aqui para nos ajudar.

P’taah: Você sabe, que aqueles que vêm auxiliá-lo, de certo modo, respondem ao seu chamado, e simplesmente vêm lembrá-lo das percepções errôneas e das mentiras que foram alimentadas. Vêm lembrá-lo de sua grandiosa verdade – que você é Perfeito, Expressão Eterna da Fonte e o medo é apenas uma minúscula porção sua que, no momento, esqueceu esta grandiosa verdade. E não é para se livrar disto, somente deve ser reconhecido para ser transformado.

Veja toda esta questão de tentar se “livrar” do ego – você não pode se livrar dele. Você não pode se livrar de nada. Você pode apenas aceitá-lo e transformá-lo em sua verdade maior chamada amor.

Questionador: Certo. Obrigado, P’taah.

P’taah: Você compreendeu isto, amado?

Questionador: Eu compreendi, mas acho que entro em conflito porque eu leio muita informação e...

P’taah: Por quê?

Questionador: Acho que é por que...

P’taah: Porque você acha que ainda não o compreendeu. Você acha que outra pessoa fora de você, lhe dará a fórmula mágica que o fará compreender que você é a Expressão Eterna e Perfeita da Fonte. E, entretanto, você é pego em todas as histórias e até na que não é a sua verdade maior e imagina por que. Amado, todo o conhecimento está dentro de você, realmente. Você sabe disto.

Questionador: Não parece que eu tenha sempre acesso a ele.

P’taah: Bem, amado, você precisa parar e respirar e apenas se permitir ser. Você não pode ter acesso enquanto estiver ocupado, ocupado, ocupado. Você precisa ter algum tempo de quietude, algum tempo para dizer tranqüilamente os seus “Agradecimentos” e ter uma pequena percepção ao redor para esta alegria e esta grandiosa verdade que você verdadeiramente é.

Questionador: Sim, eu acho que você está certo novamente. É esta conexão com quem eu realmente sou.

P’taah: Veja, meu amado, somente você pode permitir esta conexão. Somente você pode estar neste espaço para permiti-lo, estar na quietude, na gratidão de quem você é.

Questionador: Magnífico! É simples quando você diz assim. Eu imagino que eu complico muito as coisas.

P’taah: Bem, você sabe, todos vocês amam as histórias e tudo isto está certo. Mas onde você ficar muito envolvido nas histórias que o afastam da simplicidade, traga tudo novamente ao básico, amado. Entenda, traga-o novamente à verdade. Qual é a mais grandiosa e poderosa afirmação que você pode fazer para si mesmo?

Questionador: Você está me perguntando isto?

P’taah: Eu estou perguntando.

Questionador: A grande verdade, eu acho que seria...

P’taah: A afirmação mais poderosa, amado, é: “EU SOU, em cada Agora, não importa como isto pareça, uma Expressão Eterna e Perfeita da Fonte e eu dou graças a esta maior parte de quem eu sou, pelo amor que eu sou, pelo amor em minha vida, pelo amor que me envolve,... etc.

Questionador: Isto é poderoso.

P’taah: Não há nada mais do que isto, porque você está afirmando e reafirmando o seu conhecimento de que você não está separado. Isto não é maravilhoso? Você não é maravilhoso, amado?

Questionador: Sim, eu sou.

P’taah: Sim, você é.

Questionador: Grato, P’taah.

P’taah: E em sua soberania e em seu poder, você tem sempre a escolha para o amor e isto é simples. E quando algo ocorre para trazer o medo, pare, respire e viaje com a respiração para o medo, envolva o medo, gire este medo nesta luz Divina de seu próprio ser. E, desta forma, você sabe encantar!

Questionador: Eu adoro isto, encantar!


P’taah: Isto não é bom?

Questionador: Realmente é bom. Isto foi divertido.

Questionador: Se você perceber uma luz resplandecente vindo deste planeta, P’taah, você saberá que as pessoas que leram isto tentaram uma vez.

P’taah: Ah, realmente, que felicidade isto seria!

Está bem, amado, é o suficiente para o momento?

Questionador: Sim.

P’taah: Nós lhe agradecemos, realmente, pela alegria desta comunicação e a todos os que lêem estas palavras. Saibam que cada um de vocês é eternamente embalado no coração e certamente nós não estamos separados.
Namastê.
P’taah

-------.........----==II==-----............--------

Traduzido por: Regina Drumond reginamadrumond@yahoo.com.br 

Direitos Autorais


Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
 www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com

 

Gostou! Indique o site para seus amigos

|Topo da Página|    -    |Voltar Menu P'taah|    -    |Voltar Home|