PERMITINDO O FLUXO
Mensagem de Ptaah através de Jani King
10 de Julho de 2015
 
Luz de Gaia
 
  Questionador: P’taah, quando eu chego a um espaço onde alinho o meu julgamento, sinto-me, de repente, livre. Quero dizer, isto me liberta para seguir em frente. É um sentimento maravilhoso.

P’taah: É claro! Isto o coloca em seu centro de poder. Isto o coloca no espaço de fazer uma escolha excessivamente criativa.

Questionador: Certo, exatamente. É uma sensação maravilhosa.

P’taah: Realmente e este é o seu verdadeiro estado de ser, entende? Esteja centrado em sua base de poder, de modo que o seu intelecto esteja principalmente preocupado em cumprir os desejos do seu coração.

Não há esta “participação de um jogo” para impedi-lo de enfrentar aquilo que são os medos e crenças. Porque todos vocês passaram toda a sua vida fugindo de tudo isto, hein?

Questionador: Isto serve como uma grande barreira.

P’taah: Realmente! E isto os mantêm separados uns dos outros.

Questionador: Sim! Mas é muito cansativo.

P’taah: Certamente. E, veja, o que está ocorrendo é que todos vocês estão chegando a este espaço de estarem muito aborrecidos ao participarem do mesmo velho jogo inúmeras vezes, e vocês querem mais e desejam ardentemente esta transformação.

Questionador: Isto está exatamente certo! Você acertou em cheio!

P’taah: Sim. Gosto de fazer isto! (Risos)

Questionador: Quando eu tenho alguns medos e raiva, arraigados, e tudo parece estar bem no momento, como estes medos poderiam ser compreendidos?

P’taah: Está bem, você simplesmente criará situações que trarão o sentimento. Mas saiba, meu amado, isto não tem que ser grandioso e dramático. Não tem que ser uma circunstância terrível. E você pode afirmar que deseja realmente entrar em expansão. Entrar na permissão e na compreensão destas questões que o estão ainda mantendo preso. E você pode afirmar que deseja que isto seja de uma forma suave. Entende?

Questionador: Afirmo-o apenas em voz alta?

P’taah: Realmente! De Deus/Deusa de você. Diga: “De Deus/Deusa do meu ser, eu desejo que aquilo que não esteja alinhado se manifeste de uma forma suave, e que eu possa entrar nesta expansão sem as circunstâncias terríveis, a dor e a angústia.”

Questionador: Obrigado!

Questionador: Alguns gostam de pratos se quebrando quando fazemos isto!

P’taah: É claro que gostam, ou, então, não iriam recriar isto para vocês, vida após vida neste plano. É um teatro maravilhoso para vocês, hum?

Questionador: Uma das coisas que você disse, tinha a ver com o fato de falar sem a verbalização real. É mais eficaz verbalizar, ou se pode pensar nestas coisas, também?

P’taah: Bem, é claro que você pode pensar. Mas, algumas vezes, é muito bom que você ouça a sua voz anunciando ao universo, em voz alta, as suas intenções e desejos.

E lhe dizemos que um lugar muito bom para você, é quando você está tomando banho, porque está se sentindo quente e confortável, e a água é um grande ampliador. Este é um lugar maravilhoso para você afirmar todos os dias os seus desejos, intenções e expectativas para o seu dia.

Mas, saiba, amado, deve-se, simplesmente, estar na permissão, no momento. Não quer dizer que você deva saltar sobre grandes montanhas com um único salto.

Questionador: Está bem.

P’taah: E quando você está vivendo em seu futuro, ele se torna opressivo, às vezes, para você. E, também, quando você está vivendo em seu passado, você está arrastando toda a velha bagagem e isto, certamente, não lhe serve.

E quando você pode se concentrar em como é este momento do Agora, você está permitindo o fluxo. Quando você está no Agora, e, particularmente, quando está fazendo aquilo que faz o seu coração cantar, com entusiasmo, então, você sabe muito bem, amado, que as idéias e a criatividade vêm e você está permitindo um conhecimento maior. Você está criando um espaço neste foco do Agora para permitir que o grande conhecimento flua, entende? Ao invés de ter que lutar e trabalhar.

Você sabe que lhe direi sobre o que é o trabalho. Há um grande julgamento em torno desta palavra “trabalho”. Trata-se de percepção. Quando você está fazendo em seu dia-a-dia o que faz o seu coração cantar, não é trabalho. Há civilizações em seu plano, até este dia, que não têm nenhuma palavra para “trabalho” em seu vocabulário. Faz parte desta sociedade a sua ética de trabalho.

E muito do seu próprio julgamento está ligado a este negócio chamado de trabalho. “Se eu não trabalhar, não serei digno. Se não trabalhar muito, não ganharei dinheiro. Se não trabalhar muito, não poderei desfrutar do fruto do meu trabalho. Se não me esforçar pela iluminação, certamente, não chegarei lá, ainda que a mereça.” Entende?

Assim, há muito sobre a sua crença em torno do trabalho e lhe diríamos que seria mais benéfico, se você tirasse a palavra “trabalho” do seu vocabulário. E seja o que for que você esteja fazendo a cada dia, se você mudar a sua percepção em torno disto, então, alcançará mais alegria com isto.

E, saiba, amado, nós lhe dissemos isto sobre o seu local de trabalho. Ao mudar a sua percepção, você muda a realidade. E embora você esteja desejoso de mudar o seu estilo de vida – e nós estamos muito entusiasmados com isto – nós lhe dissemos, e isto é muito importante para todos vocês, seja o que for que esteja fazendo neste momento, observe como você o percebe e no que acredita em relação a isto. Porque muito do seu nível de stress envolvido com o trabalho, é somente por causa de suas crenças e percepções. Quando você muda aqui (aponta para o coração), automaticamente você o muda lá fora. Exatamente da mesma maneira que as pessoas com quem você trabalha.

Há muitos de vocês que saem todos os dias com um coração pesado e que podem ter uma indisposição e sentimentos desarmônicos com as pessoas com quem você está interagindo durante este dia de trabalho. Quando você compreende que criou tudo isto e que quando você muda as suas crenças e percepções e julgamentos sobre a situação, então, na verdade, toda a situação mudará, automaticamente.

Questionador: É verdade. Isto é uma coisa fundamental. Porque quando eu assumo a responsabilidade, vejo a minha parte nisto. Como eu posso ser uma vítima?

P’taah: Isto está certo.

Questionador: E realmente isto é uma coisa básica. Assumir a responsabilidade por tudo o que eu estou criando em minha vida – em qualquer condição que eu esteja.

P’taah: Realmente.

Questionador: É emocionante. Obrigado, P’taah.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com
Traduzido por: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br 
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 
|Topo da Pagina| - |Menu P'taah - Jani King| - |Voltar Home|