Mensagem de P'taah
Novembro 2008
P'taah através de Jani King
 
 
"P'taah: Está bem, então como você compreende o medo? Entenda, nós dissemos isto antes e estamos muito satisfeitos de falar hoje sobre isto novamente, porque não importa quão freqüentemente falemos disto, não importa quão freqüentemente isto surja, isto está lá para lhes lembrar sobre o seu poder para a mudança e a transformação.

Você conhece esta vida, sua realidade física da terceira densidade, sua vida do dia a dia, tudo isto é uma metáfora para a realidade maior além desta, além desta dimensão. Assim seja que aspecto que houver da vida, há algo que corresponde a ela fora da realidade física.

Assim, enquanto você observa isto, veja a idéia da respiração. Isto é muito importante, respiração. O que é respirar, amado? O que isto significa nesta realidade, respiração?


Questionador: Vida.

P'taah: Significa realmente. Não há muita vida se você não estiver respirando. Agora, na realidade maior, o que você acha que é a vida? O que significa, vida?

Questionador: Na realidade maior? Experiência infinita.

P'taah: Que é o outro nome para a Fonte, Deus-Deusa, Tudo O Que É. Vida. Sem ela, nada há. E isto é experiência infinita, Deus-Deusa, vida.

Assim a sua respiração, de certo modo, se refere à Deus-Deusa, sem o que não há vida. E, o que acontece quando você sente o medo?


Questionador: Constrição. Uma ausência de vida.

P'taah: Realmente, e quando você deixa de respirar ou você respira muito superficialmente. Você prende a sua respiração neste momento de grande medo.

Está bem, assim o primeiro passo para compreender o medo que você tem de correr, que você está aterrorizado, que você rejeita, que você pretende não estar lá, o primeiro passo para mudar isto é respirar nele. Este sentimento, este nó no estômago. Respire! Respirações profundas. Respire no medo, de modo que estejam dizendo realmente: "Eu o vejo, eu o reconheço. Lá está você, este pequeno que vive dentro de mim, que está tão apavorado. Lá está você."

Assim que você toma agradáveis e regulares respirações, sente o corpo começar a relaxar um pouco.

E então o segundo passo é fechar os seus olhos e enquanto você ainda está respirando agradáveis e regulares respirações, respirações profundas, você visualiza este pequeno você interior que está tão amedrontado. Agora, você pode visualizá-lo como uma pequena pessoa, talvez de 3 ou 4 anos, talvez mais velho ou até mais jovem. E você vê este pequeno posicionado diante de você e este pequeno está muito solitário e aterrorizado e também magoado, e enquanto ele está diante de você, o que você faria?


Questionador: Você o abraçaria.

P'taah: Realmente, assim o terceiro passo é que você alcançaria este pequeno, este bebê que você chama de medo e abraçaria este pequeno em seu peito.

E o quarto passo, enquanto você o abraça, enquanto você está respirando, você diria: "Amado do meu coração, não tenha medo. Eu estou com você e o amo absolutamente." Você poderia dizer: "Sinto muito por tê-lo abandonado por todos estes anos passados, mas você sabe, eu não conhecia outro modo de ser. Agora eu sei e lhe agradeço. Eu lhe agradeço por certificar-se de que eu sobrevivi contra todas as possibilidades neste medo e terror. Eu nunca o abandonarei novamente. Nós estamos juntos para sempre, você e eu, neste espaço seguro e maravilhoso e quando estamos juntos deste modo, nós somos um, nós somos íntegros, nós estamos em casa. Eu o amo e lhe agradeço, obrigado, obrigado."

E você respira, e você abraça o bebê até que sinta o corpo totalmente relaxado, até que sinta a transformação da energia do medo para o amor - movimentando-se. Algumas vezes você pode sentir a energia se movendo do abdome para o coração, até através do coronário. Algumas vezes é apenas o sentimento de conforto. Mas o que você fez é que você, do eu Deus/Deusa, transformou a freqüência do medo para a freqüência do amor e retornou novamente para o ponto central, e deste espaço de poder, você está preparado para fazer a sua próxima escolha em sua vida.


Questionador: Obrigado. Como todos nós podemos em nosso estado atual de evolução, olhar o outro com mais compaixão e mais amor?

P'taah: Tendo mais compaixão e mais amor por você.

Entenda, é assim que funciona. Quando você aprende a amar quem você é, quando aprende a amar o desamável sobre si mesmo, então você pode olhar para qualquer coisa fora de você se não com amor e compaixão?


Questionador: Sim. Você poderia nos falar do perdão, do significado verdadeiro do perdão?

P'taah: Nós diríamos que é absolutamente uma palavra redundante. Pelo menos é, se você olhar fora de si mesmo, porque você co-cria a realidade absolutamente. Quando você assume a responsabilidade de que você co-cria tudo em sua vida, então o que está lá para perdoar exceto a si mesmo, talvez, para co-criá-lo em primeiro lugar.

Não há vítimas, amado.


Questionador: Sim.

P'taah: Assim nós diríamos que o perdão, se ele estiver relacionado a algo fora de si mesmo, é redundante realmente. Isto lhe faz sentido?

Questionador: Sim, faz.

Questionador: Mas quando você diz: "fora de si mesmo", e quanto a se perdoar?

P'taah: Realmente, bem isto é o que estamos dizendo. Mas você sabe, o que é perdoar quando você compreende, quando você olha com compaixão, para esta pequena porção sua que cria coisas com medo de não ser digno? Assim você tem compaixão e amor, e isto é, e lá está você em seu momento do Agora, preparado para fazer uma escolha diferente.

E é isto que estamos falando. Você fica tão trancado em seu passado, entenda, que isto o impede de ser tudo o que você pode ser no momento do Agora para fazer as escolhas para criar um tipo diferente de futuro. Isto faz sentido?


Questionador: Sim, faz.

P'taah: Muito em que pensar, hum? Está bem, é o suficiente no momento para este dia? Assim meus amados, nós nos despedimos de cada um de vocês,

Namastê."

P'taah

 
 
-------.........----==II==-----............--------

Traduzido por: Regina Drumond reginamadrumond@yahoo.com.br 

Direitos Autorais
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
 www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com

 

Gostou! Indique o site para seus amigos

|Topo da Página|    -    |Voltar Menu P'taah|    -    |Voltar Home|