Mensagem de P'taah  Setembro 2007
P'taah através de Jani King

 
 
Saudações, pessoas amadas. Vocês estão em uma ansiosa antecipação para estar em seu caminho para a iluminação?

Nós estamos provocando, vocês sabem, porque isso é o que vocês realmente são – grandiosos mestres iluminados, grandiosos deuses e deusas que estão aqui simplesmente porque escolheram novamente a experiência chamada vida nesta dimensão da realidade. Vocês o tem feito e o fazem, entretanto este momento é diferente.

O que torna isto tão especial é que vocês escolheram que esta é a última existência que vocês experienciarão do mesmo modo que vocês a experienciaram por eons e eons e eons do tempo.

Antes que vocês viessem a esta vida, vocês escolheram especificamente testemunhar e tomar parte nisto que é chamado de transformação, não somente das humanidades, mas deste planeta e todas as coisas no planeta e tudo dentro do planeta. Assim vocês o vêem mais excitante. É o auge de milhares de suas existências.

Não vamos esquecer quem vocês são, este grande ser que está fazendo estas escolhas, não alguma criança que nasce e não sabe. Certamente um pouco após o seu nascimento, ocorre isto que é chamado de esquecimento. Entretanto, novamente, isto é diferente nesta existência porque o esquecimento é somente periférico e isto que já está vindo é a memória anímica de onde vocês vêm, de quem vocês foram, e de quem vocês são realmente.

Assim aqui está a magnificência de vocês, a essência de vocês que é eterna, que é majestosa e maravilhosa, iluminada certamente em muitas dimensões da realidade ao mesmo tempo. O que acontece quando vocês nascem é que se esquecem do seu esplendor. Vocês esquecem do seu poder. Vocês esquecem da sua eternidade. Assim vocês nascem em uma fechadura automática que só se abre em um horário previamente programado, vocês estão aqui por um determinado número de anos, dependendo de suas escolhas, e então vocês voltam de onde vieram.

Mas enquanto vocês estão aqui, o que sempre ocorreu antes é que vocês ficam tão obcecados em todas as histórias, que não permitem que o seu próprio conhecimento flua de vocês e se revele, de modo que vocês se liguem a sua própria eternidade, ao seu próprio poder, a sua própria deusa/deus. Bem, este momento é diferente.

Todos falam sobre a iluminação. Enquanto eles estão falando e têm todas estas maravilhosas histórias, todos os outros ficam pensando: “Eles provavelmente conseguiram e eu não. Eu não sou digno de tê-la e eu vou perder a oportunidade e nunca chegarei lá”.

Mas, vejam, todos estes pequenos aborrecimentos que vocês temem não são lógicos. O fato que vocês nasceram e estão aqui agora, significa que vocês assinaram o contrato para a transformação.

Vocês dizem: “Isto está tudo muito bem, mas e quanto a minha vida? Eu estou aqui para testemunhar e tomar parte na transformação, mas olhe para a minha vida! Onde está toda esta magnificência, esta abundância e a iluminação? Onde está a alegria e o riso? Onde está a dança? Pode estar “lá fora”, mas certamente não está em minha vida agora”. Ou: “As coisas estão ficando muito bem em uma área, mas lá adiante perdi o controle e certamente não é a vida de um ser iluminado”.

Agora nós vamos tratar do âmago da questão. O que os impede de levar a vida de alegria, de abundância, de riso? Bem, vocês impedem. Vocês criam absolutamente a sua realidade, ninguém mais. Vocês o fazem – co-criação certamente.

Assim, se vocês a criam e vocês com o seu poder, a sua magnificência, a sua eternidade, a sua divindade, podem criar qualquer coisa que queiram, por que não criam? Vocês lêem todos os livros e escutam os maduros como eu, dizendo-lhes como é fácil e vocês dizem: “Ou tudo isto é muito lixo ou eu sou realmente uma pessoa estúpida”.

Certamente não é nenhuma destas coisas. O que nós lhes dizemos é absolutamente válido. Que vocês são poderosos, deuses/deusas eternos é a absoluta verdade. Assim o que é que os impede do desejo de seu coração?

Antes de mais nada, qual é o desejo do seu coração? Vocês sabem, para todos vocês, linha final, o desejo do coração é ir para casa. E onde está este lar místico? Aqui, dentro do seu coração. É isto. Tudo isto vive aqui, em nenhum outro lugar.

Vejam, amados, o que ocorre é que vocês ficam presos em todas as histórias lá fora. Vocês dão o seu poder a todas as histórias. Isto me faz assim e assim, e há este disfarce e há este governo secreto. Tudo isto é uma maravilhosa história para impedi-los de sentir.

Onde vive o sentimento? Aqui no coração onde está o lar, onde está o conhecimento, onde está o deus/deusa. Cada vez que vocês estão fora de vocês mesmos, presos em algo fora de vocês, vocês estão impedindo de ser quem vocês realmente são.

O que é a realidade e como funciona todo este negócio de realidade? Bem, tudo isto “lá fora” é realidade para vocês. Dentro do seu coração está outra realidade completamente porque vocês são, todos e cada um de vocês, um universo maravilhoso, dinâmico, criativo.

Tudo isto fora de vocês, incluindo este velho garoto que lhes fala agora, é uma história que vocês co-criaram, de modo que possam saber quem vocês são. Esta é a linha de fundo. Por que eu estou aqui? Porque vocês o co-criaram assim. Eu sou a sua criação. Por que eu falo com vocês e compartilho esta energia com vocês? Assim vocês podem tomar posse do conhecimento de quem vocês são.

Se estiver alguém mais falando que não tenha o absoluto amor que eu tenho por vocês e que os torne zangados, é uma co-criação para lhes mostrar quem vocês são. Quando vocês colocam a culpa por algo em sua vida “lá fora”, se vocês o chamam de seus pais, ou a sua educação escolar ou o seu patrão, é somente uma história de modo que vocês parem e escutem ao que está ocorrendo dentro de vocês.

O que cria a estrutura de sua realidade é a sua estrutura de crenças. Sua estrutura de crenças é a casa em que vocês vivem. É uma casa muito apertada, o que vocês acreditam, e o que vocês acreditam começa com o que vocês acreditam sobre vocês. O que vocês acreditarem sobre vocês se mostrará “lá fora” para vocês observarem.

O que ocorre dentro desta casa de suas estruturas de crenças é todo o amor, toda a alegria, todo o riso, todo o medo em sua vida. Quando o que vocês estiverem criando for o riso amoroso e vibrante, dancem de alegria, de harmonia, paz, então vocês poderão dizer, realmente: “Deus/Deusa de meu ser, você e eu somos maravilhas que estamos criando esta beleza, esta delícia de vida”.

Quando for riso e alegria, quando estiverem balbuciando e murmurando e estendidos no chão com as suas pernas para o ar, rindo, rindo, rindo, tudo ressoa com isto. Os múltiplos universos ressoam com isto. Mesmo o que é chamado de seu mundo físico efervesce e borbulha com alegria e vocês ficam na satisfação.

Aqueles momentos em que estão no medo, vocês estão na reação. Vocês estão na reação ao que os está mantendo afastados de quem realmente são, que é a sua divindade, seu poder, magnificência, beleza. Isto é o que lhes faz medo.

Assim, meus amados, há muito a contemplar e é o suficiente para o momento para este dia. Nós continuaremos esta discussão em nosso próximo Agora juntos. Enquanto isto, com o maior amor, nós nos despedimos de todos e de cada um de vocês,

“Namaste”

P'taah
 
-------.........----==II==-----............--------

Traduzido por: Regina Drumond reginamadrumond@yahoo.com.br 

Direitos Autorais
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
 www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com

 

Gostou! Indique o site para seus amigos

|Topo da Página|    -    |Voltar Menu P'taah|    -    |Voltar Home|