Mensagem de P'TAAH  - Março de 2007

P'taah Através de Jani King

 
 

Questionador 2:  Nós estivemos falando sobre o dinheiro, P´taah, mas pareceria que se estivéssemos olhando para as áreas de nossa vida que sentíssemos que não estão funcionando tão bem quanto elas poderiam, sejam elas quais forem, isto é onde há algo para que nós observemos. Você diria que isto é assim?

P’taah:  Absolutamente. Entenda, se você quiser saber quais são os problemas, observe a sua vida! Onde está a carência? Onde está o medo? Onde não há a alegria? E então estas são as oportunidades para a mudança e a transformação.

Questionador 2:  E o mesmo se aplica a agradecer pelo que é uma combinação do que você tem e o que deseja ter, ou espera ter, em sua vida.

P´taah:  Você sabe, amado, que coisa é, é também agradecer pelo que você CONHECE.  E o que você conhece em seu intelecto é que o amor existe.  O que você conhece em seu intelecto, e você já está realmente começando a compreender isto, é que você é perfeito, que você é eterno e é uma expressão, uma extensão, um pensamento da Criação. Agora, você existe em seu corpo físico e você existe em seu universo físico e no exterior de seu corpo, há um reflexo dos milagres da abundância, os milagres da vida porque a vida é abundante. Assim toda a carência, até a aparência de carência, é realmente uma percepção. Mudando a percepção, muda a realidade. No Ser você é perfeito, e no Ser, até se não há alimento na mesa, até se não há nenhuma aparência de boa saúde, tudo é perfeito.

Questionador 2:  P’taah, nós temos uma expressão em ver o copo quase cheio ou quase vazio? Você está dizendo algo semelhante a isto?

P’taah:  De certa forma é assim.

Questionador 1:  Está certo. Então você está dizendo que realmente não há algo a ver em como as coisas são, mas como as estamos percebendo.

P’taah: Absolutamente.

Questionador 2: E também ele disse que o que conhecemos é verdadeiro, o que eu penso é realmente importante. P’taah: E nós estamos falando preferivelmente do “conhecimento do coração”, mais do que até do intelecto. Você compreende?

Questionador 1: Algumas vezes é difícil saber o que você conhece, se você sabe o que eu pretendo dizer.

P’taah:  Entretanto, no contexto mais amplo, quando você se desliga dos seus focos externos e se interioriza para a realidade maior, então certamente o conhecimento está lá. O conhecimento do coração está lá. E este conhecimento do coração é que tudo é perfeito, incluindo você.

Questionador 1:  Eu quero dizer, é somente apenas no último pequeno momento que a minha consciência de que eu sou da natureza da Fonte está realmente chegando ao ponto da consciência. Eu estou desbloqueando e estou começando realmente a alcançá-la.

P’taah: Você sabe, amado, nós dissemos e você compreende esta idéia muito bem, que tudo no universo físico, de certo modo, é uma metáfora para a realidade maior. Você se lembra disto?

Questionador 1: Sim, sim.

P’taah: E nós falamos da respiração na realidade física, que significa vida, como a metáfora para a realidade maior, e a vida significa Fonte, Origem ou Deus-Deusa. Assim você pode dizer que o corpo físico é composto da terra física. Isto é, cada elemento do corpo físico é um elemento que pertence a, é parte de, uma extensão de seu planeta, de seu planeta Terra. Você pode compreender isto? E esta é uma metáfora para, na realidade não física maior, a energia que você é, que este fardo, esta freqüência energética maravilhosa que você é, pode somente, do mesmo modo, ser parte de, uma extensão de, Deus-Deusa.

Questionador 1:  Eu acho que eu compreendo isto. Eu o entendo completamente. Isto é o que eu estou dizendo. Eu estou realmente começando a compreender isto agora. Mas havia algo que eu quero lhe perguntar que talvez seja muito pessoal, mas isto não importa. Você sabe, eu transformei uma porção terrível disto. Mas eu estou ainda, eu sinto, muito obeso, assim eu sinto que há algo com o qual eu não sei lidar. Mas seja o meu excesso de peso ou o problema de mais alguém, nós somos esta energia. Mas qual parte desta natureza de Deus que somos, que não está no lar com ela mesma?

P’taah: Principalmente o julgamento sobre isto.

Questionador 2: Muita abundância!

Questionador 1: (Ri). Assim eu sou deixado com uma super-abundância de gordura!

P’taah: Você compreende que principalmente em sua sociedade, você entende, isto não é perfeito.

Questionador 1: Sim, absolutamente.

P’taah: E assim, como dissemos anteriormente, você se liga mais à consciência coletiva de como as coisas “deveriam ser”, do que compreender como é, como você é agora, é absolutamente perfeito.

Questionador 1: É interessante porque para mim, este é o meu problema, mas é o mesmo como qualquer problema, realmente. Você acha que você o compreendeu. Você acha que transformou algo e então há ainda um pouco dele. Assim, para mim é isto que está lá e eu tento não julgá-lo. Eu tento dizer: “Está bom como está”. Eu agradeço pela minha saúde, e agora acrescento em “meu belo corpo magro”, mas há algum julgamento lá e eu não posso amá-lo...

P’taah: Amado, por que você diz “belo corpo magro”? Por que não diz apenas “belo corpo”?

Questionador 1: (Rindo). Porque eu o julgo que não é belo.

P’taah: Certamente, está certo.

Questionador 1: E como eu posso deixar ir este julgamento?

P’taah: O que mudaria se você não estivesse na super-abundância das células?

Questionador 1: Eu apenas sentiria que eu era mais atraente. Eu quero dizer, isto não é necessário. Eu sou um companheiro que pareço me julgar de certa maneira, mas de algum modo, eu estou me comparando. Sim.

P’taah: Certamente.

Questionador 2: Eu estou feliz por você ter criado isto porque isto é terrível para mim e eu faço a mesma coisa.

P´taah: Entenda, isto é com a maior parte de vocês.

Questionador 1: E nós não gostamos de admitir onde estão as nossas coisas, realmente.

P’taah: Onde está a vulnerabilidade.

Questionador 1: Sim, e o peso é algo que é muito endêmico em nossa sociedade e os nossos medos em torno disto.

P’taah:  Realmente. Em outra sociedade ter uma abundância de gordura é mais atrativo, muito belo e sinal de abundância e prosperidade.

Questionador 1: Sim.

Questionador 2: Bem, nós também temos a coisa toda de saúde onde todos os médicos lhe dizem que ser obeso diminui o seu período de vida, devido aos problemas do coração e toda esta coisa.

P´taah: Mágoas matam as pessoas, amado.

Questionador 2: Sim, eu sei disto.

P´taah: Assim, meus amados, deixem-nos terminar aqui e continuar esta discussão em nosso próximo agora juntos.  Até então, com o maior amor, nós nos despedimos de todos e de cada um de vocês,

Namastê.

P’taah

 
-------.........----==II==-----............--------

Traduzido por: Regina Drumond reginamadrumond@yahoo.com.br 

Direitos Autorais
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
 www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com

 

Gostou! Indique o site para seus amigos

|Topo da Página|    -    |Voltar Menu P'taah|    -    |Voltar Home|