ANTIGOS ENSINAMENTOS CRISTÃOS
Mensagem de P'taah através de Jani King
13 de Outubro de 2017
 
luz de gaia
 
  Questionador: Assisti a um filme na TV sobre uma freira e ele se referia a um antigo ensinamento cristão que nos foi dado. Que se alguém se amasse, isto demonstraria egoísmo, orgulho, falta de humildade. Então, temos esta ideia de que se cuidarmos completamente de nós mesmos, não estamos, de fato, sendo amorosos. No entanto, esta não é a verdade, é?

Ptaah: Não é a verdade. Tentar forçar as pessoas a não se amarem inteiramente, ter o que os poderes cristãos têm como o termo humildade, significa que você é indigno.

Agora se você comparar isto com a ideia de que é uma Expressão Perfeita e Eterna da Fonte e, portanto, o que você ama é a Expressão de Deus ou Deusa de quem você é. Você não pode ser menos do que esta expressão divina. Não importa o quanto você esteja ligado ao medo, ainda o fato é que você em sua expressão humana é uma Expressão da Fonte.

E assim, todos são iguais, todos são dignos de amor e de compaixão, e todos têm o direito soberano de escolher como eles serão nesta expressão. Agora, é claro, se estas expressões, estas expressões individuais, não são de amor e são a expressão do medo, é, então, que você tem estes crimes. Crimes contra a humanidade, contra a sua Terra, crimes contra a própria Existência, todos baseados no medo, tudo porque as pessoas não sabem que elas são uma dádiva do divino. Não sabem que o amor é a sua verdade e a sua verdadeira expressão.

Questionador: Eu acho que muito de nossa religião tenta nos dizer que Deus está fora de nós e que se estivermos ouvindo a nós mesmos, ou nos amando, ou sendo como eles pensam, egoístas, então, não somos capazes de pensar no outro e fazermos a vontade de Deus.

Ptaah: Exatamente assim.

Questionador: E, de certa forma, isto não é completamente errado porque ao agirmos a partir de nossos erros, então, talvez, não estejamos pensando no outro. Mas é uma questão de reconhecer que somos ambos - tanto o medo, quanto o amor.

Ptaah: Na verdade, é somente assim que você pode também saber o que é o medo. O medo é como uma criança pequena que tenta encontrar o seu caminho na escuridão. E onde há a luz do amor, não pode haver a escuridão.

E isto é outra coisa em termos de como você descreve o medo porque quando você fala do mal e da escuridão, então, você está transformando isto em algo que é muito instigante, muito perigoso, porque você não consegue controlá-lo ou transformá-lo. E, no entanto, tudo o que é necessário, é a luz do amor..

Vamos reiterar algo que para nós parece muito importante para você. Para colocar este conceito intelectual do bem e do mal, ou do amor e mal em um contexto de como ele foi propagado, esta força escura, voltemos aos primeiros dias de sua religião cristã.

Começaremos com a história do que chamaríamos de Mesopotâmia, que é o seu Egito, que são os seus Sumérios, o povo das estrelas. Foi na sua história que a mulher mantinha não apenas o gene da Deusa, o gene de Ísis e as mulheres possuíam grande poder. E neste ciclo matriarcal, havia a compreensão de que o que é chamado de escuridão e do poder da mulher foi simplificado no mundo físico por aquilo que é a escuridão do útero que produz a vida. E, de fato, você pode compará-lo no não físico ao Vazio da Criação, de onde surge toda a existência e de onde a vida vem.

E, então, foi quando o ciclo mudou e o princípio masculino começou a se tornar dominante, foi necessário diminuir o poder da Deusa, da mulher e aí você tem a história de Adão e Eva. O poder da mulher era maligno e sombrio e até aquilo que era do sangue seria maligno e sombrio. E assim na maturação do tempo em sua história cíclica, o princípio masculino assumiu o poder.

Mas todo este negócio de escuridão, do mal e até mesmo do poder da mulher, você pode ver especialmente em sua religião Islâmica onde o medo tem sido tão grande que a mulher foi mantida em escravidão e sujeição, o que se tornou ainda mais desenfreado neste ciclo específico.

Assim, você pode ver como a ideia baseada no medo foi propagada em uma mentalidade ou ideia extraordinária, e é nesta ideia que você existe, reage e cria. Quando você entende isto mais e mais, assim as suas ideias sobre o bem e o mal, suas ideias, até as ideias baseadas no medo sobre o amor, mudam. Estamos falando de amor em termos de relacionamento humano. De modo que isto esteja apenas um pouco à parte para você.

Questionador: Eu acho que o que você falou sobre Adão e Eva é fascinante. O som de Eva está muito próximo do mal, o que eu considerava intencional.

P’taah: Realmente.

Questionador: Interessante. Eu não quero dizer que este foi um assunto difícil para mim, mas eu estive aqui tentando não tossir. E quanto mais você falava, Ptaah, mais claro ficou para mim de que há algo aqui para observar, como você diria!

Ptaah: De fato é assim, amado. O que é maravilhoso é que você reconheceu isto imediatamente. E assim, amado, continuaremos isto novamente no próximo mês.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 - 888-803-1777
Fax 760-366-0385
www.ptaah.com  - ptaah@ptaah.com
Traduzido por: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br 
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 
|Topo da Pagina| - |Menu P'taah - Jani King| - |Voltar Home|