PERGUNTEM AOS MESTRES
SENSIBILIDADE
Através das Vozes Celestiais
9 de Março de 2014
 
  Muitos de nós, consideremo-nos ou não espiritualizados, estamos cientes de um lado gentil, suave, e, muitas vezes, não declarado de nossa natureza. Nas cartas aos Mestres desta semana, as três perguntas demonstram, de maneiras bem diferentes, o que significa a sensibilidade na prática.

Na primeira carta, da Finlândia, o escritor está bastante perturbado por descobrir uma capacidade de canalizar os espíritos com a escrita automática. Uma variedade de mensagens chega, tanto de fontes conhecidas (um irmão), quanto desconhecidas. Serão elas verdadeiras e confiáveis, ou sinais de uma incipiente loucura? Os Mestres nos disseram frequentemente que todas as pessoas podem fazer contato com os espíritos se elas tentarem e se acreditarem que são capazes de fazer isto. Eles insistem que a comunicação espiritual pode ser interrompida, caso o desejemos, mas é verdade que milhares de pessoas se comunicam com os espíritos desta maneira. No entanto, os Mestres nos alertam contra o perigo de buscarmos contato com quaisquer espíritos, sem primeiro termos excluído o contato daqueles que não são da Luz.

A sensibilidade extrema de pessoas que abusam dos outros, ou de animais, é a experiência pessoal descrita por um escritor da Austrália. Pode ser surpreendente para alguns leitores aprenderem com os Mestres que estas respostas sensíveis têm as suas origens em muitas vidas passadas, quando a alma do escritor permitiu o abuso de outros, de uma maneira ou de outra. É necessário um trabalho pelo escritor de se purificar e se libertar deste acúmulo de problemas. Então, será possível confiar em outras pessoas, deixar de controlar outros e estabelecer objetivos novos e positivos.

Uma situação muito familiar é descrita pelo terceiro escritor, que tem uma longa lista de pessoas que a magoou. Ela os perdoou e procurou viver em paz com elas, mas ainda se sente perturbada com o seu marido abusivo. Os Mestres o retratam como tendo entrado em sua vida para ajudá-la a se examinar e lidar com os seus problemas. Eles a incentivam a encontrar o seu poder, ainda que isto signifique deixá-lo.

Estas cartas e respostas estão em: http://www.mastersofthespiritworld.com/.

Um grande número de nossos admiradores teve extensos problemas relacionados ao mau tempo em muitas partes do mundo. Compartilhamos em unidade espiritual com eles. Se você ou os seus entes queridos sofreram, por favor, permitam que os seus guias os aconselhem e os ajudem a conquistar novamente o seu equilíbrio.

Luz, Amor e Risos
Toni e Peter

http://www.mastersofthespiritworld.com/


AS PERGUNTAS

A ESCRITA AUTOMÁTICA


PERGUNTA: Mestres, fiquei confuso em relação a uma coisa que começou a acontecer após a morte do meu irmão. Eu faço a escrita automática, se segurar uma caneta sobre um papel. Há conversas, histórias e até símbolos, todos os tipos de mensagens, de diferentes fontes, mas, principalmente, do meu irmão. Minha preocupação é: Isto é mesmo verdade, ou será que enlouquecerei? Como manter o meu ego de lado, se isto for real? Como estabelecer a minha confiança em mim mesmo e em minha caneta e o que faço exatamente com este dom? Eu sei que poderia ser capaz de resolver tudo isto sozinho, mas pensei em lhes perguntar isto – Manta, Finlândia.

RESPOSTA: A comunicação entre as dimensões assume muitas formas. Algumas pessoas recebem imagens, algumas obtêm pensamentos, outras, ouvem vozes, ou recebem mensagens canalizadas através dos seus corpos, em um instrumento de escrita, e em seguida, formalizadas no papel. Nenhum destes métodos poderá ocorrer se o indivíduo não permitir que isto aconteça.

Quando o seu irmão voltou ao Lar, você o amava tanto que desejou manter contato. Ele também queria ser capaz de lhe dar conselhos. Quando você está relaxado, ou em um estado semi-meditativo, ele entra facilmente em sua consciência e usa o seu corpo. A maior parte das mensagens foi dele. Elas vieram da personalidade que você recorda como a do seu irmão, mas também do seu espírito, que teve outras vidas também, e pode parecer como sendo de outro indivíduo.

As mensagens provenientes do espírito, de uma fonte ou de outra, são difíceis de validar com a infalibilidade científica humana. Você deve ver que sentimentos estas mensagens trazem. Será que elas ressoam com você? Será que elas estão de acordo com o que a pessoa que você conheceu, diria?

Verdadeiras ou não? Em que realidade? Para você, elas podem ser muito verdadeiras, mas para alguém que não conhecia o seu irmão, ou que não acredita em vida após a morte, elas serão uma fantasia. Preocupe-se apenas com a forma com que você se identifica com estas palavras. E por que o seu ego se envolveria? Milhares de pessoas podem se comunicar com os espíritos. Todas elas podem, se acreditarem que sejam capazes disto.

Deixe de se preocupar com isto. Isto o deixa desconfortável, afaste-o por algum tempo. Ou, você pode permitir que isto aconteça sempre que começar, deixando de lado as mensagens para ler em outro momento e veja como você se sente em relação a elas. Um conselho: Quando este processo se iniciar, coloque a intenção ao universo de que você deseja receber mensagens somente de seres de luz. Os espíritos nunca lhe farão exigências ou lhe dirão o que fazer; eles apenas irão lhe oferecer conselhos.

Você tem uma grande oportunidade de fazer um serviço para outros, sendo um canal de comunicação entre os espíritos e seres que ainda estão no corpo. Veja se isto se desenvolve. Você não tem obrigação de fazer nada. Apenas deixe que a vida flua ao seu redor e veja como você se adapta a isto.

EMOÇÕES HUMANAS

PERGUNTA: Mestres, por que eu sou tão sensível? Por que choro ao assistir a TV e ver como os seres humanos se tratam, ou com a crueldade com os animais, etc? Por que é que tenho tão pouca confiança nas pessoas? – Amanda, Austrália.

RESPOSTA: Você está falando de respostas emocionais aos estímulos. Algumas vezes, há uma ligação direta com a causa imediata que traz lágrimas ou arrepios e, outras vezes, é um estímulo semelhante, mas não idêntico. Você está manifestando lições de vida que não foram tratadas completamente em suas vidas passadas. Estes são sinais de advertência de que nem tudo está certo em seu mundo e que você precisa trabalhar na eliminação dos bloqueios.

Quando você chora porque assiste ou lê sobre a desumanidade com homens ou animais, você está se colocando na posição do oprimido. Você esteve em inúmeras situações ao longo de suas existências, onde não se defendeu ao ser abusada. Você tolerou o abuso de outros sob os seus cuidados, sem interferir. Você está agora chorando por toda a injustiça que permitiu, ou em que participou.

Quando isto acontecer novamente, pare e se pergunte como isto a faz sentir. Ao entrar nos sentimentos, você irá lidar com as suas emoções e não apenas com as idéias que estiveram passando pelos seus pensamentos. Quando você reconhecer a causa do seu desconforto, será capaz de lidar com isto, liberando o domínio que isto tem sobre você. Faça isto, vendo-o como uma lição que você agora entende e que não tem que se repetir.

Comece por se amar, participando desta maravilhosa experiência de aprendizagem. Seu problema com a confiança é duplo. Em primeiro lugar, você tem muitas expectativas em relação ao comportamento dos outros e elas nunca foram realizadas. Deixe de controlar o que os outros fazem. Em segundo lugar, você abriga a noção de que todos irão sempre mentir para você, desapontá-la e abandoná-la.

Use os princípios da lei da atração para trazer as energias adequadas para você. Perceba-se interagindo apenas com pessoas que sejam verdadeiras. Rejeite todos os pensamentos negativos, substituindo-os por possibilidades positivas. Seu mundo mudará.

QUANDO POSSO CHAMAR REALMENTE DE ABUSO?

PERGUNTA: Mestres, sinto que a maior lição de minha vida é o perdão. Desde que eu era criança, estive perdoando as pessoas, que de alguma maneira, magoaram-me. Primeiro, foi a minha mãe, em seguida, o meu tio, o meu irmão e agora, o meu marido. Eu sempre perdoei e vivo em paz com eles. Com o meu marido, entretanto, apesar de tê-lo perdoado, tenho um desejo imenso de deixá-lo e de me afastar de sua personalidade autoritária e arrogante. Com ele, não tenho vontade própria. Sinto que não deveria permitir mais isto em minha vida. Mas, tenho medo de que tenha ainda algo importante a fazer com ele. Estou certa em deixá-lo e seguir em frente com a minha vida, aprendendo a me amar e a me respeitar? Ou deveria permanecer ao seu lado, com a certeza de que estou fazendo tudo exatamente como eu planejei antes que reencarnasse? – Mary, Estados Unidos.

RESPOSTA: As pessoas podem somente feri-la se você lhes der permissão de fazer isto. Todos estes casos tinham a ver com lições que você desejou aprender. Quando você perdoa um incidente entre você e outro que você sente que a magoou intencionalmente, a compreensão que tem que chegar a você é que foi uma lição e que você não mais precisa ter os eventos se repetindo em sua vida. Você encontra a paz a partir dos testes com os quais você não mais reage.

Seu marido é outro caso. Ele não está em sua vida apenas para que você aprenda sobre como o outro pode afetar a sua existência. Ele está aí para que você descubra sobre si mesma e aprenda como analisar, discernir e lidar com as suas próprias habilidades.

Você é uma alma com habilidades incríveis, mas não usou nenhuma delas em sua vida. Você continuou com a idéia de que aos mais velhos e/ou a quem você deve fidelidade por um motivo ou outro,tem que ter obediência. Esta última lição tem a ver com a própria aceitação e da reivindicação do que é seu. Você precisa aprender a se honrar, a se amar e deixar de ser saco de pancadas de todos.

A única coisa que você deve fazer com o seu marido é lhe dizer que você não irá mais tolerar o seu comportamento egoísta e interesseiro. Você planejou se descobrir e o seu poder – assim, aja.

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Richard, da Inglaterra, pergunta aos Mestres: Jesus nos disse para orar ao nosso Pai Celestial. Walsch teve conversas com Deus. Ele é também uma Fonte acessível?

RESPOSTA: Muito simples, sim! Todas as almas são fragmentos da fonte, assim perguntamos, como você se aborda? Toda energia da Fonte é uma unidade, assim conversas com o seu Eu Superior, com os seus guias e qualquer alma espiritual é uma conversa com a Fonte. Não há uma energia separada de uma pessoa humana, tal como o que as religiões chamam de Deus.

Ruchi, de Qatar, pergunta aos Mestres: Meu marido fez a transição há três semanas, devido a um câncer no cérebro. Ele sobreviveu por apenas 3 meses, após o diagnóstico. Ele sempre foi muito amoroso e atencioso com todos nós, então, por que ele nos deixou aos 47 anos? Se ele está nos vendo, onde ele está? Será que iremos nos encontrar de novo? Isto é uma punição ou uma lição para nós?

RESPOSTA: Esta é uma lição de grupo para todos aqueles que conheceram o seu marido. Trata-se de viver no agora e exercer a liberdade de escolha para experienciar as coisas que você deseja. Ele está assistindo e lhe enviando energia amorosa. Você irá se unir a ele, quando for o seu momento de retornar ao Lar.

Vinothi, da África do Sul, pergunta aos Mestres: O que vocês podem ver para mim no futuro?

RESPOSTA: Vemos que o futuro cabe a você, porque você tem total liberdade de escolha para criar o tipo de mundo que você deseja.

Tânia, de Portugal, pergunta aos Mestres: Minha filha morreu há 17 anos. Como eu poderia me tornar mais sensível à presença do seu espírito? Gostaria de vê-la novamente e de falar com ela.

RESPOSTA: Relaxe. Você está tentando arduamente e bloqueando a sua comunicação ao ter expectativas específicas da maneira com que ela irá entrar em contato com você. Ela não tem mais um corpo e, portanto, ela não tem mais cordas vocais para conversar com você, com a voz com que você se lembra. Em vez disto, ela está fazendo coisas como enviar pássaros, flashes de luz e odores para lhe dizer quando ela está por perto.

Vandana, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: como vocês resolvem problemas de confiança que estão surgindo de vidas passadas?

RESPOSTA: A “Confiança” tem muitas facetas. Ela interage com as suas expectativas em relação aos outros. Você precisa ter um controle de um resultado e a sua fé em suas próprias decisões. Não é uma única questão e quase todas as lições de vida têm aspectos de confiança nelas envolvidos. Você lida com elas, uma de cada vez. Pergunte-se por que um medo está em sua vida e o siga de volta à origem.

Fred, de Ghana, pergunta aos Mestres: Por favor, eu tenho um amigo que foi possuído por um espírito do mal. Preciso de sua ajuda.

RESPOSTA: Seu amigo tem que querer liberar o espírito. Isto está lhe dando uma sensação de poder que ele gosta. Não podemos interferir com as escolhas feitas pelos seres humanos. Se ele quiser se libertar disto, você e outras pessoas espiritualizadas deveriam lhe enviar grandes quantidades de energia de amor incondicional para ajudá-lo. Ele deve optar por se fechar para o retorno da negatividade.

Cátia, de Portugal, pergunta aos Mestres: Há algo que eu possa fazer nesta vida para que seja perdoada por um aborto que fiz quando era muito jovem? Como posso saber qual é o meu propósito nesta vida?

RESPOSTA: Você pode se perdoar por ações que lhe foram forçadas devido a certas circunstâncias. Você realmente não tinha escolha naquele momento. Não havia sequer uma alma ligada ao lote de células que você expulsou, porque você tinha estabelecido esta lição de se preocupar com a decisão, em um momento posterior – como você está fazendo agora. Aproveite esta lição, assim como outras, e compreenda que você precisava aprender sobre si mesma e a sua essência como uma alma – que é também o seu propósito de vida.

Ana, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estou começando novamente a minha vida profissional após 25 anos de casamento, traição, do abuso sexual do meu pai. Sinto que posso fazê-lo. Vejo agora como eu sou boa e o quanto eu tinha me abandonado. Quero agora viver em paz, na lei do amor e do espírito e espero encontrar um bom companheiro para compartilhar a minha vida, mas não posso ainda materializar os meus objetivos financeiros.

RESPOSTA: Você é uma pessoa muito forte que superou muitas lições diferentes. Visualize como será o resto de sua vida e traga isto a sua realidade. Não concentre muita atenção no dinheiro. Se acreditar em si mesma, ele virá, quando dele precisar.

Tonimarie, do Reino Unido, pergunta aos Mestres: Por que os meus entes queridos que estão no mundo espiritual não me ajudam, quando eu lhes peço? Eu não peço para mim, mas para que ajudem o meu filho a conseguir um emprego, mas ele raramente é chamado para entrevistas. Será que eles podem ajudá-lo?

RESPOSTA: Nenhuma alma, na forma física ou espiritual, poderá ajudar o outro, se ele não estiver disposto a ser ajudado. Seu filho está representando o papel de vítima – ai de mim, o mundo todo está contra mim. Quando ele envia currículos, eles carregam com eles uma atitude derrotista. Ele tem que decidir acreditar em si mesmo e desprender a negatividade por um equipamento de energia positiva. Seus entes queridos não podem ter um impacto sobre os potenciais empregadores, a menos que eles gostem do que eles vêem.

Gwen, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estive passando por muitas lições, desde mentiras, traições, dores emocionais e físicas, de advogados e membros da família. Eu fiz tudo o que podia para permanecer positivo e aprender a lição aqui, mas não parece que está melhor, mas, na verdade, o oposto. O que está acontecendo? Estou tentando permanecer forte entre todas as coisas, mas eu também sou um ser humano.

RESPOSTA: Você está em um padrão de aceitar a verdade do que outros dizem, sem avaliar se é verdade para você. Considere a fonte destas ações e se isto realmente deveria afetá-lo, ou se o está afetando, porque o está permitindo. Resgate o seu poder e veja toda a atividade à distância, em vez de apenas como um jogador. Viva em uma bolha de amor e de brilho.

Mandy, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Na maioria de suas mensagens, vocês falam sobre o encontro do amor incondicional, do amor próprio dentro de si mesmo. Como se alcança isto exatamente, quando alguém não gosta nem de si mesmo e muito menos se ama? Por exemplo, alguém com uma baixa auto-estima.

RESPOSTA: O primeiro passo para a autoconsciência é aceitar que você é um fragmento da energia da Fonte com todos os mesmos poderes e habilidades. Uma crença de que você tem interiormente o poder de criar, conhecer e de controlar a sua vida, leva-o à compreensão de que você veio aqui com um plano para usar as suas capacidades para evoluir e desfrutar desta vida. Você criou circunstâncias em sua vida que não gosta, mas, pelo menos, conceda-se o crédito ao fazer as escolhas, para que você possa aprender. Este poder interior está em alcançar e tocar a energia da fonte incondicionalmente amorosa.

Vera, do Brasil, pergunta aos Mestres: Pergunto-me por que não estou feliz com o meu namorado. Estivemos juntos por 6 anos e meio, e, no entanto, só fico pensando que é melhor me separar dele.

RESPOSTA: Você está apenas ficando com ele, para que não tenha que admitir que perdeu tanto tempo com ele. Encare isto como uma experiência de aprendizagem, onde você compreendeu o que quer e o que não irá funcionar em sua vida. Honre a si mesmo e faça o que parecer que é a coisa certa para você. Ele não irá mudar.

 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
https://www.facebook.com/pages/Reincarnation-Guide/137191392985848

Mais: http://www.mastersofthespiritworld.com/

Tradução de: Regina Drumond Regina.drumond.2007@gmail.com
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntem aos MestresII - IIVoltar HomeII