Perguntem aos Mestres
RESPONSABILIDADE E PROPÓSITO
Através das Vozes Celestiais
7 de Junho de 2014
 
  Quase todos nós fomos criados por nossos anciões com o sentido de assumir a responsabilidade por nós mesmos, como falamos, agimos e o que fazemos de nossa vida. A responsabilidade por outras pessoas e animais nos é ensinado também quando somos muito pequenos. Há também as responsabilidades especiais da paternidade que tendemos a aprender não somente com os nossos pais, mas também com os nossos bebês, que nos permitem saber quando não somos tão bons no trabalho quanto poderíamos ser!

Então, vemos a nossa responsabilidade de muitas maneiras com o ambiente: com o lugar onde vivemos, com a sociedade além do nosso pequeno círculo e com o grande mundo em que todos nós vivemos. Muitas das diferenças que vemos em outros seres humanos refletem o quanto esta atitude criou raízes na escolha de nosso estilo de vida. Para muitos, assumir a responsabilidade está intimamente ligado ao nosso sentido de viver o nosso propósito no mundo. Os Mestres enfatizam que nenhum de nós é responsável pelas escolhas de qualquer pessoa.

Nosso primeiro correspondente escreve aos Mestres sobre o sofrimento dos animais. Será que eles escolhem a sua vida, ou é uma tarefa especial que eles têm e que envolve o sofrimento?

As outras duas respostas são centradas nas pessoas: um casamento em perigo; uma mãe solteira em depressão que pergunta qual é a natureza do seu propósito de vida. As respostas dos Mestres são muito práticas. Ambos os escritores recebem o conselho de continuarem vivendo amorosamente e de forma positiva. O casamento não será resgatado; o marido precisa aceitar que ele não tem responsabilidade com a sua triste esposa com quem escolheu viver e até desfrutar de sua amargura.

A mãe solteira não precisa conhecer todas as respostas com antecedência. Ela deveria simplesmente escolher o seu caminho, viver a sua vida e encontrar o prazer em fazer isto.

O que pode ser tirado destas três respostas é, novamente, o bom senso da vida humana que os nossos guias espirituais recomendam. Eles não nos pedem que nos sintamos infelizes com a situação dos animais, com o sofrimento das pessoas em um casamento, ou com a opressão psicológica que decorrem de uma série de lições difíceis de vida. Não, temos de continuar a viver com amor por nós mesmos e liberdade para escolhermos a direção de nossas vidas. As mensagens estão no blog dos Mestres.

Somos gratos àqueles que fizeram as doações nesta semana para a tradução de nosso Manual da Reencarnação dos Mestres. Atualmente, estamos trabalhando em uma versão para o Chinês. Obrigada pelos seus presentes, amigos. (Um link para as doações está na página das Mensagens)

Lua, Amor e Risos,
Toni e Peter

Celestial Voices, Inc - contact@mastersofthespiritworld.com

AS PERGUNTAS

QUEM FALA EM NOME DOS ANIMAIS?


PERGUNTA: Mestres, muitos animais são criados em más condições. Estes animais não têm escolha e como se encaixam no esquema das coisas? Ou há um propósito superior envolvido? Por que tão pouca ênfase no amor e na compaixão por todos os seres vivos? – Jerry, Reino Unido.

RESPOSTA: Raramente uma alma escolhe viver como um animal doméstico e somente com o pleno conhecimento da história desta espécie no planeta. A maior parte dos animais e das plantas, é animada por uma centelha de energia, em vez de por uma alma. Estas centelhas não são sensíveis, e, portanto, não têm as emoções, a consciência, a percepção, a sensibilidade e os sentimentos de uma alma.

O corpo humano, escolhido para envolver a alma nesta experiência terrestre, foi selecionado pelas suas sensibilidades físicas, mentais e emocionais. Os seres humanos precisam de nutrição frequentemente. As primeiras gerações foram caçadores que viviam somente com o que eles poderiam encontrar ou matar. Decorreram séculos para desenvolver maneiras de produzir o alimento que poderia ser facilmente atingível: a criação de animais e o cultivo de culturas.

Uma vez que as questões de sustento da vida foram tratadas, os seres humanos começaram a explorar a sua razão de estarem vivos – o que agora chamamos de propósito espiritual descoberto através de um despertar espiritual. Como parte deste estudo criterioso, eles tiveram o tempo para pensar em coisas ao redor deles que não eram necessários apenas para sobreviver. As pessoas ficaram envolvidas nas sociedades, em doutrinas religiosas, em discussões intelectuais e filosóficas. Elas levaram em consideração pessoas e coisas fora de si mesmas e tentaram justificar o seu propósito e existência neste mundo.

Todos estão em uma jornada individual e podem ficar envolvidos em tantas questões quanto desejarem. No entanto, uma alma não pode ter impacto sobre as crenças de outro, a menos que a outra escolha mudar as crenças. Um certo número de questões com que resolveram lidar são as lições de vida em que algumas destas almas estão trabalhando. Compreendam que esta é a sua jornada. Envie-lhes amor para que elas possam encontrar as respostas que elas precisam para cumprir a sua tarefa.

ASSUMINDO A RESPONSABILIDADE

PERGUNTA: Mestres, vocês devem se lembrar de sua resposta para mim há quatro anos, depois que eu vim para a Suíça. Eu descrevi a amargura da minha esposa Inglesa, depois que tive um relacionamento com outra mulher. Agora a minha esposa está muito doente e eu já removi o meu câncer da próstata. Estou tentando ajudá-la, discutimos ao voltar para casa, mas acho muito difícil me dar bem com ela. Sinto-me terrivelmente responsável pelo que lhe aconteceu e não sei o que fazer – John, Suíça.

RESPOSTA: O que acontece a outra pessoa é o que ela deseja experienciar. Eles fizeram contratos com outras almas para serem antagonistas, garantindo que os eventos ocorram quando for necessário. Nada que você fez especificamente foi contra as lições que a sua alma escolheu antes de vir à Terra.

Cada ser humano decide quais crenças manter para a sua vida. Sua esposa escolheu um fluxo negativo de eventos infelizes. Ela está influenciada pela programação religiosa dos evangélicos e está em pleno modo de punição. Ela acha que a sua vida é o resultado de não ser boa o suficiente para merecer uma melhor. Em sua mente, você é a encarnação do diabo. Sua doença é parte do cenário de punição.

Sua culpa é uma de suas lições de vida. A responsabilidade é um resultado das escolhas de cada pessoa, e não o produto das ações de outra pessoa. Sua esposa tomou a decisão de dizer que ela o perdoou, assim ela poderia permanecer neste ambiente negativo. Ela não quer ouvir sobre salvação, amor incondicional e o retorno o Lar. Isto não acompanha o sofrimento que ela escolheu. Fazê-lo se sentir culpado é um dos seus únicos prazeres.

Seu câncer foi o resultado da culpa e da necessidade de se punir. Você pagou este preço, pode agora examinar os resultados e avançar. Você não precisa deixá-la sugar a energia positiva adicional de você, que é o que ela está atualmente fazendo.

O resultado de suas vidas pode continuar como está indo, ou você pode aceitar que você não tem responsabilidade pelas suas escolhas. Nada que você diga ou faça, irá fazê-la mudar de idéia sobre você e a vida em geral. Conecte-se com a sua essência de amor incondicional. Compartilhe com ela o que ela aceitará e se você for rejeitado novamente, siga em frente para completar a sua própria jornada.

EU PRECISO CONHECER O MEU PROPÓSITO

PERGUNTA: Mestres, tenho 43 anos e sou uma mãe solteira de duas crianças extraordinárias. Minha vida foi uma lição de vida após outra, que eu sempre superei e me senti mais forte com as experiências. No entanto, os últimos três anos foram lições de vida mais desafiadoras e difíceis, que me deixaram em um estado de depressão que eu nunca senti antes. Vejo o meu futuro e sei que terei uma vida melhor e não serei mais uma vítima, mas me sinto presa em minha vida atual e preciso conhecer o meu propósito. – Kathy, Estados Unidos.

RESPOSTA: A maior parte das almas acha que elas não podem avançar, a menos que elas saibam qual é o destino e como elas irão chegar lá. Veja como a sua vida se desenvolveu até este ponto. Quando cada lição entrou em sua vida, você tinha que analisá-la, a fim de completá-la e avançar para a seguinte. Você nunca soube o que iria ocorrer em seguida, e, assim não ficava presa à espera de um evento particular.

À medida que você progredia, subitamente teve a idéia de que precisava conhecer várias coisas: o que estava por vir, se havia algo que você tinha que fazer, se tudo valeria a pena no final. Isto a levou a uma depressão, um sentimento de que algo estava faltando. Você se apegou a esta sensação, em vez de preencher o vazio com o amor incondicional da jornada da vida que você está realizando.

Você está ciente dos próximos passos, mas por causa de sua insegurança, você quer verificação de que pode fazê-lo. Bem, aqui está: Você pode fazê-lo!

Você pode manifestar qualquer coisa que definir em seu coração e alma. Todas as almas vêm à Terra para compreender quem e o que elas são como uma alma, que elas são um fragmento da energia da Fonte e são tão magníficas e poderosas quanto a Fonte. Aceitar e compreender plenamente as implicações são os seus propósitos. Não permita que o pensamento humano e as crenças da sociedade interfiram.

Você está presa pelo seu próprio projeto. Você pensa excessivamente no que uma alma precisa fazer para completar o seu “propósito”. Apenas viva, experiencie, use a sua liberdade para escolher o seu destino – este é o seu propósito. Saia e aprecie a próxima parte desta vida.

http://www.mastersofthespiritworld.com/

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Christiane, do Brasil, pergunta aos Mestres: Olá! Tenho as minhas crenças que impedem a conexão com o coração, de seguir a minha intuição. Às vezes, acho que sou uma alma iniciante que não tem muitas memórias e vocês podem me ajudar. O que fazer para me conectar com o meu coração?

RESPOSTA: A maior parte das almas que encarna no Planeta Terra recebe a amnésia do que aconteceu em vidas passadas. Você pode recuperar um pouco da memória limitada com a hipnose, por exemplo, mas havia um propósito em tirar a sua memória. Você não pode aplicar as respostas às lições que já aprendeu, com as lições desta vida. A conexão que você precisa com a sua mente superior vem rapidamente quando você aprende a tomar conhecimento dos sentimentos intuitivos positivos que tem diariamente e agir de acordo com eles. Assim, você irá abrir os canais de comunicação. A comunicação agora vale mais do que as memórias. Para se conectar com o seu coração, aceite e acredite que pode e isto acontecerá.

Alison, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Como se prepara para deixar ir e morrer? Eu sou o mais jovem da minha família, sem filhos e somente com animais de estimação.

RESPOSTA: Como explicamos em nosso livro: "Como eu morri (e o que eu fiz em seguida)", você não morrerá, somente o seu corpo/envoltório, deixará de funcionar. Deixar ir é um sinal de uma visão madura da jornada da alma. Porque você tem total liberdade, nós lhe perguntaremos o que você quer fazer a seguir, a menos que já tenha decidido que quer voltar ao Lar. Pergunte-se se você realizou tudo o que se propôs a fazer. Há algo mais que gostaria de tentar? Conecte-se com a sua energia amorosa do coração e a siga para o próximo passo.

Ítalo, do Brasil, pergunta aos Mestres: Mestres, o que me acontece? Sinto um vazio em minha alma, sem expectativas do futuro profissional e muito triste em relação à prova que eu estudei tanto para passar. O que fazer?

RESPOSTA: Entrar no mundo profissional tem sido muito difícil recentemente em algumas partes do mundo. Sua formação pode não atrair empregadores tanto quanto você esperava. A lição de vida é, em grande parte, sobre a auto-estima. Quanto mais você valorizar quem você é, perceber a riqueza de caráter que você traz ao trabalho, e que você está muito motivado, mais você irá impressionar outras pessoas. O seu amor próprio é muito importante. Você é uma pessoa maravilhosa, cuja alma é incondicionalmente amorosa, e é uma pessoa que irá se relacionar bem com outras pessoas no local de trabalho. Tenha confiança em si mesmo e eles descobrirão que têm confiança em você.

Kumar, da Índia, pergunta aos Mestres: Desde o ano passado estou me conectando com Shiva e outras energias/mestres superiores. Geralmente, eu duvido de mim mesmo – acho que é a minha imaginação. Gostaria de saber quem eu sou e por que estou me conectando com os seres superiores. Minha esposa também há um ano está se comunicando com os mestres e com diferentes deusas através de médiuns, mas ela não pode se conectar por conta própria, como eu. Será que eu poderia obter alguma informação sua sobre o propósito destas visitas?

RESPOSTA: Na maior parte do tempo você esteve fazendo contato com os seus guias espirituais pessoais. A dificuldade de sua esposa pode ser que a ela foi dito para contatar entidades espirituais que não existem, que ela precisa da ajuda dos médiuns e ela não tem fé suficiente em si mesma. Vocês dois estiveram dispostos e ansiosos para fazer contato conosco e isto desencadeou as respostas que você teve pessoalmente. É o propósito de suas almas estarem tão próximas de nós quanto possível. Ouvimos tudo que vocês nos dizem. Faça de sua própria alma o primeiro ponto de contato e você colherá grandes benefícios na vida.

Cristina, do Brasil, pergunta aos Mestres: Muitos amigos têm perguntado sobre o sentimento com alguns mestres. Há a possibilidade de sentirmos mais amor por alguns do que por outros, embora haja a unidade? Sinto um grande amor por Miguel e Selácia. É tanto amor que eu preciso saber se eu sou do seu grupo de almas. É verdade ou estou tendo uma fantasia? Eu gostaria de compartilhar com os meus amigos este conhecimento.

RESPOSTA: Da mesma maneira que determinados alimentos têm mais sabor com alguns molhos do que com outros, também nos encontramos mais próximos de algumas almas, ainda que todas as almas sejam essencialmente iguais. Estamos felizes em saber do amor que você compartilha. Seus amigos espirituais estão se comunicando a partir do amor incondicional do Lar que traz a sensação de proximidade. Seus amigos já ascenderam e pertencem a outro grupo de almas. Estamos muito satisfeitos com a sua felicidade.

Prasanta, da Índia, pergunta aos Mestres: Tenho uma sensação de que, de algum modo, a minha alma está ligada a um mestre espiritual perverso, pois eu sinto sempre um pouco de irritação no cérebro. Tenho um grande desejo de compreender o mundo astral e, sinceramente, não quero renascer novamente na Terra, ou em outros planetas. Por favor, orientem-me de como posso me afastar desta maldição!

RESPOSTA: É compreensível que você queira deixar de encarnar no Planeta Terra, ainda que tenha feito grandes progressos e estamos impressionados pelo seu trabalho. Um dia, quando estava se sentindo desanimado, permitiu uma entidade negativa em seu espaço que tem sido irritante e deprimiu os seus sentimentos positivos usuais em relação à vida. Esta não é uma entidade forte e você poderá perceber que se envolvendo com a luz branca protetora e pedindo-lhe polidamente que deixe o seu espaço e que não retorne, colocará as coisas em ordem. Se após algumas vezes ela ainda não tiver partido, chame um profissional confiável para libertá-lo desta infecção.

Joanne, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Minha mãe tirou a sua própria vida. Foi esta uma lição para ela e para os seus sobreviventes? Isto estava em seu plano de vida? Será que os seus medicamentos contribuíram com isto, de alguma maneira? Ela poderia ter vivido a sua vida normalmente se ela tivesse optado por fazer isto? Acho que tenho sentimentos confusos sobre ela, por causa disto. Ela está em paz agora?

RESPOSTA: Encaramos o suicida de uma forma um tanto diferente dos seres humanos, principalmente porque aqui não há julgamento, nem certo e errado. Algumas vezes isto acontece por causa de um contrato maior com os seus amigos e a família para lhes dar a experiência de sua morte. Perguntar sobre os medicamentos e como poderia ter sido a sua vida, não leva a lugar nenhum. Ela tomou a decisão. Ela fez isto sob a lei do livre arbítrio. Ela gosta de estar no Lar e envia a todos a energia amorosa. Sorria novamente.

Fred, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sinto que é difícil viver de forma honesta. As pessoas com quem eu tenho trabalhado sempre vêem isto como uma oportunidade de me enganar. É difícil controlar a raiva ao ser assim. Será que tenho que mudar para me adaptar? Sinto-me confuso e não posso avançar. Parece que a honestidade é sinônimo de otário. O que eu deveria fazer?

RESPOSTA: Achamos que a honestidade é a melhor política para uma vida bem integrada. Às vezes, quando você se encontra em companhia negativa, dizer-lhes que é honesto os faz sentir como se os estivesse julgando, assim eles reagem com hostilidade. Não é a honestidade que o faz se sentir como um otário: é a falta de auto-estima em tais situações. Algumas coisas são mais bem vistas do que faladas. Você pode optar por dizer: não “Eu sou honesto”, mas que “Eu não compartilho de suas conclusões’ sobre isto ou aquilo. Isto é ser honesto sem incitar a sua hostilidade ou deixá-lo irritado.

Meg, das Filipinas, pergunta aos Mestres: Gostaria de saber se está em sua capacidade atravessar o tempo para o passado. Ou se é do seu conhecimento a maneira.

RESPOSTA: Você está operando no tempo da Terra que é uma forma de contar a progressão que resulta do seu planeta fazer uma rotação em seu eixo e circular no sol e assim por diante. Além do seu sistema solar isto nada significa, porque o grande universo não funciona assim. Não temos ligação com a sua rotação e um resultado disto é que podemos acessar o seu passado, presente e futuro, sem dificuldade. Você tem esta capacidade também, quando você se desconectar da mente consciente, que acha que você pode estar somente no tempo da Terra.

Mary, do Reino Unido, pergunta aos Mestres: Acho a meditação quase impossível. Isto significa que não posso evoluir ao longo do plano espiritual? Se assim for, como posso silenciar a mente? Onde posso encontrar força para enfrentar os desafios da vida?

RESPOSTA: Muitas pessoas acham difícil a meditação. Nós ainda recomendamos que você ande por um caminho favorito, permitindo que os seus pensamentos vagueiem! Felizmente você não será punida por não meditar. Aqui está a dica para você. Ela ajuda em sua evolução, a prestar atenção aos bons sentimentos que você recebe diariamente. Não queremos dizer os pensamentos do que as pessoas lhe dizem para fazer, mas palpites, intuição, seja como for que queira chamar a resposta do seu coração. Estes sentimentos vêm da sua mente superior. Isto a levará a compartilhar o trabalho de sua alma – e é porque você está no Planeta Terra.

Vania, do Brasil, pergunta aos Mestres: Será que ainda terei um companheiro amoroso na vida? Sinto-me muito satisfeita em outros campos de minha vida, mas muito, muito solitária no caminho. Esta solidão é a minha lição de vida?

RESPOSTA: Não se trata do fato de você estar sozinha, mas que você não se ama de forma adequada. O resto de sua vida é notável. Você tem uma alma magnífica, cujo amor incondicional é a energia da Fonte. Sua alma a estimula com boas idéias que lhe parecem adequadas e você as coloca em ação. Comece por dizer a si mesma que você se ama totalmente, até as sombras em sua vida. Você encontrará o romance. O amor próprio faz de você um ímã para outras pessoas.

Christy, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Fui despedido de repente e assim decidi seguir o meu sonho de viver no país e encontrar um novo emprego em outro estado. Mas eu não posso dizer se estou abandonando a minha família e sendo egoísta ao seguir o meu sonho, ou se é mais importante estar por perto daqueles que eu tanto amo.

RESPOSTA: Coloque a sua decisão no contexto. Sua principal responsabilidade é com você mesmo. Seu afastamento pode não ser fácil, mas não é errado. Sua família se encontra com uma nova lição de vida com que as suas almas haviam concordado anteriormente. A importância de estar perto deles é sempre decisão sua, mas enquanto isto as coisas continuam evoluindo e eles têm enfrentado sua mudança a sua própria maneira. Seja o que for que decida, faça-o por si mesmo, em primeiro lugar.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
https://www.facebook.com/pages/Reincarnation-Guide/137191392985848
Mais: http://www.mastersofthespiritworld.com/
Tradução de: Regina Drumond Regina.drumond.2007@gmail.com
http://planetaazul.ning.com/profiles/blogs/perguntem-aos-mestres-531
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntem aos MestresII - IIVoltar HomeII