PERGUNTEM AOS MESTRES - UMA QUESTÃO DE ESCOLHAS -
Através das Vozes Celestiais
23 de Agosto de 2014
 
   
UMA QUESTÃO DE ESCOLHAS

Como almas no Lar, temos muito a decidir. Quando iremos reencarnar? Em que lições iremos trabalhar?Para quem nasceremos? Onde iremos viver? Qual raça/gênero/status econômico/problemas físicos iremos experienciar? Depois que fizermos a transição, de volta para o Lar, teremos ainda escolhas. Quando os nossos últimos entes queridos se unirem a nós, iremos usar a energia para que eles nos reconheçam, ou dependeremos do seu conhecimento da nossa energia? Uma mulher dos Estados Unidos pergunta sobre a sua falecida irmã, que pode ter escolhido reencarnar. Os Mestres explicam o processo, garantindo-lhe que ela não precisa se preocupar.

Do Canadá vem um relato de uma tremenda perda. Todos os membros da família de uma jovem mulher morreram ao longo dos anos, e ela se esforça para descobrir o motivo. Provavelmente ela não esperava ter conhecimento de que ela escolheu suportar esta dor. No entanto, como os Mestres enfatizam, um pouco de reflexão deveria lhe permitir reconhecer os pontos fortes que ela desenvolveu como resultado.

As bênçãos da vida de uma mulher Inglesa estão começando a perder a importância em comparação com o fardo que ela sente ao cuidar de inúmeros membros da família. Apesar de sua tentativa de contradizer os Mestres, dizendo que ninguém mais pode assumir, eles a deixam saber que ela entregou o seu poder aos outros e que alguns deles estão francamente se aproveitando dela. É a sua oportunidade de reivindicar o seu poder ou não.

Estamos felizes por vocês terem escolhido ler estas perguntas e respostas (abaixo). Vejam se algumas delas ressoam com a sua situação, e façam as suas próprias escolhas adequadamente.

Luz, Amor e Risos,

Toni e Peter

Celestial Voices, Inc <contact@mastersofthespiritworld.com >
Celestial Voices, Inc | 13354 W. Heiden Circle | Lake Bluff | IL | 60044 | USA

AS PERGUNTAS

ALMAS ETERNAS E SUAS ESCOLHAS


PERGUNTA: Nossa filha sensitiva, com autismo, digitou que o nosso neto é a reencarnação de minha falecida irmã. Eu sempre achei que eu veria a minha irmã novamente após a morte, mas se ela está encarnada neste momento, como eu poderia me encontrar com ela novamente? Os Espíritos deixam alguma mensagem pessoal do tipo holograma? Ou eles vêm com os seus velhos eus de alguma forma ao nosso encontro? Fico confusa em relação a isto, pois quero muito ver novamente os membros da minha família que partiram... como eles eram quando os conheci. Como isto funciona? – Carolyn, Estados Unidos.

RESPOSTA: As almas nunca morrem; elas apenas optam por ir de uma vida para outra. Ocasionalmente, elas decidem retornar para a mesma família humana com a qual elas uma vez residiram e, outras vezes elas irão para algum lugar novo para elas, para um tipo de experiência totalmente diferente.

A maneira com que você se lembra de uma alma em particular é do contato face a face com elas. O corpo nada mais é do que um envoltório que a alma escolheu para uma única vida. Uma vez que a alma faz novamente a transição para o lar, o corpo físico permanece no planeta. A essência da alma é a energia incondicionalmente amorosa que não precisa de envoltório externo. Ela é sem forma e pode estar em muitos lugares ao mesmo tempo e é por isto que eles raramente escolhem assumir a forma humana no Lar, porque isto requer muita energia e restringe o movimento.

Você está correta ao afirmar que a sua irmã escolheu retornar e que ela não estará na forma energética quando você retornar a sua forma original (energia), a menos que ela tenha planejado ter uma vida muito curta e morresse antes de você. Além disto, você pode ficar desapontada com a pessoa que você vê, porque depois que a alma deixou o corpo que ela usava na Terra, ela não tem uma aparência física, a menos que ela escolha reconstruir uma. A forma escolhida pode parecer de qualquer idade em que ela esteve naquele corpo. Ela pode até optar por efetuar mudanças cosméticas, se houve algo em seu corpo que ela não cuidou.

As almas não deixam hologramas, mas a memória daqueles que estão aqui é, algumas vezes, suficiente para proporcionar o grau de definição. Você conhecerá a sua irmã pela sua energia, se você simplesmente se abrir para a energia que vem de sua alma.

CONTRATOS PRÉ-NASCIMENTO

PERGUNTA: Mestres, quando eu tinha 8 anos, os meus pais foram assassinados em ocasiões separadas. Um ano mais tarde a minha tia foi espancada até a morte e morreu também. À medida que eu ia envelhecendo, as perdas trágicas continuaram a acontecer, até que não restou mais ninguém da minha família. Dos 8 aos 16 anos eu perdi 10 parentes e a minha vida nunca mais foi a mesma desde então. Sinto-me como se estivesse carregando este imenso fardo em meus ombros e o meu coração está dilacerado. Estou agora com 27 anos e gostaria de saber se a minha família é amaldiçoada, ou se é algum tipo de situação cármica? Toda a minha família está morta e preciso saber o motivo – Danielle, Canadá.

RESPOSTA: Você é uma alma que experienciou muitas vidas e quis os extremos desta vez. Você queria encontrar a sua força interior, a autoconfiança e os limites da solidão e do abandono. Você escolheu a sua família porque estava ciente dos seus planos de todos partirem durante este breve período de tempo na Terra.

Cada vez que um membro da família partiu, você teve que reavaliar sua vida e as suas prioridades. A cada vez você assumiu mais e mais responsabilidades pela sua própria formação. Você se conscientizou dos seus pontos fortes que não poderiam ter sido trazidos de outra maneira.

Uma das coisas que pesou muito em seus ombros é a sensação de ser uma sobrevivente. Isto é conhecido como a culpa do sobrevivente – por que não eu, também? Você deve compreender que não há absolutamente nada que você poderia ter feito para impedir qualquer um destes eventos. Todos eles foram planejados com antecedência. Seu plano era lidar com os resultados da partida de todos, enquanto você ainda permanecia.

Não há nenhuma maldição, apenas lições de vida. O Karma, que é um resultado negativo para uma ação negativa, existe somente na dualidade da Terra e não teve nenhum efeito em você ou em sua família. As mortes, dos membros de sua família, foram através de um pré-planejamento.

Agora que você está nesta fase de sua vida, comece a olhar somente para o momento presente e o que é necessário para a sua existência contínua. Você não precisa de ninguém para segurá-la, pois você é suficientemente forte para se impulsionar para o seu destino desejado. Decida se quer ou se precisa de uma família para estar com você ao longo da vida. Se você chamar alguém para você, que você crie – não é necessário que ele esteja biologicamente conectado. Se não vê como poderia ser a sua futura aventura, isto ocorrerá quando você liberar a energia do passado.

ESCOLHAS

PERGUNTA: Mestres, sinto como se eu estivesse vivendo duas vidas. Alguém me disse uma vez que eu tinha uma vida “encantada” e assim ocorre. Vivo com o meu maravilhoso marido, tenho uma grande casa, um emprego, amigos e me sinto grata por estas bênçãos. No entanto, muitos membros da minha família sofrem de problemas de saúde e de incapacidade, e me procuram para apoio mental e físico. Agora sou uma cuidadora de 7 pessoas. Na maior parte dos dias eu sorrio e suporto, mas é muito difícil. Por favor, não digam que é o fardo deles, que deixe outra pessoa assumir. Eu ouvi tudo isto um milhão de vezes e na realidade, isto não funciona. Tudo o que eu quero saber é: a que propósito tudo isto está servindo? Alguns dias eu só quero morrer. – Christine, Inglaterra.

RESPOSTA: Você sabe mais do que iremos dizer – você não tem obrigações indeléveis com aqueles com quem você assumiu a responsabilidade. Esta é uma posição que você escolheu, mas não significa que não possa encontrar outros meios com que eles sejam cuidados. Você afirma que é a única que conhece a maneira certa de proceder e a única que se importa. A maior parte dos outros ficou em segundo plano porque eles não têm nada a fazer, desde que você está cuidando de tudo.

Você lhes deu o poder sobre a sua tomada de decisão e a sua vida cotidiana. Você pode permanecer deste modo ou pode gradualmente começar a mudar para um espaço de se honrar e recuperar um pouco ou todo o seu poder. Esta é uma lição de vida para que você determine se respeita as suas necessidades, ou se é apenas uma doadora.

Alguns de sua família estão no “modo de vítima”, desejando ter outra pessoa que cuide deles, para que assim eles não assumam qualquer responsabilidade. Até certo ponto, você está facilitando a carência neles, estando sempre lá e os segurando. Eles a chamam, em vez de tentarem resolver as coisas, sozinhos. Quanto mais tempo eles permanecerem assim, mais fracos e dependentes se tornarão.

Esta é a sua vida e você toma todas as decisões. Você tem que decidir quando alguém está se aproveitando de você e o que deseja fazer em relação a isto. Você se retratou como um burro carregando o fardo e tem que mudar esta imagem em sua mente, antes que qualquer coisa mude. As escolhas futuras cabem a você. Nada é certo ou errado nesta vida – são apenas lições que você aprende e como este aprendizado ocorre.

http://www.mastersofthespiritworld.com/

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Adriana, do Brasil, pergunta aos Mestres: Meu irmão está passando por um imenso problema em sua vida. Ele conhece os seus defeitos, mas por outro lado, ele está sofrendo algumas injustiças também, e não está em suas mãos resolvê-las. Sei que vocês sabem do que estou falando, assim não preciso expor os problemas aqui. O que posso fazer para ajudá-lo? O que vocês podem dizer para ajudá-lo a lidar com isto e compreender a sua situação? Algum problema sobre o que acontecerá em um futuro próximo e como ele poderá enfrentar a sua vida depois de tudo isto?

RESPOSTA: Seu irmão resistiu a assumir a responsabilidade pelas suas ações, assim ele fez o que queria e está agora pagando as consequências. Ele ouve o que os outros dizem e acha que não é responsável, porque não é a sua idéia. Ele está agora no processo de “crescimento”, assim ele terá que fazer as coisas direito. Tudo o que você pode fazer por ele é ficar do lado dele para apoiá-lo e lhe enviar energia amorosa para lidar com as suas dificuldades. Ele precisa aprender a viver a sua verdade e optar por rejeitar a negatividade e buscar a energia positiva.

Gautam, da Índia, pergunta aos Mestres: Eu tenho uma irmã que não se casou quando jovem. Agora ela está na meia-idade, e quer muito se casar. No entanto, ela não consegue encontrar um parceiro adequado. Será que ela nunca irá se casar?

RESPOSTA: Isto cabe completamente a ela. Ela tem que projetar uma atitude positiva sobre a vida e o homem que ela está buscando. Agora, ela está em um espaço muito negativo, e está, portanto, sendo ignorada pelos senhores à procura de uma parceira.

Célia, de Portugal, pergunta aos Mestres: Gostaria de fazer algo diferente. Gostaria de escrever um livro que possa ajudar as pessoas a lidar com as suas dificuldades. Será que eu seria capaz de fazer isto? Sou mãe solteira também, lidando com o dia-a-dia. Gostaria de ter a coragem de começar a mudar a minha vida.

RESPOSTA: As almas têm a capacidade de manifestar qualquer coisa em que elas invistam o seu tempo e habilidades. Falta-lhe a confiança em si mesma: você deve trabalhar nisto. Compreenda que você é um fragmento afastado da Fonte e tem todo o poder de que a Fonte é composta. Você deve se permitir aceitar este fato e, então, tenha fé em si mesma para avançar. A ação é necessária, sonhar é infrutífero.

Micael, do Reino Unido, pergunta aos Mestres: Por favor, poderiam me deixar saber se nós reencarnamos de alguns dos milhões de outros planetas em nossa galáxia, pois há, obviamente, muitas formas diferentes de vida que Deus criou e eles não podem ser iguais em cada planeta de nossa galáxia?

RESPOSTA: Há a capacidade de habitar muitos locais diferentes. A Terra é o único planeta com dualidade de negativo e positivo. Todos os outros são apenas para experimentar várias habilidades, tais como telepatia, teletransporte, discussões sobre filosofia, ou o estudo sobre destreza física. Os locais e possibilidades são infinitos. Nem todas as almas escolhem ir a locais, que não a Terra.

D. do Canadá, pergunta aos Mestres: Estou em um relacionamento com alguém que eu conheci há muitos anos. As coisas parecem bem, mas a sua família me odeia. Queria saber se o ódio tem qualquer base e se há uma maneira que eu possa mudar isto. Nós nos encontramos em outra vida?

RESPOSTA: Você não lhes deu nenhuma razão para odiá-lo, exceto que a sua filha o escolheu, e não a eles. Eles são muito possessivos e não suportam vê-lo exibindo uma influência sobre a sua filha. Ela o ama e é isto que é importante. Recuse-se a entrar em discussões com eles e lhes envie o amor incondicional, para que eles possam sentir os seus poderes de cura. Você e a sua namorada tiveram vidas anteriores juntos.

Sandra, de Gales, pergunta aos Mestres: Eu não sigo uma religião. Será que isto irá afetar a minha alma quando eu fizer a transição?

RESPOSTA: Práticas e crenças religiosas existem somente no Planeta. Certo e errado podem ser encontrados somente na dualidade aí presente. Depois que a sua alma deixa o corpo, ela entra no amor incondicional do universo, onde tudo o que é visto é o que você foi capaz de aprender com a sua experiência. Sua alma realmente praticou a sua liberdade de escolha para fazer apenas o que os outros ao seu redor lhe disseram que você tinha que fazer – que foi honrar-se e assumir a responsabilidade pela sua vida.

Caroline, do Reino Unido, pergunta aos Mestres: Aos 68 anos, eu questiono o meu propósito na vida e por que eu estive envolvida em assuntos apaixonados com o mesmo homem ao longo de cinco séculos, sendo que atualmente é o sexto. Será que eu não deveria ter aprendido uma lição até agora?

RESPOSTA: O que há de tão errado com os seus assuntos amorosos? Muitos estão invejosos desta capacidade. Somente na Terra, com as respostas nervosas e emocionais do corpo humano, pode-se desfrutar da paixão humana. Isto pode ser um verdadeiro presente. Este homem é do seu grupo de alma e você concordou que a paixão colocasse o “vigor” em sua vida. Você teve muitas outras lições ao longo do caminho, assim aprecie este benefício lateral.

Simone, do Brasil, pergunta aos Mestres: Olá. Sinto-me completamente desorientada em meu caminho. Frequentemente, eu não conheço o caminho certo a seguir na vida. Tenho que tomar uma decisão sobre qual seria o melhor movimento agora. É por isto que lhes peço um conselho sobre as lições que tenho que superar e o que tenho que aprender e doar ao mundo.

RESPOSTA: Toda a razão de você ter vindo à Terra foi para encontrar as respostas às perguntas que você fez. Você conhecerá as suas lições porque elas virão com medo e dúvida. Sua direção será o caminho que a faça se sentir completa e que ressoe em você. Olhe ao seu redor, veja o que lhe interessa, então, decida se é a melhor coisa para você. Se parecer adequado, encontre uma maneira de se aventurar na ação.

Patrícia, de Portugal, pergunta aos Mestres: Por que a minha vida é tão difícil? Eu tenho que deixar o meu país com os meus filhos para ir para a França e encontrar um emprego. Não quero ir embora e deixar os meus pais com idade avançada.

RESPOSTA: A vida se trata de aprender que você tem total livre arbítrio. Há sempre mais do que uma resposta a qualquer problema ou questão. Você não “tem” que fazer nada que não queira. Esteja ciente de que há consequências a cada decisão que você faça. Nunca faça algo porque outras pessoas lhe disseram que você deveria. Faça-o somente se sentir que é adequado para você.

Neuza, do Brasil, pergunta aos Mestres: Meu único filho morreu depois de ficar um ano em coma vegetativo. Ele amava a todos e era amado por todos – incluindo os animais. Cuidava dos seus pacientes com amor (ele era psicólogo). Depois de grandes desapontamentos ele ficou desiludido e embarcou no caminho oposto que ele praticava. Ele era espiritualista, sensível e muito culto. Gostaria de saber se a vida que ele levou, ajudando a todos com amor, foi destruída por uma mudança no final. Em que situação ele está no mundo espiritual? Eu sofro muito com esta dúvida.

RESPOSTA: Todas as almas quando deixam os seus corpos entram no amor incondicional. Não há julgamento em relação a quaisquer coisas “ruins” que elas façam, ou qualquer recompensa por atos excepcionais que elas tenham realizado. Seu filho desejava experienciar tanto as experiências positivas, quanto as negativas nesta vida. Ele fez tudo aos extremos, em tudo o que ele decidiu passar. Ele conseguiu o seu conhecimento e agora voltou ao Lar para relembrar o que aprendeu. Ele lhe envia amor, lastima a dor que lhe causou e quer que você saiba que tudo está bem.

Raphael, do Brasil, pergunta aos Mestres: Gostaria de saber se a pessoa que eu amo – é um homem e eu sou homossexual – pode estar também apaixonado por mim. Não quero interferir em seu livre arbítrio, mas a pergunta principal é: Ainda que ele me diga que ele gosta de mulheres, eu não acredito nele, mas sinto que estou certo. Mas eu gostaria de saber de vocês, se estou “certo”, se vocês não se importam. Gostaria também de saber se há alguma mensagem para mim. E, de coração, obrigado, estejam na luz.

RESPOSTA: Qualquer coisa é possível, mas querer que seja assim, não torna isto assim. Ele está indeciso agora quanto a onde o seu sentimento está sexualmente. Você não quer acreditar que as coisas possam ser diferentes do que você sonha. Sua energia é tão intensa para ele no momento que isto o assusta. Até quando você não fala ou o confronta, ele sente os seus sentimentos. Deixe-o lutar com as suas escolhas. Analise o resto do campo de possibilidades, em vez de querer esperar no portão que poderá nunca se abrir.

Robert, do Canadá, pergunta aos Mestres: Como se pode conectar com a consciência Crística para a própria elevação, o que também elevará todos os outros seres neste planeta, em algum nível?

RESPOSTA: Você não pode. Você não pode fazer algo a outra alma, a menos que ela esteja em perfeito acordo com você e queira as mesmas coisas que você – e, então, ela ainda fará as coisas a sua própria maneira. Todas as almas estão em suas próprias jornadas no Planeta Terra. Elas têm o livre arbítrio para tomar decisões para si mesmas, mas não para os outros.
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Arquivos:
http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Celestial+Voices 
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Vozes+Celestiais
Fonte: http://violetflame.biz.ly/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIMenu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII