PERGUNTEM AOS MESTRES
Através das Vozes Celestiais
Mensagem canalizada por Toni e Peter
11 de outubro de 2017
 
luz de gaia
  UMA APRESENTAÇÃO PRÉVIA DOS ENSINAMENTOS DOS MESTRES

Ah, o Amor - o eterno mistério, ou assim o que alguns querem que acreditemos. Um homem do Reino Unido deseja resolver este mistério e faz uma série de perguntas com este fim. Os Mestres oferecem inúmeros cenários como ilustrações e advertem contra a tentativa de defini-lo de forma precisa.

Uma mãe e filha estavam certas quanto as suas suposições durante uma viagem recente? Os Mestres têm algumas informações em relação a sua sensibilidade e circunstâncias reais.

Uma Brasileira gostaria de saber por que as leituras de tarot de sua amiga parecem sempre menosprezar o seu marido. Os Mestres a esclarecem quanto ao preconceito involuntário da amiga.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página de Mensagens, no site dos Mestres: http://www.mastersofthespiritworld.com/.

Para traduções do Manual dos Mestres sobre a Reencarnação, cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24 - ou na guia Livraria, no site dos Mestres.

Façam o download do Manual dos Mestres na nova tradução em Francês, ou em qualquer dos outros ONZE idiomas listados (até agora).

Amor, Luz e Risos,

Toni e Peter

Celestial Voices, Inc <contact@mastersofthespiritworld.com>

AS PERGUNTAS

O QUE É O AMOR?

PERGUNTA:
Mestres, o que é o amor? É um tipo de energia, ou algo que se comporta de maneira semelhante à energia? Ele pode ser criado? Se assim for, como ele é criado? Quais são as práticas que ajudam a desenvolver a capacidade de criá-lo? Como se pode aumentar a quantidade dele? A união de coisas anteriormente separadas, tornando-se um, não em partes, mas como um todo sem divisões, aniquila as diferenças? - George, Reino Unido.

RESPOSTA: Para começar, temos que esclarecer o que significa coisas diferentes para pessoas, raças, nacionalidades e religiões diferentes. O Inglês usa geralmente a palavra “love” (amor), enquanto outros idiomas podem ter até oito termos agrupados sob o seu termo para amor. “Energia” também não tem um significado definido preciso.

Na forma humana, o corpo percebe o amor emocionalmente, e/ou fisicamente, e/ou mentalmente. Ele pode englobar todo o sistema fisiológico da pessoa, como a atração romântica ou erótica. Com associações familiares ou amizades, é mais mental entrar em conexões emocionais. Quando se trata, digamos, do amor a uma boa comida ou posses, ele se torna físico como um apego, atração, prazer ou satisfação. É uma resposta a alguma forma de estímulo.

No estado espiritual, o amor é o reflexo da perfeição e da magnificência da energia da Fonte em um fluído embrionário que flui continuamente, em que cada alma reúne sabedoria para se aproximar da iluminação total e se tornar Um com a Fonte.

Não há nada de absoluto no universo, de modo que o “amor” não se comporta em nenhum padrão definido para todos os seres humanos, até quando atraídos para o mesmo estímulo. O Amor cresce à medida que se torna mais investido no tema do magnetismo.

Com os poderes e habilidades da alma como uma parte da Fonte, pode-se criar o amor através de vários usos das intenções conscientes e inconscientes. A remoção de todos os obstáculos para estar em uma forma de amor permite que ele floresça. O primeiro passo, é claro, é remover completamente a sua antítese: a negatividade.

Uma introdução é permitir o amor próprio de governar a sua humanidade. A Aceitação é uma fase inicial de apreciar tudo o que você está fazendo como uma alma, com uma jornada. Você atrai para si mesmo aquilo que desejou experienciar com propósitos de aprendizado. Ame-se por todo o esforço que você faz para satisfazer as suas escolhas.

Não tente ser muito preciso em uma definição ou descrição. Assim como a vida varia para cada um de vocês, irá também variar a sua definição de amor

MENSAGENS DO ALÉM

PERGUNTA:
Mestres, estou curioso sobre uma experiência que tive recentemente com a minha mãe. Estávamos viajando por alguns estados e paramos em um hotel durante a noite. Mudamos do primeiro quarto que tínhamos para um quarto diferente, porque tivemos uma sensação estranha sobre ele. Mais tarde, vimos três indivíduos no hotel que me deram uma forte sensação de que estávamos em perigo e de que algo terrível iria acontecer. Estava sentindo algo ou estava sendo paranóico? Como podemos discernir entre os dois? - Skyler, Estados Unidos.

RESPOSTA: A terra e o hotel que você visitou foi o local de vários eventos de fim de vida humana. Algumas das almas que estiveram envolvidas não fizeram ainda a transição porque não sabem que estão mortas. A energia que envolvia estas ações é extremamente negativa e atrai seres humanos vivos que querem se conectar com este sentimento negativo e que também se sentem seguros de que não se destacarão das pessoas normais por causa da energia.

O primeiro quarto foi um daqueles onde ocorreu uma morte. Os três indivíduos que você viu estiveram envolvidos em atividades criminosas relacionadas a drogas e estavam esperando um arranjo através de uma gang rival. Nada aconteceu naquela noite, mas o potencial estava lá. Os homens estavam armados, e se você parecesse interessado ou tivesse interferido com eles, estaria em perigo.

Tanto você quanto a sua mãe são muito sensíveis à negatividade quando ela está presente em quantidades massivas. Seus guias estiveram também fazendo contato com você naquela noite para que você estivesse ciente da diferença do grau de negatividade que estava presente. Este é um aprendizado que você pode levar consigo o tempo todo.

Se você observar atentamente a área ao seu redor, o grau de negatividade será registrado como um termômetro. O único perigo possível para você em tal circunstância seria se isto o atraísse para reunir um pouco desta negatividade em seu corpo, substituindo a sua habitual energia positiva e amorosa.

Quanto mais você se afastar do julgamento do ego, mais pura será a sua presença amorosa e mais fácil será sentir o status daqueles próximos a você. Quando uma alma não está consciente do equilíbrio da energia, a negatividade tem uma força de atração muito forte e tenta capturar uma parte maior de sua essência. Permaneça no amor e no mundo belo e brilhante, sem medo detectável.


LEITURAS DE TARÔ

PERGUNTA:
Mestres, tenho uma amiga que lê tarô profissionalmente. Todas as vezes que temos uma sessão, ela me diz que o meu marido é um homem muito fraco para corresponder ao meu Feminino Divino. Eu o amo muito e temos um relacionamento bom e de apoio. O que ela vê que eu não percebo? Ela não me dá muita explicação e eu fico confusa. Por favor, ajudem-me a entender. - Lilia, Brasil.

RESPOSTA: Sua amiga fica em conflito quando se trata do seu marido. Ela a respeita e o grau de esclarecimento que você obteve e sente que o seu marido a está impedindo de avançar mais e com mais rapidez. O problema é que ela realmente não conhece o seu marido assim tão bem e sente que você ouviria o conselho dele e não o dela, e ela não gosta deste fato.

Sua amiga nunca tentou discutir questões espirituais com o seu marido, assim ela não sabe o quanto ele está ciente. Há também um pouco de conflito de personalidade entre os dois, com você como o prêmio que eles puxam para frente e para trás. Ela está projetando os seus preconceitos em suas leituras.

O relacionamento que você tem com o seu marido é honesto, amoroso e cheio de integridade. Você deve confiar em seus próprios sentimentos quando se tratar de seu casamento. Ela não passa o tempo com ele e você sim.

O tarô ou outras leituras de estilo de adivinhação têm vários aspectos diferentes. Em primeiro lugar, há a informação que vem através do Outro Lado e, em seguida, há a interpretação fornecida pelo leitor. Os dados não ocorrem inequivocamente com apenas um único significado. Ele é entregue com potenciais, com a explicação final dada pelo leitor de sua experiência. Infelizmente, estas explicações estão sujeitas a preconceitos pessoais.

Sua amiga nem sequer está ciente do fato de que ela não consegue ser imparcial quando se trata de seu marido. É por isto que ela não conseguiu lhe dar motivos substanciais para as conclusões que ela está tentando lhe vender. Quando ela lê para você sobre qualquer outra coisa, além de sua vida conjugal, ela é extremamente precisa. Ela simplesmente não consegue fazê-lo quando o seu marido está envolvido.



http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587

Para enviar uma pergunta:
http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=2056

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Sílvia, do Brasil, pergunta aos Mestres:
Imensa gratidão por todo o ensinamento que recebo de vocês. Em minha pesquisa sobre os raios, os Mestres Ascensionados e as cores, há diferenças entre os ensinamentos dos livros da Escola Teosófica e o que é difundido hoje em dia. Quando e por que o Segundo e Terceiro Raios se tornam amarelo e cor-de-rosa respectivamente, se nos ensinamentos de Helena Blavatsky estavam outras cores? As cores estão associadas aos raios? Qual é a sequência correta?

RESPOSTA: Não há linguagem e terminologia em acordo, em relação aos conceitos terrestres que tentam descrever eventos espirituais e não físicos. O que os seres humanos “veem” do mundo não físico difere, com base em sua perspectiva, mas principalmente em suas crenças. Cada pessoa cria a sua própria ilusão da vida. O que você se convence que é importante se torna controlador. Você está tentando controlar as ilusões individuais de várias pessoas que tiveram desejos e intenções diferentes. Crie a sua ilusão e realidade a partir de suas próprias observações em vez de tentar se encaixar nas de outra pessoa.

Vivi, do Brasil, pergunta aos Mestres: Eu não tive uma família “tradicional”, nunca me dei bem com o meu pai (machista), muito violento. Fiquei chateada aos 16 anos por causa disto, desde que nunca vivi com a minha mãe. Sou indiferente a este sentimento que “normalmente” uma filha tem com o outro. Gostaria de saber se esta falta de vínculo familiar, esta violência do meu pai, pode ser algo de vidas passadas. P.S: Fui sempre um espírito livre, tive que me afastar dele para evoluir.

RESPOSTA: Não há tal coisa como normal ou tradicional. Cada grupo de indivíduos cria as suas próprias regras e regulamentos, dependendo do que eles vieram aprender na Terra. Cada situação apresentada a você veio porque isto lhe proporcionava algo que você desejava ver como iria lidar. Não é uma continuação de vidas passadas, mas sim escolhas que você fez para esta vida.

Isabela, do Brasil, pergunta aos Mestres: Por que odeio tanto a minha irmã? Fomos inimigas em vidas passadas? Como posso melhorar o meu relacionamento com ela?

RESPOSTA: Você sente o que se permite sentir. Agora você quer odiar a sua irmã pelas coisas que ocorreram no passado entre vocês. Há ciúme, mentiras, decepção e desrespeito. Quase toda a energia atual vem desta vida. Se você deseja remover este ódio, tudo o que você precisa fazer é criar a intenção de fazê-lo. Quando começar a sentir ódio, pare e pense nela em termos amorosos.

Roseli, de Portugal, pergunta aos Mestres: Falem de mim que sou uma anônima, mas sinto-me cheia de amor divino. Para onde estou indo nesta encarnação?

RESPOSTA: Uma alma decide por que veio estar em um corpo humano e o que ela queria experienciar. No seu âmago está a sua essência, que é o amor incondicional da energia da Fonte. Cabe a você decidir o que virá a seguir. O que a impulsiona? O que a convida a explorar? Use o seu livre arbítrio para cumprir as ideias que você teve antes de vir - interiorize-se e as encontre para obter todas as suas respostas.

Yaskara, do Brasil, pergunta aos Mestres: Como posso me ajudar? Parece muito difícil fazer a coisa certa, seguir realmente o meu coração e permitir que a minha luz seja o meu guia. Magoo a todos que amo, sou tão egoísta... Como posso ser melhor?

RESPOSTA: Em primeiro lugar, você tem que ser sincera consigo mesma. Você cria o mundo em que vive. Você cria os sentimentos que exibe. Decida exatamente o que deseja fazer e ser. Esta é a vida de sua alma e você está no comando. Vá onde você deseja e seja quem quer. Não há nada que seja “certo” ou “errado” em um sentido espiritual - há apenas experiências a aprender sobre você.

Hanne, da Finlândia, pergunta aos Mestres: Por que me sinto claustrofóbica em meu próprio corpo?

RESPOSTA: Os corpos humanos são muito restritivos para a alma eterna, que é amorfa e flui onde quer que ela deseje. Ela pode estar em mais do que um lugar por vez, o que um corpo não pode. A alma pode mudar de dimensões e não precisa de descanso - o corpo não pode.Você está apenas se lembrando de quem você é como uma alma e anseia por esta liberdade.

Vivian, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sinto que falta algo que me tornará, de maneira única, liberta e conectada com o todo. Sei que tenho este conhecimento, mas como acessá-lo? Sinto também falta de um parceiro em minha vida. Se puderem comentar sobre este assunto…

RESPOSTA: O que você sente é a essência de sua alma. Você está ainda conectada com a dualidade da terceira dimensão, particularmente a negatividade usada pela sociedade que julga, para poder se fundir com o seu amor incondicional. Um parceiro não irá ajudá-la em sua jornada espiritual se a iluminação for o seu destino. Remova as ações e pensamentos negativos de sua vida e observe e avalie o que resta - este é o verdadeiro caminho espiritual.

Arttu, da Finlândia, pergunta aos Mestres: Minha pergunta considera as minhas emoções. Vejo que não estou me conectando com as minhas emoções o bastante e que tudo parece muito passivo. Como poderia me conectar melhor com o meu corpo emocional sem a espiral descendente?

RESPOSTA: Emoções são reações físicas a coisas que ocorrem ao redor de alguém. Há dois tipos: aquelas criadas a partir das energias negativas e aquelas de energias positivas. Como elas a afetam depende do quanto você deseja se conectar com elas. Você acredita que elas são algo que você deseja ter como um reflexo de sua vida? Ou é como se você não quisesse ter nada a ver com elas? O crescimento espiritual decorre do próprio alinhamento com a energia amorosa e positiva e o afastamento de qualquer coisa que seja composta por medo e dúvidas negativas.

L., do Sudeste Asiático, pergunta aos Mestres: Sou casada há vários anos com um homem que esteve dividido entre as questões financeiras e familiares e o nosso casamento. Tentei durante todos estes anos sentir o mesmo amor por ele que sentimos inicialmente, mas apesar dele tentar, a sua vida foi muito estressante para ser capaz de dar este amor. Mentiras pequenas e constantes nos distanciaram. Recentemente, eu desenvolvi fortes sentimentos por alguém que está também passando por problemas financeiros e pessoais. Embora tenhamos sentimentos fortes um pelo outro, temos muitas responsabilidades e não temos os meios financeiros para seguirmos em frente. Sinto-me muito deprimida e cansada por muitos anos de disputas e por tentar melhorar as coisas. Estou confusa sobre o que se trata a vida e qual é a coisa certa a fazer. Quero sentir felicidade e paz.

RESPOSTA: Você escolheu lições que avaliam a importância das questões sociais, tais como as finanças, versus viver uma vida de amor e de felicidade. Os homens em sua vida atribuíram muita importância ao dinheiro, e você aceitou isto como necessário. Esta é a sua jornada. O que é certo é o que ressoa com você e a completa. Examine o que você precisa na vida em oposição ao que quer ou deseja. Quando alcançar este ponto, poderá tomar as decisões sobre como viver a sua vida e você encontrará um equilíbrio onde poderá ser feliz.

Ninni, da Finlândia, pergunta aos Mestres: Tento me manter motivada, mas posso sentir este”jogo humano” e me sinto como se estivesse aborrecida por estar aqui. Espero que possam me dar alguma perspectiva mais elevada de como chegar à inspiração por esta vida humana novamente.

RESPOSTA: Você está se permitindo “sentir” a negatividade da dualidade. Ainda que esteja em uma casca humana, você pode deixar de lado a indecisão e o medo e alcançar o amor incondicional do Universo. Conecte-se com a essência de sua alma e experimente os seus poderes e habilidades como uma parte da Fonte.

Nádia, de Portugal, pergunta aos Mestres: Sou muito infeliz por causa de um relacionamento com um homem que diz que me ama, mas que não consegue decidir se ele fica comigo ou com outra pessoa com quem ele também tem um relacionamento. Será que ele tomará uma decisão? Devo deixar esta relação para sempre porque ele nunca irá se decidir?

RESPOSTA: Ele não tomará uma decisão porque ele está se divertindo demais e se satisfazendo com as duas. Nenhuma de vocês colocou exigências para ele, assim ele continua a mudar de uma para outra.

Caroline, do Brasil, pergunta aos Mestres: Tive sonhos em que eu vejo luzes ou objetos distantes no céu noturno, como Objetos Voadores não Identificados. Sinto-me realmente assustada pois eles parecem ameaçadores e alienígenas, como se pudessem me ver e como se estivessem atrás de mim. O que significam estes sonhos? Posso fazer algo em relação a isto?

RESPOSTA: Estes sonhos são um reflexo de sua paranóia de que outros estão contra você e desejam prejudicá-la. Analise por que estas emoções estão presentes. Falta-lhe a autoconfiança e o amor próprio. Você não sente que merece ser apreciada. Você passou vidas entre as estrelas e realmente gostava delas. Relaxe e aceite as suas habilidades para entender e viver em paz.


 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Toni e Peter
https://www.facebook.com/Reincarnation-Guide-137191392985848/
Agradecimentos a: Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com

Por favor, respeitem todos os créditos.

Arquivos deste autor:
http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Celestial+Voices
http://violetflame.biz.ly/blog/?tags=celestial+voices

Traduções em Português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=vozes+celestiais
Compilado por: http://violetflame.biz.ly/
Todos os artigos são de responsabilidade dos respectivos autores ou editores.
Crenças religiosas ou políticas não são defendidas aqui.
Mais em: @ http://violetflame.biz.ly

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII