PERGUNTEM AOS MESTRES
Através das Vozes Celestiais
Mensagem canalizada por Toni e Peter
3 de Novembro de 2017
 
luz de gaia
  UMA APRESENTAÇÃO PRÉVIA DOS ENSINAMENTOS DOS MESTRES

Em resposta às perguntas de uma mulher do Reino Unido, os Mestres fornecem uma revisão básica da Fonte, das almas, da Terra e por que a intervenção divina não é uma boa ideia.

Um Australiano recebe algumas definições e muitas informações detalhadas em resposta as suas perguntas sobre a alma, o eu, o ego, as memórias e a programação. Uau!

Por que uma Finlandesa está de repente tão abatida? Os Mestres descobrem a resposta.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página de Mensagens, no site dos Mestres: http://www.mastersofthespiritworld.com/.

Para traduções do Manual dos Mestres sobre a Reencarnação, cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24 -, ou na guia Livraria, no site dos Mestres.

Façam o download do seu Manual gratuito dos Mestres, na nova tradução em Francês, ou em qualquer dos outros ONZE idiomas listados (até agora).

Amor, Luz e Risos,

Toni e Peter

Celestial Voices, Inc <contact@mastersofthespiritworld.com>


AS PERGUNTAS
A FONTE E A TERRA


PERGUNTA:
Mestres, poderiam me explicar mais a relação entre a Fonte e a Terra? A Terra foi criada deliberadamente para a experiência negativa e positiva e a Fonte controla a evolução? A Fonte poderia controlar fatores na Terra, tais como o tempo e o clima e interceder se os seres humanos estivessem prestes a aniquilar todas as formas de vida, incluindo eles mesmos? Ou a intenção da Fonte é observar e ajudar somente quando solicitada? - Jane, Reino Unido.

RESPOSTA: A Fonte existe e sempre existiu. Ela existia na solidão incondicionalmente amorosa e na magnificência. Durante um tempo de autoconsciência e avaliação, ela começou a se perguntar qual era o oposto do seu próprio ser. Assim, a Fonte rompeu partes de si mesma para explorar o que ela não era: qual é o oposto da perfeição?

Para examinar e aprender tudo sobre a sua natureza, ela teve que estabelecer um local que bloqueasse a energia incondicionalmente amorosa e positiva e ter um igual suprimento de energia odiosa e negativa. Por isto, a Terra foi criada para ser este lugar, uma divisão igual de positividade e negatividade. Nenhum outro lugar assim já foi criado. A Fonte recuou neste ponto e permitiu que as suas almas usassem o seu livre arbítrio para interagir tanto com o positivo quanto com o negativo.

Pensem na Terra como um experimento de ciências sociais. Se a Fonte interviesse de qualquer maneira depois de colocá-la em movimento, os resultados seriam prejudicados, invalidando os dados. Sim, a Fonte poderia ditar a evolução, o clima e os desastres naturais, mas, então, as almas não aprenderiam, pois da outra forma, não seriam responsáveis pelas suas ações.

Mesmo quando solicitada. a Fonte não interfere. Isto não quer dizer que os seres humanos não tenham a assistência do Lar, mas ela vem na forma de conselhos de seus guias, que nunca dirão a uma pessoa exatamente o que fazer, porque isto negaria o seu livre arbítrio.

A Fonte aprendeu muito sobre a natureza da perfeição, observando o que não é perfeito, sobre o amor, através do que não é o amor, e sobre fazer escolhas daqueles que se recusaram e buscam conselhos constantes de outros, permitindo-lhes tomar as suas decisões.

O que a maioria das almas não aceita, ou, possivelmente, deixa até de ter consciência é o fato de que elas são partes da Fonte, com os mesmos poderes e habilidades. Isto significa que elas podem criar, manifestar e direcionar os poderes da natureza e influenciar a humanidade se elas usarem o controle que está em si mesmas.

A intenção é o gatilho para usar as habilidades. A crença é a força motriz. E o amor ajuda a encontrar o equilíbrio, de modo que todos possam ter a experiência que os trouxe ao planeta. E, lembrem-se: Uma alma vem à Terra para interagir com a não perfeição.


AUTOPROGRAMAÇÃO E DESPROGRAMAÇÃO

PERGUNTA:
Mestres, poderiam explicar como a nossa autoconsciência/ego auto-programaram os nossos arquivos de memórias? Compreendo que os nossos corpos têm a sua própria consciência e atuam como um autômato em resposta ao nosso armazenamento de informações e repetem os nossos padrões de pensamentos emocionalmente carregados. Assim, nós literalmente programamos a nossa própria mente? A questão, então, é: como desprogramamos os nossos arquivos de memória e como funciona a interação entre a Alma, o ego e o trabalho consciente do corpo? - David, Austrália.

RESPOSTA: Em primeiro lugar, algumas definições. Seu inconsciente tem dois aspectos. O primeiro é a parte da mente humana que registrou os comportamentos, os padrões e os desejos da mente consciente mais qualquer atividade decorrente da vida presente. O segundo é a parte do conhecimento espiritual e a sabedoria mantidos como parte do seu registro Akashico ou a memória de tudo em que a sua alma já se envolveu, durante qualquer existência em que escolheu reunir experiência.

A autoconsciência é um termo geralmente usado para se referir à extensão em que o ser humano se tornou alertado para as habilidades e poderes disponíveis para ele através da essência de sua alma. O ego é a mente humana consciente que atua na maneira de julgamento social na dualidade, onde tudo não é simplesmente observado, mas, sim, avaliado e julgado.

Quando você diz autoprogramado, você está apenas se referindo à capacidade de uma pessoa, ou alma em relação a este assunto, de se lembrar, consciente ou inconscientemente, de tudo o que viu ou fez, tanto nesta vida, quanto anteriormente. O que está ficando confuso aqui é o fato de que uma alma que tem uma experiência humana deve escolher aquilo em que deseja se envolver. Isto pode remover completamente os eventos passados para ter um novo campo de jogo.

Você não se senta geralmente, como diante de um teclado, e decide como programar as suas memórias - elas apenas existem a partir de suas ações. A alma tem um poder infinito, assim, se ela desejar apagar algo do contato com a consciência humana, ela só precisa colocar esta intenção.

A alma é não física e eterna. O ego está conectado e controla o corpo físico em que a alma entrou. A consciência espiritual tem todas as memórias, mas pode escolher bloquear a maioria para não influenciar o atual ciclo de vida. A consciência ou memória do corpo é tão boa quanto a lembrança que a pessoa decidiu desenvolver.

Se uma alma em uma forma humana deseja desprogramar um comportamento tal como fumar, beber ou se alimentar excessivamente, ela tem que fazer o esforço para criar novos padrões. Isto nada tem a ver com o seu aspecto espiritual a menos que ela esteja lidando com uma lição trabalhada em outra vida que não foi concluída e ela agora optou por revê-la.


ESTADO LÁ, FEITO ISTO, O QUE HÁ A SEGUIR?

PERGUNTA:
Mestres, não sei o que me aconteceu. Eu costumava ser uma pessoa feliz, otimista, com uma imensa energia vital. Agora, na maior parte do tempo, sou uma jovem mulher desesperada, deprimida e cansada. Sinto que já experienciei tudo o que é possível na vida, e que fui muito abençoada por experienciar uma felicidade celestial pura e agora é a minha vez de sofrer. Na maior parte das vezes, sinto que gostaria de terminar a minha vida, porque ela não faz sentido para mim e não quero envelhecer. É tão exaustivo que um dia eu veja alguma esperança na vida, enquanto em outros dias, eu apenas gostaria de desistir e retornar ao Lar. - Reetta, Finlândia.

RESPOSTA: Cada alma cria a sua própria realidade. Sua criação, até recentemente, era uma vida bela, feliz e otimista. Então, você decidiu que era muito difícil afastar a negatividade que governa a sociedade e se permitiu se tornar deprimida e desesperada para que alguém ou algo viesse resgatá-la, enquanto adotava a atitude “Não há nada aqui para mim.”

Você veio à Terra com uma lista completa de coisas que queria fazer e nem mesmo completou metade de suas escolhas. Como você pode dizer que experienciou tudo o que é possível na vida? Você visitou todos os lugares que lhe interessa? Você assistiu a um pôr-do-sol no meio do oceano? Você já passou algum tempo com cada uma das espécies de animais que vivem no planeta? Você já segurou a mão de alguém quando ela fazia a transição? Você já encontrou uma paixão que tornasse magnífico cada dia?

O que aconteceu é que as coisas foram muito fáceis por muito tempo e agora que você tem que colocar um pouco de esforço para conseguir algo novo, você decidiu que quer partir. É sua escolha o que vem a seguir, porque cada alma tem o completo livre arbítrio. Você nunca se imaginou como uma pessoa que desiste diante de dificuldades, mas, é claro, isto não significa que não possa se tornar uma.

Você deixou de se amar, também. Todo o tempo em que tudo ocorreu como você desejava, permitiu-lhe amar e aceitar e seguir em frente com a sua vida. Agora que a energia mudou, e parece ser muito difícil, você se odeia, onde anteriormente você amava tudo o que você tinha escolhido para esta vida.

Não há nenhum “mudar para sofrer” - ou, neste caso, ser recompensada. A mesma situação parece diferente para alguém que não esteja envolvido nela, e cada pessoa decide o seu ponto de vista. A chuva é algo sobre o que reclamar ou algo com que se alegrar? É o momento de avaliar a sua perspectiva.

http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587

Para enviar uma pergunta:
http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=2056

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Júlia, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sei que todos têm as suas próprias oportunidades, provas e escolhas. Minha prima é homossexual, e a sua mãe não aceita isto. Ela sofre muito com isto e eu gostaria de ajudá-los.

RESPOSTA: Cada alma faz as suas próprias escolhas, como você bem entende, mas o que ela pensa daqueles ao seu redor é outra coisa. Discordar com o que uma alma escolheu para um estilo de vida é usar o julgamento para determinar que ela está errada. A sociedade é controlada pelo julgamento do ego e reside na negatividade. Sua prima está sendo sincera com os seus sentimentos sobre a experiência que ela veio ter. A mãe dela está permitindo que a sociedade ajude-a a julgar que a sua filha está “errada”. Em um sentido espiritual, nada é certo ou errado. Tudo o que você pode fazer é enviar amor incondicional a elas, para que elas possam se entender e aprender a honrar as escolhas que cada uma fez.

Tony Sandy sobre a leitura do Livro de Larry Dossey, A Mente,- fez-me pensar se a reencarnação poderia explicar a homossexualidade, que os homens agindo como mulheres e vice-versa, incluindo características corporais transmitidas da mesma maneira que são os sinais (mulheres com corpo masculino e homens em corpos femininos)? Isto explica toda a raiva por operações de mudanças sexuais porque as pessoas estão confundindo a identidade sexual de vidas anteriores com a atual forma do corpo e tentando forçar o corpo a se conformar com isto, ao invés de perceber de onde vem realmente a confusão (de vidas passadas, e não de corpos atuais?)

RESPOSTA: Não existe uma maneira “normal” ou absoluta de duas almas escolherem as suas lições. Todos são diferentes. Cada alma exercita o seu livre arbítrio em cada vida.

Isabela, do Brasil, pergunta aos Mestres: Por que odeio tanto a minha irmã e a minha mãe?

RESPOSTA: Você veio à Terra para experienciar os vários aspectos do ódio. Para aprender esta lição, é o momento de se interiorizar e ver por que você as odeia tão intensamente. Pergunte ao seu inconsciente de onde se origina o ódio. Siga-o através das camadas de interação que ocorreram. Remova a negatividade de cada uma e a substitua pelo amor. É claro, tudo faz parte do seu livre arbítrio para entendê-lo ou deixá-lo assim.

Rashiha, da Índia, pergunta aos Mestres: Tive um entendimento ou insight de que como percebemos o nosso mundo não é como ele é, de fato. Quando eu mudo o meu foco do momento atual (por exemplo, escrevendo o meu diário em meu quarto) para o próximo momento, é como fazer o que deveria como a única realidade. Tudo o mais são idéias e imaginação, etc. Fico oprimida por este insight. Poderiam, por favor, explicar com detalhes o processo de mudar a minha consciência do momento para o próximo momento?

RESPOSTA: Estamos um pouco confusos porque isto a oprime muito. Se você está dentro e a temperatura é agradável, e, então, você sai e está congelando e nevando, você fica oprimida? Você está apenas sendo apresentada a uma série diferente de estímulos. O que você observa ou participa cabe inteiramente a você. Se a mudança de temperatura é muito drástica, coloque um casaco antes de sair. Sua realidade se torna o que você aceita como se aplicasse a você, enquanto você se concentra nela, naquele momento. Não importa o que outra pessoa sinta que seja a realidade dela. Ela não pode afetar a sua, a menos que o permita. No próximo período de tempo, a informação em torno de você mudará com base em tudo o que contribui para o seu ambiente.

Wanessa, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estou sofrendo muito porque não posso viver um amor especial. Vivo no Brasil e ele na Europa. Ele é recém-divorciado, tem uma ex-esposa complicada, dois filhos e quer mudar de emprego e reestruturar a vida financeira. Ou seja, este não é um bom momento para nós. Mas sinto que somos especiais um para o outro. Ele se posiciona como racional, mas está também sofrendo. Será que estamos predestinados? Ficaremos juntos nesta vida?

RESPOSTA: Nada na vida é predestinado. Você tem o livre arbítrio, assim como ele, para tomar cada decisão sobre situações quando elas vierem a vocês. Você precisa, em primeiro lugar, examinar por que tem sentimentos tão intensos sobre esta pessoa que apresenta tantos obstáculos para uma união. Para estabelecer um relacionamento de partilha, ambas as partes devem ser capazes de cuidar e de interagir apenas com elas mesmas. Ele não está preparado e não estará preparado por algum tempo. Você é um porto seguro para ele, que ele visita quando quer negar as obrigações que ele aceitou. Não se apresse muito em tomar decisões, até que o veja sob várias circunstâncias diferentes.

Ana Paula, do Brasil, pergunta aos Mestres: Preciso de conselhos. Como posso encontrar um lugar onde eu possa desenvolver a minha espiritualidade? Posso confiar no “Santo Daime”? Onde eu estou, eu tenho tudo o que eu preciso?

RESPOSTA: Você precisa encontrar algo que ressoe com você. Você procura alguém que lhe diga o que fazer, de modo que não tenha que assumir a responsabilidade pelas suas decisões. Santo Daime é como qualquer outra religião organizada - ela atrai e auxilia alguns e se torna controladora com outros. Ao participar de cerimônias com o Ayahuasca, você foge dos limites do seu corpo terrestre e pode comungar com os espíritos. A dificuldade é que você tem problemas para dizer o que é a terceira dimensão física e o que é não físico. Reúna informações de outros sobre as suas jornadas espirituais e veja o que lhe atrai.

Naij, do Brasil, pergunta aos Mestres: Passei pelo meu momento do despertar, tentando ser positiva e começando a me encher de luz. No entanto, vivo com o meu enteado de 18 anos e não consigo lidar com a sua energia. Tento não julgar, mas a sua energia violenta e a energia que ele manifesta me drenam. Além disto, a minha filha tem 10 anos e notei a sua energia de abuso sexual em relação a ela. Durante todo o tempo eu tento protegê-la com luz. Assim, eu preciso lidar com o medo de que ele possa machucá-la. Sei que o oposto do medo é o amor, mas como posso lidar com isto? Estou no caminho certo? Por que é tão difícil lidar com energias que são tão diferentes da nossa?

RESPOSTA: Você precisa parar e falar de suas preocupações com o seu marido. Você tem medo de que ele tome o lado do seu filho e negue as suas observações. Isto é algo que você realmente precisa saber para o futuro. Você precisa aumentar a sua conexão com a energia amorosa e positiva. O primeiro passo é evitar qualquer negatividade quando senti-la. Envolva-a com uma explosão intencional de amor positivo do seu corpo, com a certeza de atrair mais amor incondicional do universo para substituí-la. Seu enteado só poderá drená-la se você lhe permitir que faça isto. Envolva-se com luz e lhe envie amor sempre que ele estiver perto.

Camile, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estava em um relacionamento, achando que ele era a minha alma gêmea, mas no fim, ele foi muito ruim e cruel. Desde então, estou muito desorientada e, talvez, bloqueada. O que posso fazer para entender e terminar esta lição?

RESPOSTA: Perdoe-se por investir tanto tempo para criar algo do relacionamento que era unilateral. Você o amou, mas ele nunca a amou realmente. Quando alguém sente muito amor pelo outro, ele já quer pensar que a pessoa é a sua alma gêmea e que tudo será perfeito - isto é apenas um sonho. Deixe de lado a sua fantasia e crie a vida que você merece. Você pode trazer um amor para a sua vida se remover todas as ligações com o seu passado. Você não precisa esquecê-lo porque isto lhe dará uma estrutura que lhe permitirá ver onde a próxima união está dando certo ou errado. Apenas não deixe que isto a retenha.

Sa, da Índia, pergunta aos Mestres: Estava apaixonada por um homem. E agora terminamos o nosso relacionamento por causa de desentendimentos familiares. No entanto, eu percebi ultimamente que ele não é o tipo de homem com quem eu queria viver. Às vezes, parece que ele tira toda a minha positividade por causa de suas complexidades de pensamento. Temo que ele não seja o que pretende ser. Estou certa e preciso me afastar dele?

RESPOSTA: Você se tornou muito sensível às verdadeiras origens de sua energia. Você desejava desesperadamente um relacionamento duradouro e ignorou todos os sinais de alerta que estavam presentes. As escolhas de agora em diante são suas. O que você acha de ter mais algo a ver com este ser humano enganoso? Honre-se e siga os seus sentimentos.

Carmen, da Romênia, pergunta aos Mestres: Por que estas dores e inflamações aparecem e desaparecem em meu joelho esquerdo e na minha mão esquerda? O que o meu corpo está me sinalizando?

(De acordo com a legislação dos Estados Unidos, os Mestres Espirituais não diagnosticam ou prescrevem em condições médicas. Suas observações são baseadas no Espírito e dizem respeito a lições de vida. Os leitores podem gostar de rever os detalhes do livro/manual dos Mestres sobre a Cura.)

RESPOSTA: Aflições ligadas ao lado esquerdo do corpo geralmente se referem às ações com que você não está lidando - coisas que a estão retendo. Você não quer processar e avançar nas lições, assim permanece estática, não as agarrando ou avançando em direção a elas. Observe os medos e dúvidas em sua vida, examine-as e determine por que eles estão ainda por perto e o que irá completá-los para que possam ser dissipados.

Sara, da Finlândia, pergunta aos mestres: Minha visão ficou de repente muito melhor, mas agora ela regrediu. Minha visão parece piorar gradativamente, mesmo em apenas 6 meses. No entanto, eu me sinto saudável e bem, e não tenho problemas físicos. De onde decorre isto e como posso me ajudar para ver melhor, para me alinhar melhor à energia de uma boa visão?

(De acordo com a legislação dos Estados Unidos, os Mestres Espirituais não diagnosticam ou prescrevem em condições médicas. Suas observações são baseadas no Espírito e dizem respeito a lições de vida. Os leitores podem gostar de rever os detalhes do livro/manual dos Mestres sobre a Cura.)

RESPOSTA: Há inúmeras lições nesta vida de que você está se esquivando. Você não quer vê-las, de modo que ignora a sua presença. Isto se reflete em sua visão. Quando você reconhecer os seus medos e dúvidas (suas lições), as coisas se tornarão mais claras para que você possa abordá-las. Quando você encobre as advertências, você não as vê e tem dificuldades de ver algo mais. Vá em busca daqueles sinais de lições, interiorize-se nelas, compreenda-as e, então, resolva a negatividade que elas deixaram ao redor.

Jenny, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Poderiam me falar sobre uma carreira e um país para onde eu deveria me mudar?

RESPOSTA: Não. Cada alma tem o livre arbítrio e pode aprender somente ao aceitar a responsabilidade pelas escolhas que ela faz. Examine as possibilidades. Veja o que a atrai e depois manifeste-o em sua vida.

Michael, do Reino Unido, pergunta aos Mestres: Quando há uma ataque terrorista, ou outro incidente semelhante, os atacantes e as suas vítimas concordaram anteriormente de participar deste cenário, antes do início desta vida, a fim de aprender determinadas lições, ou este é um ato aleatório não planejado, causado por alguma força negativa?

RESPOSTA: Nada é totalmente não planejado. Alguns dos participantes podem ter sido ambivalentes sobre ser uma parte do evento e decidiram no último minuto se envolverem. É comum que uma alma decida que ela deseja fazer parte de um evento de elevação de consciência, sem conhecer a natureza exata deste. As “forças negativas” não têm controle em si mesmas. É uma alma cumprindo as suas lições escolhidas que precipitam estes incidentes.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Toni e Peter
https://www.facebook.com/Reincarnation-Guide-137191392985848/
Agradecimentos a: Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com

Por favor, respeitem todos os créditos.

Arquivos deste autor:
http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Celestial+Voices
http://violetflame.biz.ly/blog/?tags=celestial+voices

Traduções em Português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=vozes+celestiais
Compilado por: http://violetflame.biz.ly/
Todos os artigos são de responsabilidade dos respectivos autores ou editores.
Crenças religiosas ou políticas não são defendidas aqui.
Mais em: @ http://violetflame.biz.ly

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII