PERGUNTEM AOS MESTRES
Através das Vozes Celestiais, canalização de Toni e Peter
22 de Outubro de 2015
  Luz de Gaia  
  Uma prévia dos Ensinamentos dos Mestres

Uma mulher da Singapura parece estar buscando uma mágica para mudar a sua vida. Os Mestres têm que refreá-la com uma explicação da maneira com que a jornada humana da alma realmente funciona.

Vocês já se sentiram como um fracassado e como se não pertencessem a lugar algum? Uma Finlandesa, que é a segunda correspondente desta semana, tem estes sentimentos e precisa do diagnóstico paciente dos Mestres e de suas sugestões para lidar com isto.

Nossos corações estão com uma Inglesa, cujo parceiro foi assassinado. É fácil de entender a sua angústia, e esperamos que ela compreenda a mensagem dos Mestres de que este sofrimento é uma lição de vida escolhida, da qual ela irá adquirir sabedoria e amor próprio.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página das Mensagens, no site dos Mestres: http://www.mastersofthespiritworld.com/.  (ou abaixo).


UM LEMBRETE: O MANUAL DOS MESTRES SOBRE A REENCARNAÇÃO ESTÁ AGORA DISPONÍVEL EM FINLANDÊS!

Cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24,  ou no item Livraria, no site dos Mestres – para baixar o seu manual gratuito dos Mestres, com opção para NOVE idiomas. E não terminamos ainda. Fiquem atentos para traduções de idiomas adicionais.

Luz, Amor e Risos

Toni e Peter.
Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com

AS PERGUNTAS
MUDANÇAS E REALIDADES ALTERNATIVAS

PERGUNTA:
Mestres, eu gostaria de saber se eu tenho uma opção de alterar os acordos e contratos de alma que fiz antes da encarnação se eu decidir hoje que não quero mais explorar o tema que a minha alma anseia e, em vez disto, quiser mudar para um tema diferente. Será que tenho o completo livre arbítrio para fazer isto? Desde que há infinitas realidades alternativas, o que determina o que se manifesta? Se eu quiser agora obter um trabalho na área de investimentos, em uma realidade paralela, se eu me alinhar com esta vibração, ainda que não tenha as credenciais necessárias, posso ainda me qualificar e conseguir este emprego tão sonhado? – Nicole, Singapura.

RESPOSTA: Uma alma tem sempre o livre arbítrio total, o que significa que você pode mudar quaisquer acordos e contratos que tenha feito anteriormente. A dificuldade para um ser humano é que a mente pensante, que é regida pelo julgamento do ego, não é o fator decisivo. A alma inconsciente é a que decide sobre quaisquer mudanças.

A mente humana sempre se afastaria das lições complexas e difíceis e quer fazer algo que ela determina como fascinante e divertida. A maior parte das almas que deseja mudar para um tema completamente diferente terminará esta vida e voltará para uma situação que alimenta a sua nova auto-imagem. Isto é frequentemente realizado através do suicídio.

Há um número infinito de realidades desde que cada alma dita a sua própria realidade. Como a sua realidade parece, depende unicamente de você, mas é verdadeira para você apenas. Se você quisesse que outras pessoas compartilhassem desta realidade com você, você teria que se certificar de que elas escolheram o mesmo tempo e espaço para o seu lugar nela.

Você não pode criar uma posição para si mesma de investidora, médica ou bombeiro, a menos que tenha preparado o seu corpo para esta posição. O propósito de entrar em um corpo humano é experienciar lições de vida e compreender e aprender com elas. Você não cria uma sala de jogos desejada para realizar um papel que sempre quis.

Se tiver um desejo extremo de experienciar um cenário particular, precisa fazer acordos e contratos anteriores para garantir que todos os atores estejam presentes. Então, você tem que se transportar para este ambiente e se preparar, através da formação e do treinamento, para que assuma o seu lugar nesta realidade.

Outra possibilidade é se colocar na situação desejada durante o seu período de sonho. Isto lhe dará a sensação do seu sonho, mas não da realidade.

À PROCURA DE APOIO E SUCESSO

PERGUNTA: Mestres, por que parece que eu sempre fracasso? Estive realmente ansiosa para começar novas coisas, acreditei que isto é a coisa certa para mim, este é o meu Sonho e isto sempre termina com decepção. Sinto como se não tivesse o meu próprio “clã” e me sinto desorientada e solitária. Mantenho ainda a minha fé, mas parece que volto ao ponto de partida novamente – Sinia, Finlândia.

RESPOSTA: Quando o seu mundo termina em decepção, é porque as suas expectativas não estão em alinhamento com a realidade potencial. Se o seu sonho é ser uma princesa, e estuda muito para aprender toda a pompa e circunstância, mas não tem a linhagem, você nunca será uma princesa. Você poderia ter uma oportunidade se você se casasse com um príncipe, mas não há muitos por aí.

Você não sabe quem você é. É por isto que não consegue encontrar o seu “clã” e se sente constantemente desorientada e solitária. Você é uma alma que está tendo uma experiência humana, e tem o livre arbítrio para decidir como viver esta vida.

Você acha que deveria duplicar o plano de algumas outras pessoas ao seu redor – seu suposto “clã”. O que você precisa fazer é aceitar que tem o poder e a capacidade de criar aquilo que gostaria de entender e viver, e que esta é uma jornada solitária. Ninguém pode fazê-la por você, nem ninguém precisa das mesmas situações que você.

Você está atraindo para si mesma as coisas que decidiu anteriormente que queria aprender, mas não está se permitindo realmente observá-las e se encontra no caos. Quando você alcança o ponto onde a realidade não corresponde a sua expectativa, você levanta as suas mãos no ar e diz: Vamos fazer tudo isto novamente. Siga, através dos sonhos e planos, sendo a observadora do que está acontecendo no momento, enquanto avança.

Você está desistindo cedo demais de novas situações – antes de ver se elas são adequadas para você. Tente algo novo e descubra que o que é ideal para você, não é algo que possa ser feito rapidamente. Você tem que aprender os procedimentos, sentir-se confortável com eles e, em seguida, torná-los seus.

POR QUE O MEU AMOR MORREU?

PERGUNTA: Mestres, recentemente eu perdi o amor da minha vida, que foi assassinado. Embora eu esteja ciente de que escolhemos o momento de nossa morte, acho difícil compreender por que eu iria experienciar um amor tão incondicional quanto o amor que ele me deu, apenas para que ele fosse arrancado. Sinto como se eu estivesse sendo punida. Tenho sido atormentada por pensamentos suicidas, na esperança de que possa ver novamente o meu amor. Pedi ao universo por ele, visualizei-o antes de encontrá-lo. Não entendo por que ele teve que partir quando planejávamos uma vida juntos. Acho difícil acreditar que eu experienciarei este amor novamente, como se eu tivesse perdido a minha chance. Quais são as lições a serem aprendidas a partir da perda de um grande amor? – Adela, Inglaterra.

RESPOSTA: Quando o seu amor parte antes de você, começa um exame de busca da alma sobre por que as coisas mudaram de forma tão drástica – que é o processo pelo qual você está passando neste momento. As almas vêm à Terra para aprenderem sobre si mesmas, e isto pode ser apenas feito ao experienciar a negatividade que se opõe ao amor incondicional.

Este homem foi um companheiro de alma com quem você compartilhou muitas vidas e com quem fez um contrato antes desta vida para que você experienciasse a dor emocional, mental, espiritual e física. A idéia era que você se ligasse à força interior proporcionada pela energia da alma, que é a sua essência. É ao reconhecer que você é, antes de tudo, uma alma – um fragmento da energia da Fonte, que é o próprio amor incondicional – que você completa a sua razão de deixar o Lar e vir para a dualidade da Terra.

Seu companheiro de alma e você, existiram juntos durante milênios e farão isto pela eternidade em suas formas energéticas. Ele não a deixou, pois ele está zelando por você e lhe enviando a energia do amor para trabalhar nesta luta. Todos os planos que vocês fizeram com as suas mentes físicas, com base no ego, mentes da terceira dimensão, foram com o propósito de criar o cenário para o seu tempo, sem a sua presença física.

O amor que é o mais importante para você sentir agora, é o amor próprio. Você escolheu este caminho como uma maneira de compreender melhor o conceito do amor físico e emocional. Aceitar este fato é ter o amor pela pessoa que você é, aquela que tem a força de continuar e de aprender mais antes de retornar ao Lar para se reunir com o seu amado e todos os outros companheiros de alma.

De: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587
Perguntas: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=2056

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Alex, do Brasil, pergunta aos Mestres: Gostaria de saber por que em todos os meus relacionamentos há sempre desconfiança e infidelidade, gerando conflitos e baixa auto-estima. Fui casada e tive dois filhos e não estava me sentindo valorizada e amada. Deixei o meu casamento. Conheci uma terceira pessoa onde nos apaixonamos. Acredito que seja a minha alma gêmea e durante três anos estou tentando ter uma relação saudável, mas há sempre conflitos e muita desconfiança. Não sei se sigo em frente com ele e acredito que tudo irá melhorar e que seremos capazes de termos paz e vivermos bem, ou seguir sem ele. Poderiam me ajudar?

RESPOSTA: Você está trazendo para a sua vida algumas lições com que desejava interagir. Você tem a sensação de que não é digna de ser amada e que será enganada e que não lhe será dito a verdade. Você não pode sentir quando uma pessoa está mentindo para você, assim suspeita que todos estão tentando enganá-la. Seu atual relacionamento não envolve uma alma gêmea, mas alguém que tinha concordado em ajudá-la a descobrir sobre o amor. Os argumentos que você está tendo se tratam de mal entendidos onde suas expectativas não são compartilhadas com o seu companheiro. Você precisa aumentar a sua comunicação e admitir quando estiver se sentindo como se uma traição estivesse próxima.

Katja, da Finlândia, pergunta aos Mestres: Gostaria de saber o que são estas pequenas “bolhas” que eu vejo no ar. Bolas que parecem “núcleos”. Às vezes, as bolas caem muito lentamente e às vezes, as bolas se elevam e, então, fluem no ar e caem lentamente. As bolas também aparecem através de figuras, como figuras estelares. O que são estas bolas e por que eu consigo vê-las?

RESPOSTA: Você é muito sensível às energias no ar. O que você está vendo na maior parte do tempo, são seres não físicos ou almas, que estão viajando ao redor, em veículos convenientes, que algumas pessoas chamam de orbes. As almas gostam de ver o que está acontecendo no planeta e visitam sempre que estão procurando algo para fazer ou quando pensam que algo interessante está prestes a ocorrer. Ocasionalmente, o que você observa é uma projeção de alguns seres que tentam se divertir ou a você.

Ma, do Brasil, pergunta aos Mestres: Não acredito que as pessoas estejam destinadas a ficarem juntas, mas gostaria de saber se ou o meu ex, ou o meu atual namorado tem uma ligação de alma comigo. Tive muito em comum com o meu ex e nos dávamos bem, mas ele optou por não se comprometer no momento. Amo o meu atual namorado, mas o nosso relacionamento é muito complicado. Estou muito confusa e pensando em seguir em frente.

RESPOSTA: Você não teve contratos anteriores com qualquer um destes homens. Você foi atraída para eles por causa de como eles se apresentaram a você. Assim como com os amigos na vida, às vezes, vocês se dão muito bem, então, quando mudam ou evoluem, vocês não têm mais nada em comum e é o momento de avançar. Esta é a sua vida e você tem o livre arbítrio para decidir o que quer fazer. Siga os seus sentimentos e a sua intuição.

Nancy, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Meu gêmeo e eu tivemos a fusão de nossos corpos astrais. Estamos reunidos permanentemente agora? Estou encarnada para ser iluminada por todos. O que eu preciso saber para nos ajudar a trabalhar juntos para o benefício de todos? Ele diz que está formando uma Terra Pura com base no trabalho que eu realizo. Isto é possível? O que eu preciso saber para ser mais útil a nossa união, que é a base do nosso potencial para ajudar os outros, por favor?

RESPOSTA: Este homem não é a sua alma gêmea, mas um companheiro de alma muito próximo com o qual você encarnou muitas vezes. A união em um plano astral permite que vocês fundam as suas energias para se ajudarem. A terra física está somente aqui na dualidade do Planeta Terra, onde você tem que competir com a negatividade para alcançar a energia do Amor Incondicional da Fonte. Para ir mais longe, livre-se de qualquer julgamento e resida na avaliação onde nada é certo ou errado e que todas as jornadas são aceitas e honradas.

Derek, da Irlanda, pergunta aos Mestres: Qual é a situação que me leva a encontrar a minha companheira de alma?

RESPOSTA: Não é necessário encontrar um companheiro de alma espiritual. Para encontrar um relacionamento físico que seja participativo e amoroso, você tem que aceitar a sua habilidade de manifestar a sua intenção. Decida quais as características que você deseja que a sua companheira tenha e envie esta intenção ao universo para trazer esta pessoa para você.

Doris, do México, pergunta aos Mestres: O espírito de um faraó veio a mim há 6 meses e eu viajei e perdemos a conexão. Como posso recuperar a conexão com o mundo espiritual? Ele costumava me dizer para acender velas e permanecer imóvel na escuridão total. Como posso fazer contato com o mundo espiritual?

RESPOSTA: O espírito que veio até você não era da Luz. Era uma alma cujo corpo tinha deixado de viver, mas não queria retornar ao Lar, por medo. Ele queria que você ficasse deitada na escuridão, de modo que ele pudesse vir e tirar a sua energia, sem dificuldade. Ele agora avançou. Sempre que você se conectar com espíritos, certifique-se primeiro de dizer ao universo que deseja manter contato somente com seres da Luz. Peça aos seus guias para ajudá-la na comunicação, quando for dormir e ao acordar. Em outros momentos, limpe a sua mente de seus pensamentos pessoais e faça uma pergunta que deseje que seja respondida – e, então, ouça a resposta.

Anna, da Índia, pergunta aos Mestres: Tenho 32 anos, sou casada e tenho uma filha de 7 anos. Eu a amo muito. Tenho um desejo intenso de ter um segundo bebê. Mas a nossa condição financeira não é muito boa. Eu duvido constantemente de poder proporcionar um bom padrão de vida a dois filhos. Este pensamento me faz optar por não ter outro bebê e isto me faz entrar em depressão. Há quatro anos eu abortei o meu segundo filho, com cinco semanas, devido a razões financeiras. Será que é esta culpa que cria o desejo de ter outro filho e me coloca em depressão? Não sou capaz de desistir do meu desejo.

RESPOSTA: Você está cheia de culpa pelo aborto e acha que pode fazer tudo certo ao ter outro bebê. Você vive no amor incondicional de sua filha e acha que outro bebê preencheria o seu mundo com mais amor. Você precisa encontrar o amor próprio que reside dentro de você. Você almeja o amor, mas se despreza. Encontre o amor e, então, reavalie ter outro filho.

Beth, da Inglaterra, pergunta aos Mestres: Amo o meu namorado, mas acho que não tenho um futuro com ele. Será que devo persistir ou afastá-lo?

RESPOSTA: Você tem o livre arbítrio para escolher cada aspecto de sua vida. As situações se apresentam para você, de modo que possa aprender as coisas que desejava antes de vir. Uma de suas lições era assumir a responsabilidade pelas suas decisões e se respeitar, fazendo sempre o que parece adequado para você. Pergunte-se por que você está com esta pessoa quando há muitas outras lá fora.

Luciana, do Brasil, pergunta aos Mestres: Voltei com o meu ex-marido... mas estou tendo problemas com ele... Temos um filho... Penso se estou com o verdadeiro amor.

RESPOSTA: Uma situação de “amor verdadeiro” é aquele em que ambas as partes compartilham igualmente do relacionamento. Se você sentir que está sendo respeitada e querida, então, é o seu verdadeiro amor. Se sentir que está sendo traída e usada, ele não é. Apenas você pode determinar como ele afeta a sua vida.

Raquel, de Portugal, pergunta aos Mestres: Vocês proporcionaram um conselho extremamente preciso e útil há um ano e meio sobre a minha sogra e a sua filha e a sua influência no comportamento do meu marido. O que vocês vêem agora?

RESPOSTA: Seu marido começou a ver um pouco das coisas que elas fazem para você e reconhece que ele não gosta disto. Ele não está ainda no ponto de lhes dizer para parar, embora as tenha criticado uma ou duas vezes.

Débora, do Brasil, pergunta aos Mestres: Por favor, ajudem-me! Meu amigo tem sofrido intensamente porque ele acha que está sendo enganado pela família e pelas pessoas que vivem com ele. Ele está tendo pensamentos negativos e suicidas. Estou angustiada. Gostaria de ajudá-lo, mas não sei como.

RESPOSTA: Seu amigo desistiu de si mesmo. Ele acha que as pessoas estão contra ele, quando ele não está realmente ouvindo o que eles estão lhe dizendo. É mais fácil para ele se apegar à negatividade, do que ser positivo e otimista. É uma escolha que ele está fazendo e ninguém pode levá-lo a mudar, a menos que ele esteja disposto. Esta é uma lição para você que não pode ajudar os outros em suas escolhas. Isto cabe a eles.

Holly, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Gostaria de saber mais sobre a intensa ligação que sinto com o meu companheiro. Gostaria também de saber se ele é a minha alma gêmea, ou um companheiro de alma.

RESPOSTA: Seu parceiro é um companheiro de alma que você conheceu desde que foram divididos da Fonte. Vocês tiveram muitas existências juntos e geralmente faz a maior parte dos contratos de vida importantes com ele, de modo que esteja segura de aprender o que deseja. Ele não é a sua alma gêmea – a sua outra metade.


 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=1453
Traduções para o Português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=vozes+celestiais 
Agradecimentos: Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com
Por favor, respeitem todos os créditos.
Arquivos deste autor: http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Toni and Peter
Fonte: http://violetflame.biz.ly
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII