PERGUNTEM AOS MESTRES
ESCURIDÃO E LUZ
Pelas Vozes Celestiais
14 de Junho de 2013
 
  Aproximadamente em 1578, o místico espanhol São João da Cruz escreveu um poema sobre a jornada da alma, que mais tarde foi elaborado, e que é um clássico na Literatura Cristã.

O primeiro escritor para os Mestres hoje, um Australiano, tem que lidar com esta situação em sua própria vida. Ele usa a frase: “A devastação da auto-identidade e o potencial que isto pode revelar”. Esta é a primeira frase do que parece uma profunda troca pessoal com os Mestres. Sua resposta é uma parte do texto de uma qualidade que nos convence da maturidade dos Mestres, e que eles realmente são o que nos dizem.

A escuridão na forma de um pesadelo recorrente é a questão sobre a qual um amigo Canadense escreve a segunda carta nesta semana. Os sonhos são muito variados. Pode-se perguntar se eles são metáforas que criamos para nós mesmos, ou uma invenção de uma entidade espiritual que está tentando nos ferir, ou simplesmente uma falha de memória. Os Mestres nos ajudam a recuar um pouco ao vermos a situação, e então as próprias experiências de vida do escritor são habilmente trazidas em sua útil resposta.

O Solstício de 2012, e todas as terríveis previsões das calamidades que foram feitas por outros naquele tempo, são mencionados na terceira carta, desta vez, da Itália. O escritor duvida que haja muito significado na data, porque não foram observados grandes desastres no Planeta Terra. Os mestres dão uma resposta dupla.

Primeiro, que houve muitos acidentes terríveis e desastres naturais e, segundo, que (como eles sempre disseram), este período de grande trauma na Terra tem uma vida mais longa, do que apenas um dia. Os problemas começaram 10 anos antes do Solstício e continuarão por outros dez anos. Vamos atestar esta informação como sendo a que os Mestres sempre nos fizeram, e que empregaram em várias respostas anteriores.

Luz, Amor e Luz,

Toni e Peter

http://www.mastersofthespiritworld.com/

AS PERGUNTAS

A NOITE ESCURA DA ALMA

PERGUNTA: Mestres, por favor, discorram sobre o propósito e o valor da experiência mística conhecida como “A Noite Escura da Alma”. Não como comumente confundida com a simples depressão ou tristeza. A devastação da auto-identidade, e o potencial que isto pode revelar. Mark, Austrália.

RESPOSTA: O processo natural chamado de “a noite escura da alma”, é uma batalha entre o Eu Superior, a essência da alma e o ego. Quando a alma encarna em um corpo, ela mergulha na sociedade do ego e é criada para aceitar que o julgamento é a única maneira de avançar na vida.

Quando as pessoas alcançam um ponto onde nada que controlou a sua existência faz mais sentido para elas, passam por um período de extrema dor e desorientação. Elas sentem que não pertencem, e que tudo e todos estão contra elas. Elas podem tentar se reconectar com a energia da Fonte para reunir a sabedoria de sua alma, que foi esquecida no nascimento, ou podem simplesmente lutar contra o mundo, expondo-se à negatividade.

O primeiro sintoma que aparece é a depressão – nada parece se encaixar. A depressão é uma perda de todas as impressões sobre a maneira com que a vida deveria ser, resultando em uma lousa em branco. Tudo está em conflito, porque a sua identidade específica foi perdida.

Para enfrentar a noite escura, deve-se lutar para criar uma nova compreensão da razão para a sua existência. Isto pode se transformar em um profundo esclarecimento e conexão com o eu superior, ou pode-se transformar em um indivíduo com emoções negativas e culpando o mundo pela condição.

As pessoas não podem evoluir sem aceitar a total responsabilidade pela sua vida. Com a aceitação vem o conhecimento do por que as lições escolhidas as tornaram quem são nesta vida. Passar pela noite escura transforma os sofrimentos e tribulações que a precedem na sabedoria das lições concluídas.

Almas que escolheram muitas lições para uma existência podem ser confrontadas com mais do que uma noite escura da alma. A maior parte suporta somente uma, durante uma encarnação. E muitas almas nunca têm a experiência porque elas não escolheram ensinamentos extremamente profundos.

DICAS PARA AJUDÁ-LOS A VER

PERGUNTA: Mestres, por favor, ajudem-me com um sonho recorrente. Sonho que não posso abrir os meus olhos, ou que sou cega, ou que simplesmente não posso ver. Isto acontece em meu estado de sonho quando estou interagindo com outros e quando preciso fazer algo. Considero o sonho muito perturbador e não sei o que eu deveria ver. O outro sonho recorrente que tenho é um escritório em que eu costumava trabalhar há anos e este sonho também me perturba, pois estou sempre invisível ou sou muito desvalorizada. Poderiam, por favor, esclarecer-me sobre estas lições? – Darlene, Canadá.

RESPOSTA: Seu Eu Superior está lhe dando dicas para ajudá-la a lidar com a sua identidade. Você é muito teimosa. Você acha difícil ouvir o que os outros têm a dizer sem interromper e dar as suas idéias para “esclarecer” a situação. Você fica pensando no que irá dizer, em vez de realmente ouvir o que está sendo dito.

Você não está “vendo” o que está acontecendo ao seu redor. Você está tentando controlar a situação. Não ”vê” o momento e o que está ocorrendo. Comece a observar os eventos a sua volta. Não tente contribuir com a conversa ou antecipar o que irá acontecer em seguida. Acompanhe o fluxo da energia e sinta o que está sendo feito e dito. Deixe de pensar em tudo e comece a sentir o que os outros estão dizendo.

O seu antigo local de trabalho a fez se sentir invisível, porque você não tinha a confiança suficiente para participar da cena social. Foi onde você experienciou as lições de autoconfiança, de auto-estima e a aceitação da responsabilidade pelo seu comportamento. Estas foram lições difíceis para você. Você ainda tem dúvidas sobre as suas habilidades, ainda que tenha aprendido um pouco lá e é onde você começou a acreditar que era digna.

Quando você tem medos ou dúvidas sobre uma situação, isto é como um sinal, dizendo-lhe que é algo que você quer aprender. Entre em seus sentimentos e pergunte: Por que estou me sentindo assim? De onde os sentimentos se originam? Você também poderia usar esta técnica em seus sonhos.

O QUE ACONTECEU EM 2012

PERGUNTA: Mestres, apesar de todos os livros, artigos e canalizações que tinham antecipado o início de uma nova era para a humanidade, se não é o fim do mundo como o conhecemos em 2012, estamos testemunhando praticamente a mesma dinâmica aqui na Terra. Grandes desastres naturais, colapsos financeiros ou mudança da consciência, não estão ocorrendo realmente. Os mercados financeiros nos Estados Unidos estão alcançando novos recordes, por exemplo. Quando iremos testemunhar as grandes mudanças ou revoltas que vocês e outros autores anteciparam? – Rick, Itália.

RESPOSTA: A data que se acreditava de mau presságio, de 21 de Dezembro de 2012, foi o início de uma nova era. Foi o início do novo calendário Maia e Védico, o movimento em direção a um novo signo astrológico: o de Aquário, enquanto a era de Peixes chega ao fim.

E, como dissemos repetidamente, tudo não mudou e nem mudaria em um único dia. Houve mudanças contínuas durante os últimos 100 anos e a mudança continuará no futuro. Dez anos (nos dois sentidos), é onde você pode ver as tremendas mudanças.

Esta data foi quando os planetas em seu sistema solar foram alinhados em uma linha reta, em toda a Via Láctea com o Sol no centro. Isto ocorre somente uma vez a cada 26.000 anos. Durante o alinhamento, a energia é enviada de um ponto a outro. Com uma falta de interferência, há extremos de perceber e de sentir o vigor tanto da energia positiva, quanto negativa. Mais pessoas na forma humana são capazes de “ouvir’ as almas na forma não física.

No lado positivo, houve um tremendo aumento nos indivíduos esclarecidos e aqueles que estão canalizando informações dos Guias. Muitos foram capazes de deixar ir o ego crítico, recuar e avaliar o que está acontecendo, sem julgá-lo.

O planeta é uma dualidade, assim para toda a energia positiva há uma quantidade igual de negatividade em jogo. Agora, há um número maior de grandes conflitos em operação do que já existiram em qualquer tempo na Terra. Tumultos internos com centenas de mortes estão a pleno vigor na Turquia, Síria, Iraque, Líbano, Nigéria, Afeganistão... apenas citando alguns. E onde os países não estão se matando, há atiradores entrando em escolas, shoppings, cinemas e restaurantes nos Estados Unidos, Reino Unido, Rússia, Holanda, Alemanha, Suécia e outros lugares.

Vocês também têm catástrofes naturais: incêndios, tornados, furacões, inundações e vulcões em atividade. Então, acrescentem o colapso da fábrica em Bangladesh, um aumento nos acidentes de ônibus e trens, e os problemas respiratórios decorrentes de óvulos geneticamente modificados. E não se esqueçam da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG),como a doença na Arábia Saudita e a gripe suína na China.

O negativo e o positivo irão se equilibrar sempre. Enquanto os Trabalhadores da Luz aumentam em número, os descontentes terão o seu dia também. O aumento no mercado de ações é compensado por uma queda nos valores das propriedades. Bancos e países estão ainda falindo. Vocês têm que absorver a cena toda. Se estiverem em seu caminho espiritual, irão apenas observar, sem que tenham qualquer preocupação.
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
http://rayviolet.blogspot.com/2013/06/of-darkness-and-light-11-june-2013.html
http://violetflame.biz.ly/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII