PERGUNTEM AOS MESTRES
Através das Vozes Celestiais
7 de Fevereiro de 2014
 
  LIBERTANDO-NOS

Três perguntas interessantes nesta semana refletem a diversidade de questões espirituais trazidas aos Mestres – e, no entanto, parece haver um tema comum: liberar uma coisa ou outra. Elas podem não ser exatamente as mesmas questões que ocorrem em nossas próprias vidas, mas a beleza da leitura sobre as preocupações dos outros está em encontrar algum aspecto que nos possa ensinar sobre nós mesmos e as nossas situações.

Muitos experienciaram a morte de um ente querido, e o que uma mulher do Reino Unido pergunta sobre a sua mãe de 85 anos, poderia muito bem ressoar com vocês. A explicação reconfortante sobre as recentes visitas da mãe, indica que a sua transição não está muito longe, mas também que ela ainda está – nesta idade e fase – lutando com uma grande lição de vida. É verdade: Nunca somos velhos demais para aprender.

Uma pergunta que vem de uma pessoa da Holanda demonstra que ela está em conflito sobre deixar ir as coisas materiais, como parte da evolução espiritual, ainda que precise delas como parte do mundo material. O conselho sensível dos Mestres deveria ser um guia para todos nós.

Dos Estados Unidos, uma mulher basicamente contente com a sua própria vida está magoada com os comentários de membros da família. Os Mestres reforçam os seus sentimentos positivos, enquanto a ajudam a se libertar e a interagir com a negatividade que ela encontra.

Esperamos que vocês gostem de ler estas perguntas e respostas e pensem sobre como elas podem se aplicar a vocês. Lembrem-se, por favor, que vocês podem sempre se dirigir a mastersofthespiritworld.com, e procurarem as mensagens adicionais nos arquivos. Elas podem ser do passado, mas nunca são obsoletas!

Luz, Amor e Risos
Toni e Peter

mastersofthespiritworld.com 

AS PERGUNTAS

ENTRE AS DIMENSÕES


PERGUNTA: Mestres, a minha mãe tem 85 anos e está em uma casa de repouso, disse-nos como o seu marido, que foi para o mundo espiritual há quase quinze anos, esteve visitando-a, ficando de pé atrás de sua cadeira, em sua sala. Ela está preocupada porque ele não pode se alimentar e por ele ter estacionado a sua bicicleta do lado de fora, na chuva. Nós explicamos que isto deveria ser um conforto para ela, mas parece que ela fica muito angustiada depois de suas visitas. Será que este é um sinal do mundo espiritual de que irá levar a Mãe para a sua nova vida, ou apenas tentando confortá-la? – Linda, Reino Unido.

RESPOSTA: Quando as almas se preparam para atravessar e retornar ao Lar, elas têm constantemente em suas mentes todos os medos e dúvidas de sua vida. Seus guias, amigos, parentes e companheiros de alma vêm e tentam lembrá-los de que eles não deveriam ter medo, mas sim, antecipar o retorno a um lugar onde eles possam comungar com os visitantes em um ambiente agradável.

Sua mãe ainda tem culpa pela morte do seu marido. Ela se culpa por não perceber o que estava acontecendo e de alguma forma ser capaz de impedi-lo. O contrato que eles tinham era para a sua mãe ter estes sentimentos, de modo que ela pudesse ver o erro neles e ser capaz de aceitar o plano de vida do seu marido. Ela está recuando para o papel de educadora, em vez de aceitar a atual posição como uma anciã que precisa de carinho.

Sua mãe está retornando de um espaço onde se colocava por trás de todos os outros e pensava somente nos outros. As visitas do marido dela lhe permitem fazer isto. Ele está aí para tentar prepará-la para aceitar que esta parte de sua vida se refere a ela: um espaço onde ela deveria estar pensando no que ela quer fazer, e o que ela precisa dos outros.

Sua grande lição de vida se tratava de amar a si mesma e ela não está permitindo que isto aconteça. Há outras almas também trabalhando com ela, mas o seu marido lhe dá a melhor oportunidade de entrar em sintonia com ela mesma e de se preocupar com o outro. Este é um momento de aprendizado e eles estão tentando ajudá-la. Sua angústia decorre do fato de não querer aceitar a situação. Ela o fará em breve e o que ela faz cabe a ela.

DESPERTAR

PERGUNTA: Mestres, vivo uma nova vida em um velho mundo. O mundo está mudando e eu sinto que estou mudando com ele. Sinto como se estivesse mudando mais rápido do que os outros em meu ambiente. Parte de mim está pronto para dar o próximo passo e deixar ir todos os apegos materiais, no entanto, parece que a sociedade me força a fazer coisas como concluir os meus estudos, e ter um emprego, porque, caso contrário, eu não tenho uma maneira de me sustentar. Isto me faz sentir como se eu estivesse fazendo as coisas porque eu preciso, não porque goste de fazê-las, ou porque escolha fazê-las. Em minha mente, eu tenho uma imagem do novo mundo, no entanto, sinto como se estivesse preso, vivendo através das regras do velho mundo. Não sei como devo encarar ou lidar com isto. Será que vocês poderiam me dar o seu ponto de vista? –Bas, Países Baixos.

RESPOSTA: O mundo está constantemente mudando, mas ele ainda contém quantidades iguais de negatividade com o positivo. O que você está fazendo é despertar para a realidade de que as pessoas criam o seu próprio ambiente através de suas escolhas diárias e como elas escolhem encarar o futuro. Há muitos ao seu redor que vêem somente as escolhas de valor negativo para a vida, e o seu ego exige que elas classifiquem tudo na existência.

Vocês são seres humanos em um corpo físico, vivendo em uma sociedade que estabeleceu regras e regulamentos. A evolução para um ser espiritual é a próxima etapa. É o movimento para longe do ego, ou de julgar cada ação, e para um espaço onde vocês apenas observam o que está acontecendo e fazem a escolha de se unir ou não.

Há fases na iluminação. A primeira é se tornar consciente do processo de deixar ir o ego e os apegos materiais. Isto não quer dizer que você não possa existir no mundo físico sem os bens materiais físicos. Você apenas usa o que é necessário completar o que escolheu como um projeto de vida.

Se o seu projeto é algo que deve fazer na sociedade normal, então você tem que terminar as exigências da cultura, tais como educação e aprendizado. Se você deseja trabalhar com os outros em um mundo metafísico, irá perceber que precisa de pouco e o universo irá ajudá-lo a obter o que precisa. As escolhas são suas.

O novo mundo que você vê não é completamente físico. Você tem que decidir até onde deseja deixar a Terra dirigida pela sociedade e viver na energia espiritual. Se quiser ter todos os “bens” disponíveis no mundo, mas não quiser ficar apegado a eles, faça estas escolhas. Querer ter o uso de tais coisas como carros e casas em sua vida, não nega a sua capacidade de ser espiritualizado, se puder rejeitar estas coisas e não ser controlado por elas.

APRENDENDO COM SONHOS E COM A VIDA

PERGUNTA: Mestres, eu sou um ser muito inclinado espiritualmente. Eu tenho uma pergunta sobre um lugar que eu visitei em meus sonhos. Este lugar foi chamado de “A Câmara Ovóide”. Eu tenho, entretanto, de encontrar alguém que possa me falar sobre este lugar. Foi-me dito pelos seres de lá que eles tinham que me colocar em câmaras para me trazer de volta à realidade, porque o resto do mundo é uma ilusão. Será que existem lugares como este, que nos trazem de volta à realidade? Além disto, estou cansado com o fato de minha irmã e a minha mãe se sentirem desapontadas comigo, por causa das escolhas de minha vida. Tenho uma boa vida, cuido dos meus filhos, educados, deficientes e que não acolhem nenhum drama. Tenho uma vida tranqüila com os meus filhos. Por que eles censuram tanto a minha vida? Se eu peço ajuda, às vezes, é como se eles gostassem de me ver sofrer. – Yolanda, Estados Unidos.

RESPOSTA: Você cria a sua realidade. Sonhos são estágios onde você pode planejar como quer que seja a sua vida. Os locais em seus sonhos são de sua própria criação. Eles são a maneira com que você pode se sentir melhor sobre os outros aspectos de sua vida e criar um sistema de ser capaz de aceitar confortavelmente as dificuldades em sua vida diária. Os seres representam os seus guias e associados que a estão ajudando a encontrar a paz.

A maneira com que você é tratada pela sua família, deixa-a triste e você quer recriar o seu mundo. Seus sonhos lhe proporcionam os meios. Você pode aceitar as sugestões dos sonhos e criar uma nova maneira de reagir aos sentimentos desagradáveis que vêm de sua irmã e mãe.

Nenhum dos membros de sua família pode aceitar que você se saia bem neste mundo com as dificuldades que tem enfrentado. Eles têm inveja do seu sucesso. Você é uma alma maravilhosamente resistente, que é um exemplo para os outros no aprendizado das lições da vida. Não permita que a maneira com que eles agem a desanime. Quando precisar de auxílio, continue a pedir, mas não aceite a negatividade que eles liberam com a ajuda. Ame-os pela jornada em que estão – eles não aprenderam a lidar com a adversidade como você. Envie amor incondicional a eles, com a intenção de que eles se aceitem como belas pessoas.

http://www.mastersofthespiritworld.com/

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Lina, do Brasil, pergunta aos Mestres: Eu procuro ficar sozinha, pois me sinto inadequada. Acho que poderia criar outra realidade, mas é apenas uma idéia. Não posso imaginar nada que me interesse. Isto é mediocridade?

RESPOSTA: Isto é medo. Você não apenas se sente inadequada, mas também se odeia. Você deve lidar com estas lições de vida para encontrar a alegria em sua vida. Saiba que você é uma alma magnífica e que pode fazer qualquer coisa que considere possível. Em você há muito amor incondicional e criatividade. Opte por mudar as suas crenças sobre si mesma e veja a sua beleza e o seu potencial.

Fábia, de Portugal, pergunta aos Mestres: Gostaria de saber como posso melhorar a minha vida diária, a minha vida escolar, a minha vida pessoal e me preparar melhor para o meu futuro. Eu também queria saber se eu me preocupo muito e dou muita importância a um amigo, pois ele é uma das minhas maiores preocupações.

RESPOSTA: Você tem que reconhecer primeiro que é o mestre do seu destino. Você tem liberdade total para escolher o que quer experienciar e como quer que ocorra. Aceite que você tem a capacidade de criar o seu mundo. Comece por amar a si mesma e gostar dos poderes que mantém. Esta jornada é apenas sua; ninguém pode tomar as decisões por você. Comece por dar tanta atenção a si mesma, como o faz com os outros. Você precisa apenas se preocupar com você.

Eliya, da Sérvia, pergunta aos Mestres: Nós nos conhecemos há 24 anos, pouco antes de me casar. Foram três anos de contato e então 18 anos separados, sem uma palavra. Então, ele entrou em contato comigo há 4 anos. Estamos em dois países diferentes. Sinto uma incrível dor por ele. Eu não suporto mais.

RESPOSTA: Ele não é a sua chama gêmea, mas uma pessoa que gosta que nele pensem. Ele se sente bem ao pensar que você está sofrendo por ele. Ele não está em uma posição de se envolver em uma união, nem mesmo considerou esta possibilidade. Ele se esquiva, em suas conversas, de suas obrigações diárias. Você é como um passatempo virtual para ele. Ele está absorvendo de você a energia positiva. Decida se você quer continuar.

Bianca, da Espanha, pergunta aos Mestres: Tive uma vida traumática quando criança e agora estou em uma jornada espiritual. Gostaria de saber sobre a minha vida passada e como posso tornar melhor esta vida. Sou uma artista e quero saber se a minha arte é canalizada para mim para ajudar outros. Tenho visões com os meus desenhos e estou inclinada a ajudar. Estou em uma ponte agora... Estou esperando... Sinto-me desorientada, às vezes, e impotente... Preciso de um sinal.

RESPOSTA: O sinal que você quer é a validação para todos os sentimentos que você teve. A única necessidade de ter um sinal é para que você saiba que está no controle. O controle é uma ilusão, ele não existe. Todos têm liberdade de escolha, assim o seu mundo está mudando constantemente. Você pode deixar esta vida melhor, permitindo que ela flua. Deixe de colocar obstáculos, para que possa examinar tudo. Você é muito intuitiva e está trabalhando com os seus guias do outro lado. Permita apenas que isto aconteça.

Carol, da Austrália, pergunta aos Mestres: Como eu sei se a razão pela qual eu e o meu companheiro nunca temos o dinheiro suficiente é devido a um contrato que eu fiz antes de nascer, ou se estou apenas fazendo continuamente as escolhas erradas? Tenho muitas idéias de negócios, mas nenhum deles traz recompensas financeiras.

RESPOSTA: Você é muito impaciente. Sempre que começa a aprender algo, você tem que dar pequenos passos para se tornar proficiente. Você não fez nada de “errado”. Você apenas tem aprendido o que não irá funcionar para você. Não há nada impedindo o seu sucesso, além de suas próprias dúvidas e a tendência de ficar muito focada em uma expectativa de que não vê um caminho mais fácil e gratificante. Continue desenvolvendo as suas técnicas de manifestação.

Eesha, da Índia, pergunta aos Mestres: Sinto-me realmente solitária, indesejada, sem amor e afeição das pessoas que eu amo. Perdi a minha mãe há 5 anos e talvez seja esta a razão pela qual eu tento encontrar o amor e a felicidade. Tornei-me tão sensível que muitas vezes passo dias apenas chorando. Poderiam me ajudar a melhorar as coisas?

RESPOSTA: Você se permitiu entrar em uma tristeza interminável. “Oh, pobre de mim, as coisas não vão do jeito que eu gostaria. As pessoas não gostam de mim da maneira que eu penso que elas deveriam.” Deixe de interpretar o que os outros estão pensando e comece a passar o tempo aprendendo a se amar mais. Você pode apenas sentir o amor dos outros ao grau em que pode senti-lo interiormente. A maneira como você se sente cabe a você. Não aceite quaisquer sentimentos que não sejam positivos e amorosos – quando você viver assim, você irá receber a mesma energia dos outros.

Ogge, do Brasil, pergunta aos Mestres: Depois de resolver problemas financeiros e encontrar uma nova maneira de fazer o meu trabalho com a música, usando afirmações diárias, além do fato de que tenho uma verdadeira paz interior, estou ainda me perguntando sobre o meu propósito de vida em serviços espirituais e lidando com o fato de que estou sozinho e querendo saber por que não pude encontrar a mulher que será a minha companheira nesta vida. Poderiam, por favor, dar-me algum esclarecimento sobre estas questões?

RESPOSTA: Você esteve muito ocupado passando pelas suas lições de vida – tão ocupado que não foi capaz de trazer uma companheira para a sua vida. Seu propósito é usar esta sabedoria que você adquiriu e manifestar, usando estas habilidades, o resto das coisas que você deseja.

Shelley, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Eu emprestei dinheiro a um amigo, pois pensei que ele estava precisando. Será que ele fez apenas amizade, pois precisava de dinheiro, ou o empréstimo do dinheiro arruinou a nossa ligação emocional? Ele prometeu que isto não iria mudar o nosso relacionamento. Agora eu acho que não apenas o dinheiro se foi, mas também a minha querida amizade.

RESPOSTA: Você conheceu um dos grandes manipuladores em sua vida. Ele a seduziu primeiro com uma amizade amorosa, ganhando a sua confiança e então conseguindo o que ele realmente queria. Deixe-o ir.

Vania, do Brasil, pergunta aos Mestres: Tenho uma relação difícil com a minha mãe. Embora eu a ame com o meu coração, não consigo suportar as suas mudanças de personalidade. Estou em meu caminho espiritual e não quero me sentir assim. O que eu deveria fazer? Às vezes, parece uma tortura a maneira com que ela me trata, com profundo desrespeito e humilhação.

RESPOSTA: No caminho espiritual, você aprende que cada alma tem a sua própria jornada. Para alcançar a iluminação é imperativo que deixe ir o julgamento. Você está julgando o comportamento de sua mãe, porque não é o que você gostaria. Seus desejos não são importantes na vida dela. Reconheça que ela toma as suas próprias decisões e você ou pode aceitá-las como verdade, ou rejeitar a intenção que elas trazem. O que ela faz e diz não pode ter um impacto em você, a menos que o permita. Continue a amá-la pela sua vida peculiar e siga em frente sem absorver a sua negatividade.

Nancy, da Singapura, pergunta aos Mestres: Sonhei que o meu filho estava segurando um bebê em seu braço esquerdo, enquanto caminhava pelo meu quarto, antes que a sua esposa o deixasse em Março de 2013. Há alguns meses, eu tenho o mesmo sonho. Eles não têm filhos. Ele deixou de falar comigo. Há uma grande parede entre nós. Gostaria de saber sobre o que isto se trata.

RESPOSTA: Você está tentando controlar a vida do seu filho. Você foi muito enérgica ao lhe dizer o que pensa e isto criou a parede entre vocês. Recue e o deixe experienciar as suas próprias lições.

Hal, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Como se determina a validade das respostas como verdadeiras, fidedignas e honestas nesta mídia?

RESPOSTA: Há uma competição na mídia para que as pessoas se voltem para as suas notícias. Foi reconhecido na imprensa que a agência com os relatos mais ultrajantes e vívidos, atrai a maior parte dos espectadores. Esqueça se o material tem que se tendencioso, a fim de ser atraente. A melhor maneira de lidar com tudo isto é comparar as várias fontes e ver onde elas concordam – isto é provavelmente a única coisa que é a maneira que aconteceu. Você também pode pedir aos seus guias para validar as coisas. Ou pode apenas ignorá-las e viver a sua própria existência.

 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
https://www.facebook.com/pages/Reincarnation-Guide/137191392985848

Mais: http://www.mastersofthespiritworld.com/

Tradução de: Regina Drumond Regina.drumond.2007@gmail.com
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntem aos MestresII - IIVoltar HomeII