PERGUNTEM AOS MESTRES
FANTOCHES E POODLES
Pelas Vozes Celestiais
18 de Abril de 2013
 
 
  FANTOCHES E POODLES

Somos marionetes, controlados por alguém, ou por nossas próprias opiniões pré-fixadas? As nossas necessidades deveriam ser cuidadosamente atendidas, como as de um poodle? Vamos considerar as três perguntas que os Mestres responderam nesta semana. A questionadora que pergunta se o seu namorado a ama, recebe uma avaliação contundente do homem em questão. Ela tem sido um fantoche em seus cordões, assim aprisionada ela deixou de casar com outra pessoa devido à obsessão por ele.

Menos óbvia é uma conclusão semelhante que os Mestres trazem em relação ao segundo questionador, que cita diferenças entre dois livros sobre Jesus e pergunta qual é a verdade em relação a sua vida e ensinamentos. Os Mestres, por sua vez, citam a montanha de livros sagrados em uso, desde a Bíblia até o Bhagavad Gita, que engloba todas as religiões do mundo. Os Mestres dizem que eles foram todos escritos por seres humanos, e cada um é reivindicado por seus interpretes como mantendo a única verdade. Por quê? Porque há poder a ser adquirido por aqueles responsáveis em publicar e promover cada livro e o movimento que o apóia. Eles conseguem puxar as cordas dos seus adeptos fantoches.

A terceira questão é diferente. Trata-se de procurar manifestar a abundância e achar difícil realizá-la. Qual é a melhor maneira de conseguir o dinheiro necessário para se viver em uma melhor situação econômica?

Os Mestres dão uma grande resposta que vale a pena considerar. Eles não negam a validade de nossa vontade de ter uma vida confortável, mas eles dão dicas para procurá-la da maneira certa. O universo não é a nossa babá e não nos considera como poodles a serem mimados.

Temos um presente maravilhoso e gostaríamos de compartilhá-lo. Estivemos em contato com duas irmãs Lituanas, Daiva Klimaviciene e Kristina Kirwan. Daiva que nos presentearam com uma bela tradução para o Lituano do Manual de Reencarnação dos Mestres (disponível gratuitamente a partir de: http://www.celestialvoicesinc.com/index.phpmain_page=product_info&cPath=8&products_id=131).

Ela também se ofereceu para traduzir o nosso livro: “Como eu Morri e o que fiz em seguida”, à venda aos Lituanos. Se vocês tiverem amigos que falam o Lituano, por favor, compartilhem isto. Estamos sinceramente gratos pelo presente de Daiva, além do presente que recebemos há algum tempo de uma tradução norueguesa, e a nova tradução em Espanhol, tornada possível pelas doações dos leitores dos boletins e simpatizantes. Estamos ansiosos por uma tradução alemã que foi prometida. Gostaríamos também de mencionar o link de “Doações”, na página de mensagens dos Mestres que está disponível para vocês que apoiam a tradução em Português. Estamos a meio caminho em direção ao nosso objetivo!

Luz, Amor e Risos.
Toni e Peter

http://www.MastersOfTheSpiritWorld.com


PERGUNTAS

FANTOCHES EM UMA CORDA

PERGUNTA: Mestres, eu tive um homem dentro e fora da minha vida durante 6 anos. Eu o encontrei quando era ainda muito jovem. Ele foi o meu primeiro amor e eu ainda não fui capaz de seguir em frente. Ele me tratou mal no passado, me traía e então eu terminei com ele. Encontrei um rapaz que me tratava bem e estávamos prestes a casar, quando o meu namorado anterior me quis de volta e eu cancelei o casamento por ele. Estivemos juntos por seis meses e, honestamente, eu pensava que, finalmente, conseguiríamos passar as nossas vidas juntos. Então as coisas começaram a desmoronar quando ele subitamente deixou de me tratar com carinho e eu rompi com ele. Agora não posso deixar de pensar nele. Ele vive em outro país e a minha vida parece sem sentido sem ele. Será que ele ainda me ama e o que eu deveria fazer? TT, Espanha.

RESPOSTA: Este homem nunca a amou da maneira com que você o ama. Ele está apenas a usando para provar que ele pode. Ele tem a satisfação a partir de como você fará aquilo que ele diz ou que largará tudo o que estiver fazendo, porque ele lhe acena. Você foi uma conquista para ele quando ele se tornou o seu primeiro amor. Ele é maravilhoso quanto à manipulação e você sentiu que era uma princesa colocada como prêmio em um pedestal. Você foi, na verdade, apenas um prêmio que ele cobiçava.

Houve muita manipulação que acompanhou a sua exibição antecipada de afeto. Devido a sua idade e falta de experiência, você acreditou que ele era o príncipe encantado. Na realidade, ele era um mestre de marionetes que poderia controlá-la. Ele trabalhou para ver quantos enganos, rompimento de promessas e comportamento absolutamente inadequado você iria tolerar. Você foi um jogo e um desafio para ele.

Quando ele soube que você estava prestes a se comprometer com outro, ele levou o jogo para o próximo nível, através dos esforços dele de tê-la de volta. Ele nunca pretendeu ser um companheiro a longo prazo ou monogâmico. Ele apenas queria ver se ele poderia ainda movê-la em torno de suas cordas. As únicas coisas com que ele verdadeiramente se importa são as suas necessidades e desejos. Depois de algum tempo ele se aborrece com uma conquista e avança para outra. Através do seu comportamento, ele faz com que a mulher rompa para que ele possa dizer que eles estavam apenas fazendo o que eles escolheram e isto nada tinha a ver com as suas travessuras.

Para interromper este ciclo e remover as cordas dele de você, precisa compreender que tipo de pessoa ele é. Ele é egoísta, manipulador e narcisista. Ele ama apenas a si mesmo e nunca irá se curvar aos desejos de uma simples mulher. Você o marcou em suas crenças como o seu salvador, alguém que pode ser um parceiro digno. Interiorize-se e examine tudo o que aconteceu e veja se é assim que você se sente realmente em relação a ele. Deixe de viver em seus sonhos. Você lhe deu um status místico e ele nada é. Resgate o poder que ele lhe roubou – o poder de fazer as suas próprias escolhas. Nunca faça nada, a menos que isto pareça adequado a você.

AS CARTAS DE CRISTO E O LIVRO DE URÂNTIA

PERGUNTA: Mestres, há duas fontes recentes de informação, canalizadas sobre a vida de Jesus. Uma é “As Cartas de Cristo”, e a outra é “O Livro de Urântia”. As “Cartas de Cristo” revelaram uma natureza rebelde em relação às tradições e a família Judaica, depois de inflamar uma atitude compassiva com o uso deliberado de milagres. Já em “Urântia” ele teve uma atitude religiosa e responsável em relação à família, embora depois da iluminação decida não usar os milagres como uma maneira de transmitir os seus ensinamentos, afastando-se definitivamente da família em ambos. Por que há estas diferenças nas canalizações e qual seria a versão correta?

RESPOSTA: Ambos os textos contêm os pensamentos e crenças daqueles que publicaram o material. Primeiro, o termo “Cristo”, não é sinônimo de Jesus de Nazaré. É um termo Grego que significa “ungido”, que é uma tradução da palavra hebraica “Messias”. Quando “Cristo” é usado com o nome de “Jesus”, isto implica que Jesus está sendo reconhecido como um Messias, Salvador ou Mestre.

A Consciência Crística, como mencionada nos textos, não se refere a uma pessoa específica, mas a um estado em que a alma ascendeu da dimensão egoísta, carregada de julgamentos para o amor incondicional do ser, na presença da Fonte de tudo.

Estes livros são como as várias Bíblias, o Alcorão, o Torá, o Nag Hammadi, o Livro dos Mormons, o Livro dos Mortos e o Bhagavad Gita, apenas mencionando alguns. Todos são considerados como tendo sido divina e sobrenaturalmente revelados pelo compilador. Todos descrevem em termos humanos o que eles querem que o leitor aceite como verdade. O propósito destas “verdades” é criar uma prática religiosa em torno da figura central ou do conjunto de regras. Todos são baseados no julgamento do leitor de que as suas idéias ou afirmações estão corretas e tudo o mais por aí é falso.

Como sempre dizemos, vejam como as coisas “parecem” a vocês. Será que elas ressoam a vocês como algo em que desejam basear a sua vida? Então as aceitem como o seu atual sistema de crenças e avancem, usando-as como um guia. Se estiverem querendo a iluminação, o que os outros fizeram ou disseram que fizeram, é irrelevante. Somente o que vocês fizerem é que é importante. Vocês devem liberar o julgamento e viver no amor incondicional. Sintam, não pensem.

QUESTÕES SOBRE A MANIFESTAÇÃO

PERGUNTA: Mestres, estou confuso sobre quais são as coisas certas para materializar? Algumas canalizações dizem que vocês não deveriam ter sonhos precisos, alguns aconselharão o resultado exato, alguns dizem que o amor próprio é o suficiente, e que as coisas acontecem naturalmente. Por exemplo, se eu quero dinheiro, a melhor maneira é ver o próprio estado, que foi criado com o dinheiro? Estou tentando criar uma situação economicamente mais fácil. – Juha, Finlândia.

RESPOSTA: Não há uma resposta única as suas perguntas. A manifestação é uma capacidade que todas as almas possuem. É a criação energética de algo que vocês desejam. Ela é basicamente realizada através da intenção da pessoa, da habilidade da qual é muito moldada através do amor próprio. Há algumas regras que regem a capacidade de materializar coisas, tais como as suas lições de vida e se a produção de algo interfere ou não com uma lição em que vocês estão envolvidos.

A manifestação é um pouco diferente das expectativas. Quando vocês estão planejando o seu ambiente físico, incluindo o emprego e a vida amorosa, ser muito específico ou muito geral, ambos têm repercussões. A manifestação seria vocês criando uma energia de acordo com o resultado esperado e desejado e permitir que o universo ajude a trazê-lo a vocês. As expectativas seriam a sua concentração em uma, e somente uma possibilidade.

As expectativas podem causar problemas. Digamos que a sua expectativa seja a de terem um emprego para o qual vocês recebam $40.000. O emprego perfeito para as suas habilidades paga $60.000. Vocês não conseguem este emprego porque a sua expectativa os limita a considerar somente um que pague $40.000. Uma melhor forma, portanto, seria expressar o seu desejo de ter um emprego pelo qual sejam compensados pelo menos em $40.000. É importante que vocês coloquem alguma quantidade em seu pensamento ou vocês iriam começar do zero.

Sua manifestação deve também ser sem hesitação ou dúvidas. Se disserem “Eu preciso de $50.000”, mas então pensam: “Sim, mas isto nunca irá acontecer.”, este último pensamento é o que o universo ouve. Outro obstáculo são as suas lições. Se uma das lições que vocês escolheram foi a de ter problemas financeiros, nenhuma quantidade que desejem irá superar estes planos. Não é impossível, porém, porque se vocês aprenderem por que escolheram experienciar este estilo de vida, vocês podem compreender a lição, mudar os seus desejos, e chamar o dinheiro para vocês.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
http://rayviolet.blogspot.com/2013/04/ask-masters-16-apr-2013.html
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII