PERGUNTEM AOS MESTRES
Através das Vozes Celestiais
Mensagem canalizada por Toni e Peter
29 de Janeiro de 2016
  luz de gaia  
  UMA APRESENTAÇÃO PRÉVIA DOS ENSINAMENTOS DOS MESTRES

Sem diagnosticar ou prescrever para uma condição médica, o que eles nunca fazem, os Mestres respondem a uma pergunta dos Estados Unidos sobre a reação aparentemente surpreendente de uma mulher a um teste de ressonância magnética. Vocês gostarão de ler isto!

Uma mulher de Israel não consegue considerar um ódio irracional pelo seu pai, um homem perfeitamente bom. Os Mestres identificam a fonte de vida passada – o que, curiosamente, nada tem a ver com o seu pai nesta vida.

Um homem muito deprimido do Brasil não consegue ver uma saída do seu desespero e está considerando o suicídio. Os Mestres explicam como ele deve alterar a sua perspectiva para melhorar o seu humor, e eles o incentivam a perseverar.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página de Mensagens, no site dos Mestres: http://www.mastersofthespiritworld.com  (ou abaixo)

O MANUAL DOS MESTRES SOBRE A REENCARNAÇÃO irá aparecer, em breve, em outro idioma. Preste atenção a este espaço para que disto tenha conhecimento.

Enquanto isto, cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24, ou em Livraria, no site dos Mestres – para baixarem o seu manual gratuito dos Mestres, com opção para nove idiomas (até agora).

Amor, Luz e Risos,

Toni e Peter
Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com

AS PERGUNTAS
CURA VIBRACIONAL

PERGUNTA: Mestres, tive uma ressonância magnética do meu cérebro, por causa da dor atrás de minha orelha. Tive o início de uma enxaqueca quando o escaneamento começou. Durante a ressonância, havia uma sequência de tons e vibrações elevadas. Perto do final do escaneamento, ouvi um tom e vibração que parecia se encaixar. Pareceu-me que combinava comigo e com a dor que eu estava sentindo. E porque isto correspondia, comecei a me sentir bem e a dor diminuiu. Palavras não descrevem realmente este fenômeno. Não apenas a minha enxaqueca se dissipou, mas uma doença digestiva com que eu estava lidando, pareceu melhorar. Foi como se grandes nós fossem desatados. Poderiam, por favor, esclarecer-me sobre o que ocorreu? E há uma maneira de encontrar novamente este tom e vibração para continuar a cura? – Anne, Estados Unidos.

(Em conformidade com a Lei dos Estados Unidos, os Mestres Espirituais não diagnosticam ou prescrevem para condições médicas. Os leitores podem querer rever os detalhes do manual/livro eletrônico dos Mestres sobre a cura)

RESPOSTA: Tudo é energia e a energia é tudo. A energia é ondas de vibrações que assumem diversas formas e modificam o corpo físico, que é composto de energia. As muitas práticas de energia de cura, tais como o Reiki, Toque Terapêutico e todos os outros, são realizados ao direcionar a energia vital universal para reequilibrar um corpo físico ou uma parte do corpo ao seu estado original. A energia da força vital universal é o amor incondicional que é a essência de tudo.

Quando um elemento físico do seu corpo está fora do equilíbrio, ele combate o resto do equilíbrio em seu corpo e você percebe a dor e outras sensações desagradáveis. Os bloqueios no corpo impedem o fluxo de energia vital através do corpo e resultam nos “sintomas” das doenças físicas. Restaurar o transporte desimpedido da energia por todo o corpo alivia a dor e permite que os ciclos físicos das funções corporais retornem.

Em vez de um curador de energia ajudá-lo a submeter o seu corpo às vibrações que o sintonizam com o fluxo de energia, você esteve exposta a uma máquina que imitava as vibrações necessárias ao seu corpo, naquele momento, para trazê-lo novamente ao equilíbrio.

Para ajudar na continuação do processo que foi iniciado, você pode meditar e atrair a energia vital universal, ou pode obter a ajuda de um terapeuta de energia. Esta energia é inteligente e vai para os locais onde é necessária; ela nunca poderá prejudicá-la. Você tem também que aceitar que isto irá ajudá-la, ou ela será rejeitada pelo seu corpo e o seu pensamento consciente. Algumas pessoas acham que CDs de música de cura contêm vibrações que “preparam o terreno” para o próprio equilíbrio. Ouça a vários e veja se algum contém estes tons suaves e familiares.

QUESTÕES NÃO RESOLVIDAS

PERGUNTA: Mestres, quando criança a minha relação com o meu pai era muito bom, até que as coisas mudaram (Acho que eu tinha aproximadamente 8 anos). Comecei a ter um ódio inexplicável em relação a ele e sentia que devia proteger a minha mãe em relação a ele. Ele é um bom pai e marido e estive tentando pensar nisto inúmeras vezes e não consegui descobrir uma razão por sentir-me desta maneira, e tão intensamente. De onde vêm estes sentimentos de ódio e a necessidade de proteção? É de uma vida diferente e/ou eu tenho algumas questões não resolvidas com ele? Por que eu preciso ser tão protetora em relação a minha mãe? Eu o amo e gostaria de não ter este conflito com ele. – Ani, Israel.

RESPOSTA: Você experienciou várias vidas em que viveu em uma família onde o pai era abusivo com a mãe e com você. Embora não haja uma ligação direta entre o seu pai nesta vida e o pai naquelas vidas passadas, a necessidade de ser capaz de fazer algo para corrigir as velhas circunstâncias antes que alguém possa ser magoado está impulsionando as suas emoções.

Isto não foi “desencadeado” para aparecer em sua consciência até por volta dos oito anos, quando você ficou exposta à condição de violência doméstica de um conhecido. A criança na família tinha tanto medo de que a mãe fosse ferida que você retornou a uma vida anterior, onde não tinha sido capaz de ajudar a sua própria mãe por causa de sua tenra idade.

Quando uma série de fatos muito emocionais ocorre em uma vida e você se culpa por não fazer nada em relação a isto, isto, com frequência, permanece em sua “memória” e quando acionado, torna-se “real” na vida atual. Se for uma lição que você criou para aprender a lidar – ou pelo menos, compreender todas as implicações, você não o fez.

Para começar a compreender estes sentimentos, sempre que eles aparecerem, entre na energia que eles produzem e se pergunte por que você se sente desta maneira. Isto deve lhe permitir, com alguma persistência, a se encontrar de volta a outra vida. Recue dos eventos e veja que você foi incapaz de fazer algo, por causa da sua idade e do tamanho do seu pai.

Deixe de lado a culpa pelo que a sua mãe sofreu; não foi culpa sua. Compreenda também que isto foi uma lição para as duas sobre o abuso, e para que vocês soubessem que não tinham capacidade de intervir. Libere todos os laços emocionais com aquela vida e veja vocês três como almas que têm uma experiência humana. Sinta vocês três em sua essência do amor incondicional.

Quando pensar em seu pai, visualize-o como um viajante espiritual que escolheu algumas lições muito difíceis. Respeite-o e o ame pelas suas difíceis escolhas.

PERTURBAÇÃO E DESÂNIMO

PERGUNTA:
Mestres, tive muitas experiências e aprendi muito com elas. Pedi luz e discernimento e senti a luz do amor do Criador e um pouco de compreensão, mas ainda me sinto sozinho. Estou cansado de perseguir a luz nesta escuridão, sinto-me inútil, assustado, impotente e sem propósito. As pessoas em volta têm visto em mim apenas decepção. Tenho muito amor e a intenção de ajudar as pessoas a encontrarem o seu caminho para a consciência, mas não sei como e não consigo encontrar o meu. Estou cansado de não ser amado e de não ter um propósito por que lutar. Tive planos de me matar em breve. – Rafael, Brasil.

RESPOSTA: Você está sabotando a sua vida, criando expectativas, que você, então, interpretou, como não sendo realizadas. Você está buscando a perfeição em um mundo imperfeito e se culpa quando vê que isto não está acontecendo. Você não tem paciência com a vida ou com você mesmo. Dê tempo às coisas.

Você está baseando a maior parte de suas conclusões no sistema de julgamento da sociedade baseado no ego. Quanto às pessoas que você sente que vêem somente decepção em você, como você sabe realmente o que os outros estão pensando? Você não está dentro da cabeça delas. E qualquer decepção que você tenha, é uma expectativa de coisas que podem não ter tido o tempo suficiente para serem concluídas.

Volte este amor que você tem em seu interior em direção a si mesmo. Você não se ama ou estaria em êxtase diante de todas as coisas que experienciou ou fez. A quem você se sente inútil? Você não tem obrigações com ninguém, a não ser com você mesmo. O medo é um estado normal em um ser humano – que é como eles determinam que lições eles escolheram para a sua vida.

Ajudar os outros não fará com que eles o amem automaticamente. Você deve fazer as coisas para os outros porque gosta de fazê-las e não para algum retorno que você possa receber. Você precisa afastar a negatividade que o levou a esta depressão. Interiorize-se para uma ligação sua com o seu amor incondicional, que está sempre lá, esperando por você. Ame-ser por estes tempos difíceis e transforme todas as coisas em experiências positivas. Você tem total livre arbítrio, mas não desista de você com tanta facilidade.

De: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587
Perguntas: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=2056

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Ivone, do Brasil, pergunta aos Mestres: Quero amar e ser amada. Até agora não encontrei o amor. Ajudem-me. Estou muito triste. Todos os meus relacionamentos terminam.

RESPOSTA: O primeiro lugar em que você tem que procurar o amor é dentro de si mesma. Você se odeia e a esta vida que está vivendo. Tente aceitar que você optou por vir aprender sobre si mesma, e aprecie a coragem que foi necessária para estar aqui. Outros não poderão, possivelmente, amá-la, se você não se amar.

Jean, do Brasil, pergunta aos Mestres: Atualmente, vivo uma imensa mudança em minha vida, diferente, mas estou muito bem. Estou realmente seguindo o meu coração, ou o meu ego? E a voz que eu ouvi é minha ou de meu guia espiritual? Estou muito tranqüila com tudo, mas temo que seja apenas o meu ego que me deixou muito mal no passado.

RESPOSTA: Você é uma típica alma, tendo uma experiência humana. Nada é certo ou errado. As coisas ocorrem com o propósito de aprender quem você é e o que veio fazer na Terra. Se você julga tudo o que faz, está usando o ego. Se sente as coisas e segue o seu coração, você está em um caminho espiritual. Você está ouvindo tanto o seu Eu Superior, esta parte de sua alma contida em sua mente inconsciente, como também os seus guias. Desfrute da paz e do amor.

Christine, do Brasil, pergunta aos Mestres: Como posso manter um fluxo constante de energia positiva, evitando quedas momentâneas?

RESPOSTA: Sempre que você começar a sentir pensamentos ou ações negativos, ou até mesmo decisões de julgamento surgindo em seu mundo, pare imediatamente e os substitua por idéias positivas, felizes e amorosas. Você vive em uma dualidade, assim a energia negativa está sempre presente. Você não pode evitá-lo, mas pode lidar com isto.

Elizabeth, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Sei que vocês não me dirão o que fazer. Mas estou muito cansada, desmotivada e sem alegria; posso parecer ingrata, mas me sinto assim. E eu me arrependo de ter vindo morar nos Estados Unidos. Queria, pelo menos, uma dica se estou no caminho certo. E se eu posso ser livre para sonhar.

RESPOSTA: Você é o mestre de sua vida. Você determina o que pensa, faz, sonha e ama. Você está exatamente onde queria estar – a fim de ter as lições que escolheu – quando você aí está. Às vezes, a lição é reconhecer quando você fez uma escolha que não serve a sua vida, e é o momento de mudar a direção. Trace o seu curso e dê o primeiro passo.

Carla, de Portugal, pergunta aos Mestres: Eu nunca fui feliz no amor. Tenho 45 anos e não consigo ter um relacionamento. Sou constantemente rejeitada quando sinto amor. O que eu tenho que aprender nesta vida? Será que irei ser feliz no amor? Por que sou constantemente abandonada, rejeitada e desprezada?

RESPOSTA: Suas lições incluem a rejeição, o abandono e se sentir desrespeitada – até que compreenda as características que você está projetando, que dizem aos outros que você acha que merece tê-los se acumulando em cima de você. Dê a si mesmo algum tempo para deixar o seu inconsciente refrescar a sua memória sobre a forma com que os sentimentos começaram. Examine a situação e decida se é algo que você precisa manter com você, ou se você pode liberá-la e não permitir mais que isto lhe aborreça. Comece por gostar do fato de que você pode trabalhar com isto para o seu futuro.

Luciana, do Brasil, pergunta aos Mestres: Acho que sou assexual. Parece que nunca me apaixono. Já tenho 32 anos e nunca me apaixonei. Acho que tenho esta capacidade. E, honestamente, acho estranho que algumas pessoas queiram muito isto e quando estão em um relacionamento apenas reclamam. Será que uma pessoa que não se apaixona indica que ela tem algum problema, ou algumas pessoas optam por viver sem esta experiência?

RESPOSTA: Nem todos escolhem uma lição de relacionamento romântico como uma razão para entrar em um corpo. Quando você está vivendo em uma sociedade tão excessivamente preocupada com o romance, é difícil se sentir confortável, a menos que você se conheça. Há milhares de outras lições que se pode estudar, que nada têm a ver com o amor humano. Algumas ficam até envolvidas com o outro, para que elas possam passar pela dificuldade de viver com o que o outro traz. Muitos escolhem ter uma vida sem um companheiro.

Dalia, de Portugal, pergunta aos Mestres: Passei sete anos com um menino que foi o meu primeiro e único amor. Estive sozinha nos últimos 15 anos. Não sei se posso estar novamente em um relacionamento. Estou ainda triste sobre o que aconteceu neste primeiro relacionamento. Sinto-me triste o tempo todo.

RESPOSTA: Imagine que este menino tenha sido um colega de classe na escola primária. Uma vez que o programa terminou, ele seguiu em frente. Tentar mantê-lo com você é uma tentativa de permanecer presa ao passado. Você se vê como uma parte de um casal, e não como um indivíduo. Você quer alguém que cuide de você, assim não tem que ser responsável por si mesma. Se deseja continuar com esta vida e experienciar todas as possibilidades, é a sua escolha. Você cria a sua própria realidade. Veja um homem que seja um companheiro perfeito para você, saia e procure-o. Você não tem que permanecer congelada no lugar.

Ana, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sou ainda solteira aos 42 anos e não tenho muitos amigos – sinto-me melhor sozinha. O que eu preciso fazer para encontrar alguém, ter uma família? Isto acontecerá para mim?

RESPOSTA: Você tem o livre arbítrio, e o que virá para você é o que deseja e traz para si mesma. Não há nada que diga que você tem que ter uma família ou um amado, a menos que seja isto o que quer. Crie o seu futuro com as suas intenções, mas se está feliz agora, por que mudar algo?

Olívia, do Brasil, pergunta aos Mestres: Vocês disseram que todas as almas atraem aquilo que elas desejam experienciar na Terra. Vocês também disseram que um clarividente é capaz de ver o futuro com precisão. Eu faço leituras angélicas, e todas elas vêem o mesmo e exato homem para mim. Será que eu tenho um contrato de alma com outro companheiro de alma? É possível ter mais do que um companheiro de alma “romântico” em uma vida?

RESPOSTA: Nós nunca dissemos que um “clarividente é capaz de ver o futuro com precisão”. A qualquer momento, um vidente é capaz de ver apenas esta parte do futuro que existe com base nas intenções atuais de cada pessoa que estará envolvida nesta ação no futuro. Se entre o momento da visualização e a conclusão do evento, qualquer pessoa mudar as suas ações, a partir da intenção que ela teve no momento da visualização, o resultado será alterado. Nem todos os relacionamentos românticos envolvem companheiros de alma. Algumas parcerias são com o propósito de experienciar algo diferente. Algumas almas têm muitos parceiros, muitos casamentos e muitos envolvimentos.

Carolina, do Brasil, pergunta aos Mestres: Minha mãe está em um relacionamento difícil. A maior parte das pessoas a incentiva a terminá-lo, mas eu sinto que eles são exatamente o que o outro precisa. Estou sendo ingênua? Eu realmente acredito neste amor por ela.

RESPOSTA: Ninguém pode fazer nada por ou para ninguém, a menos que alguém coopere. Cada alma tem o livre arbítrio. O que está acontecendo em um relacionamento é realmente visível apenas a partir de dentro dele. Deixe que a sua mãe tome as suas próprias decisões. Há amor sendo compartilhado, ainda que não seja como alguns outros optem por tê-lo para si mesmos.

Aline, do Brasil, pergunta aos Mestres: Eu sempre tive dificuldade para dormir. Mas estes dias estão piores. Sinto medo de não conseguir dormir e ficar cansada no dia seguinte para realizar os meus sonhos. Estive fazendo meditação, terapia e orando. Mas ainda sinto medo. Poderiam me ajudar?

RESPOSTA: O medo é uma indicação de uma lição de vida que você está evitando. Quando você deitar na cama, e não conseguir dormir, peça a sua mente inconsciente para deixá-la ver o que está causando o medo. Vá ao início e resolva se o medo é real ou se está relacionado com algo que você não mais precisa em sua vida. Seu medo de não dormir nada tem a ver com não conseguir dormir, mas sim com o sentimento de estar sem a capacidade de controlar os seus sonhos ou o seu futuro. Pergunte ao seu eu interior o por quê.

Jill, de Singapura, pergunta aos Mestres: Estou com dificuldade em ter um relacionamento bem sucedido, bem como sair de minhas dificuldades financeiras. Por que isto está acontecendo em minha vida, e o que eu posso fazer para melhorar a minha situação? Em grande parte do tempo sinto vontade de desistir.

RESPOSTA: Você não tem fé em si mesma, ou no fato de que você é importante. Você projeta para o mundo que não é digna de ser aceita ou de receber um salário decente. Você precisa examinar quem você é. Você acredita que é um fragmento da energia da Fonte, com todos os poderes e habilidades da Fonte? Se assim não for, você precisa se perguntar por que não, desde que é um fato. Encontre a sua essência interior e o amor incondicional.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Toni e Peter
http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=1453
Traduções para o Português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=vozes+celestiais 
Agradecimentos: Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com
Por favor, respeitem todos os créditos.
Arquivos deste autor: http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Toni and Peter
Fonte: http://violetflame.biz.ly
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII