PERGUNTEM AOS MESTRES
Através das Vozes Celestiais
Mensagem canalizada por Toni e Peter.
26 de Outubro de 2016
 
luz de gaia
  UMA APRESENTAÇÃO PRÉVIA DOS ENSINAMENTOS DOS MESTRES

Para começar a festa de interessantes questões desta semana, uma Americana faz uma pergunta que diz respeito aos desencarnados. O ensinamento resultante dos Mestres esclarece a sua confusão – e possivelmente a nossa.

Um Australiano que trabalha em sua evolução espiritual deve ser encorajado pelo incentivo e dicas dos Mestres para fazer progressos.

Da Nova Zelândia, uma mulher tem algumas perguntas sobre o equilíbrio do positivo/negativo e a responsabilidade dos seres humanos, uns com os outros. Os Mestres explicam com detalhes, embora seja, muitas vezes, uma coisa difícil para que nós, seres humanos, aceitemos.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página de Mensagens do site dos Mestres: http://www.mastersofthespiritworld.com/. (Ou abaixo).

Para traduções do Manual dos Mestres sobre a Reencarnação, cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24 – ou na guia Livraria, no site dos Mestres. Façam o download do seu manual gratuito dos Mestres em qualquer dos DEZ idiomas listados (até agora).

Amor, Luz e Risos,

Toni e Peter.

Celestial Voices, Inc <contact@mastersofthespiritworld.com



AS PERGUNTAS
STATUS DOS DESENCARNADOS

PERGUNTA:
Mestres, obrigada pelo seu conselho e informações sobre a entidade escura com que eu estive interagindo. Parece que agora eu tenho mais controle sobre a situação. Vocês disseram que as almas têm o livre arbítrio e depois da morte, algumas como esta com quem eu lidei, escolhem a escuridão e permanecem ligadas à Terra perturbando seres humanos como eu. Isto significa que há um número cada vez maior de almas/entidades escuras? Se as almas estiveram encarnando na Terra por um bilhão de anos e todos os anos algumas escolhem não ir para a luz, poderíamos ter um número cada vez maior delas? Estas entidades/almas são sempre obrigadas a partir? Ou podem, e ficam, ligadas à Terra para sempre, se assim o desejarem? Quantas temos aqui neste momento? – Christina, Estados Unidos.

RESPOSTA: As almas sempre têm o livre arbítrio, antes, durante e depois das experiências na Terra e em outros lugares. Uma vez que todas têm uma essência do amor incondicional, não importa se a sua mente consciente atual esteja buscando a energia negativa ou positiva, há perpetuamente uma sensação residual de que o amor incondicional é onde elas pertencem.

As almas nunca perdem a ajuda dos seus guias, mesmo quando elas escolhem permanecer na negatividade. Os guias lá estão para dar “dicas” para o que elas não estão percebendo. Quando elas se cansam de suas maneiras negativas, elas começam a se encaminhar para o que ressoava consistentemente dentro delas: a essência de sua alma.

As almas que permanecem em um estado desencarnado, negativo, depois que o corpo deixa de funcionar, ficam aqui por razões totalmente humanas como a vingança, uma sensação de que elas podem agora obter o que elas sempre desejaram, etc. O que elas vêm aprender é que elas não têm as mesmas habilidades interativas agora sem um corpo e que tinham quando com um. Por exemplo, elas não podem empurrar o valentão que elas sempre temeram e desprezaram.

Quando elas percebem a frustração de não serem capazes de realizar o que elas queriam, buscam, muitas vezes, outros meios para se sentir bem. É quando chegam os guias e lhes mostram vislumbres de como é voltar ao Lar, de modo que elas desejem ser uma parte do todo novamente. Elas ainda não são obrigadas a partir, mas a maioria, parte.

Há um nível de desencarnados que flutua continuamente. O equilíbrio do positivo/negativo no planeta é meio a meio, assim quanto mais persistirem em usar a negatividade, menos negatividade estará disponível para as almas encarnadas aprenderem as suas lições de vida. Neste momento, o número de almas que trabalham em lições excede em muito o número mínimo de almas que estão se hospedando em seus planos.



AUTO-AVALIAÇÃO E REALIDADE

PERGUNTA:
Mestres, percebo que eu tenho três pensamentos que criam a minha realidade. 1- A baixa autoestima (“seu idiota”) 2 – O medo do outro e 3 – O remorso pelas ações nesta e em outras vidas. Pretendo suavizar estes sulcos na mente, as rugas e os samsaras. Todas as sugestões serão muito apreciadas. – Bill, Austrália.

RESPOSTA: Em primeiro lugar, para aqueles que não estão familiarizados com o termo samsara, é um termo em Sânscrito e equivale ao que chamamos de seus sistemas de crenças, que controlam todas as suas ações durante uma vida. É através do processo de compreender o que o motiva, que você pode aprender as lições de vida que criaram o desequilíbrio em primeiro lugar e que são as coisas com que você desejou trabalhar enquanto na Terra.

O medo está sempre por perto durante uma existência humana, porque é o sinal que está lhe mostrando aquilo com que você escolheu trabalhar nesta vida. Há somente duas emoções ou energias que um ser humano enfrenta: amor e medo. Qualquer coisa que não seja amor é alguma forma de medo. Não ter medo é ter concluído tudo aquilo pelo qual veio e ser capaz de existir no amor incondicional. Portanto, não se repreenda pelos seus medos: permita que eles lhe mostrem o caminho para o crescimento e a compreensão.

Autoestima, autoconfiança e amor próprio são lições interligadas para você. Recuar e examinar quando estes sentimentos vêm para você, irá ajudá-lo a identificar o que é que você deseja aprender. O remorso ou o ódio em relação a si mesmo pode ser mais facilmente abordado se você deixar de lhes dar tanto poder.

Você dá poder a um problema quando se concentra nele e reconhece a sua existência. Se você ignorar o passado e optar por estar somente no presente, onde nada ocorreu, ainda até que você o coloque em movimento, você está simplesmente lidando com uma situação em vez de arrastar ao longo de toda a história de sua vida. Este é o conceito de viver no momento.

Para dissolver as cordas que o prendem aos problemas do passado, você tem que, em primeiro lugar, lidar com as suas interpretações da energia resultante. Isto é realizado tomando cada energia negativa e a seguindo até a sua origem, observando o ponto desencadeador e escolhendo como você iria lidar com isto, com base em todas as lições que você aprendeu entre o início e hoje.

Você está fazendo um ótimo trabalho. Persista!


A INFLUÊNCIA DA ALMA

PERGUNTA:
Mestres, vocês ensinam que na Terra há sempre um equilíbrio igual de luz/escuridão; todas as almas trabalham em suas lições escolhidas neste continuum e a partir desta perspectiva espiritual, nada é certo/errado, bom/ruim. Vocês me disseram que eu tinha identificado todos os pontos fortes que uma alma pode apresentar em um corpo humano e que agora tudo o que eu tenho a fazer é viver cada dia de forma plena, escolhendo o que me faz feliz. Estou muito feliz agora, fazendo o melhor para escolher a alegria todos os dias. Grata. A energia da felicidade/alegria de uma alma é considerada suficiente para equilibrar uma parte da escuridão do mundo? Será que o meu estado atual de alegria diária está, de certa forma, contribuindo para este equilíbrio de luz/escuridão? Qual é a responsabilidade que as “Velhas Almas” têm de contribuir para o mundo de alguma forma “positiva” – Mary Anne, Nova Zelândia.

RESPOSTA: A frase que você citou está fora do contexto. É parte de um ensinamento pedindo-lhe para seguir a forma particular de pensar e de agir do locutor, e isto ocorre na crença de que todos os homens são os guardiões de seus irmãos. Isto reflete o julgamento baseado no ego, da terceira dimensão.

Não é errado para eles e os seus seguidores, mas você ignorou toda esta experiência “necessária” nesta vida. Em um sentido espiritual não é uma afirmação verdadeira sobre as razões que a alma vieram à Terra, desde que cada alma está em sua própria jornada e é responsável somente pelas suas lições.

Não há uma quantidade igual de negativo e positivo para cada alma. Algumas escolheram ter todas as situações energéticas negativas em sua vida e outras escolheram principalmente as positivas – ou todas positivas, uma vez que elas tenham completado as suas lições. Sua própria presença está contribuindo com o equilíbrio da Terra. Você pesa no lado da positividade para compensar a negatividade – por exemplo, um tirano fanático.

Velhas almas são aquelas que escolheram muitas vidas na dualidade, a fim de melhor entenderem o funcionamento do livre arbítrio e dominarem todos os aspectos dos traços que definem uma existência humana. Sua responsabilidade é com o plano da lição que você construiu.

Você pode optar por ajudar os outros se submetendo à humanidade, para se tornar consciente do funcionamento de suas escolhas disponíveis. Mas ao contrário dos pregadores que mostram somente um caminho (o seu caminho) para atingir a iluminação, ajude os outros a ver que o que funcionou para você poderia não ser o que é necessário para eles – que cada um tem a sua própria jornada. Você pode também escolher o caminho de testemunhar onde as escolhas dos outros os levou. Entre as vidas, você passa, às vezes, o seu tempo sendo um historiador de vários caminhos que estão sendo vividos na Terra. Veja se isto parece adequado como sua contribuição para a compreensão global da vida nesta dualidade. Não coloque o fardo de outros em suas costas. Você fez o seu trabalho.

http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587 

Para enviar uma pergunta:

http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=2056 


GUIA DE REENCARNAÇÃO

LCG, de Portugal, pergunta aos Mestres: O que me impede de ter o que eu quero? Tenho a sensação, há muito tempo, de que eu sou rico, mas isto não coincide com a minha realidade. É um sonho, ou este é o meu destino? O que devo fazer para me perdoar e avançar na vida? Sinto que estou parado e o medo do futuro, aumenta.

RESPOSTA: Você é um sonhador e está tentando contornar as lições que escolheu, pensando que tudo o que você tem que fazer é se afastar da vida que está vivendo e que pode ter o que quiser. Depois de ter concluído as suas lições, estas coisas que criam os medos e as dúvidas na vida cotidiana, você será capaz de manifestar algumas coisas com as quais sonha. Você está fugindo dos seus medos, em vez de confrontá-los e de aprender por que os escolheu. Eles irão permanecer ou ficarão mais fortes, até que os enfrente.

A., do Brasil, pergunta aos Mestres: Sinto que finalmente estou começando a me amar e a me sentir confortável com quem eu sou. No entanto, eu ainda não entendo por que não consigo atrair alguém bom para se envolver romanticamente comigo. Não sou uma pessoa difícil e posso ver pontos positivos em todos que conheço, mas a minha vida romântica parece que nunca irá começar. Por favor, digam-me por que isto está acontecendo e por que isto me afeta tanto.

RESPOSTA: Você é afetada porque acha que há algo de errado com você, desde que a sociedade fornece divertimentos para casais e toda a atenção da mídia é voltada para o amor romântico. Você está estabilizando a sua vida, passando por suas lições, uma das quais é a aceitação total e o amor próprio. Você passa tanto tempo procurando o que você se convenceu que é necessário para se amar realmente – um companheiro – que não sentiu o amor incondicional interior que é a sua essência. Uma vez que faça uma conexão com este, você será um farol que atrairá parceiros que desejam compartilhar o que você encontrou.

Saga, da Finlândia, pergunta aos Mestres: Por que estou doente? Por que todas estas enfermidades? São os males corporais aqui que me impedem de fazer algo ou eles estão me levando a algum lugar?

RESPOSTA: Você escolheu estar em uma vida de dependência da ajuda de outros. Você está lutando contra a necessidade de ter a ajuda de outros. Você não se permitiu se interiorizar e perceber todos os sentimentos negativos que reuniu, rejeitando as lições que estão ao seu redor. Relaxe, faça uma análise do impacto de suas doenças, medite e veja com o que elas estão ligadas, e, então, perceba o que vem a seguir para você.

Regina, do Brasil, pergunta aos Mestres: Recentemente, eu senti um ódio injustificado por uma pessoa desconhecida que eu vi em um transporte público, e alguns dias depois eu tive um sonho com esta pessoa, e neste sonho ela era uma bruxa sendo caçada por autoridades. Foi isto apenas a minha imaginação fértil? O que tudo isto significa?

RESPOSTA: Você voltou a uma vida que compartilhou com esta alma. Uma de suas lições nesta vida é reconhecer os sentimentos negativos, como o ódio, aprender por que eles estão aí, e, então, transformá-los em compreensão e sentimentos positivos. Eles apareceram neste momento porque é hora para uma profunda pesquisa da alma, de arrancar antigas lições que você não completou.

C.B.S., do Brasil, pergunta aos Mestres: Meu filho e o meu marido têm um relacionamento muito difícil. Disseram-me que isto vem de outras vidas. Gostaria de entender qual é o meu papel em tudo isto e se eles ainda irão se entender nesta vida. O que posso fazer para ajudá-los?

RESPOSTA: Seu papel em sua interação é ser uma observadora e testemunhar a maneira com que eles falam, mas nunca tentar ver a opinião do outro. Eles tiveram outras vidas juntos, mas nenhuma incluiu a animosidade que está presente nesta vida. Torne-se disponível para que cada um converse com você, mas tente não tomar partido – que é o que eles querem. Isto é o que cada um planejou aprender nesta encarnação.

Maria, da Finlândia, pergunta aos Mestres: Amei muito a minha amiga. Mas durante todo este ano ela esteve me ignorando totalmente. É como se eu não mais existisse. Estou triste, com raiva e decidi abrir mão deste relacionamento. Quaisquer comentários ou conselhos seriam muito apreciados.

RESPOSTA: Sua amiga está passando por uma fase destrutiva em sua vida. Ela a vê como uma ameaça a sua confusão interna. Não é pessoal. Recue por algum tempo e veja o que acontece no futuro. Não assuma quaisquer ações dela como um desejo de impor a negatividade em você.

Lika, do Brasil, pergunta aos Mestres: Eu sempre tive uma ligação profunda com o tema de Extraterrestres. Neste momento de minha vida, a minha expectativa é ver o dia que nós, como um planeta, teremos um primeiro contato público. Estarei viva para isto nesta vida? Será que sou um extraterrestre?

RESPOSTA: Você é uma alma que teve muitas vidas, tanto no Planeta Terra, como em outros corpos planetários. Assim, você foi um extraterrestre quando considerado a partir da perspectiva de estar na Terra agora, mas isto não é uma identidade. É simplesmente outro papel que você representou. Você é uma alma eterna, em primeiro lugar, como são todos os outros com quem você teve contato. O contato foi feito com as almas que vivem atualmente em outros planetas, mas os governos têm medo de permitir que a informação saia, por medo de um pânico em massa. Sua mídia pintou todos os seres de outros locais como seres do mal e que buscam destruí-la. Há muitas variações possíveis para dizer o que as autoridades decidirão no futuro.

Eli, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estou profundamente apaixonada por uma pessoa que não é o meu marido. Tenho muitas dúvidas sobre este sentimento que é muito intenso. Ao mesmo tempo, estou questionando o relacionamento com o meu marido, como sempre, e mesmo durante quase 20 anos de casamento, eu nunca senti que seria o meu verdadeiro amor. Sei que é impossível não magoar alguém nesta história, mas estou desorientada desta maneira.

RESPOSTA: Sua falta de conexão com o seu marido é a sua própria decisão que ele não é o seu verdadeiro amor, mas apenas um substituto, até que a pessoa “certa” chegue. Cada alma tem total liberdade para escolher as situações que ela deseja experienciar em sua vida. Não é certo ou errado mudar os “cavalos” no meio da corrida. Estes dois homens programaram uma situação semelhante a esta em seu plano de vida, para ver como eles iriam lidar com ela. O que é importante para você em sua jornada é respeitar os seus sentimentos e ser honesta com eles.

Ana, do Brasil, pergunta aos Mestres: Há alguns anos, conheci um cara que realmente me interessou, mas depois de nosso primeiro encontro, ele nunca me respondeu, apesar da forma com que nos conectamos (eu nunca me senti assim antes). O que devo pensar sobre isto?

RESPOSTA: A atração que você teve por ele não foi recíproca. Muitas coisas que você pensava que sentia foram ilusões e não realidade.

Ed, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estou com algumas dúvidas. Uma alma que busca a iluminação, pode se casar? É possível para um casal gay? Posso alcançar a iluminação, vivendo com um companheiro? Meus guias e o meu Eu Superior têm alguma mensagem para mim? Como posso ouvir as energias em torno de mim, com os meus ouvidos? Sou muito grata pela resposta.

RESPOSTA: Você está perdendo muito tempo pensando que precisa analisar tudo o que você faz, com base em todas as opiniões que leu e ouviu da sociedade. A homossexualidade é um estilo de vida experimentado para aprender todos os tipos de lições sobre as emoções humanas, o amor romântico e o preconceito. Iluminação significa que uma pessoa/alma veio para compreender por que ela veio à Terra, trabalhou no aprendizado de suas lições escolhidas e aceitou quem ela é como uma alma. Não importa em que tipo de vida social ela está envolvida, somente quais são as suas intenções para esta vida. Seus guias dizem: Ilumine-se e apenas viva!

Tatiane, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estive trabalhando como farmacêutica para uma indústria farmacêutica durante alguns anos, mas eu não estou feliz, sob qualquer condição. É tedioso e não me sinto útil, isto não me traz realização e nem prazer. Não me sinto motivada em fazer o meu trabalho e tenho medo de que eles me demitam porque eu não estou sendo produtiva. Estou estudando para ser uma fabricante de violinos, mas não tenho certeza se este é o caminho certo para mim. Não posso ver claramente quais são as opções para mim ou o que devo fazer em minha vida, em relação a minha carreira. Este é um problema que me deixa triste e frustrada. Vocês poderiam me dar alguma orientação sobre isto? Estou desorientada.

RESPOSTA: Cada alma tem total livre arbítrio. Você faz as escolhas – ninguém mais. Não iremos lhe dizer o que fazer porque isto tira a sua liberdade de escolha. Você criou tanta ansiedade em torno do seu emprego que está sabotando qualquer felicidade possível. Decida o que você sente que é melhor para você, e faça-o. Você tem que ser realista sobre cuidar de si mesma, financeiramente.

Melinda, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sou muito grata pela resposta a minha pergunta anterior. Vocês disseram: “Você interpretou mal o seu marido porque você tinha decidido que o queria, e que as coisas iriam mudar depois que se casassem.” Isto é muito verdadeiro, eu posso ver claramente agora. Sinto-me tola e assumo plena responsabilidade. Mas por que eu fiz isto? Qual é a lição oculta na armadilha que criei para mim mesma? Acho que toda a situação diz algo muito específico sobre mim. Estou em busca da resposta, mas ainda não liguei os pontos. Poderiam me ajudar?

RESPOSTA: Uma de suas lições era aprender que ninguém pode levar o outro a fazer mudanças em sua vida, a menos que ele escolha fazer isto. Você se apresentou a ele como a pessoa que você achava que ele queria, em vez de quem você era. Você precisa entender que nenhum relacionamento é bem sucedido, a menos que ambas as partes sejam elas mesmas e totalmente abertas, uma com a outra. Nunca tente agradar alguém com o pensamento de que isto fará com que ele a ame, a menos que você esteja disposta a mudar para o que ele quer, em vez de quem você é. Seja sempre você mesma e diga tudo o que pensa.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Toni e Peter
https://www.facebook.com/Reincarnation-Guide-137191392985848/
Agradecimentos a: Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com

Por favor, respeitem todos os créditos.

Arquivos deste autor:
http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Celestial+Voices
http://violetflame.biz.ly/blog/?tags=celestial+voices

Traduções em Português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=vozes+celestiais
Compilado por: http://violetflame.biz.ly/
Todos os artigos são de responsabilidade dos respectivos autores ou editores.
Crenças religiosas ou políticas não são defendidas aqui.
Mais em: @ http://violetflame.biz.ly

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII