AVANÇANDO NO CAMINHO CERTO
Perguntem aos Mestres - Através das Vozes Celestiais
9 de Novembro de 2014
 
   
AVANÇANDO NO CAMINHO CERTO

Preocupados com a segurança e o nosso desejo de planejarmos o futuro, muitas vezes, preocupamo-nos indevidamente com problemas que poderiam ocorrer na esperança de evitá-los. Isto é natural, certo? Ironicamente, no entanto, muito deste foco pode ter um efeito contrário. Os Mestres explicam isto a uma mulher Finlandesa, em perigo de atrair para si mesma aquilo que ela mais teme. Aqui está um alerta importante para todos nós.

Uma mulher Russa angustiada com a sua vida, gostaria de saber o que ela está fazendo de errado. Ao seguir o conselho dos Mestres de liberar o seu controle e combater as suas tendências de julgamento do ego, ajudará muito a melhorar a sua existência - se ela conseguir romper os padrões de longa data.

A terceira pergunta vem do Brasil e se refere a uma situação incomum. Acontece que o ser espiritual responsável pelas escolhas de vida da mulher, não era quem ela pensava. Agora ela deve começar de novo, mas com a orientação dos Mestres. Assim, ela deve ter uma experiência mais positiva desta vez.

As perguntas e respostas desta semana são esclarecedoras. Elas podem nos ajudar, bem como aos questionadores, a discernirmos qual o curso de nossa vida e como podemos lidar melhor com os nossos problemas.

Luz, Amor e Risos

Toni e Peter

contact@mastersofthespiritworld.com
Celestial Voices, Inc | 13354 W. Heiden Circle | Lake Bluff | IL | 60044 | USA

AS PERGUNTAS

CRIANDO E PROJETANDO OS MEDOS

PERGUNTA:
Mestres, finalmente, estou preparada para o amor e sinto que ele está bem próximo... É quase como se ele estivesse batendo à porta, eu acho... MAS o problema é: o que eu posso fazer para confiar que a minha filha esteja segura? Tenho experiências desagradáveis sobre abuso de crianças e tenho absoluta certeza de que a minha filha passou por isto também. Como posso superar este medo?Existe algo em relação a nossas vidas passadas referente a esta questão? – Anett, Finlândia.

RESPOSTA: Você pode sentir que o seu amor está próximo, mas fechou a porta em sua cara, por causa dos seus medos. Quando você dá o poder ao potencial para os problemas, isto convida estas atividades a visitá-la. O passado é passado e ele não afetará o presente, a menos que você chame uma repetição desta energia novamente para você.

Deixe de pensar – e, assim, de trazer – os piores cenários possíveis ao seu mundo. Dê tempo e energia somente ao positivo, ao mais maravilhoso que você deseja que apareça. Semelhante atrai semelhante. Se você se lembrar de experiências desagradáveis, o universo irá achar que você deseja tê-las novamente e irá garantir que isto aconteça.

Medos são indicações de lições em que você desejava trabalhar nesta existência. Quando uma aparece, você precisa investigá-la e descobrir por que ela está aí e como pode compreendê-la e bani-la de sua vida. Pergunte-se como se sente em relação ao medo. Retorne a sua origem e veja que ele foi somente uma lição e que você não precisa experienciá-lo novamente.

Você precisa ser muito positiva em relação a si mesma e do que precisa. Como uma parte da energia da Fonte, que é a sua alma, você tem o poder e a capacidade de criar o seu próprio mundo. Se você visualizar o seu ambiente como somente positivo e amoroso, é isto o que receberá. Seja cautelosa para que os pensamentos negativos não entrem e preencham o seu mundo com estas coisas que você temeu no passado.

Sua filha é também uma alma poderosa e trará para ela as coisas que ela deseja experienciar. Confie que ela conhece a sua própria mente e o seu caminho espiritual.

APENAS A PERFEIÇÃO IRÁ OCORRER

PERGUNTA: Mestres, sou uma mãe de duas filhas lindas. Tenho alguns problemas em meu relacionamento com o meu marido, na minha situação financeira, com a minha casa, etc. Acho que serei capaz de ser uma boa mãe e fazer o máximo para que as minhas filhas sejam felizes. Mas agora acho que tudo está muito opressivo para mim e não estou lidando muito bem com tudo e vários objetivos em minha vida que pensei que fossem alcançados, eu não os atingi. Tenho problemas também com as minhas filhas agora. Será que é porque eu não estou me esforçando muito? Será que não sou realmente uma boa mãe? Sou preguiçosa? Isto foi planejado por alguma razão?Não entendo toda a situação e as lições dela. Espero alguma indicação de onde ir a partir daqui. – Margarita, Rússia.

RESPOSTA: Você tem expectativas tão intensas sobre “como as coisas deveriam ser”, que não permite a interação de outras pessoas e membros da família. Você está oprimida apenas porque as coisas não estão indo da forma com que você pensava. Você não pode se importar com a maneira com que outros irão responder aos mesmos estímulos que você enfrenta. Cada alma está em sua própria jornada.

Você está muito envolvida no julgamento tridimensional do ego. Você está constantemente julgando-se e se avaliando em relação ao que observa e lê sobre o comportamento de outros. Você nada tem a ver com eles. Eles têm escolhas de vida diferentes que estão seguindo. Suas escolhas são para que sejam capazes de se entenderem, e o seu objetivo na vida.

Você tem sido fantástica ao dar amor e apoio as suas filhas, mas agora enquanto elas ficam mais velhas, você quer controlar o seu pensamento e elas estão se rebelando. Deixe-as conduzir as suas próprias vidas. Elas têm que lidar com as suas próprias lições. Elas têm que interagir com as suas lições para aprenderem a ver aonde elas irão a partir daqui. Se há algo que você está se esforçando muito é em ser perfeita. Alivie-se.

É o momento certo para você recuar e avaliar o que tem acontecido em sua vida, em seu casamento e na criação das suas filhas até este ponto. O que você aprendeu com estas experiências? Há algo que gostaria de modificar em seu comportamento que tornaria a vida mais agradável para você? Faça-o.

É o momento de deixar de pensar e de trabalhar para os outros – marido, filhas, outros conhecidos – e começar a trabalhar em seu crescimento espiritual. Deixe de prever e analisar, e comece a ver que ações ressoam com a sua alma. Pergunte sempre: Como me sinto em relação a isto?Afaste-se das comparações do pensamento analítico que esteve fazendo.

TENDO UMA IDÉIA E LHE DANDO VIDA

PERGUNTA:
Mestres, após passar anos perguntando ao meu eu interior qual era a minha missão de vida, em 1977 eu vi um belo Ser de Luz que me disse para ir a uma fazenda e construir um lugar em que cursos pudessem ser oferecidos, na promoção da consciência espiritual, e a necessidade e meios para recuperar e preservar a natureza, o que seria importante para este tempo de mudança que está ocorrendo agora, como uma das áreas de sobrevivência. Foi-me dito que outros viriam ajudar. Em 1984, eu encontrei o local como descrito, comprei a terra e trabalhei da melhor maneira que podia. Enfrentei muitas dificuldades ao longo do caminho... Agora, eu me vejo basicamente sozinha, desorientada e com um local inútil. Isto tudo foi uma ilusão, uma invenção do ego? O que fiz de errado?Qual é a lição e o que devo fazer agora? Serei muito grata se merecer uma resposta. – Ana, Brasil.

RESPOSTA: Os Seres da Luz nunca lhe dirão o que fazer. Eles lhe darão sugestões, mas não ditarão as suas ações. Esta entidade foi um desencarnado que lhe deu o sonho que ele tinha, mas que não conseguiu concluir. Ele não seguiu em frente, porque queria que alguém realizasse os seus desejos.

Você coloca uma enorme pressão em si mesma para alcançar uma missão, um propósito para a vida que lhe permitisse ajudar os outros. Isto não a ajudou, mas somente lhe deu muito trabalho que precisava ser feito. Você criou um sonho baseado nos desejos de outro e, então, colocou toda a sua energia nele.

Esta foi uma experiência de ir para onde você foi dirigida e se permitir pensar que isto era exatamente o que você queria. Se tivesse sido útil para os outros, a energia teria atraído pessoas para você, para fazer deste projeto um sucesso. É hora de começar a sentir por si mesma e assumir a responsabilidade pelas suas ações.

Todas as pessoas criam a ilusão que elas desejam para a sua vida. Você fez isto, mas somente na direção de outro. Medite sobre o que a sua alma deseja criar para si mesma. Não se preocupe em ajudar os outros, até que tenha sido capaz de ajudar a si mesma. Nada é certo ou errado. Tudo é apenas uma experiência que você pode avaliar pelo benefício que ela lhe forneceu. Determine o que você quer, e o faça.

http://rayviolet.blogspot.pt/2014/10/the-many-degrees-of-higher-love.html

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Andrew, da África do Sul, pergunta aos Mestres: Por que é que a comunicação do outro lado vem através de formas inesperadas? Gostaria muito de contar com uma forte sensação de presença e, também, a aparência da pessoa com quem estou me comunicando.

RESPOSTA: Por quê? Você não tem fé nos sentimentos e mensagens que recebe? Os guias não ficam por perto para segurar a sua mão e movê-lo na direção “certa”. Todas as decisões têm que vir de seu livre arbítrio. Eles estão perto apenas para aconselhar. É muito difícil que um espírito se materialize na forma humana, quando ele está nas vibrações superiores, muito mais sutis, do que a energia da terceira dimensão. Se você se abrir para a energia universal, será capaz de sentir a presença dos seus guias.

Andrew, da Inglaterra, pergunta aos Mestres: Não tenho intenção alguma de permanecer vivo, ainda que o meu coração esteja batendo. Se eu sou realmente livre, por que não posso terminar com isto a qualquer momento que queira?Não sou o meu passado, nem o meu futuro. Eles nada deveriam ter a dizer sobre a questão. Eu peço à Fonte para colocar um fim nisto. Assumirei total responsabilidade por esta decisão.

RESPOSTA: Por que você se odeia tanto? Você escolheu vir à Terra e ter esta vida. Você a encara como um fracasso e não consegue encontrar algo para desfrutar da beleza ao seu redor? Você quer que a atenção dos outros “apimente” esta vida que diz que detesta? Se você leva a sério o que declara, encontre uma caverna e fique lá até que a sua alma deixe o seu corpo sem alarde e sem testemunhas humanas. Ninguém tem nada a dizer, além de você.

Suman, da Índia, pergunta aos Mestres: Isto é muito urgente. A alma da minha alma gêmea está presa em meu corpo. Como posso ajudá-lo a sair? Ele me fere através dos seus poderes. Como posso evitar isto?

RESPOSTA: Esta não é a sua alma gêmea, mas uma alma desencarnada que não quer retornar ao amor incondicional, porque ele teme à Deus.Ele diz que é a sua alma gêmea para que você não o expulse, ou consiga ajuda para afastá-lo. Antes desta fase, quando ele estava em um corpo humano, ele era completamente negativo. Ele era manipulador e controlador – ele adora estas coisas. É por isto que ele a está perturbando. Foi a sua solidão que a fez convidar esta alma. Diga-lhe, em termos inequívocos, que parta, três vezes. Queime incenso e peça aos curadores que enviem energia amorosa incondicional ao seu corpo, pedindo que ele parta. Sua mente deve estar totalmente segura de que ele tem que sair.

Ariel, do Brasil, pergunta aos Mestres: Depois de algumas experiências passadas, eu decidi as mudanças que quero em minha vida, o que está prestes a acontecer. Estes próximos passos me dão muita felicidade, sabedoria e realização. Mas esta decisão refletirá em outros, e no momento eu posso sentir os seus sentimentos desequilibrados, o que também me faz sentir mal. Como superar este período de uma forma mais suave, até que estas mudanças sejam totalmente concretizadas?

RESPOSTA: A única pessoa com quem você tem uma obrigação em seu caminho espiritual, é com você mesmo. Ao dar atenção ao que os outros pensam e sentem, diz que eles são mais importantes em sua jornada do que você. Ame-se e a responsabilidade que você está assumindo de mudar a sua direção para onde possa aprender e evoluir. A única pessoa a quem você tem que agradar é a você. Ignore os demais.

Louisa, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Soube recentemente que alguém foi assassinado em meu quarto há dois anos. Será que é uma coincidência o aumento dos terrores noturnos?

RESPOSTA: Seus sonhos e outros problemas estão se originando em seu interior. A vítima deste incidente seguiu em frente e toda a energia negativa foi com ela. Você está presa nas fantasias dos filmes, livros e histórias com que esteve exposta. Convide os seus guias para se unirem a você e para protegê-la e os seus pensamentos noturnos da negatividade, quando você for se deitar a cada noite. Use a aromaterapia para ajudá-la a relaxar e dormir. Você pode até decidir sobre que caminho de sonhos você quer seguir, antes de dormir.

Mark, da Inglaterra, pergunta aos Mestres: Há menos de dois anos, o meu belo filho de 6 anos fez a transição. Uma vez ele me disse que ele era “eu”, que éramos o mesmo ser e ele continuava repetindo que ele queria ir “para casa”. Durante a sua doença, ocorreram muitas coincidências. Você poderia chamá-las de sincronicidade. Até agora as coincidências ainda ocorrem. Estas coincidências são compartilhadas por mim e a minha família. Minha pergunta é: Qual é a natureza da coincidência significativa quando se relaciona com alguém que morreu?

RESPOSTA: Não há acasos no pensamento e na comunicação consciente. Quando uma alma faz a transição, depois de passar um tempo na Terra, ela, frequentemente, deseja manter o contato com a sua família e os amigos que estão ainda vivos. Ela usará inúmeros métodos para permitir que aqueles que permaneceram saibam que eles são considerados. Seu filho é um membro de seu grupo de companheiros de alma e ressoa energeticamente com a sua energia, por causa das muitas vidas que vocês compartilharam, assim é mais fácil perceber a sua atenção e, em seguida, de alguns outros ao seu redor.

Naiara, do Brasil, pergunta aos Mestres: Minha mãe morreu quando eu era criança. Tenho pensado nela ultimamente. Gostaria de falar com ela. Será que ela pode ouvir o que eu digo? Ouvi dizer que é ruim pensar nela.

RESPOSTA: Não há nada de errado em pensar em alguém que retornou ao Lar, para o Amor Incondicional. Sua mãe zela por você e gostaria que você a tivesse em seus pensamentos. Espíritos não físicos podem sempre ouvir o que os seres humanos pensam e dizem, quando se trata deles. Se você acreditar que ela pode ouvi-la, ela lhe enviará mensagens – nem sempre verbais, mas através de luzes, números, odores e outros sinais.

Ainoa, da Colômbia, pergunta aos Mestres: Quais são as principais lições e opções a serem aprendidas a partir de meu atual relacionamento? Por que acabamos sempre brigando por coisas insignificantes, que me levam a me sentir tão incompreendida e sozinha? Será que eu o amo realmente? Será que eu irei evoluir mais espiritualmente se estiver sozinha ou em um relacionamento com outra pessoa?

RESPOSTA: Esta união ocorreu para que você fizesse estas mesmas perguntas aqui. Você deve entender que o seu relacionamento é disfuncional e que você não tem que permanecer nele, a menos que queira ver mais que está sendo desrespeitada. Você entrou nisto para se mostrar como pensava que ele queria e, então, começou a se respeitar e a agir em defesa própria. Este crescimento foi a razão para esta associação. É o momento de seguir em frente, a menos que deseje continuar a ser repreendida.

YA, do Brasil, pergunta aos Mestres: Minha pergunta é: Por que eu tenho tanta dificuldade em ter uma vida feliz com o meu marido? Parece que temos um vínculo espiritual, mas na vida carnal, não conseguimos criá-lo.

RESPOSTA: Vocês não são sexualmente compatíveis. Contanto que você não esteja procurando a satisfação com ele, se quiser uma vida completa, você terá que procurar em outro lugar. Houve uma época em que vocês se adaptavam, mas se afastaram com o tempo. A escolha para o seu futuro cabe a você.

Danielle, do Brasil, pergunta aos mestres: Neste ano tenho feito muitas coisas que estabeleci para ser feliz, e fui. Mas há uma situação que me deixa muito infeliz. Estou sem um namorado há muito tempo. Por quê? O que preciso aprender para encontrar um companheiro para mim?

RESPOSTA: Você precisa se respeitar e se amar mais e não depender do que os outros pensam de você. Determine-se a atrair um homem para você com o mesmo procedimento com que realizou os seus outros desejos. Seja fiel a si mesma e apresente sempre o seu eu original àqueles a quem você atrai.

Esa, da Suécia, pergunta aos Mestres: Tive uma jornada difícil nos últimos sete anos. Perdi duas mulheres de câncer, rompi um relacionamento com uma mulher a quem amava e a minha atual relação está muito conturbada. Qual é este mecanismo em mim, que causa tudo isto? Qual é a razão para não encontrar a paz em mim mesmo?

RESPOSTA: Você está passando pela sua lição desejada de abandono e de encontrar o seu próprio valor nesta vida. Você vê a necessidade constante de ter alguém com você, a fim de se sentir completo. Você precisa encontrar o amor por si mesmo, o que lhe permitirá atrair para a sua energia o amor duradouro que você quer experienciar. Imagine a paz, o amor e a felicidade ao seu redor. Uma vez que você programe o seu ambiente, isto irá preencher a energia desejada.
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
https://www.facebook.com/pages/Reincarnation-Guide/137191392985848
Traduções para o Português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Vozes+Celestiais
Arquivos em Inglês:
http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Celestial+Voices
Fonte: http://violetflame.biz.ly/
Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIMenu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII