PERGUNTEM AOS MESTRES
Através das Vozes Celestiais
Mensagem canalizada por Toni e Peter
17 de Março de 2016
  luz de gaia  
  UMA APRESENTAÇÃO PRÉVIA DOS ENSINAMENTOS DOS MESTRES

Chega uma pergunta de um homem na Inglaterra sobre memórias de vidas passadas versus amnésia de vidas passadas. Os Mestres corrigem alguns dos seus equívocos e explicam vários cenários que as pessoas podem experienciar.

Uma mulher em um casamento inter-racial escreve sobre o amor e a paciência do casal diante da desaprovação da família do marido. Os Mestres fornecem incentivo e conselhos, pois os dois estão em busca de um caminho espiritual juntos.

Uma Finlandesa quer escapar dos sentimentos do medo e da ansiedade. Isto deve ser possível se o conselho dos Mestres for levado a sério e colocado em prática.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página de Mensagens, no site dos Mestres: http://www.mastersofthespiritworld.com/ . (ou abaixo).

Durante as últimas três semanas, comentamos o lançamento da tradução em Polonês do Manual dos Mestres sobre a Reencarnação. Tem havido um grande interesse, e esperamos que os nossos fãs poloneses estejam apreciando a leitura do manual em seu próprio idioma.

Cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24 – ou na guia Livraria no site dos Mestres – para baixarem o seu manual gratuito dos Mestres em Polonês, ou em outro idioma, dos DEZ até agora listados.

Amor, Luz e Risos,

Toni e Peter.

Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com

13354 W. Heiden Circle | Lake Bluff, IL | 60044 | USA

AS PERGUNTAS
ENCARNAÇÃO E AMNÉSIA

PERGUNTA:
Mestres, eu estava lendo “Explorando a Reencarnação” no outro dia e uma pergunta me ocorreu. Compreendo que as pessoas nasçam com amnésia para experienciar lições de vida, mas eu queria saber sobre as pessoas (as crianças em particular) que se lembram de vidas passadas devido a uma morte traumática, e têm terrores noturnos e estão geralmente desligadas da vida em que elas vivem agora e tendem a se agarrar a uma vida passada. Tenho a sensação de que a alma ainda tem alguma cura a fazer. – Matt, Inglaterra.

RESPOSTA: Você está certo e errado sobre as conclusões a que chegou, porque o tamanho de sua amostra é muito pequeno. Há algumas almas que atendem ao critério de sua declaração, mas há bem mais que não, e ainda assim têm memórias de vidas passadas.

Desde que uma alma encarna para aprender lições e reunir sabedoria sobre si mesma, ela vem com amnésia quanto às escolhas que fez para esta vida. Para a maioria das pessoas com lembranças de vidas passadas, as memórias dizem respeito a questões que elas não escolheram lidar nesta vida em particular, mas que contém a energia que é muito importante para a sua jornada global através da humanidade.

Vamos falar sobre as lembranças das crianças por um momento. Quando uma alma vem à Terra, e a amnésia diz respeito as suas atuais lições, ela pode manter um diálogo contínuo com ocorrências passadas.

A maioria das crianças ainda se lembra de um membro muito amado de sua família, um determinado local que elas gostavam, ou de um hobby ou profissão com que estavam apaixonadas. Se ninguém lhes disser que elas estão imaginando coisas, elas podem manter isto através de sua vida e integrá-las na nova vida. Se lhes for dito repetidamente que é um sonho, elas o afastarão e perderão toda a memória.

A recordação traumática de outra vida pode ser tão opressiva que uma pessoa tem que prestar atenção a sua energia. Isto será sempre uma lição que elas não aprenderam, e o desejo de sua alma é que elas a completem, compreendam e dominem o que está diante delas.

Até que elas abordem o medo, a raiva, o sentimento de traição, a culpa, ou outra emoção que esteja estimulando o evento, isto dominará a sua vida. Não é uma sensação de cura, mas de conclusão, compreendendo por que elas escolheram esta lição em primeiro lugar. A Hipnose é uma maneira fácil de abordar a resolução.

ACREDITAR EM SI MESMO

PERGUNTA:
Mestres, meu marido e eu descobrimos recentemente a nossa espiritualidade e isto é ótimo! Nosso relacionamento tem sido testado ao longo do tempo. Somos um casal inter-racial, juntos por 7 anos e a sua família não me aprova porque eu não sou da sua casta. Nossas diferenças nunca foram um problema para nós e somos pessoas melhores juntos do que éramos quando separados. Nós fugimos há um ano. Sua família ainda não sabe e não gosta de mim por causa da minha raça. Como a minha alma pode crescer com isto? Agora estou tendo dificuldade para não sentir raiva deles. Como posso aprender a abrir mão disto e perdoar? Meu marido, por outro lado, é uma alma amorosa e bondosa. Ele é realmente a minha melhor metade. – Holly, Estados Unidos.

RESPOSTA: Parabéns por viver a sua própria vida e não dar ouvidos totalmente aos preconceitos de outros. Você e o seu marido escolheram a sua diversidade como o impedimento para as suas lições de vida. Você fez um contrato antes de vir à Terra para fazer isto e aí estarem juntos.

A espiritualidade lida principalmente com a compreensão de quem você é como uma alma e de se afastar das normas sociais, que são governadas pelo ego. O ego usa o julgamento para tomar todas as suas decisões. As pessoas assumem um “lado” particular sobre tudo: é bom ou ruim, melhor do que, ou menos do que, certo ou errado. Isto forma a base de sua personalidade e a maneira com que eles interagem com os outros.

A espiritualidade se afasta do julgamento e usa a avaliação. A única pergunta é: Este é um lugar que eu acho que posso aprender algo, ou é algo de que desejo me afastar? Nada é certo ou errado no sentido espiritual. É apenas uma lição que alguém optou por aprender. Você, então, torna-se uma “testemunha” para as escolhas que outros fizeram sobre as suas opiniões, sem julgar se elas diferem das suas.

Sua jornada é definir quem você deseja ser e aceitar quem você é. Você abre mão da forma com que outros acham que deve ser a sua vida; este é o problema deles com que lidar, não seu. Não se preocupe com a insensibilidade dos seus sogros. Seja você mesma, seja feliz, viva a sua vida.

Sua alma cresce a cada parcela de sabedoria que ela absorve. O fato de que somente você pode viver a sua própria vida e nunca pode afetar a do outro, a menos que ele o permita, é uma compreensão fantástica. Deixe de tentar controlar ou converter a família do seu marido – eles têm que tomar as suas próprias decisões e aprender a viver com elas. Decida não ser afetada pela sua visão restrita. Eles não podem ver o amor que você compartilha com o seu belo companheiro, porque estão cegos pela sua educação rígida. Não deixe que nada disto afete a sua vida e o seu amor.

INTERPRETANDO OS OUTROS

PERGUNTA: Mestres, estou realmente frustrada e cansada deste enorme medo e ansiedade causados por outras pessoas. Eu ainda tenho muita negatividade em mim, ou é mais a minha sensibilidade que não consegue suportar as energias comuns nas pessoas? Espero que vocês compreendam o que eu quero dizer. Vocês poderiam me dizer quais os melhores passos para que eu dê com consciência? – A., Finlândia.

RESPOSTA: Você está na Terra para superar as lições de vida que escolheu antes de vir. Esta jornada é apenas sua. Você não tem que ter qualquer interação com os outros, a menos que assim escolha. O primeiro passo é descobrir quem você é (uma alma com habilidades fabulosas) e, então, definir e aceitar a sabedoria que as suas lições proporcionam.

Suas lições têm sinais ao redor delas para deixá-la saber onde elas estão – os sinais são os medos e as dúvidas. Sua reação aos outros a alerta para o fato de que você queria lidar com a maneira com que as ações dos outros a fazem sentir.

Você precisa se perguntar o que é que realmente teme. É o que estas pessoas estão dizendo e pensando sobre você? Isto tem a ver com alguém além de você? Você nunca pode fazer os seres humanos mudarem de idéia sobre algo, a menos que eles escolham fazer isto, assim, por que se preocupar?

E como você sabe o que eles estão pensando ou dizendo, a menos que eles lhe digam? Se você está adivinhando, você está se prejudicando ao ter somente pensamentos negativos. Se eles estiverem realmente dizendo coisas negativas para e sobre você, simplesmente as ignore. As palavras não podem feri-la, a menos que lhes permita, acreditando em algo negativo que você possa perceber. Deixe de ouvir e de interpretar o que você acha que eles querem dizer.

Sua ansiedade é uma expectativa de que o que você está pensando irá acontecer ou é verdade. Livre-se das expectativas. Elas são tóxicas e confinantes. Viva o momento. Você tem a capacidade de criar o seu mundo na área observável de seu ser. Preencha todos os seus pensamentos e sentimentos com o amor incondicional que é a essência de sua alma.

Há muita energia negativa no mundo. Afaste-a de você, mergulhando na energia positiva e amorosa a qualquer momento que a negatividade surgir. Pare, quando se sentir atacada e traga o amor do universo. Você não mais será capaz de sentir a negatividade.

De: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587 

Perguntas: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=2056

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Rosa, de Portugal, pergunta aos Mestres: Sou casada e há 10 anos tive um amante. Na época, nós nos separamos. Hoje, eu vivo com o meu marido. Tenho o meu amante no coração e pensamento. Ele também envia sinais de que não me esqueceu. Sinto que não posso deixar o meu marido. Eu o amo, mas não sinto desejo sexual por ele. Não é possível amar dois homens, eu sei. Eu não me amo. Sou um ser sem amor. O que eu tenho que compreender, eu ainda não sei.

RESPOSTA: Não é apenas possível amar dois homens, mas até amar mais do que isto. É como uma mãe que é capaz de amar vários filhos. Cada um tem um espaço exclusivo em sua vida, mas ela ama a todos. Neste caso, uma lição de vida entra em jogo, onde você determina quais são os seus sentimentos e obrigações em relação a cada um. Seu marido é mais como um amigo querido do que um amante. No meio de tudo isto, não permita que o amor por si mesma desapareça. Aprecie as maravilhosas experiências que você tem desfrutado. Sua decisão é como tratar cada homem. Em um aspecto espiritual nada é certo ou errado – apenas uma lição.

Vinny, do Japão, pergunta aos Mestres: Estou trabalhando como um empregado e gostaria de ter uma atividade autônoma onde eu fosse o meu próprio patrão para ter mais flexibilidade de horário e liberdade para criar o que eu quiser. A carga horária é muito longa e cansativa e sinto que não tenho tempo e energia para me dedicar a outra coisa. O que fazer?

RESPOSTA: Sente-se e elabore uma lista de todos os prós e contras que envolvem o seu atual emprego. Então, faça uma lista do que você poderia fazer, quem poderiam ser os seus clientes e que tipo de salário você poderia esperar. Analise quais são as suas opções, uma vez que tenha destacado todos os fatos. Você pode usar isto para exercitar o seu livre arbítrio para o futuro.

Elena, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Por que o amor não é suficiente? Acredito que o amor pode conquistar tudo, no entanto, após 25 anos de casamento, eu descobri que o meu marido esteve me traindo e me difamando durante anos. Isto prejudicou o relacionamento com os meus filhos e irmãos.

RESPOSTA: Você está vendo o amor como um compromisso entre duas pessoas que se casam. Muitos casamentos não têm amor, mas são realizados por conveniência. Seu casamento começou como uma paixão de sua parte. Seu marido nunca se comprometeu com você. Ele tem ciúmes de sua atitude e perspectiva de vida, desde que ele é uma pessoa muito negativa e você tende a não ser. Ele tem culpa interior pela maneira com que a tratou, mas nunca iria admiti-lo a ninguém. Através do seu comportamento, ele a está anulando para se sentir importante. Ignore a sua tática. Sua família irá perceber que não há nenhuma verdade no mal que ele está jorrando.

Katia, da Alemanha, pergunta aos Mestres: Já há alguns anos que eu não consigo me sentir confortável em qualquer um dos lugares em que eu vivi. Vivi no Brasil, Portugal e agora, Alemanha. É como se eu não pertencesse a nenhum lugar e vivesse em uma eterna busca por algo que eu não sei o que é. Gostaria de encontrar um lugar onde eu me sentisse bem. Vocês poderiam me ajudar a entender?

RESPOSTA: Você está vivendo na expectativa de uma energia que não consegue identificar. Ame-se pelas experiências que vivenciou e desligue-se de suas expectativas. Viva o momento, observando o que está imediatamente ao seu redor, e você será capaz de sentir uma conexão com a energia local. Você não se sente bem porque não se permitirá a fazê-lo. Observe cada dia e encontre algo maravilhoso sobre ele – o clima, a paisagem, a acessibilidade a coisas que você precisa, seu apartamento. Construa uma conexão com o lugar onde você está, ou nunca irá se sentir confortável.

Diogo, do Brasil, pergunta aos Mestres: Encontrei a minha alma gêmea. Ele não aceita a homossexualidade... as pessoas lhe perguntaram se éramos amantes, o que o deixou com raiva de mim e ele se afastou. Será que ainda ficaremos juntos nesta vida? Como eu posso ajudá-lo?

RESPOSTA: Você não decidiu definitivamente antes de vir que vocês dois ficariam juntos. Cada um de vocês tem o livre arbítrio em todas as decisões relativas a questões nesta vida. Ele está lutando com a sua identidade. Não o apresse. Esteja disponível para discutir as coisas com ele e veja o que ele decide.

Wilson, do Brasil, pergunta aos Mestres: Fui casado e conheci uma mulher por quem eu fiquei irremediavelmente perdido. Vivemos juntos por algum tempo e depois que nos separamos sem despedida, já se passaram 16 anos e eu nunca a esqueci. Temos ligações espirituais e afetivas? Somos almas gêmeas?

RESPOSTA: Ela foi uma experiência que você teve a fim de avaliar como são os tipos diferentes de amor em um corpo humano. Esta é a sua jornada, não a dela. Estas lições são para aumentar a sua exposição às possibilidades. Nada mais foi planejado. Tente deixar de viver no passado, de modo que possa fazer uso das situações ao seu redor agora.

Cris, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sinto que sempre fui muito tímida e isto, de certo modo, prejudicou-me em vários pontos de minha vida. Sinto que esta timidez me coloca em situações onde eu fico muito reprimida. Atualmente, estou ciente disto e como isto me afetou. Sinto que poderia ter feito muito mais do que eu fiz. Às vezes, eu tenho a impressão de estar paralisada pelo medo, mas eu tenho tentado mudar isto. Qual é a minha lição nesta vida? Como posso mudar isto e atrair mais abundância para a minha vida? Apesar de estar em movimento, eu tenho a impressão de que estou paralisada.

RESPOSTA: O seu grande problema tem a ver com a autoconfiança e fé em si mesma. Você está muito preocupada com o que outras pessoas pensam sobre você. Sua opinião sobre si mesma se baseia na dos outros. Você se separa dos outros quando não sabe o que eles dirão ou farão. Comece por se aceitar como um fragmento da Fonte com todos os poderes e habilidades disponíveis. Você é igual aos demais. Quando em qualquer situação, sinta esta força. Faça o que lhe parece certo, independentemente do que alguém diga.

Robbie, do Reino Unido, pergunta aos Mestres: Uma amiga minha perdeu recentemente o seu melhor amigo, que se suicidou, e está se culpando por isto. Poderiam, por favor, confirmar se ela fez a transição com sucesso e como ela pode se libertar do sentimento de culpa?

RESPOSTA: Ele está do Outro Lado se aquecendo no amor incondicional, o qual ele lhe envia. Ajude-a a ver que as almas deixam o plano Terrestre no momento em que elas escolheram. Isto nada tem a ver com o que alguém faz ou fez. A culpa é a sua maneira de luto. Ela terá que se perguntar por que ela sente isto e, então, compreender que ele tomou as suas próprias decisões. Todas as almas têm o livre arbítrio, e ninguém pode influenciá-las, a menos que seja com o seu consentimento.

Emmanuel, de Gana, pergunta aos Mestres: Como eu canalizo Jesus Cristo? Após a morte, para onde irá a alma? Qual é o nível de vibração que eu preciso para me comunicar com Jesus Cristo?

RESPOSTA: Para se comunicar com um Mestre Ascensionado, como a alma que teve uma encarnação como Jesus Cristo, você deve se livrar de toda a negatividade para alcançar, e permanecer, na energia do amor incondicional da Fonte. Uma vez que você tenha alcançado esta energia, dirija uma pergunta à Jesus e ele responderá. Após a morte física, todas as almas retornam à energia da Fonte, onde elas podem comungar com todas as outras almas.

Pooja, da Índia, pergunta aos Mestres: Qual é o propósito do meu relacionamento conturbado com o meu marido? Quando uma decisão será tomada e o que eu estou aqui para aprender com esta experiência?

RESPOSTA: Você começou o seu relacionamento com o seu marido, sendo e fazendo o que você pensou que ele queria, em vez de deixá-lo saber quais eram realmente os seus pensamentos e desejos. Uma vez que você se casou, começou gradualmente a externar os seus próprios sentimentos. Ele não gosta desta pessoa que você realmente é. Ele está tentando decidir o que fazer. Sua lição é ser sempre quem você sente que é, e não agir como você acha que os outros querem.

Nilsa, da Inglaterra, pergunta aos Mestres: Terei um parceiro com quem compartilhar esta vida?

RESPOSTA: Você tem o livre arbítrio. Uma parceria não ocorrerá a menos que você se coloque em posições onde possa encontrar alguém. Se você nunca fala com outros, não pode deixá-los ver como você é bela. Lembre-se de ser verdadeira em todos os sentidos – não diga ou faça nada apenas porque você acha que é o que a outra pessoa quer. Cabe tudo a você.

Florinda, do Brasil, pergunta aos Mestres: Desde os 20 anos eu vivo com o meu marido. Preciso saber o que fazer! Estou sofrendo com as contínuas instabilidades do seu comportamento, sustentando com o meu trabalho os nossos filhos e a nossa casa, porque eu acreditava em nosso amor e sempre tive muita esperança em nossa vida. Mas agora eu vi outra realidade e a sua infidelidade. O que eu faço? Devo perdoá-lo novamente? Ou me divorcio e começo uma nova vida? Ele está me usando em nome de nosso “amor”? O que eu devo aprender? Minha alma está sangrando.

RESPOSTA: Reconheça que ele não a ama realmente – ele ama apenas a si mesmo. Você tem o livre arbítrio. O que vem a seguir cabe a você. Acredite que você é tão boa quanto ele e não tem que ser abusada pela sua arrogância. Ele está usando o termo “amor” para levá-la a ignorar tudo o que ele está fazendo, Diga-lhe que você vê as suas mentiras e que ele precisa respeitá-la.

 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Toni e Peter
http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=1453
Traduções para o Português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=vozes+celestiais 
Agradecimentos: Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com
Por favor, respeitem todos os créditos.
Arquivos deste autor: http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Toni and Peter
Fonte: http://violetflame.biz.ly
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII