PERGUNTEM AOS MESTRES
A AGENDA DO PAPA
Pelas Vozes Celestiais
30 de Março de 2013
 
 
  A JORNADA DE NOSSAS CRIANÇAS
CONTRATOS DE ALMA
AUTO-ACEITAÇÃO



Em conversa com líderes do passado, que nós publicamos com a ajuda dos Mestres em 2008, foi dedicado um capítulo a uma entrevista com a alma do Papa João XXIII. Peter fez as perguntas e Toni, que canalizou o pontífice, escreveu que “ele parecia colocar amorosamente a atual hierarquia da igreja de joelhos, enquanto os punia”. Certamente, ele tinha uma agenda, o que para o mais liberal dos papas nos tempos modernos, era radical. Ficamos imaginando se o novo Papa Francisco, que fez uma impressão tão favorável como um homem de humildade e preocupação com os pobres, poderia estar também preparado para considerar as sugestões feitas pelo Papa João em nossa entrevista.

A discussão começou com alguns aspectos do II Conselho do Vaticano.

Reencarnação: “Há muitas, muitas referências à Reencarnação nos livros perdidos da Bíblia. Isto foi algo que Constantino e os outros simplesmente não poderiam permitir que existisse, porque então eles não poderiam justificar a sua ditadura sobre o povo, e porque as pessoas diriam: “Nós não temos que ir até eles, porque podemos já deixar esta vida e voltarmos para uma vida melhor.” A Igreja queria ter as pessoas submissas, de modo que se elas não fizessem exatamente o que o clero dizia, elas seriam condenadas ao fogo eterno do inferno. Esta foi uma das questões que eles sentiram que deveriam controlar, assim, sem reencarnação!”

Um sacerdote celibatário: “Qualquer mudança, como o relaxamento na regra do celibato, ou a vinda de sacerdotes do sexo feminino (ou sacerdotisas, eu acho), afastaria de todos os princípios tradicionais tão intimamente mantidos da religião mais antiga, os atuais cardeais e bispos. Seria um choque para o seu sistema e eles não poderiam concordar que as coisas mudassem tão drasticamente, mas ele deve mudar para que a Igreja Católica exista no futuro... A Igreja não existirá sem esta mudança. Haverá pacotes, mas não haverá uma Igreja Católica Romana global sem a mudança, o que não ocorrerá até que alguns dos cardeais mais velhos desistam do seu poder.”

Aborto: “Meu sentimento sobre o aborto... era que a alma entrava nas células que se tornam o feto, no momento da concepção. Sei agora que isto não é verdade. A Alma escolhe o seu tempo de entrada, e algumas vezes, ela entra e sai do feto, antes que ele se torne um ser humano viável. Eu também tive a minha memória refrescada, que algumas vezes um aborto é uma lição que deve ser suportada pela mulher, de modo que ela possa aprender algumas das várias questões que ela veio aprender no planeta. O aborto não é a morte de uma alma, porque a alma nunca pode ser morta. A alma nunca morre. Ela continua e pode nem mesmo estar neste conjunto de células que está crescendo e não estará lá no momento de um aborto.”

O papa João também falou sobre a eutanásia, o problema dos padres pedófilos e o divórcio. Vocês podem ler todo o texto em “Conversando com os Líderes do Passado”.

Os Mestres responderam três perguntas nesta semana:
Perigo para as crianças das energias negativas.
Contratos pré-nascimento e suicídio.
Medos persistentes.

Elas estão a seguir.

A Tradução prossegue na versão lituana do Manual da Reencarnação dos Mestres. Ela chegou à fase de revisão e em breve estará pronta para distribuição. Nosso apelo por US $ 1.250 para uma tradução em Português estagnou nas duas últimas semanas. Isto é importante para nós, por causa da grande população espiritualista no Brasil que fala o Português, com quem estamos em contato regular. Suas doações podem ser feitas, dirigindo-se à Doações no site.

Luz, Amor e Risos.

Toni e Peter

http://www.mastersofthespiritworld.com


As Perguntas

A JORNADA DE NOSSAS CRIANÇAS

PERGUNTA: Mestres, minha menina de 7 meses parece olhar para a energia ou entidades. Sou capaz de protegê-la de qualquer energia negativa, pedindo aos desencarnados que se afastem dela e visualizando-a em uma bolha de luz branca? Como uma mãe de primeira viagem eu me preocupo com a sua saúde e segurança durante todo o tempo, mas também, muitas vezes, tenho medo de que ela morra. Antes que ela nascesse tive uma visão/sonho em que estávamos conversando em um banco e ela já era adulta... Isto vai se tornar realidade? Temo também que ela sofra, como eu e outros membros da família, do sexo feminino, de ansiedade, de auto-estima e da falta de um pai confiável – Moomi, Reino Unido.

RESPOSTA: Sua filha está muito conectada ainda com os seus amigos não físicos do outro lado. Nesta fase de sua vida, ela está apenas atraindo energias positivas e amorosas com as quais ela tinha interações no Lar. Você pode dizer para o Universo que somente quer seres de luz no quarto e envolver a sua filha com a luz branca para garantir que isto aconteça. Ela nada tem a oferecer aos desencarnados neste momento, porque ela não pode cuidar de si mesma ou seguir o comando deles. É por isto que eles a deixam sozinha. Seus guias estão também monitorando quem se aproxima.

Não seja paranóica. Compreendemos que tudo isto seja uma nova experiência para você e que queira fazer tudo da maneira “certa”. Sua filha é um pequeno ser, mas muito forte. Ela escolheu vir para você, porque ela sabia que você poderia ajudá-la com as suas lições de vida. Ela não tem intenção neste momento de deixá-la, até que tenha realizado todos os seus desejos nesta vida. Você compartilhou vidas anteriores com ela e chegará ao ponto de restabelecer a conexão psíquica que vocês tinham antes.

Ela apenas sofrerá se lhe for ensinado isto. Tenha certeza de que irá ajudá-la a compreender que ela tem a capacidade de escolher quais coisas chegarão até ela e como ela irá lidar com elas. Diga-lhe sobre a sua magnificência como uma partícula vinda da Fonte e que ela é tão fantástica quanto os outros, se ela aceitar esta verdade. Você não pode estar cheia de ansiedade ou problemas de confiança e auto-estima, se souber quem você é.

Não a deixe sentir as lições que você não aprendeu completamente. Trabalhe na liberação dos medos e ansiedades de suas experiências anteriores, e veja que eventos negativos podem ser aprendidos e substituídos, amando-se por ter feito isto.

Você traz para si mesma o que precisa ou quer experienciar. Você então ou escolhe compreender o conflito e colocá-lo de lado para que não tenha que lidar com um evento semelhante novamente, ou o deixa cair de seu pescoço como uma âncora pesando pelo resto de sua vida. Retire o seu peso e liberte-se. Ensine-a a encará-los e a fazer as suas escolhas.

CONTRATOS DE ALMA

PERGUNTA: Mestres, eu queria saber mais como os contratos de alma antes do nascimento se realizam, mesmo quando eles estão sendo executados no momento. Será que basta estabelecer traços para que eles aconteçam? Por exemplo: O meu irmão tem um contrato de alma de ter uma morte por suicídio. Parte do meu julgamento diz que não é bom que ele morra desta maneira, mas ao mesmo tempo, se for este o contrato, o que isto realmente significa se ele estiver predestinado? Isto é basicamente encarado como todos nós desempenhamos partes em uma peça, sem realmente sabermos que estamos participando, mas experienciamos todas as emoções da peça e os personagens? Como representamos tão bem estes personagens, para que o contrato seja realizado e se não cumprirmos o contrato como deve ocorrer, nós o faremos novamente? – Greg – Estados Unidos.

RESPOSTA: As lições que uma alma deseja experienciar em uma vida não são todas dependentes de contratos. Os contratos são feitos somente para garantir que coisas desejadas e muito importantes ocorram. A maior parte das lições de vidas planejadas é estabelecida pela família e o local no planeta que a alma escolher. Se a pessoa deseja ter um vício, nascer em uma família de alcoólatras irá dar início ao padrão. Contratos não são necessários aqui; o ambiente torna isto possível.

Quando vocês entram no corpo, a amnésia bloqueia o conhecimento de seus desejos. Sua inconsciência ou Eu Superior está ainda ciente dos seus planos. Ele verá que você traz para si mesmo as situações que quer. Nada está predestinado, pois a alma tem sempre a liberdade de escolher não completar uma lição, ou adiá-la para outro momento. Contratos podem também ser anulados e não concluídos, caso as partes sintam que não há necessidade de passar por eles.

Uma vida pode ter várias partes distintas em que vocês são confrontados com uma lição, compreendem-na, aprendem e avançam. Vocês então podem seguir para outro tipo diferente de lição e adquirir o conhecimento nela. Qualquer lição incompleta ou não aprendida pode vir até vocês novamente na mesma existência, ou vocês podem decidir que realmente não querem aprendê-la e esquecê-la, ou podem trazê-la em outra vida. Vocês dirigem.

Não há coisas absolutas, isto é, vocês não são forçados a fazer algo que não queiram fazer. Alguns dos contratos que vocês têm com outros são para criar uma situação para eles e podem não ter sido determinados a criar uma lição para vocês.

Um suicida pode ser parte de um plano de uma alma de retornar ao Lar em um curto período de tempo para começar novamente em uma direção diferente. Pode também ser um contrato com aqueles que ficam para trás, para que eles possam ter todas as emoções e questões que tal evento cria. Nada é certo ou errado na jornada de uma alma. É somente o julgamento do ego humano que toma tais decisões.

ACEITANDO-SE

PERGUNTA: Mestres, eu tenho 16 anos e procuro sempre mudanças internas. Tenho certeza de que se estou aqui neste mundo, é porque tenho uma lição. Sofro com muitos problemas emocionais e físicos. Fico estressada e nervosa. Meus problemas estão ligados principalmente a minha saúde. Tenho problemas com o poder. Sofro muito também com a auto-aceitação, o amor próprio e bloqueios emocionais. Peço ajuda, por favor, orientem-me. O que precisa ser feito para que eu libere estes medos? Letícia, Brasil.

RESPOSTA: Todas as almas vêm em corpos humanos a fim de ter lições. Somente a Terra permite uma decisão negativa contra positiva, escolhe o medo ou o amor, viver com confiança ou na incerteza. A primeira lição a compreender é a lei da liberdade de escolha. Você e apena você, escolhe como deve enfrentar cada situação.

O corpo físico está em um equilíbrio precário. Qualquer coisa que torne desconfortável o corpo, a mente ou as emoções, desestabiliza o corpo e cria uma reação física. O primeiro lugar em que sente isto é nas vibrações dos órgãos internos. Ao ter medo, o seu estômago dói. Caso se sinta estressada, você fica convencida de que o mundo está contra você.

Aos seres humanos quando jovens, é dito o que pensar e sentir. Eles querem agradar a todos e colocam muita pressão em si para ser o que outros querem que eles sejam. Ninguém menciona que você tem o direito de fazer algo, a não ser o que você foi treinada a fazer. Mas você tem o livre arbítrio.

Para equilibrar o corpo de modo que a doença se dissipe, você deve se afastar de todas as coisas negativas e escolher os aspectos positivos e amorosos em sua vida. Deve chegar a uma aceitação de que todas as almas vêm do mesmo espaço – da Fonte de todas as coisas. Ninguém é melhor do que o outro: todos são magníficos.

Compreenda que a energia básica de tudo no universo está no amor incondicional.
Trazer o amor a sua vida é retornar a quem você realmente é.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
http://rayviolet.blogspot.com/2013/03/a-popes-agenda-26-march-2013.html
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII