PERGUNTEM AOS MESTRES
Através das Vozes Celestiais, canalizado por Toni e Peter
13 de Novembro de 2015
  luz dee gaia  
  UMA PRÉVIA DOS ENSINAMENTOS DOS MESTRES

O abuso sexual de crianças é sempre muito triste, mas lições importantes podem ser aprendidas a partir disto. Em nossa primeira pergunta nesta semana, os Mestres aconselham uma Americana sobre como lidar com o medo persistente, decorrente do que ela sofreu quando era muito jovem.

Uma Australiana pergunta sobre uma experiência energética que a despertou. Os Mestres explicam a natureza da ocorrência e as suas ramificações positivas.

Às vezes, as suspeitas sobre as atividades de um companheiro são infundadas – como no caso de uma mulher Finlandesa que pensa que o seu companheiro poderia estar traindo-a. Ela seria bem aconselhada a atender a advertência dos Mestres sobre o envio de vibrações negativas que poderiam realmente resultar no que ela teme.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página das Mensagens no site dos Mestres: http://www.mastersofthespiritworld.com/ , ou abaixo:

UM LEMBRETE: O MANUAL DOS MESTRES SOBRE A REENCARNAÇÃO ESTÁ AGORA DISPONÍVEL EM FINLANDÊS!

Cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24 , ou em Livraria no site dos Mestres – para baixarem o seu Manual gratuito dos Mestres, com opção para NOVE idiomas. E não terminamos ainda – fiquem atentos para traduções de idiomas adicionais.

Luz, Amor e Risos

Toni e Peter
Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com

AS PERGUNTAS
LIDANDO COM O ABUSO SEXUAL

PERGUNTA: Mestres, acho que optei por experienciar o abuso sexual quando era muito jovem. Estou agora nos meus vinte e poucos anos e tenho medo de ter filhos. Experiencio ansiedade e medo, e quero orientação sobre por que escolhi esta lição em uma idade tão jovem e como me curar. Isto aconteceu antes que eu pudesse me lembrar de todos os detalhes, embora me tenham dito algumas vezes. O autor, um membro da família, ainda está em minha vida. – Catherine, Estados Unidos.

RESPOSTA: Seu medo se origina das histórias que lhe contaram e de sua imaginação do que aconteceu, desde que a sua memória não está intacta. As idéias estão até piores do que os fatos reais. Aqueles que lhe contaram sobre os eventos dramatizaram a situação, dando-lhe mais a energia disruptiva do “mal”.

A maior parte do que você interpreta em sua experiência é o medo, a raiva e o nojo dos “historiadores” bem intencionados. Isto é mais embelezado pelo que você tem visto nas reportagens e histórias na televisão sobre o abuso de crianças. Sim, você foi abusada sexualmente. Você não fez com que isto ocorresse. Uma mente doente estava pro trás do que aconteceu. Ver esta pessoa na ocasião a impediu de ser capaz de recuar e examinar os seus sentimentos.

Esta foi uma lição que você decidiu ter para ver quanto tempo levaria para você compreender que isto não foi culpa sua e que você tem a força para trabalhar através da negatividade que sente em relação ao medo de deixar que um filho seu seja uma vítima no futuro. Você não quer que ninguém tenha que experienciar o que passou, particularmente, um filho seu. Assim, você raciocina: sem filhos – sem mais abusos.

Você pode remover o impacto deste abuso, revivendo os eventos, ou sob hipnose, ou na meditação profunda. O confronto com o eu superior ou alma do abusador, sem ter que encarar a pessoa fisicamente, irá lhe permitir lidar com as emoções que abriga. Converse com este eu inconsciente e veja se pode compreender a motivação da pessoa e se pode liberar o medo que tem sobre o abuso. Se não enfrentar esta energia, você continuará com uma barricada contra a vida adulta normal.

Sua auto-estima e confiança estão sendo afetadas ao permitir que este medo permaneça sem lidar com ele. O abuso ocorreu enquanto você era muito jovem, de modo que poderia reconhecê-lo e interagir com ele, e ainda ter uma vida adulta e uma família produtiva e feliz.

CONTATO COM A ENERGIA

PERGUNTA: Mestres, na noite passada eu fui acordada por uma sensação de tapinha em meu ombro, o que se tornou uma poderosa energia pulsando em todo o meu corpo, com a duração de dois minutos. Fiquei com medo, achando que era um ataque psíquico. Mas, agora suspeito que foi uma sintonização com a energia. Poderiam, por favor, explicar-me o que aconteceu? – Angie, Austrália.

RESPOSTA: Há muitos deslocamentos de energia ocorrendo neste momento em todo o globo. As pessoas que estão trabalhando em direção à iluminação de sua verdadeira essência do amor incondicional sentem cada mudança quando ela acontece. As barreiras que já existiram de modo que os seres físicos não fossem capazes de perceber ou de fazer contato, estão caindo.

Quando cada obstrução é removida, as pessoas sensíveis são capazes de sentir a sua conexão com a energia universal. Para alguns, isto é referido como uma sintonia com a energia de novas dimensões. Isto nada mais é do que o corpo aprendendo a ressoar com uma vibração diferente. Uma vez que uma conexão tenha sido feita e aceita, a alma é, então, capaz de se conectar à vontade com a energia em expansão. A partir do medo, algumas almas rejeitam a possibilidade de contato com seres não físicos.

Você sentiu a queda de outra barricada. Tenha a certeza de que não foi um ataque psíquico que você sentiu, que era completamente positivo, sem qualquer negatividade. O que você faz com este novo campo consciente em expansão, cabe a você. Isto lhe permitirá se conectar com mais facilidade com os guias e se comunicar com outros seres não físicos.

Entrar no caminho das vibrações mais elevadas e mais puras lhe permitirá desenvolver poderes psíquicos e alcançar os seus registros akashicos para recuperar a sabedoria de suas vidas passadas. Você terá que desenvolver uma tolerância com a vibração mais elevada e exercitar isto. Seja paciente e persistente se buscar esta habilidade.

DIFICULDADES NO CASAMENTO

PERGUNTA: Mestres, tenho fortes suspeitas de que o meu companheiro está tendo casos em suas viagens, e isto traz velhas emoções ocultas a minha mente, ou seja, ciúme e insegurança e até mesmo, raiva... Estou tentando transformar isto para o positivo e me concentrar em todas as possíveis e belas lições, mas estou muito confusa. Como posso lidar com tudo isto? Eu realmente curto o nosso tempo juntos e gostaria de sentir que temos uma ligação sólida fora do comportamento físico, mas em minha opinião ele deveria estar mais à frente de seus verdadeiros desejos. Estou pedindo muito, ou, talvez, muito pouco? – Manta, Finlândia.

RESPOSTA: Você tem muito pouca fé em suas próprias habilidades para segurar um homem bom. Você está imaginando todos os tipos de razões para que o seu homem não a respeite, tal como traí-la, enganando-a quando ele está distante. Ele ainda não fez isto. Mas ele pode sentir toda esta dúvida e negatividade que você está projetando, o que está criando uma separação entre vocês. Você está até fazendo com que ele inconscientemente pense que você quer que ele tenha casos, ou esteja lhe dando permissão para isto.

Deixe de enviar toda esta ansiedade que está em seu interior para ele. Examine por que você tem ciúmes, está insegura e irritada. Você se permitiu ser tratada assim no passado, mas pode interromper isto, não mais aceitando estes tipos de emoções em sua vida. Você precisa se ver como forte, confiante e auto-suficiente.

A comunicação é a maneira mais fácil de eliminar todas estas dúvidas de você. Converse com ele. Conte-lhe seus medos, seus desejos e necessidades. Certifique-se de que ele está em sintonia com você e quer compartilhar tudo o que ele é com você. A partilha aberta a torna mais vulnerável, mas é a única maneira de estabelecer uma ligação firme com alguém.

Não esconda as suas inseguranças dele. Unam-se para lidar com os seus problemas – o real e o imaginário. É preciso trabalho para criar um relacionamento maravilhoso e satisfatório.

De: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587

Perguntas: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=2056

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Lacy, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Sei que estou no Planeta Terra por uma razão. Como posso aumentar o meu poder pessoal e me tornar quem estou destinada a ser?

RESPOSTA: NÃO há “destinada a ser” em uma jornada espiritual, apenas uma descoberta de quem você é como uma alma. Você veio aprender sobre os diferentes aspectos de escolher as lições positivas sobre as lições negativas, compreendendo quem você é como uma alma e que habilidades possui.

Carmen, da Romênia, pergunta aos Mestres: Descobri recentemente que eu sou capaz de enviar algum tipo de onda de energia através de minhas mãos. Isto é com o propósito de cura? Tentei, mas não vi muita melhora na saúde dos meus amigos. Será que é algo que estou fazendo de errado, ou posso melhorar isto de alguma forma?

RESPOSTA: O que você está enviando é a energia vital universal, que é usada em todas as formas de cura. A cura requer o esforço de ambos que fazem a transferência de energia – neste caso, você – e aquele que recebe a energia. O desejo é que o destinatário retorne a um equilíbrio, o que é chamado de saúde. Se ele tiver alguma lição que requer que ele fique como está, ou ele não acredita que será curado, então, não importa quanta energia de cura você lhe envie, ele não ficará melhor.

Estela, do Brasil, pergunta aos Mestres: Quem eu sou e quem é Deus? O que é o sentimento? Devo escolher ou Deus tem uma escolha para mim?

RESPOSTA: Você está tendo uma experiência física em um corpo. Você é um fragmento da Fonte. As pessoas religiosas, muitas vezes, referem-se à Fonte como Deus. O sentimento é uma característica humana e é uma maneira com que o corpo se conecta com a sua alma não física para usar a sua sabedoria. Cada alma faz as suas próprias escolhas do que ela quer experienciar.

Jenny, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Tive uma vida muito difícil com uma família muito disfuncional. Recentemente, passei pelos momentos mais difíceis e quase desisti, mas, felizmente, encontrei a espiritualidade e estou começando esta nova jornada, o que salvou a minha vida. A maior parte dos caminhos espirituais ressoa com a minha alma e me dá paz. Poderiam, por favor, dizer-me qual é o meu propósito? Gostaria de viver em alinhamento com o meu verdadeiro caminho e despertar para uma nova maneira de viver.

RESPOSTA: Você está em seu próprio caminho. Você trouxe para si mesma estas coisas que desejava aprender, o que, por sua vez, trouxe-lhe o reconhecimento de si mesma como uma alma. Continue a escolher o positivo sobre o negativo, e livre-se do julgamento do ego, aceitando que cada alma está em sua própria jornada. Observe e escolha o que quer experienciar.

Vani, do Brasil, pergunta aos Mestres: Somos amigos há 25 anos e há 5 anos estamos em um relacionamento romântico. Ele não quer assumir publicamente o nosso relacionamento. Somos divorciados e temos filhos adolescentes de casamentos anteriores. O que devo fazer? Somos almas gêmeas, companheiros de alma, ou apenas almas que pertencem ao mesmo grupo?

RESPOSTA: Vocês são almas cujos corpos físicos escolheram ter um relacionamento. Você precisa se perguntar como quer que seja a sua vida. Se você acha que ele a está desrespeitando pelo seu comportamento, tome uma decisão. Você lhe permite continuar a desrespeitar os seus desejos, ou procura companhia em outro lugar? A escolha é sua.

Brian, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Quando eu verei o meu anjo da guarda Marilyn Monroe?

RESPOSTA: Todos os guias estão presentes ao seu redor, em todos os momentos. O estabelecimento da comunicação depende de você e da fé e confiança que você tem em sua capacidade de se conectar. Você pode vê-los, energeticamente, mas formar um corpo físico da energia não física é muito difícil.

Korrye, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Estou atordoada ao perceber que a realidade não é o que parece. Os padrões geométricos desempenham um papel em minha capacidade de criar e de mudar a minha realidade?

RESPOSTA: Sua realidade é o que você aceita. Ela pode ser completamente tridimensional, ou pode incluir aspectos do mundo não físico. Todas as ilusões físicas podem ser definidas com a matemática, o que inclui todas as figuras geométricas. O estudo da geometria sagrada pode ajudá-lo a compreender como a vida física se desenvolve e evolui.

Beverley, da Nova Zelândia, pergunta aos Mestres: Meu companheiro fez recentemente a transição devido a uma doença. Sinto que ele é parte do meu grupo de alma e que tínhamos planejado nos encontrarmos nesta vida. Quais foram as nossas lições?

RESPOSTA: Vocês escolheram se ajudar a evoluir em compreensão e sabedoria. Vocês ficaram juntos em outras vidas e não tiveram o tempo para realmente se conhecerem como nesta vida. Foi decidido que enquanto ele a estivesse ajudando, você dependeria mais dele para que ele partisse primeiro e você conseguisse encontrar a sua força. Vocês dois exploraram como é o amor incondicional.

Letícia, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estou profundamente envolvida com um homem casado. Nós nos amamos, nosso relacionamento é maravilhoso, mas ele está sentindo muita dificuldade em se separar da esposa. O que devo fazer? Devo sair desta relação?

RESPOSTA: Ambos têm o livre arbítrio. Apenas porque você gosta do contato não significa que seja bom para você, a menos que seja mais importante do que a lealdade dele com você. Você está sendo usada por ele neste momento. Como isto lhe parece? Faça o que lhe parece adequado. Ouça a sua voz interior.

Adela, do Reino Unido, pergunta aos Mestres: O que as almas que estão ainda no físico devem aprender com a morte de um ente querido? Compreendo que não há tal coisa como a morte, mas para aqueles que ficam para trás quando o ente querido faz a transição, como superar a dor?

RESPOSTA: Ter a dor é uma das lições de vida que foram escolhidas antes de você vir. Os sobreviventes aprendem a importância de também se amar e encontrar a sua força para continuar. Os entes queridos ainda existem como almas no amor incondicional, e você irá se alegrar quando concluir esta parte de sua vida.

Carol, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sinto uma ligação muito forte com o mar. Sinto que devo viver perto de uma praia. Pretendo estudar biologia porque amo a natureza e quero ser útil para o bem de todos. É algo ligado às minhas vidas passadas?

RESPOSTA: Você passou muitas vidas na água, ou próxima a ela. Você também optou por passar o tempo como um golfinho e uma baleia. O corpo que você ocupa atualmente ressoa melhor com a água do que com qualquer outro Elemento da Terra.

Michael, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Nos últimos meses, experienciei períodos de vertigens e desequilíbrio físico. Além de alguns problemas gastrointestinais, exames de glicemia e eletrocardiogramas provaram que está tudo normal para mim. Pratiquei a regressão a vidas passadas, terapia homeopática e meditação, mas ainda sofro de desorientação. Esta condição é física ou espiritual?

Em conformidade com a Lei dos Estados Unidos, os Mestres Espirituais não diagnosticam ou prescrevem em condições médicas. Os leitores podem querer rever os detalhes sobre a cura no manual dos Mestres.

RESPOSTA: Tudo o que o seu corpo experiencia é espiritual de natureza, mas tornado consciente a você pelo efeito que tem sobre o seu corpo. Você está passando por uma mudança de energia que causa vibrações em todo o seu corpo, resultando em perturbações no físico. Esteja atento para atrair a energia vital para o seu corpo para equilibrar os sistemas físicos.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=1453
Traduções para o Português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=vozes+celestiais 
Agradecimentos: Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com
Por favor, respeitem todos os créditos.
Arquivos deste autor: http://rayviolet.blogspot.com/search?q=Toni and Peter
Fonte: http://violetflame.biz.ly
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Perguntas aos MestresII - IIVoltar HomeII