FUNIL HIPERBÓLICO
__.=|..~   A FORMA DA ASCENSÃO   ~ ..|=.__
Por Michael Hallett
10 de dezembro de 2016
 
luz de gaia
  Embora muito tenha sido escrito sobre a Ascensão, houve pouco foco sobre a trajetória de um indivíduo no caminho da Ascensão, exceto em termos abstratos. Na realidade, a Ascensão segue uma forma energética altamente estruturada e previsível: um funil hiperbólico.

O naturalista austríaco Viktor Schauberger (1885-1958) observou que o funil hiperbólico (ou vórtice hiperbólico) é uma forma que reaparece consistentemente quando a natureza é mais transformacional. Um funil hiperbólico é a forma de um buraco negro no espaço, um tornado, ou um redemoinho. Muitos de nós os vimos em museus, onde eles são usados para solicitar doações de moedas pequenas. As moedas rolam em torno da borda do funil por um tempo, aparentemente desafiando a gravidade. Nós assistimos, paralisados, enquanto a moeda gradualmente gira em espiral para baixo e desaparece.

Um funil hiperbólico começa com a energia movendo-se em círculos lentos, largos, de raios gradualmente decrescentes. À medida que os círculos diminuem de tamanho, a energia reúne velocidade e o movimento descendente (isto é, espiral) começa. À medida que a energia se aproxima do centro do funil, sua velocidade acelera exponencialmente até mergulhar pelo coração do vórtice e emergir num estado transformado.

Por causa de suas propriedades transformacionais, o funil hiperbólico é a forma natural do processo de Ascensão. Nos estágios iniciais da Ascensão, podemos nem sequer estar cientes de que estamos na compressão de um processo muito preciso.

Nesta fase, podemos experimentar padrões de sono interrompido, ataques ocasionais de doença sem causa óbvia, ou começar a notar sequências de números repetidos.

Nos estágios médios da Ascensão, aproximamo-nos gradualmente do centro do funil. Aqui os sintomas da Ascensão tornam-se predominantes. Estes podem incluir náusea, diarreia, zumbido e outras doenças físicas. Podemos notar que eles ocorrem em conjunção com crises emocionais, sem deixar dúvida de que um processo está envolvido. À medida que superamos cada crise, somos apresentados a um problema mais profundo e insolúvel - até que isso também seja superado à medida que corremos em velocidade cada vez maior em direção ao coração do vórtice da Ascensão.

Na borda do funil o relevo muda drasticamente. O que era na maior parte um movimento horizontal, o movimento circular da energia desloca-se rapidamente para um vertical, espiralando. A porta de entrada para essa transição é um processo que Lauren Gorgo em http://thinkwithyourheart.com/... chama de "inversão de polaridade pessoal". Isso pode envolver vários dias de extrema náusea e vertigem ao desconectar da rede de consciência de massa.

Nos últimos estágios da Ascensão a Graça desce à medida que nos rendemos totalmente ao processo. Isso é essencial, pois os momentos mais intimidadores ainda estão por vir – acionar e liberar nossos núcleos de medos da sobrevivência masculina e feminina. Nossos medos masculinos centram-se no dinheiro, nossos femininos no sexo. São os pilares indissociáveis que nos ancoram no sistema de energia 3D polarizado.

Uma vez liberados, nós mergulhamos completamente até o final do funil hiperbólico e para o novo arrojado mundo da 5D.
 
-.....---==I.=|=|..|=|=.I==----.....-
  Direitos Autorais:

Michael Hallett escreve sobre a educação emocional e a mecânica da Ascensão.
Http://www.michaelhhallett.com; Http://michaelhhallett.blogspot.co.uk
http://in5d.com/hyperbolic-funnel-the-shape-of-ascension/

Tradução: Vilma Capuano - vilmacapuano@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Outras CanalizaçõesII - IIVoltar HomeII